P. 1
POLITICA DE PREÇOS - distribuiçao

POLITICA DE PREÇOS - distribuiçao

|Views: 762|Likes:

More info:

Published by: Carolina Mateus Baptista on Jan 03, 2011
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOCX, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

07/17/2013

pdf

text

original

POLITICA DE PREÇOS Para os distribuidores, ter de decidir os preços de uma imensidão de produtos é muito vulgar.

Ao nível da política de preços praticada no ponto de venda, podem-se identificar 3 tipos de políticas: 1. A política de preço fixo todos os produtos têm um preço fixo, impossível de ser negociado com o consumidor; 2. A política de preço flexível permite-se fazer ajustamentos consoante as condições de concorrência e a atenção dos consumidores perante os preços; 3. A politica de preço único em que todos os produtos de um sortido são oferecidos a um preço único.

Após feito o nosso estudo, concluímos que é praticada a política de preço flexível, no que diz respeito ao azeite. S Existem 3 situações e 5 elementos que condicionam a formação dos preços pelos distribuidores. Situações condicionantes dos preços: 1. Fixação vertical de preços quando os fabricantes pretendem determinar e impor aos distribuidores o preço de venda final dos produtos, tendo em consideração os seus

A estrutura de custos Para além dos custos de produção. outros. etc. 3. que requerem a utilização de margens muito reduzidas para ter o preço mais competitivo possível. o mercado dos azeites sujeita-se a uma fixação vertical de preços.. existem os custos de transporte. A composição do sortido Existem produtos que se compram por impulso. as margens quer do fabricante quer dos distribuidores. que têm de se sujeitar aos que lhes são impostos pela lei. Fixação administrativa dos preços . uma margem considerada razoável para o distribuidor e a imagem dos seus produtos que desejam transmitir ao mercado. No nosso entender. Elementos condicionadores dos preços: 1. . uma vez que os consumidores o conhecem bem. 2. como o caso do azeite. Preços livres só nesta situação é permitida aos distribuidores desenvolverem plenamente uma verdadeira política de preços.próprios custos. 2.não existe liberdade de formação dos preços pelos distribuidores. os impostos e as taxas que invadem sobre esses produtos.

tem um preço base para todos os clientes. . Podemos verificar que. Este.3. Contudo o produto azeite. O preço do azeite não varia muito. pois qualquer alteração será sempre seguida pelos concorrentes. As características da clientela Os preços devem variar conforme for o poder de compra da clientela da loja. de concorrente para concorrente. A concorrência Quando um estabelecimento comercial se encontra: y Numa situação de monopólio (é o único ponto de venda) proporciona uma grande liberdade para fixação de preços. y Numa situação de concorrência perfeita (concorrentes numerosos mas de natureza diferentes) existe também grande liberdade de fixação de preços. y Numa situação de oligopólio (rodeado de vários concorrentes) a liberdade de fixação de preços é muito limitada. Para nós a situação de oligopólio é a mais certa. ou mesmo nada. 4. numa mercearia o preço do azeite é bastante superior. não oscila conforme a clientela.

a negociação comercial é um dos elementos fundamentais da relação produtor/distribuidor. crescimento. Aqui. a não ser que o produto esteja na moda . maturidade e decadência). É também: y y y y Influenciado pelas qualidades intrínsecas e raras desse produto. Pela própria conjuntura económica envolvente. O preço final de um produto não depende apenas dos seus custos e margens. Pelo grau de concorrência . Pela sua utilidade. e na fase de lançamento o seu preço também seja elevado.Em vez de acrescentar margem pretendida ao preço de compra. A idade dos produtos Um produto tem o seu ciclo de vida (lançamento. Na fase de lançamento e decadência normalmente os preços são mais baixos do que nas fases restantes. o distribuidor primeiro fixa os seus preços de venda face à concorrência e ao tipo de clientela e só depois selecciona o fornecedor dos produtos com características de preço e qualidade que lhe interessem e cujo preço se enquadre com a margem e preço final pretendidos. . FIXAÇÃO DOS PREÇOS Formação dos preços A moderna distribuição fixa os seus preços segundo um processo que se pode qualificar como invertido .5. o que influencia o seu preço.

3. A estratégia passiva de preços baixos por não poderem competir com a filosofia discount.Estratégias de preço São 4 as estratégias que os distribuidores seguem para fixação dos preços: 1. 4. como factor de atractividade da sua oferta. a moda. a atmosfera de compra. recorrem a campanhas promocionais periódicas e permanentes. A estratégia activa de preços baixos quando oferecem produtos de qualidade razoável a preços muito baixos (azeite virgem extra marca e). As estratégias passivas de preços altos apesar de ter preços altos. associam-se de forma indelével aos preços praticados. 2. . a exclusividade. A estratégia activa de preços altos quando pretendem criar uma imagem de qualidade do produto (aplicando ao nosso estudo temos o exemplo do azeite Galo Gourmet). a elegância.

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->