Você está na página 1de 6

31/03/2015

INTRODUÇÃO
UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ
INSTITUTO DE CIENCIAS DA SAÚDE
FACULDADE DE NUTRIÇÃO
• Importância do conhecimento sobre os hábitos alimentares
DISCIPLINA: AVALIAÇÃO NUTRICIONAL E NUTRIÇÃO EM SAÚDE PUBLICA
• Prática clínica
• Prevenção
• Tratamento de diversas patologias

• Saúde publica
• Orientação da formulação de politicas de alimentação e nutrição

• Estabelecimento de planejamento nutricional


Profª Msc. Tayana Vago
• Avaliação da efetividade da intervenção nutricional

• Acompanhamento da evolução do estado nutricional

• Objetivo: estimar se a ingestão alimentar está adequada ou inadequada às


BELÉM-PA necessidade do indivíduo
2015

INTRODUÇÃO INTRODUÇÃO

Fatores que afetam o consumo alimentar Decisão quanto ao método a ser utilizado

• Objetivos do estudo
• Valores • Características da população
Intrínsecos • Crenças
• Número de indivíduos participantes
• Necessidades biológicas
• Recursos disponíveis
• Ambiente
Extrínsecos • Relações familiares
• Relações sociais Não existe método padrão para avaliar ingestão alimentar e de nutrientes

INTRODUÇÃO TIPOS DE INQUERITOS ALIMENTARES

Administração dos Inquéritos

• Entrevista pessoal
Qualitativas Quantitativas
• Questionários autoadministrados: registro alimentar ou QFA

• Via telefone: Recordatório de 24h

Ambas

Individual Populacional

1
31/03/2015

TIPOS DE INQUERITOS ALIMENTARES MÉTODOS QUANTITATIVOS

- Recordatório alimentar de 24 horas


- Questionário de frequência alimentar Recordatório Registro
simples
RETROSPECTIVOS
- Questionário de frequência alimentar
de 24h alimentar
semiquantitativa
- História Alimentar
• Avaliam a quantidade de alimentos e bebidas consumidos em
determinado período de tempo
- Registro alimentar estimado • Estimar a ingestão de nutrientes
PROSPECTIVOS
- Registro alimentar pesado • Informações obtidas são analisadas com base nas necessidades
nutricionais para verificar a adequação dietética

RECORDATÓRIO DE 24 HORAS RECORDATÓRIO DE 24 HORAS


Realização
• Entrevista pessoal
• Questões abertas
• Descrever todos os alimentos e bebidas ingeridos
• Definição e quantificação de alimentos e bebidas ingeridas em
um período anterior a entrevista: Qualidade da informação

• Dependerá da memória, cooperação do entrevistado, capacidade


• Dia anterior desde o desjejum até a ceia
do entrevistador de manter canal de comunicação ou diálogo,
habilidade do entrevistado em recordar de modo preciso as
• 24h precedentes à entrevista quantidades consumidas

Obtenção de respostas mais precisas


• Utilizar tecnologias auxiliares para estimar quantidades
Método mais adequado para estimativa individual de consumo • Álbum de fotografias, modelos tridimensionais, réplicas de
alimentos e medidas caseiras (xícaras, talheres, copos)

RECORDATÓRIO DE 24 HORAS RECORDATÓRIO DE 24 HORAS


Tipos de ingestão • Rápida aplicação
• Não requer alfabetização do avaliado
• Representa a ingestão atual • Exige pouco esforço do entrevistado
• Pode estimar ingestão habitual se aumentados os números de dias • Necessário somente um contato
Vantagens
investigados • Não altera a ingestão de alimentos
• Fornece estimativa quantitativa da ingestão
energética e de nutrientes
Duração da investigação em dias • Baixo custo
• Depende da memoria do entrevistado
• 1,3 ou 7 dias • Dificuldade para quantificar o tamanho das porções
• Dependerá: de modo preciso
• Da precisão que se deseja no calculo da ingestão médias • Necessita entrevistador treinado
Desvantagens
• Vários dias de investigação, aumentam a precisão dos dados • Depende da capacidade do entrevistador em
e diminuem a variação intraindividual estabelecer canais de comunicação
• Do proposito do estudo e dos nutrientes estudados • 1 R24h não estima habitual
• Inadequado para observar comportamento alimentar

