Você está na página 1de 8
O que é DIABETES?
O que é
DIABETES?
O que é DIABETES? Diabetes é uma doença em que há aumento de glicemia (açúcar no

Diabetes é uma doença em que há aumento de glicemia (açúcar no sangue). Isso ocorre porque o pâncreas (que é uma parte do seu corpo) não produz insulina suficiente ou porque a insulina não age bem no organismo.

suficiente ou porque a insulina não age bem no organismo. Pâncreas é uma glândula que fica
Pâncreas é uma glândula que fica atrás do estômago e uma das suas funções é
Pâncreas é uma glândula
que fica atrás do estômago e uma
das suas funções é produzir a
insulina.
O que é INSULINA?
O que é
INSULINA?

A insulina é um hormônio que age transportando a glicose do sangue para dentro da célula, para que sirva como fonte de energia. Trata-se de um hormônio essencial para a sobrevivência.

Trata-se de um hormônio essencial para a sobrevivência. A energia ajuda as pessoas a jogar futebol,

A energia ajuda as pessoas a jogar futebol, andar de bicicleta, ir à escola e fazer muitas outras coisas.

01

De onde vem a GLICOSE que precisamos?

De onde vem a GLICOSE que precisamos? A glicose vem principalmente dos alimentos. Quando nos alimentamos,
A glicose vem principalmente dos alimentos. Quando nos alimentamos, o Pâncreas libera uma quantidade maior
A glicose vem principalmente
dos alimentos.
Quando nos alimentamos,
o Pâncreas libera uma
quantidade maior de insulina
para permitir que a glicose
que consumimos
durante a refeição sirva como
fonte de energia para o
organismo.
Onde?
Glicose?

Quais são os tipos de DIABETES?

Onde? Glicose? Quais são os tipos de DIABETES? TIPO 1 TIPO 2 O Pâncreas não produz
TIPO 1 TIPO 2 O Pâncreas não produz insulina. A insulina produzida pelo pâncreas não
TIPO 1
TIPO 2
O Pâncreas
não produz
insulina.
A insulina
produzida pelo
pâncreas
não é suficiente.

02

Diabetes TIPO 1 Ocorre principalmente em crianças e adolescentes , mas adultos também podem ter
Diabetes TIPO 1 Ocorre principalmente em crianças e adolescentes , mas adultos também podem ter

Diabetes

TIPO 1
TIPO 1

Ocorre principalmente em crianças e adolescentes, mas adultos também podem ter esse tipo de diabetes.

Geralmente são pessoas magras e o tratamento do DIABETES TIPO I é necessariamente feito com insulina.

do DIABETES TIPO I é necessariamente feito com insulina. Diabetes TIPO 2 A insulina produzida pelo
do DIABETES TIPO I é necessariamente feito com insulina. Diabetes TIPO 2 A insulina produzida pelo

Diabetes

TIPO 2
TIPO 2

A insulina produzida pelo pâncreas não é suficiente ou não age de forma adequada para diminuir a glicemia.

É mais comum em pessoas adultas e

em

pessoas

que

tenham

familiares

com diabetes.

 

.

Está muito relacionado com a obesidade e por isso vem atingindo cada vez mais jovens.

03

Quais são os sintomas da DIABETES?

Cansaço fácil Muita sede Aumento do apetite Emagrecimento cicatrizar
Cansaço fácil
Muita sede
Aumento
do apetite
Emagrecimento
cicatrizar
Muita sede Aumento do apetite Emagrecimento cicatrizar Visão embaçada Urina aumentada dificuldade de machucados
Muita sede Aumento do apetite Emagrecimento cicatrizar Visão embaçada Urina aumentada dificuldade de machucados
Muita sede Aumento do apetite Emagrecimento cicatrizar Visão embaçada Urina aumentada dificuldade de machucados

Visão embaçada

do apetite Emagrecimento cicatrizar Visão embaçada Urina aumentada dificuldade de machucados Por que controlar

Urina aumentada

dificuldade de

machucados

Visão embaçada Urina aumentada dificuldade de machucados Por que controlar o DIABETES ? Quando o diabetes

Por que controlar o DIABETES?

