Você está na página 1de 22

___________________________________________________________________

EMPREENDEDORISMO Deste modo, as organizações precisam de


colaboradores com visão empreendedora,
 OBJETIVOS DO CURSO criatividade, liderança, visão sistêmica,
capacidade de transformação, dentre uma
O curso de Empreendedorismo do ADMON série de outras qualidades necessárias ao
- Administração Online tem como objetivo o sucesso empresarial.
estudo dos aspectos que são abordados pelo Para isto, essas competências necessitam
empreendedorismo. Este curso trata da estar aliadas à visão, às metas e às políticas
evolução e do crescimento do organizacionais, permitindo o
empreendedorismo no Brasil, dos conceitos desenvolvimento e a adequação dos
de empreendedorismo atribuídos na funcionários aos princípios empresariais.
literatura, dascaracterísticas de um A seguir, comenta-se sobre o surgimento do
empreendedor, bem como do processo empreendedorismo de uma forma geral.
empreendedor e de como montar um plano
de negócios (business plan) de forma 2. O SURGIMENTO DO
simplificada. EMPREENDEDORISMO

1. INTRODUÇÃO A palavra “empreendedor” vem do Francês,


“entrepeneur”, que significa aquele que
Em todo o mundo, o interesse pelo inicia algo novo e assume riscos.O primeiro
empreendedorismo se estende além das uso do termo empreendedorismo atribui-se a
ações dos governos nacionais, atraindo Marco Polo, quando este fez a tentativa de
também a atenção de muitas organizações e definir uma rota comercial ao oriente.
entidades multinacionais [...]. Na idade média, o empreendedor era aquele
DORNELAS, J.C.A. que gerenciava grandes projetos de
produção. Naquela época o empreendedor
Destacar-se perante os desafios do ambiente corria riscos extremos e seu papel era apenas
empresarial exige o desenvolvimento gerenciar os recursos.
constante de metas e de estratégias que No século XVII, surge a figura do
permitam o desenvolvimento satisfatório empreendedor que assume riscos.Este
nesse mercado. realizava acordos contratuais com o governo
Nessa perspectiva, as organizações para fornecer produtos ou serviços, os lucros
dependem da competência de funcionários ou prejuízos obtidos seriam de
comprometidos com suas metas e objetivos, responsabilidade do empreendedor.
que sejam capazes de assumir os desafios No século XVIII, os termos “capitalista” e
necessários e de minimizarem os riscos das “empreendedor” são diferenciados,
atividades empresariais, garantindo o melhor significando respectivamente: aquele que
desempenho organizacional possível. fornece o capital e aquele que faz uso do
Tais funcionários precisam estar sempre capital e assume riscos.
motivados a inovar e empreender no mundo No período compreendido entre os séculos
empresarial, promovendo o destaque da XIX e XX, as pessoas costumavam
empresa, dos produtos/serviços e até de si confundir os empreendedores com gerentes
mesmos. A inovação contínua e a adaptação ou administradores (fato esse que ocorre até
às novas demandas da sociedade é os dias atuais).
fundamental para a perpetuação de uma
empresa.
1
___________________________________________________________________________
www.admon.com.br
___________________________________________________________________
2.1. O EMPREENDEDORISMO NO O empreendedorismo tem sido observado, no
BRASIL mundo inteiro, como um aliado ao
desenvolvimento econômico dos países que
A partir de 1990, o empreendedorismo incentivam essa prática. Isso ocorre pelo fato
começou a ganhar importância no ambiente de que se atribui aos empresários o poder de
brasileiro. Foi nesse período que surgiram o definir os rumos das economias nacionais,
SEBRAE (Serviço Brasileiro de Apoio às uma vez observado o poder econômico e
Micro e Pequenas Empresas) e a SOFTEX financeiro que as empresas possuem.
(Sociedade Brasileira para Exportação de As empresas geram trabalho e renda para a
Software). Até a criação dessas empresas o população, contribuem passiva ou
tema empreendedorismo era praticamente ativamente da criação de novas tecnologias
desconhecido no país. (ou seja, a própria empresa pode ter como
Uma das razões para isso se deve ao fato do atividade central a produção tecnológica ou
ambiente político e econômico ser pode investir em centros de pesquisas, por
desfavorável a essa prática, e dessa forma se exemplo) e colaboram com o
tornava impossível a criação de pequenas desenvolvimento econômico social de uma
empresas devido a falta de apoio, incentivo e nação.
até informações necessárias ao Por estes e por diversos outros motivos, os
desenvolvimento do negócio. governos nacionais e globais tem investido
O SEBRAE é um órgão destinado ao apoio a grandementeem programas
micro e pequenos empresários quanto ao dedesenvolvimento das capacidades
planejamento do negócio, provimento de empreendedoras da população, em
arrecadação para investir no negócio, incubadoras e em incentivos para as pessoas
treinamento empresarial, consultorias, etc. iniciarem seus próprios negócios.
Com o passar dos anos, o empreendedorismo O Brasil, por exemplo, é considerado um dos
foi se difundindo pelo país de tal forma que países mais empreendedores do planeta, isso
hoje é considerado um dos países mais graças a iniciativas federais e de organismos
empreendedores do mundo. voltados para o apoio das micro e pequenas
Alguns acontecimentos impulsionaram esse empresas, como o SEBRAE.
destaque, entre eles: a criação do SEBRAE;
o programa Brasil Empreendedor do 4. CARACTERÍSTICAS DE
Governo Federal; capacitações do EMPREENDEDORES
empreendedor do SEBRAE; o programa XADMINISTRADORES
Empreendedor individual; o aumento da
quantidade de professores mestres e doutores Para Dornelas (2011) todo empreendedor
nas áreas; criações de ONG’S de apoio; necessariamente deve ser também
aumento da quantidade de negócios criados, administrador para obter o sucesso, no
entre outros. entanto, nem todo administrador é um
empreendedor.
3. BENEFÍCIOS DO Mas o que os diferencia? Quais suas
EMPREENDEDORISMO E SUA similaridades?
IMPORTÂNCIA PARA O Segundo a abordagem clássica baseada na
DESENVOLVIMENTO organização e na hierarquia, o administrador
ECONÔMICO E SOCIAL possui como atividades básicas os atos de
planejar, organizar, dirigir e controlar,

