Você está na página 1de 12

CURITIBA - PR SECRETARIA ESTADUAL DE EDUCAÇÃO

Coautor(es):
Rosângela Menta
Estrutura Curricular
MODALIDADE / NÍVEL DE ENSINO COMPONENTE CURRICULAR TEMA

Ensino Médio História Sujeito histórico


Ensino Médio Sociologia Poder, política e Estado Moderno
Ensino Médio Filosofia História da filosofia
Ensino Médio História Poder
Ensino Médio Filosofia Relações de poder e democracia
Ensino Médio História Cidadania: diferenças e desigualdades
Dados da Aula
O que o aluno poderá aprender com esta aula

 Conhecer os princípios que fundamentam a democracia grega


 Reconhecer as principais diferenças entre a democracia grega e as
democracias contemporâneas
 Identificar e analisar os mecanismos políticos e sociais que inviabilizam a
democracia moderna
 Propor medidas e ações que os cidadãos brasileiros podem assumir para
efetivar a democracia em nosso país.
Duração das atividades

4 horas/aula
Conhecimentos prévios trabalhados pelo professor com o aluno

Não há
Estratégias e recursos da aula

Introdução

Dentre os elementos destacados do legado cultural da antiguidade grega, a questão da


democracia é sempre lembrada como ideal de participação dos cidadãos nas decisões
políticas. Em oposição a esse modelo democrático está o conceito moderno de
representação política. A distância entre a democracia grega e a atual corrobora a
percepção de que os homens constroem novas possibilidades fazendo com que a vida de
todos seja transformada pelo intempestivo movimento de ideias que marca a sociedade
desde seu princípio.

Atividade 1 - Tempestade Cerebral

Inicie a aula falando sobre o que o grêmio estudantil representa na escola enquanto uma
entidade de democratização da gestão escolar na medida em que constitui um espaço de
participação política dos alunos na vida escolar.
Na sequência questione a turma sobre:
Grêmio Estudantil A relação entre Grêmio
Democracia
da Escola Estudantil e Democracia.
- Exemplifique momentos e
situações que o Grêmio atuou
- Na sua escola tem
- O que é de forma democrática.
Grêmio Estudantil?
democracia? - Qual a importância desses
- Como se deu a
- Cite uma ação momentos/situações
escolha desses
que envolve democráticas?
representantes?
democracia? - Cite momento/situações de
- Quais as ações do
- Cite situações na atuação do Grêmio que não
Grêmio?
escola que são foram democráticas.
- Você se sente
democráticos? - Qual o significado/resultado
representado?
desses momentos
antidemocráticos?

Para esta atividade, sugerimos aplicar a dinâmica Tempestade Cerebral. Veja os


procedimentos a seguir:

1. Caracterização da técnica

É uma técnica de produção de ideias ou de soluções de problemas em grupo. Possibilita


o surgimento de aspectos ou ideias que não iriam ser, normalmente, levantadas. Na
prática não deve ser estabelecida nenhuma regra ou limite, eliminando assim todos os
prováveis bloqueios ao "insight".

2. A técnica é útil para:

a. Desenvolver a criatividade
b. Liberar bloqueios de personalidade.
c. Vencer a cegueira intelectual que nos impede de vê as mil e uma soluções de cada
problema.
d. Criar um clima de otimismo no grupo.
e. Desenvolver a capacidade de iniciativa e liderança.
3. Como usar a técnica

a. Disponha o pessoal como for possível, de preferência em círculo.


b. Incentive a informalidade e a descontração.
c. Explique só serão aceitas as ideias livres de críticas, julgamentos e explicações.
d. Conduza à espontaneidade, pedindo que os alunos exponha o que vier à cabeça, sem
pré-julgar.
e. Pedir que emitam ideias em frases breves e concisas.
f. Todos devem falar alto, sem ordem preestabelecida, mas um de cada vez.
g. Evitar cochichos, risinhos e conversas paralelas.
- As ideias/palavras-chave vão sendo registradas no quadro de giz, de forma aleatória,
por um ou dois estudantes voluntários, usando giz colorido.
- Quando todos tiveram contribuído, inicia-se uma discussão a partir do tema proposto,
amarrando cada uma das ideias escritas no quadro de tal forma que, ao final da
discussão, possamos perceber uma sistematização sobre o tema proposto, ou seja, a
partir das anotações ficará evidente a relação entre o grêmio e a democracia.

