Você está na página 1de 2

FARMACO DO TRATO GASTROINTESTINAL

FÁRMACOS PARA ÚLCERAS PÉPTICAS E FÁRMACOS PARA NÁUSEA E ÊMESE:


REFLUXO GASTROESOFÁGICO:
FENOTIAZÍNICOS:
ANTIMICROBIANOS: Pacientes com úlcera infectados
com H. pylori.  Representante: proclorperazina
 Ação: bloqueio de receptores de dopamina na
 Uso de IBP combinado com amoxicilina. zona de gatilho do vômito.

ANTAGONISTAS DE RECEPTOR H2: bloqueia a BLOQUEADORES DO RECEPTOR 5-HT3:


ligação da histamina aos receptores de H2, inibindo a
produção de HCl.  Representante:ondansetrona, granisetrona,
palonosetrona e dolasetrona.
 Classes: cimetidina, ranitidina, famotidina e  Ação: bloqueiam os receptores 5-HT3 da área
nizatidina. de gatilho do vômito.
 Ação: bloqueiam reversivelmente os  Farmacocinética: IV.
receptores de H2 no estômago.  Efeitos: aumento do intervalo QT.
 Os pacientes com úlceras induzidas por AINEs
devem ser tratados com IBPs, pois esses
fármacos curam e previnem úlceras futuras de BENZAMIDAS:
modo mais efetivo do que os antagonistas H2.
 Usado para úlcera por estresse, DRGE.  Representante: metoclopramida (plasil).
 Farmacocinética: VO, excreção renal.  Ação: inibição da dopamina na CTZ.
 Efeitos: A cimetidina pode ter efeitos
endócrinos como ginecomastia e galactorreia.
BUTIROFENONAS:
INIBIDOR DA BOMBA DE PRÓTONS (IBP):
 Representante: haloperidol e droperidol.
 Representante: dexlansoprazol, esomeprazol,  O droperidol é usado com mais frequência para
lansoprazol, omeprazol, pantoprazol e sedação em endoscopia e cirurgia, em geral
rabeprazol. associada a opioides ou benzodiazepínicos.
 Omeprazol está disponível como  Ação:
venda livre para tratamento de curto  Farmacocinética:
prazo e de DRGE.  Efeitos:
 Ação: Inibe a secreção gástrica por
antagonizar irreversivelmente as bombas de
prótons do estômago. BENZODIAZEPÍNICOS:
 Farmacocinética: VO, 30-60min antes do
desjejum ou principal refeição, excretado na  Representante: lorazepam e alprazolam.
urina e fezes.

PROSTRAGLANDINAS:

 Representante: misoprostol (usado para a


prevenção de úlcera gástrica por AINEs.
 Ação: inibe a síntese de HCl.
 Efeitos: altamente abortivo por induzir
contrações uterinas.

ANTIÁCIDOS:

 Representante: hidróxido de alumínio ou


magnésio, carbonato de cálcio.
 Ação: bases fracas que reagem com o ácido
clorídrico, produzindo água e sal.
 Efeitos: constipação ou diarreia.

PROTETORES DE MUCOSA:

 Representante: Sucralfato.
 Ação: hidróxido de alumínio e sacarose que se
liga à mucosa do estômago, formando uma
proteção.
 Não previne úlceras por AINEs nem cicatriza
as existentes.
ANTIDIARREICOS:

ANTIMOTILIDADE:

 Representante: difenoxilato e a loperamida.


 Ação: inibem a liberação de ACh, diminuindo
peristaltismo.

ADSORVENTES:

 Representante: hidróxido de alumínio e


metilcelulose.
 Ação: adsorvem toxinas ou micro-organismos.

LAXANTES:

Irritantes e estimulantes:

 Senna
 Bisascodil
 Óleo de rícino

Salinos ou osmóticos:

 Citrato de magnésio
 Hidróxido de magnésio
 Fosfato de sódio

Amolecedores de fezes:

 Docusato de sódio
 Docusato de cálcio

Lubrificantes:

 Óleo mineral
 Glicerina