2
___________________________________________________________________________
www.admon.com.br
___________________________________________________________________
princípio este defendido por Henry Fayol no Para Dornelas (2011) o empreendedor é
início do século XX. aquele que detecta uma oportunidade e cria
Já para Rosemary Stewart, o papel do um negócio para capitalizar sobre ela,
administrador é assemelhado ao papel do assumindo riscos calculados.
empreendedor, uma vez que estes trabalham Deste modo, o empreendedor é um indivíduo
com demandas, restrições e alternativas. que observa facilmente uma oportunidade de
O empreendedor possui outros atributos a negócio e aproveita a ocasião para construir
mais que o administrador, o empreendedor é um negócio próprio e lucra com a referente
mais visionário e conhece profundamente o atividade. Mas para isso o empreendedor
seu ramo de atuação, devido a sua precisa ter a coragem para enfrentar os riscos
experiência. que a criação e o gerenciamento de uma
Para Dornelas (2011) o administrador faz a empresa podem ocasionar, pois nada irá
sua administração estratégica de acordo com prosperar se este não possuir o ânimo
os recursos que possui. Quanto ao suficiente para os negócios.
aproveitamento das oportunidades, o Além disso, o empreendedor precisar
administrador utiliza as chances para um apresentar algumas características e
bom negócio em longo prazo e seus recursos competências para conseguir o sucesso nas
são utilizados com base em um planejamento suas atividades, como se mostra a seguir.
onde há um aproveitamento máximo em cada
etapa, possuindo grande habilidade na 6. CARACTERÍSTICAS E
utilização de seus recursos. Sobre a estrutura COMPETÊNCIAS COMUNS AOS
gerencial em que trabalha, baseia-se no EMPREENDEDORES DE
respeito, na autoridade e na hierarquia. SUCESSO
O empreendedor, por sua vez, é definido pela
percepção do surgimento de determinada Na busca por criar um negócio considerável
oportunidade, e quanto a seu sucesso, este “seguro”, os empreendedores precisam
possui certa duração, pois suas decisões são apresentar algumas características e
rápidas e muitas vezes não garantem o competências fundamentais para o sucesso e
sucesso máximo. Quanto aos recursos, o perpetuação de seu negócio.
empreendedor não os utiliza Tais características podem ser natas do
apropriadamente e muitas vezes precisa empreendedor ou podem ser aperfeiçoadas
alugar outros recursos para suprir as suas ao longo de sua vida, pautadas pela
necessidades. A estrutura gerencial em que experiência e pelo conhecimento adquirido.
um empreendedor atua é baseada no É necessário que o empreendedor equilibre
relacionamento pessoal e na confiança. essas características de forma harmônica e
busque sempre aperfeiçoá-las.
5. O EMPREENDEDOR: A seguir são apresentadas as características
CONCEITUAÇÃO de um empreendedor de sucesso:
· São visionários: pode-se dizer que a
O empreendedor é aquele que tem a principal característica de um
capacidade de prever cenários. O empreendedor é o seu poder de visão, ou
empreendedor possui uma grande habilidade seja, a sua capacidade de vislumbrar
de visão e por este motivo consegueobservar cenários antes mesmo que eles se tornem
aquilo que os outros não conseguem realidade. Os empreendedores de
perceber. sucesso conseguem perceber o que a
maioria das pessoas não percebe,
3
___________________________________________________________________________
www.admon.com.br
___________________________________________________________________
enxergam várias oportunidades de · São independentes: normalmente, os
negócio no seu dia a dia, e, muitas empreendedores sonham em conquistar
vezes, possuem vários negócios o negócio próprio e se tornar
simultaneamente. independente de patrões. Porém ele sabe
· Sabem tomar decisões: o que - apesar de não dever obediência a
empreendedor de sucesso possui uma superiores - precisa satisfazer os
visão clara de onde quer chegar com o interesses dos diversos stakeholders
seu negócio. Por este motivo, este é envolvidos no seu negócio, como seus
dotado do poder de decisão, mas clientes, funcionários, fornecedores,
frequentemente buscam ajuda de investidores, sócios, governo e até
terceiros para embasar melhor suas mesmo a sociedade. Além disso, sua
determinações. independência também é restringida às
· Fazem a diferença nos negócios: essa decisões tomadas em grupo, uma vez
característica é fundamental no que suas relações tem uma forte
empreendedor de sucesso, pois este influência dos relacionamentos
possui o que se chama popularmente de interpessoais.
“tino para os negócios”, ou seja, ele tem · São líderes: sabem conduzir um grupo
a astúcia e a inteligência necessária para perfeitamente de acordo com seus ideais,
empreender. influenciando aqueles com quem
· Aproveitam as oportunidades: os trabalha sobre diversos aspectos,
empreendedores estão sempre atentos ao embasado no bom relacionamento que
mercado e percebem as chances de possui com seus subordinados.
novos negócios com facilidade. · Possuem um bom networking: o
· São dinâmicos e criativos: possuem empreendedor de sucesso está sempre
imensa capacidade de criação ou mesmo em processo de aprimoramento, e por
de diversificação daquilo já existente. isto, frequenta feiras, eventos, palestras e
São apaixonados pelo ambiente propício cursos relacionados a
à inovação. empreendedorismo, construindo uma
· São determinados e dedicados: os rede de contatos que oferece o suporte
empreendedores sabem que para obter necessário ao seu negócio.
sucesso nos seus negócios terão que se · Planejam suas ações: é constatado
dedicar ao máximo a seus cientificamente que a elaboração de
empreendimentos. Por isso, muitas vezes planos de negócios e de planos de ação
trabalha muito além da jornada de ampliam as chances de sucesso de um
trabalho convencional do mercado, empreendimento e evitam que o negócio
chegando até a sacrificar finais de venha a falir ainda na sua fase inicial ou
semana e feriados com a família, que seja impedido de ser criado. Para
principalmente na fase de estabilização obter recursos provindos de bancos e
do seu negócio. investidores é necessário que se
· São otimistas: sempre esperam alcançar apresente toda a estratégia de negócio da
a tão sonhada “estabilidade financeira”, empresa. Tendo consciência disto, os
porém sabem que todo negócio empreendedores de sucesso utilizam o
representa um risco e pode vir a falir, e plano de negócios não só para arrecadar
por isto utiliza ferramentas para os recursos que precisa, mas também
aumentar as suas chances de sucesso. para utilizá-lo no cotidiano da empresa
como um guia de ações estratégicas.
4
___________________________________________________________________________
www.admon.com.br
___________________________________________________________________
· Enriquecem: empreender nunca foi para gerir seu negócio: possuir iniciativa;
uma garantia do enriquecimento, muitas estar sempre em busca de oportunidades;
vezes causam até o prejuízo de bens persistência; procurar informações sobre o
pessoais para prover a quitação de suas negócio; ser curioso; exigir qualidade nos
obrigações. Porém, normalmente os seus produtos/serviços; ser comprometido;
empreendedores de sucesso alcançam ser eficiente; estabelecer metas; realizar o
esse patamar como consequência de planejamento sistemático das ações; persistir
todo seu esforço e posicionamento no na resolução dos problemas; autoconfiança;
mercado. persuasão; monitorar as atividades; utilizar
· Assumem riscos calculados: assumir os recursos financeiros corretamente; ser
riscos é uma das características centrais persuasivo.
de um empreendedor. O empreendedor A competência de um indivíduo é resultante
possui fascinação por novos e de três fatores: conhecimentos, habilidades e
grandiosos desafios e - dessa forma - atitudes. É o conhecido CHA, no ambiente
está propenso a diversos riscos como o empresarial. O conhecimento é adquirido
psicológico, financeiro e até o familiar. durante a vida de uma pessoa. A habilidade
Ao possuir uma empresa falida, o tem certa dependência com a aptidão, ou
empreendedor pode chegar a perder o seja, com a capacidade da pessoa realizar ou
patrimônio da empresa, patrimônio não determinada tarefa. As atitudes estão
pessoal, perda de amigos que estiverem relacionadas com a personalidade do
envolvidos no negócio, e até as relações indivíduo, representando o modo de como as
familiares podem ser comprometidas. pessoas agem frente à determinada situação.
Na tentativa de evitar todos esses danos,
o empreendedor de sucessoutiliza Gravura1: Componentes da competência- o
diversas ferramentas de apoio, como: o CHA.
plano de negócios, auditorias e Competência
consultorias, treinamento para seus
funcionários, etc.
Conhecimentos
· Possuem know-how: o conhecimento
sobre o ramo de atuação é primordial na
criação de um negócio, pois as
estratégias de produção, contratação,
divulgação, entre outras envolvidas num
negócio, são diferentes de acordo com a Atitudes Habilidades
área empresarial.
· Agregam valor a sociedade:
normalmente realizam grandes e
memoráveis feitos para a sociedade em
geral, como a criação de creches para
crianças carentes, fundações de amparo Deste modo, as competências e as
aos necessitados, ou até mesmo buscam características do empreendedor
produzir de forma que não prejudique a influenciarão diretamente nos resultados que
sociedade e o meio ambiente, por este irá obter. Por exemplo, se determinado
exemplo. empreendedor é criativo e otimista,
Além destas características, o empreendedor provavelmente contratará parte de seus
precisa desenvolver algumas competências funcionários com estas mesmas
5
___________________________________________________________________________
www.admon.com.br
___________________________________________________________________
características, criando um ambiente propício criações de negócio ou um convite para uma
à inovação e pode obter ótimos resultados, sociedade empresarial e ela resolve se
desde que perceba também a necessidade de dedicar ao negócio próprio. Um exemplo
pessoas mais realistas e aptas a administrar desse empreendedor pode ser uma pessoa
os riscos envolvidos no negócio. que quer uma alternativa à aposentadoria.
A seguir, comenta-se sobre os principais
tipos de empreendedores classificados pelos 7.3. O empreendedor que cria
autores da área. novos negócios