FONTES:
PORTAL DO ESPÍRITO. Técnica de dinâmicas de grupo: Tempestade Cerebral.
Disponível
em: http://www.espirito.org.br/portal/artigos/diversos/comunicacao/tecnicas-em-
dinamica.html. Acesso em mai de 2012.
WIKIPÉDIA. Brainstorming. Disponível
em: http://pt.wikipedia.org/wiki/Brainstorming. Acesso em mai de 2012.
Vídeo Complementar
Na sequência passe o vídeo abaixo que mostra como a participação consciente é
fundamental para o bom funcionamento do grêmio estudantil. Esse vídeo é utilizado
aqui como exemplificador, pois muitos elementos debatidos/levantados pelos alunos na
Tempestade de Ideias serão comentados por Tiago, que fala sobre a participação
consciente nas ações do Grêmio.
O vídeo Educação e participação - Recreio com História - mostra a história do aluno
Thiago Mendes Rosa. Thiago conta como é participar do grêmio estudantil de sua
escola. Relata como a participação pode ajudar no diálogo entre escola/aluno e como
isto pode se transformar em melhorias para a própria escola. Conta que essa interação
ajuda o aluno a tomar consciência de que também pode mudar a sociedade em que vive.

Educaçã Duração: 2 min, 5 s


oe Autor: Paraná. Secretaria de Educação. TV Paulo Freire
participa Fonte: http://www.educadores.diaadia.pr.gov.br/modules/debaser/sing
ção lefile.php?id=15208
[Recreio
com
história]
Esse vídeo permite ao aluno perceber que a ação democrática na escola é fundamental
para a gestão democrática.

Se julgar adequado e oportuno disponibilize aos alunos, em forma de fotocópia, o texto


do Professor Wilson Colares, presente no Jornal do Professor, intitulado Cidadania
na Escola. Esse texto apresenta um breve histórico dos Grêmios no Brasil e discorre
sobre a importância dessa entidade para "a formação de um jovem cidadão mais crítico,
participativo, condutor e sujeito de sua própria história".

Texto complementar
Wilson Colares. Jornal do Professor. Cidadania na Escola. Disponível
em http://portaldoprofessor.mec.gov.br/conteudoJornal.html?idConteudo=205.
Acesso em: abr de 2012.

Depois dessa atividade explique que o conceito de democracia, embora largamente


utilizado, nem sempre é claro ou transparente para a população, tendo sofrido várias
transformações históricas. Explique aos alunos que desde a Grécia Antiga até os dias de
hoje, a ideia de que democracia significa “governo do povo” ou “governo da maioria”
tem um significado que, normalmente, denota um governo voltado para a distribuição
equitativa do poder. No entanto, entre a cidade-Estado grega e o Estado Moderno, o
conceito de democracia sofreu mudanças importantes que serão abordadas nas próximas
aulas.
Para iniciar os estudos que conduzirão à compreensão de elementos fundamentais na
constituição do conceito grego de democracia, informe os seus alunos que eles
desenvolverão, no laboratório de informática, uma pesquisa sobre a democracia na
Grécia Antiga.

Atividade 2 - Pesquisando...

