Você está na página 1de 6

Direito Administrativo Currículo do Docente

Aula 1
 Doutor em Direito, pela PUCPR
Prof. Dr. Érico Hack
ericohack@grupouninter.com.br
 Advogado

Gestão Pública

Plano de Aula  Aula 4: Licitações

 Aula 1: Funções de Estado,


 Aula 5: Contratos Administrativos
Conceito de Direito Administrativo,
e Agentes Públicos
Regime e Princípios
 Aula 6: Processo Administrativo,
 Aula 2: Administração Pública
Controle da Administração Pública
e Atividades Administrativas
e Responsabilidade do Estado por
 Aula 3: Atos Administrativos Danos

Direito Administrativo Função Pública ou de Estado

 Função pública (ou de Estado):  Função legislativa: criação de leis

• dever de alcançar o interesse  Função jurisdicional: resolução


público de controvérsias em definitivo

• poderes especiais
 Função política: funções de Estado
• sujeição à lei que não se encaixam nas demais

1
Função Administrativa Conceito de Direito
 Desempenho da atividade Administrativo
administrativa
 Submetido à lei: comportamentos “Ramo do direito público que
infralegais disciplina a função administrativa
 Poder Executivo: pode ser e os órgãos que a exercem.”
exercido pelos outros poderes
quando praticam atos de
administração (MELLO, Celso Antonio Bandeira de)

“[...] conjunto harmônico de Elementos


princípios jurídicos que regem  Sistema de normas jurídicas
os órgãos, os agentes e as (não políticas)
atividades públicas tendentes  Realização dos fins
a realizar concreta, direta e
 Concreta
imediatamente os fins desejados
 Direta
pelo Estado.”
(MEIRELLES, Hely Lopes)  Imediatamente

Regime Jurídico da Regime de Direito Privado


Administração Pública
 Casos excepcionais: art. 173,
 É composto por: § 1o, II, da CF

• funções de direito privado


• regime de direito privado
• obediência à normas de direito
público – não é puro de direito
• regime jurídico-administrativo
privado

2
Regime Princípios do Direito
Jurídico-Administrativo Administrativo

 Regime próprio da administração  Dão contorno ao regime


jurídico-administrativo
 Prerrogativas e sujeições
 Expõe as prerrogativas e

 Poderes especiais dentro da lei – sujeições, e o valor que deve


interesse público norteá-las na sua aplicação

Princípio da Supremacia Indisponibilidade do


do Interesse Público Interesse Público
sobre o Privado
 As prerrogativas da
 Principal princípio – conteúdo administração pública
do regime jurídico-administrativo são, também, deveres

 Deve agir conforme a lei –


 Justifica as prerrogativas interesse público

Princípio da Legalidade Princípio da


Impessoalidade
 A atuação do Estado deve
 Tratamento igual para todas
decorrer de lei e respeitar
as pessoas
seus limites
 Para a Administração, todos
 A lei dá as prerrogativas os cidadãos devem ser iguais e
e impõe os limites ter os mesmos direitos e deveres

3
Princípio da Moralidade Princípio da Publicidade

 A administração deve atuar  Ampla divulgação dos atos


dentro de padrões éticos, e das atividades da Administração
com boa-fé e lealdade
 Acesso a informações públicas

 A sua atuação não pode ser  Fundamentação de todos os atos


desonesta ou maliciosa (exposição dos motivos)

Princípio da Eficiência Princípio da Razoabilidade

 A atuação do Estado deve ser


realizada da melhor maneira  A atuação deve se dar dentro
possível do limite do razoável,
de normalidade
 ‘Mais pelo menos’
 Veda atuações bizarras, ilógicas
 Busca pelo aperfeiçoamento

Princípio da Princípio da Motivação


Proporcionalidade
 Toda a atuação da Administração
 A atuação deve ser deve ter os motivos explicitados
proporcional ao fim almejado
 Verificar se o ato é adequado
e se o motivo atende ao
 Relação de meio e fim
interesse público

4
Princípio da Ampla Defesa
e do Devido Processo Legal
Resumo
 Direito de defesa

Principais Pontos
 Devido processo legal: punição
da Aula
ou restrições de direitos – rito
legal

Direito Administrativo Regime


Jurídico-Administrativo
“[...] conjunto harmônico de
princípios jurídicos que regem  Regime próprio da administração
os órgãos, os agentes e as
atividades públicas tendentes  Prerrogativas e sujeições
a realizar concreta, direta e
imediatamente os fins desejados
 Poderes especiais dentro da lei –
pelo Estado.” interesse público
(MEIRELLES, Hely Lopes)

Princípio da Supremacia Indisponibilidade do


do Interesse Público Interesse Público
sobre o Privado
 As prerrogativas da
administração pública
 Principal princípio – conteúdo
são, também, deveres
do regime jurídico-administrativo

 Deve agir conforme a lei –


 Justifica as prerrogativas interesse público

5
Princípio da Legalidade

 A atuação do Estado deve


decorrer de lei e respeitar
seus limites

 A lei dá as prerrogativas
e impõe os limites