7. TIPOS DE EMPREENDEDORES Consiste naquele que possui completa


fascinação por empreender. É uma pessoa
Já foram realizadas diversas pesquisas na dinâmica e que adora encarar novos desafios.
tentativa de definir um perfil universal de Geralmente, está sempre evoluído na criação
empreendedor. Porém, a literatura afirma que de algo novo e conhece tudo que ocorre à sua
existemmais de um tipo específico de volta. Formar equipes e motivá-las é uma
empreendedor, identificados a partir destas grande habilidade. Pode estar envolvido em
pesquisas quedefiniram os principais tipos de diversos empreendimentos ao mesmo tempo,
empreendedores e suas principais e por este motivo tende a fracassar com mais
características, como será visto a seguir na frequência.
divisão segundo Dornelas.
Essa dificuldade em rotular um modelo 7.4. O empreendedor
empreendedor universal também permite corporativo
afirmar que qualquer pessoa pode se tornar
um empreendedor de sucesso, sem a O empreendedor corporativo representa os
necessidade de estar incluído em um único altos executivos competentes que surgem
padrão. para suprir as necessidades das organizações
de criar novos produtos/serviços ou empresas
7.1. O empreendedor nato e inovar seu funcionamento. Possuem grande
capacidade gerencial e possuem um vasto
É aquele mais conhecido, com grandes conhecimento em ferramentas
patrimônios e histórias grandiosas. administrativas.
Frequentemente, este grupo inicia suas Os empreendedores corporativos
atividades de trabalho muito jovens, criando desenvolvem avançadas estratégias de
desde cedo, ou já nascendo com habilidades negociação, tendo em vista que não possuem
muito características de negócios, como a a autonomia suficiente para colocarem seus
negociação e a capacidade de argumentação. projetos em prática, precisam vender suas
Alguns exemplos são: Bill Gates, Silvio ideias de forma convincente para seus
Santos e o Barão de Mauá. superiores.
Desenvolvem um amplo networking na
7.2. O empreendedor inesperado empresa e fora dela. São apaixonados por
metas ousadas e altas recompensas. Podem
Ultimamente tem se tornado bastante enfrentar problemas se resolverem criar um
comum. Normalmente é aquela pessoa que negócio próprio, pois se acostumaram aos
jamais pensou em correr riscos, em ter um benefícios e facilidades através do acesso de
negócio próprio, em empreender. Porém, recurso das grandes corporações.
inesperadamente surge uma oportunidade de
6
___________________________________________________________________________
www.admon.com.br
___________________________________________________________________
7.5. O empreendedor social Atualmente, este grupo tem buscado o apoio
de cursos, pós-graduações e MBAs na
Os empreendedores sociais têm como o tentativa de garantir a continuidade de tais
objetivo de vida ajudar as pessoas empresas baseadas não apenas nas
necessitadas e colaborar na construção de um experiências anteriores da família. Muitas
mundo melhor. Frequentemente estão vezes os herdeiros optam por vender ou
evoluídos em causas humanitárias em países representar apenas um conselho
em desenvolvimento, como o Brasil, administrativo, sem assumir o papel da
realizando atividades típicas do poder execução do negócio propriamente dito.
público, em que este deixou lacunas sociais.
Não busca a construção de um patrimônio 7.8. O empreendedor planejado
financeiro e se contentam ao observar os (ou normal)
benefícios causados por seus projetos.
É o empreendedor que realiza sempre o
7.6. O empreendedor por planejamento do seu negócio como base para
necessidade suas ações. O planejamento possibilita o
aumento da probabilidade de sucesso em um
Esse grupo é representado pelas pessoas que negócio, isso já comprovado por inúmeros
não possuem acesso ao mercado de trabalho estudos, pois reduz os riscos e reflete a
ou que foram demitidas e não possuem preocupação do empreendedor com os
alternativas para sua subsistência e de seus próximos passos do negócio e concede uma
familiares. Suas atividades são basicamente visão de futuro de forma objetiva e clara.
os negócios informais, com tarefas simples, O empreendedor planejado é o mais
mas árduas e não possuem acesso à educação completo e mais aconselhado de ser seguido,
de qualidade ou recursos financeiros para uma vez que este alcança o sucesso com
investir em seus negócios. São resultantes do mais frequência que os demais. Pesquisas
modelo capitalista em curso e representam demonstram que o planejamento é uma
um problema social que precisa ser atividade comum aos empreendedores de
solucionado pelos poderes púbicos. sucesso.