O legado da Grécia Antiga à civilização contemporânea inclui experiências políticas


que são resultados de sucessivas lutas. A democracia representa um frágil e tenso
equilíbrio entre as várias camadas sociais que, apesar das divergências que as separam,
todas adquirem o direito de participação política.
Vamos compreender um pouco mais dessa história?
Organizados em grupos (4 a 5 membros) os alunos deverão, nessa pesquisa, usar toda a
criatividade e buscar diversos recursos disponíveis na internet. No processo de pesquisa
eles poderão buscar por vídeos, imagens, textos, áudios e simuladores. Ao final da
pesquisa os alunos deverão organizar os materiais para serem compartilhados com a
turma pelo twitter. Pesquisando nos sites indicados os alunos buscarão informações
sobre os seguintes temas:

 Definição de democracia
 Democracia Grega X Contemporânea = Democracia direta X Democracia
representativa
 Governo Único x Governo dos melhores x Governo de todos

Sugestão de sites

 Portal do Professor: Disponível


em: http://portaldoprofessor.mec.gov.br/buscaGeral.html?busca=demo
cracia&x=0&y=0. Acesso em mai 2012
 Filosofia Seed - Disponível
em: www.educadores.diaadia.pr.gov.br/modules/debaser/singlefile.php?id=1
4693. Acesso em: abril 2012
 Mundo Educação. Disponível
em: http://www.mundoeducacao.com.br/historiageral/democracia-
grega-x-democracia-contemporanea.htm. Acesso em: abril 2012
 Recanto das Letras. Disponível
em: http://www.recantodasletras.com.br/artigos/2210117. Acesso em:
abril 2012
 Infopédia. Disponível em: http://www.infopedia.pt/$nascimento-da-
democracia-na-grecia-antiga . Acesso em abril 2012
 Infopédia. Disponível em: http://www.infopedia.pt/lingua-
portuguesa/democracia. Acesso em: abril 2012
 Robertexto. Disponível
em: http://www.robertexto.com/archivo15/os_gregos.htm. Acesso em:
abril 2012
 Google imagens. Disponível em: http://migre.me/95gBJ Acesso em mai
2012
 Malvados. Disponível em: http://www.malvados.com.br/. Acesso em mai
2012

Compartilhando...
Nesse momento os alunos compartilharão os materiais selecionados através do Twitter.
Para a realização dessa atividade, o professor manterá os alunos ao laboratório de
informática para que eles acessem o tutorial feito pela VJ Marimoon sobre o twitter. Em
duplas, os alunos farão a leitura do tutorial anotando tudo àquilo que julgarem
necessário para usarem o twitter com eficiência.
Tutorial do twitter. Disponível em: http://marimoon.mtv.uol.com.br/tutorial-
completissimo-sobre-o-twitter/. Acesso em: mai 2012
Feito isso, os alunos, individualmente, criarão uma conta no twitter. O tutorial orienta
passo a passo como criar a conta. Para iniciar eles deverão clicar em "abre uma
conta" no próprio tutorial.
Depois que todos os alunos criarem seus perfis, o professor deverá criar uma lista com
todos os "twitters" da sala para que um possa "seguir" o outro. Em seguida, os alunos
deverão testar seus "twitters" escrevendo sobre pesquisa realizada.
O professor também fará suas postagens destacando os três conceitos que são
fundamentais para a efetivação da democracia na Grécia.

Isonomia Isegoria Eklesia


Direito à palavra -
Todos os cidadãos
Igualdade perante a lei
têm igual direito
- Todos os homens
de manifestar sua
estão sujeitos às
opinião política Assembleia do
mesmas leis e normas -
para todos os Povo. Nela o
ou seja, ninguém é
outros. A palavra cidadão ateniense
"semideus", somos
de dois homens adulto de sexo
todos homens, e os
tem igual valor masculino tinha
homens devem ter os
perante a direito a palavra e
mesmos direitos e
sociedade. Quando voto. A Eklesia
deveres na sociedade.
as opiniões ocupava lugar e
Começa, aqui, uma
divergem, é excelência como
busca pela objetividade
preciso que se principal base
da "gestão do coletivo".
discuta a questão. política das
As normas e leis não
Através do instituições
podem ser mudadas,
discurso, da fala, democráticas
como as vontades de
os cidadãos tem o atenienses.
um imperador: elas são
direito de
compartilhadas por
convencer os
todos.
outros sobre seu
ponto de vista.

