Você está na página 1de 4

Questões:

Ácido-básico
01. Um homem de 18 anos chega ao pronto-socorro com uma queixa de fraqueza muscular
e tontura severas. Sua PA sistólica é de 94 mmHg com alteração ortostática. Ele diz que está
Sérico Urina (24 h)
ávido para comida chinesa com sal extra. Não toma medicamentos e não usa drogas ilícitas.
Ele queixa de dor no joelho como artrite. Radiografias dos joelhos mostram deposição de Ca2+. Na+ = 137 mEq/L Na+ = 120 mEq/L
Resultados dos exames laboratoriais pertinentes são: K+ = 2.9 mEq/L K+ = 80 mEq/L
CI- = 84 mEq/L Ca2+ = 50 mg/dL
Qual dos seguintes distúrbios é o diagnóstico MAIS provável neste paciente? HCO3 - = 30 mEq/L pH = 6.2
Ca2+ = 8.5 mg/dL Osmolalidade = 300 mOsm/kg H2O
A. Síndrome de Bartter com mutação no canal ROMK (tipo 2)
B. Síndrome de Liddle Mg2+ = 0.8 mg/dL Screening diurético = negative
C. síndrome de Gitelman Sangue pH = 7.48
D. Síndrome do excesso de mineralocorticoides hereditário
E. Síndroma de excesso de mineralocorticoide adquirida.

02. Qual das seguintes estratégias no manejo do paciente 03. Um homem de 32 anos é encaminhado a você Qual dos seguintes esquemas terapêuticos
acima está CORRETA? para avaliação de hipercalemia persistente (5,9 é APROPRIADO para esse paciente?
mEq/L) e hipertensão. Dois outros na família dele têm
A. Ingestão de sal apresentação clínica semelhante. Outros resultados A. Furosemida (Lasix)
B. KCl de exames laboratoriais são os seguintes: Na+ 140 B. Hidroclorotiazida (HCTZ)
C. Sulfato de magnésio mEq/L, Cl-114 mEq/L, HCO3-16 mEq/L, creatinina 0,8 C. Espironolactona
D. Eplerenona mg/dL e glicose 90 mg/dL. Uma avaliação rápida D. Acetazolimida (Diamox)
E. Todos os itens acima revela baixos níveis de renina e aldosterona. Os níveis E. Substituto de sal
urinários de Na+ foram de 30 mEq/L. Um gasômetro
mostra acidose metabólica hiperclorêmica. Ele não está
tomando nenhum medicamento.

04. Uma mulher de 72 anos com histórico de diabetes mellitus tipo 2, insuficiência cardíaca congestiva Na+ = 140 mEq/L pH = 7.39
(ICC) e insuficiência renal é internada por náusea, vômito e falta de ar. Seus medicamentos incluem pCO2 = 39 mmHg
K+ = 4.1 mEq/L
insulina e furosemida. Seu peso é de 60 kg. Valores laboratoriais na internação:
CI- = 95 mEq/L pO2 = 94 mmHg
Qual dos seguintes distúrbios ácido-base está CORRETO? HCO3- = 24 mEq/L HCO3- = 24 mEq/L
Creatinina = 4.1 mg/dL
A. Acidose metabólica e alcalose respiratória Ur = 52 mg/dL
B. Acidose metabólica e alcalose metabólica
Glicose = 145 mg/dL
C. Acidose respiratória e acidose metabólica
D. Alcalose respiratória e alcalose metabólica Albumina = 4.1 g/dL
E. Acidose metabólica, alcalose metabólica e alcalose respiratória.