7.7. O empreendedor herdeiro 8. O PROCESSO


EMPREENDEDOR
Representa aquele que herda um negócio
pela sucessão familiar e precisa dar O processo empreendedor inicia a partir do
continuidade ao empreendimento. momento em que um “evento gerador”
Geralmente, aprendem do negócio desde impulsiona e possibilita a criação de um
muito cedo com exemplos da família e novo negócio. A decisão de se tornar um
possuem o desafio de multiplicar o empreendedor pode surgir de um “acaso”,
patrimônio que herdou. Existem algumas acaso esse originado por uma situação
variações no perfil do empreendedor propícia para o início de um novo
herdeiro. Alguns são inovadores e pensam empreendimento.
em mudar determinados aspectos da empresa A criação e o desenvolvimento de um
para obter maiores resultados. Já outros são negócio é resultado da ação conjunta e
conservadorese mantém o negócio da mesma harmoniosa dos fatores externos (ambiental,
forma que recebeu. social e organizacional) e dos fatores
internos (características pessoais como a
7
___________________________________________________________________________
www.admon.com.br
___________________________________________________________________
experiência e a capacidade de assumir riscos,
por exemplo). Fatores Pessoais Fatores
O surgimento de novas empresas, quando Sociológicos
associado a inovações tecnológicas, possui Realização pessoal
um importante papel no desenvolvimento Assumir riscos Networking
econômico de um país. Valores pessoais Equipe
Para isto, o empreendedor precisa aliar Educação Família
Experiência Modelos de
alguns fatores críticos de forma a obter o
Idade sucesso
melhor resultado possível. Esses fatores são: Liderança
o talento das pessoas com quem trabalha; Visão
ideias para criar novas tecnologias; recursos
para movimentar o seu negócio e know-how,
ou seja: o conhecimento necessário sobre o
ramo em que atua, de forma a adquirir
vantagens em relação a seus concorrentes.O
processo empreendedor é composto de
Evento Implemen-
quatro fases que orientam o desenvolvimento Inovação Crescimento
Inicial tação
do negócio a partir de diversos aspectos,
como se observa a seguir.
A primeira fase do processo empreendedor
(identificar e avaliar a oportunidade) exige o
feeling do empreendedor, o talento da
percepção aguçada e do conhecimento que
Fatores Fatores
este possui ao visualizar o mercado de uma
Ambientais Organizacionais
forma geral.
Nesta fase o empreendedor precisa realizar Oportunidade Equipe
os seguintes questionamentos “meu negócio Políticas públicas Estratégia
interessa aos investidores?”, “meus Recursos Estrutura
produtos/serviços atendem, agregam valor ou Concorrentes Cultura
excedem as expectativas dos clientes?”, “eu Clientes organizacional
conheço as reais expectativas dos Fornecedores Produtos
Bancos Serviços
consumidores?”.
O empreendedor tem sede por novos
negócios e pela inovação de um negócio já Fonte: Adaptado de Dornelas (2011).
existente que precisa dar resultados
satisfatórios; e é por este motivo que o A segunda fase consiste na elaboração do
empreendedor está sempre em busca de plano de negócios ou business plan. Segundo
novas oportunidades, muitas vezes ele estudos realizados na área, é essa fase que –
mesmo faz surgir uma nova necessidade no provavelmente - exigirá mais dos
mercado e monta um negócio para satisfazer empreendedores, muitas vezes causando
a necessidade gerada por ele. problemas para os iniciantes no mundo dos
Gravura2: Fatores que influenciam o negócios.
processo empreendedor. O desenvolvimento de um plano de negócios
requer o entendimento de conceitos e
técnicas para que se defina toda a essência da
empresa de forma escrita, abrangendo
8
___________________________________________________________________________
www.admon.com.br
___________________________________________________________________
aspectos como objetivos; produtos ou seja humilde o suficiente para conhecer sua
serviços ofertados a curto, médio e longo limitação e ser capaz de selecionar pessoas
prazo, planejamento estratégico do talentosas para compor a sua equipe de
marketing a ser utilizada, gestão financeira e trabalho. Agindo assim ele possuirá
uma série de outros detalhes envolvidos no profissionais qualificados em seu quadro de
planejamento de um negócio. Devido à sua pessoal, capazes de elaborar - em equipe -
abrangência teórica e conceitual, o plano de soluções que minimizem ou eliminem os
negócios será abordado de forma mais problemas que limitam o desenvolvimento e
detalhada e simplificada adiante, apreciando- o crescimento da empresa.
se todo o passo-a-passo da sua composição. As fases são dispostas em sequência, porém
A determinação dos recursos que serão não exigem -obrigatoriamente - a conclusão
necessários à execução do negócio, a de uma para que se inicie outra. Por
terceira fase, é realizada no momento em exemplo, quando o empreendedor
que o empreendedor elabora seu plano de desenvolve seu plano de negócio e passa
negócios e mensura o que será essencial para para a fase seguinte, na busca de recursos
realizar seu projeto. A captação dos recursos, para iniciar seu negócio, o investidor pode
também incluída na terceira fase, pode ser exigir reformulações em todo o planejamento
realizada por várias fontes. Entre elas: para viabilizar a realização do negócio.Nesse
bancos, patrimônio pessoal, familiar ou de caso o empreendedor precisará rever todo o
amigos, capitalistas, anjo (pessoa física que seu planejamento, já que este necessita do
investe em negócios), entre outros possíveis capital que tornará seu projeto viável,
investidores. retornando -assim - à fase anterior.
A fase de gerenciar a nova empresa, quarta
fase, inicialmente pode parecer mais fácil 9. PLANO DE NEGÓCIOS
que as outras etapas para leigos nos (BUSINESS PLAN):
negócios. Porém, é justamente nessa fase que ELABORAÇÃO
ocorre grande parte dos fracassos dos
empreendedores, pois gerenciar uma O plano de negócios ou business plantem
empresa exige persistência e habilidade para como finalidade orientar o empreendedor
lidar com as inúmeras dificuldades que numa definição mais detalhada do seu
podem surgir. negócio e das estratégias que serão utilizadas
Por exemplo, surge um defeito em uma ao longo da implantação e do gerenciamento
máquina e não há concertos para o problema da empresa.
apresentado; funcionários importantes para o Muitas vezes, o empreendedor que não tem
negócio pedem demissão ou adoecem; os experiência em negócios, não possui a
produtos ou serviços não são bem aceitos prática com a gerência e o planejamento de
pelos consumidores; o fornecedor atrasa a um negócio. O plano de negócios o fará
entrega da mercadoria e compromete a pensar e definir melhor a orientação do
produção ou vários outros problemas quem futuro empreendimento.