Quando o diabetes não é bem controlado, podem surgir problemas imediatos: Hipoglicemia Hiperglicemia
Quando o diabetes não é bem controlado,
podem surgir problemas imediatos:
Hipoglicemia
Hiperglicemia

Hiperglicemia é o aumento do nível de açúcar no sangue, característico do diabetes. Quando o nível de açúcar não é bem controlado podem surgir problemas graves após alguns anos

Nos Olhos
Nos Olhos
bem controlado podem surgir problemas graves após alguns anos Nos Olhos No Cérebro No Coração 04

No Cérebro

No Coração

bem controlado podem surgir problemas graves após alguns anos Nos Olhos No Cérebro No Coração 04

04

bem controlado podem surgir problemas graves após alguns anos Nos Olhos No Cérebro No Coração 04

Nos Rins

Nos Pés

bem controlado podem surgir problemas graves após alguns anos Nos Olhos No Cérebro No Coração 04

Hipoglicemia é a queda excessiva do nível de açúcar no sangue.

Causas: excesso de exercício físico; falta de uma refeição regular ou refeição fora do horário; pouca quantidade de alimentos; vômitos ou diarréia; consumo de bebidas alcoólicas.

Sintomas da Hipoglicemia

Palidez

de bebidas alcoólicas. Sintomas da Hipoglicemia Palidez Fome Súbita Confusão Irritação Além de fadiga,
de bebidas alcoólicas. Sintomas da Hipoglicemia Palidez Fome Súbita Confusão Irritação Além de fadiga,

Fome Súbita

Confusão

Sintomas da Hipoglicemia Palidez Fome Súbita Confusão Irritação Além de fadiga, tremores, visão turva, suor
Sintomas da Hipoglicemia Palidez Fome Súbita Confusão Irritação Além de fadiga, tremores, visão turva, suor

Irritação

Além de fadiga, tremores, visão turva, suor excessivo, inconsciência.

Como controlar o nível de GLICEMIA?

inconsciência. Como controlar o nível de GLICEMIA? Alimentação Uma alimentação equilibrada é aquela que

Alimentação

Uma alimentação equilibrada é aquela que contém todos os nutrientes - carboidratos, proteínas, gorduras, sais minerais, vitaminas, fibras e água.

Exercícios Físicos

Proporciona melhora do controle do diabetes, da hiper- tensão e do colesterol no sangue. Controla o peso, melhora o bem estar, controla o estresse.

Controla o peso, melhora o bem estar, controla o estresse. Monitorização e uso de medicação adequada
Controla o peso, melhora o bem estar, controla o estresse. Monitorização e uso de medicação adequada

Monitorização e uso de medicação adequada

O nível normal da glicose vai de 70 a 99mg/dl. Como nossa glicemia muda diariamente, devemos fazer testes diários para ver os níveis da glicemia e usar os remédios receitados pelo médico.

05

CUIDADOS COM OS PÉS
CUIDADOS COM OS PÉS
CUIDADOS COM OS PÉS O nível elevado de açúcar no sangue do diabético pode afetar os
CUIDADOS COM OS PÉS O nível elevado de açúcar no sangue do diabético pode afetar os

O nível elevado de açúcar no

sangue do diabético pode afetar os nervos e a circulação das pernas. Procure sua equipe de Saúde quando observar qualquer alteração.

A lesão dos nervos pode causar

formigamentos, agulhadas, queimação e até insensibilidade dos pés. Assim, o diabético não sente as lesões e estas pioram.

Os principais sintomas da circulação são dor nas pernas, principalmente com exercícios, feridas que não curam, pés inchados , azulados ou ressecados.Assim, o diabético não sente as lesões e estas pioram. Lave os pés todos os dias

Lave os pés todos os dias com sabão neutro e água morna. Cuidado com a temperatura da água. Enxugue bem entre os dedos.que não curam, pés inchados , azulados ou ressecados. Não use almofadas elétricas, bolsa de água

Não use almofadas elétricas, bolsa de água quente ou de gelo nos pés.com a temperatura da água. Enxugue bem entre os dedos. Use sempre calçados fechados em qualquer

Use sempre calçados fechados em qualquer época do ano. Assim protegem melhor seus pés. Use sapatos confortáveis para evitar bolhas e calos.elétricas, bolsa de água quente ou de gelo nos pés. Verifique sempre se não há nada

Verifique sempre se não há nada dentro das meias e sapatos antes de calçá-los.pés. Use sapatos confortáveis para evitar bolhas e calos. Meias de algodão ajudam a manter seus

Meias de algodão ajudam a manter seus pés secos. Para aquecê-los use meias mais quentes.há nada dentro das meias e sapatos antes de calçá-los. 06 Use diariamente uma loção ou

06

Use diariamente uma loção ou creme hidratante nos pés, especialmente nas áreas mais afetadas. Retire o excesso e não use creme ente os dedos.pés secos. Para aquecê-los use meias mais quentes. 06 Apare suas unhas com lixa, em linha

Apare suas unhas com lixa, em linha reta, ao inves de cortá-las.afetadas. Retire o excesso e não use creme ente os dedos. Não tente remover calos ou

Não tente remover calos ou verrugas com curiosos e pedicures sem treinamentos. Só permira que pessoas treinadas e com orientação médica tratem de seus pés.suas unhas com lixa, em linha reta, ao inves de cortá-las. Evite colocar os pés de

Evite colocar os pés de ‘‘molho’’. Eles poderão rachar ou ressecar. Cuidado com a temperatura da água.treinadas e com orientação médica tratem de seus pés. Nunca ande descalço, mesmo dentro de casa.