Tendo como princípio básico o exercício do poder pelo povo (dêmos), a democracia
antiga se opõe à democracia dos modernos, cujo único poder se resume à escolha
daquele que vai decidir em nome do povo. Deste modo, o estudo sobre o legado cultural
de Atenas parece reforçar a oposição clássica entre a chamada democracia participativa
e a democracia representativa.

Caso perceba que, apesar da pesquisa e da aula expositiva, ainda há necessidade de


retomar o conteúdo sobre a democracia na Grécia Antiga, é possível fazê-lo através do
texto do filósofo e professor da USP Renato Janine Ribeiro que discute no livro "A
Democracia" o que é a democracia moderna e a questão: ainda pode haver democracia?
O primeiro capítulo A Democracia Direta - disponibilizado aqui - traz uma breve
explicação sobre democracia grega.

Texto complementar
Renato Janine Ribeiro. A DEMOCRACIA DIRETA. Disponível
em: http://www1.folha.uol.com.br/folha/publifolha/ult10037u351772.shtml. Acess
o em: Abr de 2012.

Atividade 3

Na sequência apresente aos alunos as imagens abaixo e peça que eles as analisem
procurando identificar o que há de comum entre elas. Para a apresentação das imagens
para os alunos pode-se utilizar o recurso multimídia disponível na escola, ou ainda,
fotocopiar as imagens e distribuí-las. Solicite que os alunos expressem verbalmente suas
observações e, durante as falas, intercale as questões propostas nos roteiros abaixo, a
fim de orientar as reflexões. Solicite que os estudantes anotem suas observações no
caderno, para posterior argumentação com os demais.

Roteiro de pré-análise:

1. Qual é a condição de vida dos sujeitos da imagem?


2. Qual é o documento que o homem está lendo?
3. O chargista procurou demonstrar o que com seu desenho?
Fonte: VEREDAS. Disponível
em: http://jornalveredas.wordpress.com/2008/07/30/53/. Acesso em abr 2012
Roteiro de pré-análise:

1. A voz do povo será ouvida?


2. De acordo com o desenho qual será a versão da imprensa sobre o
movimento?
3. Há, nessa imagem, a representação pela mídia da vontade popular?
Fonte: FILOSOMIDIA. Disponível em: : http://4.bp.blogspot.com/-
i16Ux7-
ZnYg/TpsdkrBpKGI/AAAAAAAABSE/8lu7muTIM8Y/s1600/Movimento
s_sociais_Charge_marilungo_Via_Colectivo_Tejiendo_Facebook_065
305_n.jpg. Acesso em abr 2012

Fonte: ARC0WEB. Disponível em: http://www.arcoweb.com.br/arquitetura/oscar-


niemeyer-coletanea-de-11-02-2008.html. Acesso em abr 2012

Para finalizar a atividade pergunte aos alunos:

 É possível relacionar as imagens acima com o que vocês entendem por


democracia?
 O Brasil é um país democrático?
Deixe que os alunos exponham oralmente suas reflexões livremente, pois essas
perguntas, bem como as respostas, estão diretamente relacionadas à próxima atividade.
Professor! Faça o registro da síntese das reflexões no quadro.

Atividade 4

Depois das explanações sobre as imagens, solicite que os alunos busquem


nos princípios e nas práticas democráticas abaixo descritas, relações com as imagens
acima,observando as anotações do quadro negro.

Roteiro de análise

1. Quando afirmamos que o Brasil é um país democrático em quais princípios


da democracia nos apoiamos?
2. Quando se nega a democracia brasileira, na ausência de qual princípio se
apoia essa afirmação?
3. A análise das imagens e dos princípios afirma ou nega a democracia no
Brasil?

O Que É a Democracia?

Democracia vem da palavra grega “demos” que significa povo. Nas democracias, é o povo quem detém o
poder soberano sobre o poder legislativo e o executivo.