podem surgir e serem críticos para o sucesso A elaboração do plano de negócio exige que
do negócio. o empreendedor analise cada área da
Nesse momento, o empreendedor utiliza suas empresa em detalhes. Assim, muitos erros
habilidades e sua capacidade de resistência não identificados anteriormente sobre o novo
para resolver os conflitos. O seu estilo de negócio podem ser identificados e
gestão influenciará diretamente os resultados solucionados.
do negócio. É preciso que o empreendedor
9
___________________________________________________________________________
www.admon.com.br
___________________________________________________________________
Porém, se os problemas identificados nesta Consiste na enumeração ordenada dos títulos
etapa não possuírem soluções viáveis, o que compõem o projeto, seguida da
empreendedor pode encerrar todo o respectiva página. Tem como função orientar
planejamento do negócio neste momento, o leitor na busca ágil de um determinado
evitando perdas maiores no futuro. assunto inserido no projeto.
O plano de negócios não possui uma
estrutura fixa. Este deve ser elaborado de 3. Sumário executivo
forma a atender as necessidades de
planejamento de cada empresa em especial. É considerada a parte mais importante do
Apresentaremos aqui uma estrutura básica de plano de negócios, pois demonstra uma visão
plano de negócios para facilitar a geral de todo o plano de negócio da empresa,
compreensão, deixando claro que essa de forma resumida e eficiente. É uma
estrutura pode ser adequada conforme o antecipação de todo o projeto. O sumário
negócio em questão. executivo deve atrair a atenção e o interesse
do leitor, pois um projeto pode ser
Gravura3: Estrutura do plano de negócios. dispensado apenas pela sua leitura, por não
parecer uma proposta viável aos olhos de um
Plano de Negócios
investidor, por exemplo. Assim, o sumário
1. Capa executivo deve evitar uma má impressão do
projeto e instigar a leitura integral do
2. Índice documento.
3. Sumário executivo Para que demonstre essa visão geral, ao
mesmo tempo tão essencial do plano de
4. Descrição da empresa negócios, o sumário executivo precisa ser
5. Planejamento estratégico escrito só quando finalizado o planejamento,
pois só nesse momento os responsáveis pelo
6. Produtos e serviços projeto terão a capacidade de condensar todo
7. Mercado um projeto empresarial.
Quanto à sua estrutura, o sumário executivo
8. Marketing não deve ocupar mais que uma página,
9. Aspectos financeiros composta por quatro ou cinco parágrafos
contendo todos os aspectos que serão
detalhados no decorrer do projeto.
1. Capa
4. Descrição da empresa
A capa precisa ser objetiva, clara e atrativa,
pois será a primeira parte do plano de Esta é a parte do planejamento em que se
negócios que o leitor observará, ou seja, a expõem alguns aspectos introdutórios, antes
primeira impressão formada de todo o de iniciar propriamente o projeto. Dados de
projeto. Precisa abranger aspectos como: identificação da empresa como: nome
título, razão social, logomarca (facultativo), fantasia, razão social, CNPJ, inscrição
endereço, responsáveis pela elaboração, mês estadual e municipal, data de fundação,
e ano de elaboração do planejamento. endereço, telefone e fax, site e e-mail.
Além da identificação da empresa, se
2. Índice identificam também os sócios, seus perfis e
participações societárias.
10
___________________________________________________________________________
www.admon.com.br
___________________________________________________________________
Após isto, definem-se as características Representa uma orientação para as ações a
gerais do negócio, informando a real serem tomadas.
atividade da empresa. É preciso observar que A missão representa a razão de ser da
negócio é diferente de produto ou serviço empresa, ou seja, representa a alma do
(estes serão definidos adiante), definir negócio e reflete a filosofia de trabalho e a
claramente o negócio consiste na definição política da empresa. A missão deve ser
do ramo de atuação. simples e objetiva para facilitar sua
O último passo da descrição da empresa aplicabilidade no cotidiano empresarial, caso
consiste em relatar o seu histórico, claro que contrário, as ideias não sairão do papel.
esse passo só será realizado nas empresas já O próximo passo do planejamento
existentes no mercado. Nesta fase, se expõe estratégico consiste na análise do ambiente.
quando a empresa foi criada e quais motivos A análise do ambiente envolve a análise do
fundamentaram a sua criação. Além disto, é ambiente interno (a própria empresa) e
necessário que se exponha qual o estágio de externo (no qual se está inserido ou se
desenvolvimento em que ela se encontra. pretende adentrar), bemcomo a análise de
Nesta etapa ainda se apresenta a constituição ameaças e oportunidades.
legal da empresa (individual, limitada, A análise do ambiente interno é o estudo
sociedade anônima). das variáveis da própria empresa, os pontos
fortes e os pontos fracos encontrados na
5. Planejamento estratégico organização comparados aos seus principais
concorrentes. Realizada essa análise, a
Nesta fase busca-se demonstrar os aspectos empresa passa a ter consciência dos pontos
relevantes para o sucesso do negócio. que precisa melhorar e das áreas que precisa
Pesquisas indicam que, costumeiramente, as mais investir.
micro e pequenas empresas não realizam o A análise do ambiente externo envolve
planejamento estratégico, de forma que isso diversos fatores,entre eles estão:
dificulta o próprio posicionamento da ˉ Aspectos demográficos: número da
empresa no mercado. população; quantidade de homens,
O planejamento estratégico visa proporcionar mulheres, crianças; etc.
a empresa uma vantagem competitiva frente ˉ Aspectos geográficos: localização de
a seus concorrentes e ajuda o empreendedor fornecedores, distribuidores e clientes;
a entender a dinâmica do mercado em que clima (forte influência nos ramos
atua ou irá atuar. envolvidos na moda, como roupas,
É composto de: visão, missão, valores, calçados e acessórios); etc.
análise do ambiente (pontos fortes e fracos, ˉ Aspectos econômicos: renda da
oportunidades e ameaças), definição de população alvo; inflação; taxa de juros;
objetivos e metas e a análise dos fatores etc.
críticos para o sucesso do negócio. ˉ Aspectos legais e políticos: incentivos
A visão consiste em definir onde se pretende fiscais; impostos; legislação trabalhista,
chegar num determinado prazo, ou seja, é ambiental, entre outras; etc.
uma projeção do posicionamento da empresa ˉ Aspectos tecnológicos: novas
no futuro. A visão é importante pelo fato de tecnologias dispostas no mercado;
determinar as aspirações do negócio e, a acesso a tecnologias; nível de
partir destas, o empreendedor pode traçar obsolescência do setor; etc.
estratégias para atingir o patamar desejado.

11
___________________________________________________________________________
www.admon.com.br
___________________________________________________________________
ˉ Aspectos culturais: ética; moral; definidas para curto, médio e longo prazo.
valores; tradições; questões psicológicas Os objetivos precisam estar de acordo com a
e sociológicas; etc. missão e a visão da empresa.
ˉ Sazonalidade: nível de oscilação de A elaboração das metas, ao contrário dos
vendas dos produtos ou serviços; etc. objetivos, consiste na definição específica
ˉ Insumos disponíveis:fontes; sobre o que deve ser feito e quando deve ser
quantidades; disponibilidade escassa em realizado. Também podem ser definidas para
épocas sazonais; etc. curto (1 ano), médio (2-3 anos) ou longo
ˉ Lucratividade: viabilidade e prazo (5 anos).Todavia esses prazos
estabilidade do negócio. dependem do setor em questão, pois no ramo
A análise dasameaças constitui o estudo dos de tecnologias, por exemplo, as metas
fatores não controláveis pela empresa, mas precisam ser realizadas num prazo bem
que podem limitar o crescimento e a menor devido a agilidade do setor.
continuidade das atividades empresariais. Já O planejamento estratégico ainda envolve a
a análise das oportunidades constitui a apreciação dos fatores críticos de sucesso
apreciação dos fatores, também não para a organização. São as questões
controláveis pela empresa, que podem primordiais ao negócio e que - se não forem
favorecer o sucesso organizacional. devidamente observadas e acompanhadas-
Para uma visão mais eficaz tanto das reais poderão comprometer o desenvolvimento do
oportunidades e ameaças, como dos pontos negócio. Os fatores críticos de sucesso
fortes e fracos, utiliza-se a Matriz SWOT podem ser observados a partir da análise dos
(Strengths, Weakness, Opportunities e pontos fortes e fracos e das oportunidades e
Threats) ou, em português, a Matriz FOFA ameaças.
(forças, fraquezas, oportunidades e ameaças).
6. Produtos e serviços
Gravura4: Matriz SWOT (FOFA).
Nessa fase do plano de negócios serão
ANÁLISE INTERNA definidos: o fluxo do processo, as
PONTOS PONTOS tecnologias utilizadas, o recursos que serão
FORTES FRACOS necessários à produção, os fornecedores,
questões queenvolvam patentes ou registros
OPORTUNIDA

------ ------
de designs industriais e alianças estratégicas.
ANÁLISE EXTERNA

A definição das etapas que constituem o


DES

processo pode ser realizada através de um


fluxograma ou por uma forma mais simples e
concisa do fluxo do processo. A vantagem
------ ------ do fluxograma é que este permite identificar
AMEAÇAS

todos os detalhes do andamento


organizacional e envolve aspectos como
contato com cliente, assistência técnica, etc.

Gravura5: Fluxo simples de um processo


produtivo.
A formulação de objetivos consiste na
elaboração de finalidades abrangentes que
orientarão as ações da empresa e podem ser
12
___________________________________________________________________________
www.admon.com.br
___________________________________________________________________
listar os principais fornecedores disponíveis
no mercado. Nesse momento também se
Produto/ analisa até que ponto uma falha do
Insumos Processo
Serviço fornecedor pode comprometer a produção e a
entrega do produto ao cliente, não
Feedback dispensando a possibilidade de trabalhar com
vários fornecedores de um mesmo insumo ao
mesmo tempo.
Em casos de inovações ou criações que
possam vir a ser rentáveis no futuro,
aconselha-se que se registrem as patentes e
os desenhos industriais, de forma a
Quanto à tecnologia utilizada, devem-se assegurar os benefícios provindos da criação
definir quais inovações tecnológicas, seu empresarial.
tempo de obsolescência e outras questões Em alguns casos, o empreendedor pode optar
que venham a interferir no andamento dos por terceirizar ou por formar parcerias com
processos em geral relacionados a outras organizações. Nestes casos a empresa
tecnologias. pode avaliar que tipo de parceria será
Para que todo o plano de negócios seja realizada e quais os reais benefícios para a
cumprido, é necessário que se busque os empresa.
recursos necessários à execução do negócio.
São diversos os recursos: 7. Mercado
ˉ Recursos humanos:seleção da
quantidade e qualificação da força de O mercado é constituído por consumidores
trabalho necessária ao desempenho das potenciais que tenham interesse nos produtos
atividades. ou serviços ofertados e que estejam aptos
ˉ Espaço físico: metragem, ventilação e para realizar a compra. Para administrar esse
iluminação do local. mercado tão abrangente é necessário
ˉ Equipamentos e matéria prima: algumas iniciativas, a saber: segmentaçãoe
insumos, máquinas e ferramentas. seleção de mercado alvo e análise da
ˉ Instalações: piso antiderrapante, concorrência.
revestimento anticorrosivo, etc. Na segmentação de mercado identifica-se e
ˉ Design e embalagem do produto: selecionam-se os diferentes grupos de
atribuições do produto, embalagem consumidores. A segmentação pode ser
protetora e atrativa, etc. realizada por segmentos, nichos, mercado
ˉ Sistemas de armazenamento e local e individual.
distribuição: localização e condições Após a segmentação de mercado, a empresa
necessárias ao armazenamento e à precisa identificar seu mercado alvo e quala
distribuição dos produtos. forma de trabalhá-lo.
ˉ Recursos financeiros: estimativa do Uma vez definido o mercado alvoa empresa
total de capital necessário para a deve analisar seus concorrentes que
implantação e o andamento das competem no mesmo mercado e pelos
atividades. mesmos consumidores (atuais ou potenciais).
A análise da concorrência irá considerar os
Depois de realizada a definição dos recursos dados contidos no planejamento estratégico,
que serão utilizados no negócio, deve-se referentes aos pontos fracos e fortes,
13
___________________________________________________________________________
www.admon.com.br
___________________________________________________________________
oportunidades e ameaças, de forma que se A promoção de um produto envolve um
desenvolva a inteligência competitiva de conjunto de atividades, entre elas: a venda
negócios. pessoal, a propaganda, a publicidade, as
relações públicas, um composto
Gravura6: Mercado alvo. promocional, entre outros.
O ponto de venda envolve as decisões
Mercado quanto a exposição no mercado, a logística, a
Alvo definição dos tipos de canais de distribuição
que serão utilizados, etc.

9. Aspectos financeiros

Esta fase deve abordar a construção do


balanço patrimonial (ativo, passivo e
patrimônio líquido construído por um
8. Marketing contabilista), o ponto de equilíbrio das
vendas, o fluxo de caixa, a rentabilidade do
O marketing objetiva conhecer os clientes de investimento, e demais aspectos relacionados
uma empresa de maneira a oferecer à análise criteriosa da real situação financeira
exatamente aquilo que o consumidor deseja, da organização.
ou seja, produtos fabricados de tal forma que
se vendem sozinhos. 10. APRIMORANDO O PERFIL
O mix de marketing é composto pelos EMPREENDEDOR
componentes dispostos a seguir:
Conforme abordado anteriormente, Dornelas
Gravura7: Os 4Ps do marketing. afirma que existem algumas variações de
empreendedores. São eles: O empreendedor
nato, o empreendedor inesperado, o
Produto Preço empreendedor que cria novos negócios, o
empreendedor corporativo, o empreendedor
social, o empreendedor por necessidade, o
empreendedor herdeiro e o empreendedor
Promoção Ponto
planejado.
As perguntas que se realizam aqui são:
ˉ Você se considera um empreendedor?
ˉ Em qual das variações de empreendedor
Oprodutoenvolve aspectos físicos apresentadas você se encaixa melhor?
(atribuições do produto e design), serviços ˉ Quais as características do
adicionais, qualidade, instruções, garantia, empreendedor você possui?
atendimento, embalagem, marca, etc. ˉ Quais delas você precisa aperfeiçoar?
O preço de um produto precisa considerar ˉ Quais características do perfil
algumas variáveis para sua formação: empreendedor você não possui que são
flexibilidade apresentada pelo produto, nível vitais para o seu sucesso como
em que o produto se encontra no ciclo de empreendedor?
vida, descontos, preços dos concorrentes, etc. Um dos assuntos mais questionados em
empreendedorismo consiste nos
14
___________________________________________________________________________
www.admon.com.br
___________________________________________________________________
questionamentos: o empreendedor já nasce pode nascer já com algumas habilidades e
com tal perfil ou pode ser criado ao longo da capacidades desenvolvidas ou pode adquiri-
sua vida? O que se conhece a esse respeito é las ao longo de sua vida, influenciado pelo
que existam as duas possibilidades de ambiente familiar ou social, por exemplo.
surgimento de empreendedores. O indivíduo

Para esclarecer as questões que envolvem o perfil do empreendedor, apresentamos a seguir


uma auto avaliação criada por Dornelas e exposta no seu livro “Empreendedorismo”.
Tal avaliação concederá ao cursista uma melhor compreensãode suas habilidades e
conhecimento, podendo ajudá-lo a melhorar o seu potencial empreendedor.

O assunto é amplo e bastante interessante. Caso deseje aprofundar-se no conhecimento do


empreendedorismo, consulte a bibliografia no final da sua apostila. Bons estudos!!!

AUTOAVALIAÇÃO DE SEU PERFIL EMPREENDEDOR


(AMBIENTE, ATITUDES E KNOW-HOW)
1. Atribua à sua pessoa uma nota de 1 a 5 para cada uma das características a seguir e
escreva a nota na última coluna.
2. Some as notas obtidas para todas as características.
3. Analise seu resultado global com base nas explicações ao final.
4. Destaque seus principais pontos fortes e pontos fracos.
5. Quais dos pontos fortes destacados são mais importantes para o seu desempenho como
empreendedor?
6. Quais dos pontos fracos destacados deveriam ser trabalhados para que o seu desempenho
seja melhorado? É possível melhorá-los?

Características Excelente Bom Regular Fraco Insuficiente NOTA


5 4 3 2 1
Comprometimento e
determinação
1. É proativo na
tomada de
decisão
2. É tenaz e
obstinado
3. Tem disciplina e
dedicação
4. É persistente ao
resolver
problemas
5. É disposto ao
sacrifício para
atingir metas
6. É capaz de
imersão total nas
atividades que
15
___________________________________________________________________________
www.admon.com.br
___________________________________________________________________
desenvolve.
Obsessão pelas
oportunidades
7. Procura ter
conhecimento
profundo das
necessidades dos
clientes.
8. É dirigido pelo
mercado
(marketdriven).
9. É obcecado por
criar valor e
satisfazer os
clientes
Tolerância ao risco,
ambiguidade e
incertezas
10. Corre riscos
calculados
(analisa tudo
antes de agir).
11. Procura
minimizar os
riscos.
12. Tolera as
incertezas e falta
de estrutura.
13. Tolera o estresse
e conflito.
14. É hábil em
resolver
problemas e
integrar
soluções.
Criatividade,
autoconfiança e
habilidade de
adaptação

15. Não é
convencional,
tem cabeça
16
___________________________________________________________________________
www.admon.com.br
___________________________________________________________________
aberta, pensa.
16. Não se conforma
com o status
quo.
17. É hábil em se
adaptar a novas
situações.
18. Não tem medo
de falhar.
19. É hábil em
definir conceitos
e detalhar ideias.
Motivação e
superação
20. É orientado para
metas e
resultados.
21. É dirigido pela
necessidade de
crescer e atingir
melhoresresultad
os.
22. Não se preocupa
com status e
poder.
23. Tem
autoconfiança.
24. É ciente de suas
fraquezas e
forças.
25. Tem senso de
humor e procura
estar animado.
Liderança
26. Tem iniciativa.
27. Tem poder de
autocontrole.
28. Transmite
integridade e
confiabilidade.
29. É paciente e sabe
ouvir.
30. Sabe construir
17
___________________________________________________________________________
www.admon.com.br
___________________________________________________________________
times e trabalhar
em equipe.

TOTAL

Analise seu desempenho

120 a 150 pontos: Você provavelmente já é um empreendedor, possui as características


comuns aos empreendedores e tem tudo para se diferenciar no mundo dos negócios.
90 a 119 pontos: Você possui muitas características empreendedoras e às vezes se comporta
como um, porém você pode melhorar ainda mais, se equilibrar os pontos ainda fracos com os
pontos já fortes.
60 a 89 pontos: Você ainda não é muito empreendedor e provavelmente se comporta, na
maior parte do tempo, como um administrador e não um “fazedor”. Para se diferenciar e
começar a praticar atitudes empreendedoras procure analisar os seus principais pontos fracos
e definir estratégias pessoais para eliminá-los.
Menos de 59 pontos: Você não é empreendedor e, se continuar a agir como age, dificilmente
será um. Isto não significa que você não tem qualidades, apenas que prefere seguir a ser
seguido. Se você pretende ter um negócio próprio, reavalie sua carreira e seus objetivos
pessoais.
Principais pontos fortes
-
-
-
-
Principais pontos fracos
-
-
-
-
Resultados desejados e prazos para alcançá-los
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
_______________________________________
Fonte: DORNELAS, 2011. Adaptado.