05. Um homem de 51 anos é internado por crescimento indolor na área temporal direita por um período Na+ = 124 mEq/L pH = 7.39
de 3 semanas. A única queixa que ele tinha era falta de apetite com perda de peso de 1.8 kg. Não tem pCO2 = 39 mmHg
K+ = 3.9 mEq/L
histórico de nenhuma outra doença crônica, nem de uso de qualquer medicamento. Faz 10 anos desde
a última consulta com um médico. Na internação, valores laboratoriais: CI- = 100 mEq/L pO2 = 94 mmHg
HCO3- = 23 mEq/L HCO3- = 22 mEq/L
Qual dos seguintes itens é necessário para avaliar o distúrbio acido-básico nesse paciente? Creatinina = 1.0 mg/dL
Ur = 16 mg/dL
A. Hiato de Ânion (Ânion Gap)
Glicose = 102 mg/dL
B. Albumina
C. Proteína total Osmolalidade do Sérum =
D. Todos os itens acima 284 mOsm/kg H2O
E. Nenhuma das opções acima

06. Uma mulher de 40 anos com histórico de cirurgia do intestino delgado é atendida por motivo de fala arrastada, confusão, fraqueza, coordenação motora prejudicada e
irritabilidade. Ela gosta de sorvete e desenvolve problemas neurológicos moderados após grandes quantidades de sorvete. Não está tomando medicamentos ou fazendo dietas
especiais. Gasometria: pH 7,27, pCO2 24 mmHg e HCO3- 16. As cetonas na urina são negativas. Os níveis séricos de lactato são de 1,5 mmol/L. A creatinina sérica está normal. O
anion gap é 20, mas o gap osmolar está normal.

Qual das alternativas a seguir é a causa mais provável desse distúrbio ácido-base nesse paciente?

A. Ácido L-Lactico
B. Ácido piroglumático
C. Ácido D-Láctico
D. Metanol
E. Topiramato

07. Uma estudante de 17 anos é internada por confusão e lesão renal aguda. Sérico Urinário
Ela é capaz de contar que teve uma briga com o namorado dois dias atrás, Na+ = 141 mEq/L Osmolalidade = 320 mOsm/kg H2O
e que ela bebeu um pouco de líquido que estava na garagem deles. Não
K+ = 4.2 mEq/L pH = 5.2
tem nenhum outro histórico de drogas médicas ou ilícitas. No Departamento
de Emergência, seus sinais vitais são estáveis. Fora de seu estado mental CI- = 110 mEq/L Proteína = traço
alterado e da confusão, seu exame físico está normal. Ela pesa 60 kg. Valores HCO3- = 7 mEq/L Sangue = negativo
laboratoriais: Ur = 28 mg/dL
Creatinina = 1.8 mg/dL Sedimento na urina = cristais em forma de envelope
Qual das seguintes ingestões de álcool tóxico é a causa mais provável de
Glicose = 72 mg/dL
seus sintomas?
Osmolalidade sérica = 312 mOsm/kg H2O
A. Etanol Gasometria = pH 7.21, pCO2 .17 mmHg,
B. Etilenoglicol pO2 94 mmHg, HCO3- 6 mEq/L
C. Metanol
D. Tolueno
E. Álcool isopropílico

Siga nosso Instagram


@aprendanefro
Questões:
Ácido-básico
08. Um homem de 55 anos com alcoolismo crônico se apresenta ao pronto Qual das seguintes ingestões de álcool tóxico é a causa MAIS provável de seus sintomas?
socorro com agitação, visão turva e dor ocular. A pressão arterial e a pulsação
estão normais. Ele está afebril. Tem uma acidose metabólica de AG elevado A. Etanol
com um gap osmolar de 26 mOsm/L. B. Etilenoglicol
C. Metanol
D. Tolueno
E. Álcool isopropílico

09. Combine as seguintes causas com as suas acidoses tubulares renais (ATRs): 10. Combine as seguintes causas com as suas acidoses tubulares renais (ATRs):

Coluna B Causa ATR


Coluna A
1. Inibição da síntese proteica mitocondrial A. Uropatia Obstrutiva 1. ATR distal clássica
A. Metformina
2. Desacoplamento da fosforilação oxidativa C. B. Espironolactona 2. ATR distal hipercalêmica com urina alcalina
B. Tenofovir
3. Inibição do complexo piruvato desidrogenase C. Ácido valpróico 3. ATR tipo 4 com urina ácida
C. Linezolida
4. Inibição da desidrogenase alcoólica D. Ifosfamida 4. ATR Proximal
D. Propofol
5. Inibição da 5-oxoprolinase E. Amilorida
E. Fomepizole
6. Aumento da relação NADH / NAD +, inibição da F. Ciclosporina
F. Flucoxacillina
gliconeogênese do lactato, inibição da respiração
mitocondrial G. AINEs
G. Deficiência de tiamina

11. Uma mulher de 18 anos é internada no hospital por apresentar fraqueza com Sérico Urina
piora contínua e problemas respiratórios nas últimas duas semanas. Ela adora
Na+ = 138 mEq/L pH = 6.6
sorvete desde a infância. Afirma que teve 4-6 infecções do trato urinário (ITUs)
nos últimos anos, que foram tratadas. Não está tomando nenhum medicamento. K+ = 1.2 mEq/L Glicose = negative
Na internação, valores laboratoriais são: CI- = 118 mEq/L Sangue = positivo (menstruou recentemente)
HCO3- = 12 mEq/L Cetonas = negative
Qual das seguintes é a causa MAIS provável de seus sintomas? Creatinina = 0.6 mg/dL Proteína = 3+
Ur = 22 mg/dL Na+ = 60 mEq/L
A. Exacerbação do lúpus eritematoso sistêmico (LES)
B. ATR proximal Glicose = 90 mg/dL K+ = 100 mEq/L
C. ATR distal ANA = positive CI- = 110 mEq/L
D. ATR Tipo 4 Complemento = baixo
E. Paralisia periódica hipocalêmica ABG: pH 7.2, pCO2 26 mmHg, HCO3- 1 mEq/L

12. Uma estudante magra de 19 anos de idade é trazida para o Departamento de


Na internação 18 horas mais tarde
Emergência por seus amigos por estado mental alterado, euforia e tontura depois
de uma festa rave. Não tem histórico de abuso de drogas e não está tomando Na+ = 142 mEq/L Na+ = 138 mEq/L
medicamentos. O resultado do exame físico está normal, exceto por uma pressão K+ = 1.2 mEq/L K+ = 2.2 mEq/L
arterial de 90/60 mmHg com frequência de pulso de 102 batimentos por minuto. CI- = 118 mEq/L CI- = 118 mEq/L
Resultados de testes laboratoriais na internação e 18 horas depois são: HCO3- = 12 mEq/L HCO3- = 14 mEq/L
Creatinina = 0.6 mg/dL Creatinina = 0.9 mg/dL
Qual dos seguintes agentes causa esses tipos de distúrbios ácido-base?
Ur = 22 mg/dL Ur = 12 mg/dL
A. Topiramato Glicose = 90 mg/dL Glicose = 100 mg/dL
B. Ifosafamida ABG: pH 7.24, pCO2 28 mmHg, HCO3- 11 mEq/L ABG: pH 7.31, pCO2 29 mmHg, HCO3- 13 mEq/L
C. Tolueno Urina pH = 5.2 Urina pH = 6.5
D. Cisplatina
E. Tenofovir

13. Um homem de 34 anos, levado ao Departamento de Emergência por seu amigo, reclama de fraqueza, Sérico Urina
fadiga, falta de apetite e tontura por duas semanas. Faz 5 anos desde que teve consulta com um médico.
Na+ = 126 mEq/L pH = 5.2
Além do uso diário de cocaína, não tem histórico médico significativo. Não está tomando nenhum
medicamento de prescrição. O exame físico revela pressão arterial ortostática e alterações de pulso. K+ = 6.5 mEq/L Glicose = negativo
Exceto para o condiloma acuminado anal, o exame restante não é digno de nota. O teste rápido de HIV é CI- = 110 mEq/L Sangue = negative
positivo. Valores dos testes laboratoriais na internação são: HCO3- = 13 mEq/L Proteína = negative
Creatinina = 2.1 mg/dL Na+ = 101 mEq/L
Qual dos seguintes distúrbios ácido-base é CORRETO?
Ur = 42 mg/dL K+ = 30 mEq/L

A. ATR proximal (tipo 2) Glicose = 60 mg/dL CI- = 40 mEq/L


B. ATR distal (tipo 1) ABG: pH 7.24, pCO2 28 mmHg, HCO3- 12 mEq/L
C. ATR incompleta (tipo III)
D. ATR tipo 4 com hipoaldoesteronismo
E. ATR hipercalêmica com um defeito. em gradiente de voltagem

14. Um homem de 42 anos de idade se apresenta ao seu médico por motivo de 15. Uma mulher de 44 anos com síndrome de Sjögren com hipergamaglobulinemia
cuidados primários. A urinálise revela um pH de 6,9 e apenas hematúria. Não há e doença tubulointersticial é encaminhada à clínica renal para avaliação de
evidências de ITU. A ultrassonografia renal mostra a presença de cálculos renais. Não acidose metabólica hiperclorêmica hipocalêmica documentada. Foi tratada com
tem surdez. Bioquímica sérica e gasometria arterial mostram leve acidose metabólica corticosteroides para doença tubulointersticial. Seu sérum [HCO3-] é 16 mEq/L
hiperclorêmica hipocalêmica. A creatinina sérica está normal. Tem histórico de cálculos e a TFGe é de 56 mL/min. Os níveis séricos de fosfato, ácido úrico e glicose
renais na família dele, e vários parentes têm acidose metabólica hiperclorêmica estão normais.
hipocalêmica leve.
Que outro teste de laboratório pertinente você deve solicitar neste momento?
Qual das seguintes acidoses tubulares renais (ATRs) é o diagnóstico mais provável
para esse paciente? A. Gasometria arterial
B. Biópsia renal para saber a extensão da doença intersticial
A. ATR proximal C. Análise de urina
B. ATR distal D. Níveis séricos de renina e aldosterona
C. ATR de tipo IV com deficiência de aldosterona E. Nenhum
D. ATR incompleta
E. ATR hipercalêmica com incapacidade de acidificar urina

Siga nosso Instagram


@aprendanefro
Questões:
Ácido-básico
16. Uma estudante de 18 anos é internada por fraqueza, cansaço e fezes moles por 1 semana. Ela Sérico Urina
nega diarréia ou qualquer tipo de medicação, mas admite a micção frequente. O exame físico
Na+ = 132 mEq/L pH = 6.4
revela uma mulher magra sem sofrimento aparente. A pressão arterial é de 100/60 mmHg com
uma pulsação de 94 batimentos/minuto com alterações ortostáticas. Ela está afebril. Pulmões K+ = 2.8 mEq/L Osmolalidade = 800 mOsm/kg H2O
e coração estão normais. O abdômen está macio, sem irritabilidade. Não há edema periférico. CI- = 115 mEq/L Na+ = 20 mEq/L
Valores dos testes laboratoriais são: HCO3- = 15 mEq/L K+ = 15 mEq/L
Creatinina = 1.5 mg/dL CI- = 55 mEq/L
Qual dos seguintes descreve melhor as anormalidades observadas na bioquímica sérica?
Ur = 30 mg/dL
A. ATR distal
B. Abuso de diuréticos Glicose = 90 mg/dL
C. Abuso de laxantes Albumina = 4.2 mg/dL
D. ATR proximal Gasimetria: pH = 7.32; pCO2 = 30 mmHg;
E. Vômitos pO2 = 98 mmHg; HCO3- = 14 mEq/L

17. Combine os seguintes valores dos eletrólitos e das gasometrias com os casos clínicos: Na+ K+ CI+ HCO3- pH pCO2
Opção
(mEq/L) (mEq/L) (mEq/L) (mEq/L) (mmHg)
A. Paciente com diarreia simples 1 4.4 7.32 18
138 120 9
B. Paciente com diarreia e vômito
C. Paciente com diarreias e acidose láctica 2 140 3.2 116 5 7.13 14
D. Paciente com diarreia e alcalose respiratória devido à pneumonia 3 134 2.8 104 23 7.40 38
4 136 3.1 114 12 7.28 26

18. Uma estudante de medicina de 17 anos de idade é atendida no departamento de emergência devido á Sérico Urina
cefaleia persistente de 2 semanas de duração. Não tem histórico de hipertensão, enxaqueca ou diabetes. Na+ = 136 mEq/L pH = 6.2
Ela tem sido saudável e não toma qualquer medicação. Não há histórico familiar de hipertensão a não
ser de obesidade. O exame físico mostra uma pressão arterial de 200/142 mmHg e frequência de pulso K+ = 2.8 mEq/L Osmolalidade = 1000 mOsm/kg H2O
de 94 batimentos por minuto. Sua pressão arterial estava normal há 6 meses. O exame fundoscópico CI- = 84 mEq/L Na+ = 80 mEq/L
revela retinopatia hipertensiva sem papiledema. Não há crepitações, B4 ou B3, sopros abdominais ou HCO3- = 35 mEq/L K+ = 55 mEq/L
edema. O resultado do exame neurológico está normal. Valores laboratoriais: Creatinina = 1.5 mg/dL CI- = 75 mEq/L
Ur = 32 mg/dL
Qual é o distúrbio acido-básico?
Glicose = 92 mg/dL
A. Alcalose Respiratória Albumina = 4.2 g/dL
B. Alcalose Respiratória e Acidose Respiratória Gasometria: pH = 7.48; pCO2 = 47
C. Alcalose metabólica com compensação respiratória adequada mmHg; HCO3 = 34 mEq/L
D. Alcalose metabólica e alcalose respiratória
E. Nenhuma das opções acima

19. Esta estudante tem alcalose metabólica significativa, e a 20. Um homem de 24 anos foi encaminhado ao nefrologista para avaliação de hipertensão de
determinação do Cl- na urina é muito importante para distinguir a início recente, observada em um exame físico de rotina. A família dele tem um forte histórico de
alcalose metabólica resistente ao Cl e sensível ao Cl. Esta paciente tem hipertensão em idade precoce. Não está tomando nenhum medicamento. A pressão arterial é
alcalose metabólica resistente ao Cl. de 190/104 mmHg com uma pulsação de 74 batimentos/min. Não há alterações ortostáticas.
Seus valores laboratoriais estão consistentes com a alcalose metabólica hipocalêmica. Tem altos
Qual dos seguintes diagnósticos você precisa considerar para ela? valores de cloro na urina em relação à Na+ e K+, que também são altos. Seus níveis plasmáticos
de renina e aldosterona são extremamente baixos.
A. Aldosteronismo primário
B. Síndrome de Cushing Qual dos seguintes é o diagnóstico mais provável para esse paciente?
C. Hipertensão Maligna (HTN) A. Aldosteronismo primário
D. Estenose da artéria renal B. Estenose da artéria renal
E. Todos os itens acima C. Síndrome de Liddle
D. Síndrome de Gittelman
E. Síndrome de Bartter

21. Qual dos seguintes medicamentos 22. Combine o padrão eletrolítico sérico e urinário com o histórico do paciente:
é APROPRIADO para esse paciente?
1. Um homem de 18 anos com desejo de comida salgada e uma mutação no cotransportador Na/Cl
A. Espironolactona 2. Um menino de 12 anos com uma mutação documentada no cotransportador Na/K/2Cl
B. Eplerenona 3. Uma mulher de 27 anos com vômitos por < 2 dias
C. Hidroclorotiazida 4. Um homem de 40 anos com vômito prolongado por > 7 dias.
D. Metolazona
E. Amiloride Sérico Sérico Sérico Sérico Sangue Urina Urina Urina Urina
[Na+] a [K+] [CI-] [HCO3-] pH [Na+] [K+] [CI-] pH
A 136 89 28 7.48 100 140 15 200 7.2
B 135 86 32 7.50 40 30 15 150 5.8
C 136 86 32 7.51 80 44 60 250 6.1
D 137 84 30 7.48 120 120 80 60 6.2
a
mEq/L