Embora existam pequenas diferenças nas várias democracias, certos princípios e práticas distinguem o gov
democrático de outras formas de governo.
 Democracia é o governo no qual o poder e a responsabilidade cívica são exercidos por todos os
cidadãos, diretamente ou através dos seus representantes livremente eleitos.
 Democracia é um conjunto de princípios e práticas que protegem a liberdade humana; é a
institucionalização da liberdade.
 A democracia baseia-se nos princípios do governo da maioria associados aos direitos individuais e
minorias. Todas as democracias, embora respeitem a vontade da maioria, protegem escrupulosamen
os direitos fundamentais dos indivíduos e das minorias.
 As democracias protegem de governos centrais muito poderosos e fazem a descentralização do gov
a nível regional e local, entendendo que o governo local deve ser tão acessível e receptivo às pessoa
quanto possível.
 As democracias entendem que uma das suas principais funções é proteger direitos humanos
fundamentais como a liberdade de expressão e de religião; o direito a proteção legal igual; e a
oportunidade de organizar e participar plenamente na vida política, econômica e cultural da socieda
 As democracias conduzem regularmente eleições livres e justas, abertas a todos os cidadãos. As
eleições numa democracia não podem ser fachadas atrás das quais se escondem ditadores ou um pa
único, mas verdadeiras competições pelo apoio do povo.
 A democracia sujeita os governos ao Estado de Direito e assegura que todos os cidadãos recebam a
mesma proteção legal e que os seus direitos sejam protegidos pelo sistema judiciário.
 As democracias são diversificadas, refletindo a vida política, social e cultural de cada país. As
democracias baseiam-se em princípios fundamentais e não em práticas uniformes.
 Os cidadãos numa democracia não têm apenas direitos, têm o dever de participar no sistema polític
que, por seu lado, protege os seus direitos e as suas liberdades.
 As sociedades democráticas estão empenhadas nos valores da tolerância, da cooperação e do
compromisso. As democracias reconhecem que chegar a um consenso requer compromisso e que is
nem sempre é realizável. Nas palavras de Mahatma Gandhi, “a intolerância é em si uma forma de
violência e um obstáculo ao desenvolvimento do verdadeiro espírito democrático”.
Fonte: Embaixada dos Estados Unidos no Brasil. Princípios da Democracia. Disponível
em: http://www.embaixada-americana.org.br/democracia/what.htm . Acesso em abr 2012.
O resultado dessa atividade deve ser anotado e compartilhado com a turma toda. Os
alunos, em grupos de 3 ou 4 membros, deverão fazer uma produção textual que irá
compor o Mural de Ideias - espaço reservado às produções resultantes das aulas de
Filosofia. Nesse mural, professor, organize as imagens, o texto sobre os princípios da
democracia e as perguntas que orientaram as produções dos alunos. Os textos dos
alunos devem estar intercalados com as perguntas de forma que eles respondam as
indagações expostas.
MURAL DE IDEIAS: Professor organize as imagens apresentadas, o texto sobre os
princípios da democracia, as perguntas que orientaram as produções dos alunos no
mural. Coloque as produções dos estudantes, depois de corrigidas e revisadas para todos
poderem ler.

Além da ausência de alguns princípios vistos na aula passada, outros elementos


colaboram na defesa de que na sociedade contemporânea há um esvaziamento da
democracia. Saramago, no vídeo Falsa Democracia aponta alguns elementos que
confirmam a ausência de democracia.
Professor! Apresente o seguinte roteiro preparando os estudantes para a análise do vídeo
sugerido.

Roteiro de análise

1. O que podemos entender com afirmação de que a democracia está como uma
'espécie de santa no altar'?
2. Por que Saramago afirma que a democracia contemporânea é uma
democracia sequestrada, condicionada e amputada?
3. Quem efetivamente governa o mundo segundo Saramago?
4. Quais são entidades citadas por Saramago que contribuem no processo de
esvaziamento democrático?

Passar para os alunos o vídeo José Saramago - Falsa Democracia onde o escritor
afirma que a democracia contemporânea foi sequestrada.

