Filosofia – 10º ano

Professor Paulo Gomes

Noções básicas de Lógica – Exercícios - Correção
1. Reduza à forma normal as seguintes frases declarativas e, em casa caso,
identifique o tipo de proposição:
a) Há seres humanos insensíveis.
Alguns seres humanos são insensíveis – Tipo I.
b) As aves existem há milhões de anos.
Todas as aves existem há milhões de anos – Tipo A.
c) Certos atletas não são honestos.
Alguns atletas não são honestos – Tipo O.
d) Os jovens não gostam de fado.
Nenhum jovem gosta de fado – Tipo E.
e) Poucos filósofos são céticos.
Alguns filósofos são céticos – Tipo I.
f)

Praticamente todos os europeus são democratas.
Alguns europeus são democratas – Tipo I.

2. P. ‘Nenhum animal é extraterrestre’.
- Apresente as opostas da proposição P.
Contraditória: Alguns animais são extraterrestres.
Contrária: Todos os animas são extraterrestres.
Subalterna: Alguns animais não são extraterrestres.
3. Se for provado que todos os homens são capazes de resolver problemas
complexos, podemos considerar como verdadeira a tese: ‘Alguns homens não são
capazes de resolver problemas complexos’? Justifique a sua resposta com base nas
regras da oposição.
Todos os homens são capazes de resolver problemas complexos;
Alguns homens não são capazes de resolver problemas complexos.
Não, porque são proposições contraditórias: se se prova a verdade de uma está a
provar-se, também, a falsidade da outra, porque duas proposições contraditórias não
podem ser ambas verdadeiras ou falsas ao mesmo tempo, se uma é verdadeira, a
outra é falsa e inversamente.

4. Q. ‘Alguns artistas não são famosos’.
A proposição Q é verdadeira. Sabendo isso:
4.1. Apresente a sua subcontrária.
“Alguns artistas são famosos”.
4.2. A subcontrária de Q pode ser verdadeira? Justifique com base nas regras da
oposição.
Sim, porque duas proposições subcontrárias podem ser ambas verdadeiras, não
podendo ser ambas falsas.
5. Para provar que é falso que ‘todos os peixes são mamíferos’, é suficiente provar
que alguns peixes são mamíferos é uma proposição falsa? Justifique com base nas
regras da oposição.
“Todos os peixes são mamíferos”;
“Alguns peixes são mamíferos”.
Sim, porque são duas proposições subalternas e, nesse caso, a falsidade da particular
implica a falsidade da universal.
6. Sabendo que alguns homens são peritos em matemática aplicada, pode concluir-se
daí que todos os homens são peritos em matemática aplicada? Justifique com base
nas regras da oposição.
“Alguns homens são peritos em matemática aplicada”;
“Todos os homens são peritos em matemática aplicada”.
Não, porque sendo duas proposições subalternas, a verdade da particular não implica
a verdade da universal.
7. Identifique as premissas e a conclusão dos seguintes argumentos e identifique, em
cada caso, o tipo de argumento:
7.1. “O António defendeu que todos os corvos são pretos, uma vez que se pode
ver que todos os corvos observados até hoje são pretos. Partindo da mesma premissa
o António foi capaz de prever que o próximo corvo que observarmos será preto.”
Neste caso temos dois argumentos indutivos:
a) Generalização:
Premissa: Cada um dos corvos observados até hoje são pretos
Conclusão: Logo, Todos os corvos são pretos
b) Previsão:
Premissa: Cada um dos corvos observados até hoje são pretos
Conclusão: Logo, o próximo corvo que observarmos será preto

7.2. “Não se pode viajar mais depressa do que a luz, porque Einstein afirmou que
não se pode viajar mais depressa do que a luz.”
Premissa: Einstein afirmou que não se pode viajar mais depressa do que a luz
Conclusão: Logo, não se pode viajar mais depressa do que a luz
Trata-se de um argumento de autoridade.
7.3. “O professor de Inglês defendeu que se pode aplicar à turma J os princípios
da instrução militar, porque uma turma é muito semelhante a um pelotão militar.
Premissa: Uma turma é muito semelhante a um pelotão militar
Conclusão: Logo, pode-se aplicar à turma J os princípios da instrução militar
Trata-se de um argumento por analogia.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful