P. 1
Aula 01 Direito Civil

Aula 01 Direito Civil

|Views: 14.646|Likes:
Publicado porRevengeFTW

More info:

Published by: RevengeFTW on Nov 22, 2011
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

12/10/2013

pdf

text

original

A doutrina costuma usar a seguinte expressão: as fundações são
universalidades de bens (resultam da afetação de um patrimônio e não
da união de indivíduos), personificados, em atenção ao fim que lhes dá
unidade.

Podemos conceituar uma fundação como sendo o complexo de
bens livres colocados por uma pessoa física ou jurídica, a serviço de um fim
lícito e especial, com alcance social pretendido por seu instituidor, e em
atenção ao disposto em seu estatuto. Uma pessoa (natural ou jurídica)
separa parte de seu patrimônio, criando a fundação para atingir objetivo não
econômico. A partir de sua criação, o patrimônio da fundação não pertence
mais ao patrimônio da pessoa que a criou, uma vez que passa a ter
personalidade própria. Ex: a Fundação Roberto Marinho em momento algum
pode ser confundida com a Rede Globo de Televisão.
O próprio instituidor poderá administrar a fundação (forma
direta) ou encarregar outrem para este fim (forma fiduciária). De acordo com
o art. 62, parágrafo único do CC terão sempre fins religiosos, morais,
culturais ou de assistência. Outros exemplos: Fundação São Paulo
(mantenedora da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo), Fundação
Ayrton Senna, etc. São criadas a partir de uma escritura pública (inter
vivos) ou de um testamento (causa mortis). Portanto elas não podem ser
criadas por instrumento particular ou privado. Para a sua criação
pressupõem-se:

• Dotação de bens livres – o instituidor destina determinados bens que
comporá o patrimônio da fundação, que deve ser apto a produzir rendas
ou serviços que possibilitem alcançar os objetivos visados, sob pena de
frustrá-los.

• Elaboração de estatutos com base em seus objetivos. Eles devem ser
submetidos à apreciação do Ministério Público estadual que os
fiscalizará. Em regra o seu objetivo é imutável. No entanto é possível
a reforma dos estatutos, desde que: seja deliberada por dois terços dos
competentes para gerir e representar a fundação; não contrarie ou

CURSO ON-LINE – DIREITO CIVIL P/ ABIN
PROFESSOR: LAURO ESCOBAR

28

www.pontodosconcursos.com.br

desvirtue o seu fim; seja aprovada pelo órgão do Ministério Público (caso
este a denegue, poderá o Juiz supri-la, a requerimento do interessado).
• Especificação dos fins – como vimos, eles devem ser sempre
religiosos, morais, culturais ou de assistência.
• Previsão do modo de administrá-la – embora seja interessante que a
fundação preveja o modo pelo qual ela deva ser administrada, este item
não é essencial para sua existência.

Recordem-se, como visto acima, que também existem as fundações
públicas, instituídas pelo Estado.

Nascimento

As fundações surgem com o registro de seus atos constitutivos no
Registro Civil de Pessoas Jurídicas.

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->