Tempo: 1' 44"

FONTE: YouTube. José Saramago - Falsa Democracia. Disponível


em: http://www.youtube.com/watch?v=m1nePkQAM4w . Acesso em abr 2012

Atividade 5

Vamos investigar?
Saramago faz inúmeras denúncias sobre o sistema democrático mundial vigente. Será
que suas acusações procedem? Esses mecanismos internacionais realmente interferem
em nossas vidas? Nós realmente não podemos interferir na definição de quem
comandará esses organismos?
Os alunos deverão pesquisar em jornais e revistas impressos, notícias que remetem a
intervenção dos organismos internacionais citados por Saramago. Eles buscarão
elementos divulgados pela mídia impressa que mostram ações do FMI, da OMC e do
Banco Mundial que interferem diretamente na vida dos cidadãos brasileiros. Deverão
analisar essas medidas a fim de compreender quais as consequências para o povo
brasileiro das medidas tomadas por entidades que, conforme aponta o escritor
português, tomam decisões por todos sem serem eleitas por ninguém. Deverão propor
medidas e ações que os cidadãos brasileiros podem assumir para efetivar a democracia
em nosso país. As imagens, manchetes e pequenos textos deverão ser selecionados para
compor, juntamente com a produção da atividade anterior, o Mural de Ideias.

Concluindo
A democracia direta foi concebida pelos gregos e caracterizava-se pela participação
direta dos cidadãos nas decisões das questões públicas. Atualmente, a forma
democrática utilizada em todo o mundo é a democracia representativa, que se
caracteriza pela participação dos cidadãos de modo indireto, periódica e formal no
processo eleitoral. Depois de ter estudado elementos que compõem a democracia
contemporânea e ter conhecido algumas críticas a esse modelo o aluno está apto a
entender que o modelo de democracia hoje é muito diferente daquele adotado na Grécia
Antiga e depende exclusivamente da participação do povo não só na escolha, mas
também, durante o exercício de governo.
Recursos Educacionais

NOME TIPO

Educação e participação [Recreio com história] Vídeo


Recursos Complementares

Artigos
Marilde Loyola de Menezes. Democracia de Assembleia e Democracia de
Parlamento: uma breve história das instituições democráticas. Revista Sociologias.
Disponível em http://www.scielo.br/pdf/soc/n23/03.pdf. Acesso em abr 2012
Renata de Sousa Pinto. A democracia antiga e a moderna. Disponível
em: http://controlesocial.fdr.com.br/download/saibamais/FDR_CONTROLESOCI
AL_DEMOANTIGA.pdf. Acesso em abr 2012.

Vídeos
Mundo Vestibular. Aspectos históricos da democracia - Oficina do Estudante.
Disponível em: http://www.mundovestibular.com.br/articles/7990/1/Democracia-
Aspectos-Historicos-Video-Aula/Paacutegina1.html. Acesso em: mai 2012
Avaliação

A avaliação pode se dar a partir de alguns critérios previamente estabelecidos pelo


professor:

Durante as aulas, para melhor envolvimento com o tema proposto, perceba se houve:
1. Participação durante as discussões e atividades;
2. Comprometimento com o grupo;
3. Argumentação durante o debate; respeito à opinião dos colegas;
4. Empenho para problematizar os temas.

A partir dessas observações é possível verificar se o aluno percebe a


importância do tema em discussão e se está conseguindo acompanhar as
atividades propostas.

De acordo com a proposta desta aula, avalie se nas atividades realizadas pelos
estudantes, eles:
 Compreenderam os princípios fundamentais da democracia grega.
 Compreenderam as críticas ao modelo de democracia contemporâneo.
 Perceberam as diferenças entre o modelo grego e o contemporâneo.
 Reconhecem os motivos das críticas ao modelo contemporâneo de
democracia.

Instrumentos de avaliação:
 Pesquisa sobre os conceitos da democracia grega
 Leitura e análise de imagens
 Leitura e contextualização de texto
 Produção textual
 Pesquisa sobre os mecanismos que governam o mundo atualmente
Opinião de quem acessou
Quatro estrelas 3 classificações

 Cinco estrelas2/3 - 66.67%


 Quatro estrelas1/3 - 33.33%
 Três estrelas0/3 - 0%
 Duas estrelas0/3 - 0%
 Uma estrela0/3 - 0%

Denuncie opiniões ou materiais indevidos!