18
___________________________________________________________________________
www.admon.com.br
___________________________________________________________________
AVALIAÇÃO sobrevivência é chamada de
“empreendedor por necessidade”.
EMPREENDEDORISMO c) O “empreendedor que cria novos
negócios” é aquele que se restringe
1) Entre os acontecimentos que apenas a gerir negócios já existentes.
impulsionaram o desenvolvimento de d) O “empreendedor social” é aquele
empreendedorismo no Brasil, analise que tem como objetivo ajudar as
as alternativas abaixo: pessoas necessitadas e colaborar com
um mundo melhor.
I. Em meados do ano de 1990 foram
criados o SEBRAE (Serviço 3) Sobre os fatores que influenciam no
Brasileiro de Apoio às Micro e processo empreendedor, assinale a
Pequenas Empresas) e a SOFTEX alternativa incorreta:
(Sociedade Brasileira para
Exportação de Software), dando o a) Os fatores sociológicos envolvem o
apoio e as informações necessárias networking que o indivíduo possui e
para o empreendedor nacional. modelos de empreendedores de
II. Até que fossem criados órgãos que sucesso.
apoiassem os empreendedores, os b) Os fatores ambientais que interferem
ambientes político e econômico no processo empreendedor podem ser
brasileiro eram desfavoráveis à as políticas públicas, os clientes ou
expansão do empreendedorismo no até os fornecedores da empresa.
país. c) Os fatores organizacionais podem
III. Programas como o Empretec e o ser: a estratégia da empresa, os
Jovem Empreendedor do SEBRAE produtos ou serviços ofertados ou a
não tiveram importância nenhuma na cultura organizacional.
expansão do empreendedorismo no d) Os fatores pessoais envolvem
Brasil. questões como oportunidades de
negócios, concorrentes e bancos, por
Analise as alternativas abaixo: exemplo.
a) Apenas II está correta.
b) II e III estão incorretas. 4) Quanto às fases que compõem o
c) Todas estão corretas. processo empreendedor, assinale a
d) Apenas I e II estão corretas. alternativa correta:

2) Em relação aos tipos de a) A fase de desenvolver o plano de


empreendedores, marque a alternativa negócios é, segundo estudos na área,
incorreta: a fase mais fácil do processo
empreendedor, pois não exige
a) O “empreendedor nato” é aquele que nenhum conhecimento prévio.
já nasce com algumas características b) A primeira fase do processo
empreendedoras desenvolvidas. empreendedor consiste em identificar
b) Uma pessoa que perdeu o emprego e e avaliar a oportunidade de negócio,
que não possui outros meios de fase que exige o feeling e o
conhecimento do empreendedor.

19
___________________________________________________________________________
www.admon.com.br
___________________________________________________________________
c) A fase de determinar e captar os
recursos necessários à implantação e a) Aspectos demográficos
ao andamento do negócio não b) Aspectos legais e políticos
permite que o empreendedor busque c) Lucratividade
investimentos provenientes de d) Produtos e serviços
angels, pois o empreendedor só pode
captar recursos através de 8) Na descrição dos produtos e serviços
empréstimos. num plano de negócio, são definidos
d) Após definida toda a estrutura da os recursos necessários ao andamento
empresa e a captação de recursos, do projeto. Entre esses recursos está
chega-se à fase de gerenciar a (ão), exceto:
empresa recém-criada. A partir desse
momento, a empresa não corre mais o a) Equipamentos e matéria-prima
risco de falir. b) Metas organizacionais
c) Recursos humanos
5) Sobre os componentes do plano de d) Design e embalagem do produto
negócios, analise as afirmativas
abaixo: 9) São características de um
empreendedor, exceto:
I. O sumário executivo consiste numa
versão condensada de todo o plano de a) São dinâmicos
negócios, de forma clara e objetiva. b) São líderes
II. O histórico da empresa não precisa c) São otimistas
ser apresentado na descrição do d) Possuem aversão ao risco
negócio, visto que o planejamento
visa o futuro e não o passado.
III. A visão consiste numa projeção de
onde se quer chegar no futuro.

A partir disto, assinale a alternativa correta:


a) Apenas I e III estão corretas.
b) Apenas III está correta.
c) I e II estão incorretas.
d) Todas estão incorretas.

6) Compõem o planejamento
estratégico, exceto:

a) Sumário executivo
b) Missão
c) Visão
d) Análise das ameaças e oportunidades

7) A análise do ambiente externo


compreende, exceto:

20
___________________________________________________________________________
www.admon.com.br
___________________________________________________________________

10) Sobre os conceitos que envolvem o


empreendedorismo, analise as
afirmativas:

I. O mundo empresarial está cada vez


mais competitivo, e por este motivo
as organizações precisam de pessoas
empreendedoras, capazes de inovar e
de diferenciar a empresa no mercado.
II. Nos últimos anos, o
empreendedorismo tem sido um dos
assuntos mais comentados nas
discussões empresariais.
III. Empreender consiste apenas em
montar um negócio já existente no
mercado, pois afinal, não há
necessidade de inovação se o objetivo
é especificamente lucrar.

Assinale a alternativa correta.


a) Todas estão corretas.
b) Todas estão incorretas.
c) Apenas II está correta.
d) Apenas I e II estão corretas.

21
___________________________________________________________________________
www.admon.com.br
___________________________________________________________________
REFERÊNCIAS

BARON, Robert A.; SHANE, Scott A.


Empreendedorismo: uma visão do
processo. São Paulo: Cengrage Learning,
2010.

DEGEN, Ronald Jean. O empreendedor


como opção de carreira. São Paulo:
Pearson Prentice Hall, 2009.

DORNELAS, José Carlos Assis.


Empreendedorismo: transformando ideias
em negócios. 4 ed. Rio de Janeiro: Elsevier-
Campus, 2011.

DORNELAS, José Carlos Assis.


Empreendedorismo na prática: mitos e
verdade do empreendedor de sucesso. Rio de
Janeiro: Elsevier, 2007.

GRECO, Simara Maria de Souza Silveira [et


al]. Empreendedorismo no Brasil: 2010.
Curitiba: IBQP, 2010.286 p.ISBN: 978-85-
87466-14-5.

HISRICH, Robert D.; PETERS, Michael P.;


SHEPHERD, Dean A. 7 ed.
Empreendedorismo. Porto Alegre:
Bookman, 2009.

MENDONÇA, Carlos. Como criar um


plano de negócio: ferramenta vital para a
continuidade da empresa. Disponível em:
http://pt.scribd.com/doc/76980032/Folder-
Plano-Negocio-10.

SALIM, Cézar Simão; SILVA, Nelson


Caldas. Introdução ao empreendedorismo:
construindo uma atividade empreendedora.
Rio de janeiro: Elsevier, 2010.

22
___________________________________________________________________________
www.admon.com.br