23. Uma mulher de 64 anos com DPOC desenvolve diarreia de 1 semana de Sérico Gasometria
duração. Ela diz que tomou líquido suficiente “para acompanhar as diarréias”, mas
Na+ = 136 mEq/L pH = 7.27
cólicas abdominais e leve tontura a levaram ao pronto-socorro. Ela está alerta e
orientada. Sua PA é de 120/60 mmHg com uma FC de 96 batimentos por minuto. A K+ = 3.2 mEq/L pCO2 = 62 mmHg
FR é 19 IPM. Tem PA ortostática e alterações de pulso. Valores laboratoriais: CI- = 100 mEq/L pO2 = 88 mmHg
HCO3- = 28 mEq/L HCO3- = 27 mEq/L
Qual é o distúrbio ácido-base? Creatinina = 1.0 mg/dL
Ur = 24 mg/dL
A. Acidose metabólica e alcalose respiratória
B. Acidose metabólica e alcalose metabólica Glicose = 92 mg/dL
C. Acidose respiratória e acidose metabólica
D. Acidose respiratória e alcalose metabólica
E. Acidose respiratória, acidose metabólica e alcalose metabólica

Siga nosso Instagram


@aprendanefro
Questões:
Ácido-básico
24. Um homem de 56 anos com histórico de DPOC e hipertensão essencial é admitido por falta Sérico Gasometria
de ar recentemente exacerbada e fácil fatigabilidade. Ele está em uso de broncodilatadores e
Na+ = 134 mEq/L pH =7.42
hidroclorotiazida (HCTZ). Valores laboratoriais:
K+ = 3.6 mEq/L pCO2 = 59 mmHg
Qual é o distúrbio acido-básico? CI- = 91 mEq/L pO2 = 62 mmHg
HCO3- = 37 mEq/L HCO3- = 20 mEq/L
A. Acidose metabólica e alcalose respiratória Creatinina = 0.9 mg/dL
B. Acidose metabólica e alcalose metabólica
Ur = 14 mg/dL
C. Acidose respiratória e acidose metabólica
D. Alcalose metabólica e acidose respiratória Glicose = 90 mg/dL
E. Acidose respiratória, acidose metabólica e alcalose metabólica Albumina = 4.5 g/dL

25. Uma mulher de 24 anos com asma é atendida no Departamento de Emergência por motivo de exacerbação Sérico Gasometria
aguda devido a uma infecção do trato respiratório superior. Antes da terapia com broncodilatador e corticosteroide
Na+ = 139 mEq/L pH = 7.55
foram realizados testes laboratoriais, que mostram:
K+ = 3.4 mEq/L pCO2 = 22 mmHg
Qual é o distúrbio ácido-base? CI- = 96 mEq/L pO2 = 88 mmHg
HCO3- = 21 mEq/L HCO3- = 20 mEq/L
A. Acidose Metabólica Creatinina = 0.6 mg/dL
B. Alcalose Metabólica
Ur = 18 mg/dL
C. Alcalose respiratória aguda
D. Alcalose respiratória crônica Glicose = 92 mg/dL
E. Alcalose respiratória e acidose metabólica

26. Um homem de 66 anos com DPOC é internado por aumento da falta de ar e pernas inchadas por 10 dias. Eletrólitos séricos e Eletrólitos séricos e
Ele está em broncodilatadores e furosemida. O exame físico revela estertores crepitantes, presença de B3 e Gasometria na internação gasometria no dia 4
edema 2++ depressível nas extremidades inferiores. O paciente recebe furosemida intravenosa 60 mg 12/12h Na+ = 136 mEq/L Na+ = mEq/L
por 3 dias, e sua falta de ar e edema melhoraram. O ECG está normal. Valores laboratoriais: K+ = 3.3 mEq/L K+ = mEq/L
CI- = 104 mEq/L CI- = mEq/L
Qual é o distúrbio acido-básico na internação?
HCO3- = 18 mEq/L HCO3- = mEq/L
A. Acidose Metabólica Creatinina = 1.1 mg/dL Creatinina = mg/dL
B. Alcalose Metabólica Ur = 28 mg/dL Ur= 38 mg/dL
C. Alcalose respiratória aguda Glicose = 102 mg/dL Glicose = mg/dL
D. Alcalose respiratória crônica Gasometria Gasometria
E. Alcalose respiratória e acidose metabólica
pH = 7.45 pH = 7.48
pCO2 = 26 mmHg pCO2 = 28 mmHg
pO2 = 90 mmHg pO2 = 92 mmHg
HCO3- = 17 mEq/L HCO3- = 20 mEq/L