Nunca ande descalço, mesmo dentro de casa. rachar ou ressecar. Cuidado com a temperatura da água. Examine diariamente seus pés. Cuidado com bolhas,

Examine diariamente seus pés. Cuidado com bolhas, rachaduras e ressecamentos. Se não conseguir enxergar, use um espelho ou peça ajuda. Avise sua equipe de saúde.da água. Nunca ande descalço, mesmo dentro de casa. Peça a seu médico que examine seus

Peça a seu médico que examine seus pés em todas as consultas. Tire sempre as meias e sapatos para facilitar o exame.use um espelho ou peça ajuda. Avise sua equipe de saúde. O cuidado com os pés

O cuidado com os pés é muito importante para o diabético. Consulte sempre a sua equipe de saúde.Peça a seu médico que examine seus pés em todas as consultas. Tire sempre as meias

D D I I A A B B E E T T E E S

DDIIAABBEETTEESS

AprendendoAprendendo aa vviveriver MELHORMELHOR comcom elaela

a a v v iver iver MELHOR MELHOR com com ela ela ASSOCIAÇÃO ALAGOANA DE ASSISTÊNCIA
a a v v iver iver MELHOR MELHOR com com ela ela ASSOCIAÇÃO ALAGOANA DE ASSISTÊNCIA
a a v v iver iver MELHOR MELHOR com com ela ela ASSOCIAÇÃO ALAGOANA DE ASSISTÊNCIA

ASSOCIAÇÃO ALAGOANA DE ASSISTÊNCIA AO HIPERTENSO E AO DIABÉTICO

Rua Dr. Costa Leite, 112 - Centro - Cep.: 57.020-540

Fone: (82) 8801-3291

E-mail: aaahd_@hotmail.com Facebook: aaahd_@hotmail.com

Maceió/AL

GERÔNIMO FERREIRA DA SILVA DIRETOR PRESIDENTE REGINALDO RODRIGUES DOS SANTOS DIRETOR VICE PRESIDENTE POTIRA LIMA
GERÔNIMO FERREIRA DA SILVA DIRETOR PRESIDENTE REGINALDO RODRIGUES DOS SANTOS DIRETOR VICE PRESIDENTE POTIRA LIMA
GERÔNIMO FERREIRA DA SILVA DIRETOR PRESIDENTE REGINALDO RODRIGUES DOS SANTOS DIRETOR VICE PRESIDENTE POTIRA LIMA

GERÔNIMO FERREIRA DA SILVA DIRETOR PRESIDENTE

REGINALDO RODRIGUES DOS SANTOS DIRETOR VICE PRESIDENTE

POTIRA LIMA DA SILVA DIRETORA PRIMEIRO SECRETÁRIO

LAUDICÉIA BARROS DOS SANTOS DIRETORA PRIMEIRA TESOUREIRA

EDI DE OLIVEIRA MOURA DIRETORA SEGUNDA TESOUREIRA

EVANILDE MARIA DOS SANTOS DIRETORA SEGUNDA SECRETÁRIA

JOSEFA SILVA DOS SANTOS DIRETORA SOCIAL

ADALGISA DE SOUZA LEMOS CONSELHEIRA FISCAL TITULAR

LUZINETE CRUZ DA SILVA CONSELHEIRA FISCAL TITULAR

VANUZIA DA COSTA SILVA CONSELHEIRA FISCAL TITULAR

DIRCE CARDOSO JACINTHO CONSELHEIRA FISCAL SUPLENTE

MARLENE CALADO LIMA CONSELHEIRA FISCAL SUPLENTE

ADEZUITA GOMES DA SILVA CONSELHEIRA FISCAL SUPLENTE

COLABORADORES:

Assistente Social - Dra. Deise Codá dos Santos Nutricionista - Maria da Conceição de Paula Sarinho

C S Labclin CERVI Laboratório de Análises Clínicas Centro de Reabilitação Visual Maceió CONSELHO MUNICIPAL
C S
Labclin
CERVI
Laboratório de Análises Clínicas
Centro de Reabilitação Visual
Maceió
CONSELHO MUNICIPAL DE SAÚDE