27. Qual é o distúrbio acidobásico 28. Para cada conjunto de dados laboratoriais, Na+ CI+ HCO3- pH pCO2
no quarto dia? selecione o distúrbio acido-básico apropriado: Opção
(mEq/L) (mEq/L) (mEq/L) (mmHg)
A 130 98 10 7.34 19
A. Acidose Metabólica 1. Alcalose metabólica e acidose respiratória
B. Alcalose Metabólica 2. Acidose Metabólica e Alcalose Respiratória B 136 94 24 7.39 39
C. Alcalose respiratória aguda 3. Acidose metabólica e acidose respiratória C 130 85 29 7.50 36
D. Alcalose respiratória crônica 4. Acidose metabólica e alcalose metabólica D 140 100 23 7.27 44
E. Alcalose respiratória crônica e 5. Alcalose metabólica e alcalose respiratória E 142 100 32 7.41 52
alcalose metabólica a
HCO3- calculado

29. Um homem de 38 anos com histórico de diabetes tipo 1 e pancreatite é admitido por náusea, vômito e dor abdominal Sérico Gasometria
intensa nos últimos 4 dias. Não tomou insulina por causa da má ingestão oral. Resultados laboratoriais: Na+ = 120 mEq/L pH = 7.47
K+ = 3.9 mEq/L pCO2 = 23 mmHg
Qual dos seguintes descreve o MELHOR status acido-básico? CI- = 60 mEq/L pO2 = 109 mmHg
HCO3- = 17 mEq/L HCO3- = 16 mEq/L
A. Acidose metabólica e alcalose metabólica
B. Alcalose metabólica e alcalose respiratória Creatinina = 3.1 mg/dL
C. Acidose metabólica e acidose respiratória Ur = 88 mg/dL
D. Alcalose respiratória, acidose metabólica e alcalose metabólica Glicose = 776 mg/dL
E. Acidose metabólica, acidose respiratória e alcalose metabólica Cetonas = positive

30. Uma mulher de 31 anos com abuso de álcool e pancreatite é admitida por falta de ar, confusão, vômitos profusos e Sérico Gasometria
dor abdominal. É intubada e sedada eletivamente. Os seguintes valores laboratoriais são obtidos: Na+ = 136 mEq/L pH = 7.01
K+ = 4.9 mEq/L pCO2 = 26 mmHg
Qual é o distúrbio acido-básico?
CI- = 87 mEq/L pO2 = 67 mmHg

A. Acidose metabólica e alcalose metabólica HCO3- = 7 mEq/L HCO3- = 6 mEq/L


B. Alcalose metabólica e alcalose respiratória Creatinina = 4.1 mg/dL
C. Acidose metabólica e acidose respiratória Ur = 7 mg/dL
D. Alcalose respiratória, acidose metabólica e alcalose metabólica Glicose = 72 mg/dL
E. Acidose metabólica, acidose respiratória e alcalose metabólica
Cetonas = positive

31. Uma mulher de 60 anos com HIV/AIDS é internada por diarreias e abuso de substâncias. Está Sérico Gasometria
hipotensa (pressão arterial sistólica de 90 mmHg) com frequência cardíaca de 112 batimentos/min. Na+ = 130 mEq/L pH = 7,01
Valores laboratoriais: K+ = 5.5 mEq/L pCO2 = 26 mmHg
CI- = 112 mEq/L pO2 = 67 mmHg
Qual dos seguintes descreve melhor o status de acido-básico?
HCO3- = 9 mEq/L HCO3- = 6 mEq/L
A. Acidose metabólica e alcalose metabólica Creatinina = 1.5 mg/dL
B. Alcalose metabólica e alcalose respiratória NUS = 38 mg/dL
C. Acidose metabólica e acidose respiratória Glicose = 80 mg/dL
D. Acidose respiratória, alcalose metabólica e acidose metabólica Albumina = 2.3 g/dL
E. Acidose metabólica, alcalose respiratória e alcalose metabólica
Toxicologia da urina: positiva para cocaína e heroína

Siga nosso Instagram


@aprendanefro