2
31/03/2015

RECORDATÓRIO DE 24 HORAS RECORDATÓRIO DE 24 HORAS

TÉCNICA TÉCNICA

1. Descrição minuciosa da alimentação do dia anterior ou das ultimas 24h


• O entrevistador pode auxiliar a pessoa a lembrar-se do primeiro 1. Transformar as medidas caseiras em gramas
alimento ou da primeira bebida consumida no dia
• Associar fatos ou rotinas do dia ao consumo de alimentos 2. Analise nutricional das dietas observadas
• Tabelas de composição química
2. Registrar o tipo de alimento e bebida, a quantidade consumida, o tamanho e • Softwares específicos
o volume da porção, o modo de preparação, ingredientes e hora da refeição.
• Podem ser registrados condimentos, gorduras, in 3. Adequação dos nutrientes estudados
natura/industrializado, marcas, pele/sem pele
• Uso de suplementos

RECORDATÓRIO DE 24 HORAS RECORDATÓRIO DE 24 HORAS


EXEMPLO
Fatores que influenciam
Horário Alimentos Medidas Gramas
Ingredientes caseiras
7:30 Café com leite 1 xicara pequena 150 ml 1. Idade do entrevistado
• Café • 100 ml
(Desjejum) • Leite integral • 50 ml 2. Escolaridade do entrevistado
Itambé • 3 col de chá
• Açúcar 3. Tipos de alimentos: álcool e doces são mais difíceis de serem descritos

Pão com queijo e 1 unidade 50 g 4. Dieta esperara ou ideal


manteiga
• Pão francês
• Manteiga 3 pontas de faca 20 g
Vigor
• Queijo prato 1 fatia média 25 g
Sadia

REGISTRO OU DIÁRIO ALIMENTAR REGISTRO OU DIÁRIO ALIMENTAR

• Descrição detalhada dos tipos e quantidades de alimentos, bebidas,


suplementos consumidos Qualidade da informação dependerá de:
• Colaboração e disponibilidade de tempo do avaliado
• Período de 1 a 7 dias • Capacidade da pessoa em estimar as quantidades ingeridas
• Habilidade do profissional em explicar detalhadamente e previamente como
• Pode ser realizado de duas formas: deverá ser feito o registro
• Registro do alimento: registro em formulário próprio a quantidade,
tamanho e volume da porção de todos os alimentos e bebidas Utilização de medidas padrão
consumidos ao longo do dia ou período. • Utilizar medidas padrão
• Descrição das formas, tamanho, volume ou peso contido nas embalagens dos
• Registro do peso do alimento (pesagem do alimento): Registro de todos alimentos
alimentos e bebidas antes de serem consumidos. As sobras devem ser
pesadas e registradas. Uso limitado a pesquisas, fornecendo maior Revisão dos registros
acurácia. • Recomenda-se revisar os registros com o avaliado, no objetivo de validá-los.

3
31/03/2015

REGISTRO OU DIÁRIO ALIMENTAR REGISTRO OU DIÁRIO ALIMENTAR

• Não depende da memória


Tipo de ingestão • Menor erro quando há orientação sobre o
preenchimento
• Ingestão atual Vantagens
• Informação quantitativa
• Ingestão habitual dependendo do numero de indivíduos • Maior precisão (registro do peso) e exatidão das
avaliados dia investigados (mínimo de 3 dias) porções ingeridas

Período de estudo • Consumo pode ser alterado, pois o individuo sabe


que está sendo avaliado
• Depende do que será investigado
• Dificuldade em estimar as porções
• 3, 5 ou 7 dias • Requer alfabetização e motivação do entrevistado
• Períodos maiores podem comprometer a adesão ao estudo e Desvantagens
• Requer tempo e cooperação
fidedignidade dos dados • individuo deve conhecer medidas caseiras
• Registro dever ser realizado em dias não consecutivos • Menir precisão quando se aumenta o nº de dias de
investigação

MÉTODOS DE AVALIAÇÃO DE CONSUMOS DE


REGISTRO OU DIÁRIO ALIMENTAR ALIMENTOS OU GRUPOS ALIMENTARES

TÉCNICA
• Conhecer a frequência de consumo de determinados alimentos
• Riscos a saúde
1. Elaborar o formulário para o registro • Proteção ou promoção da saúde
2. Entregar ao entrevistado o nº de copias do formulário de acordo com o nº
de dias de investigação • Analise qualitativa do consumo alimentar
3. Orientar o entrevistado:
Nome da preparações, ingredientes, detalhes como adição de sal, açúcar, • Tem base nas recomendações dos guias alimentares
diet/light, uso de suplementos, etc.
4. Revisar os registros com o entrevistado no momento da entrega • Pode ser utilizado para avaliar necessidades de adaptações na dieta
5. Transformar as medidas caseiras em gramas ou volumes
6. Realizar analise nutricional e adequação dos nutrientes investigados. • Estudos epidemiológicos

QUESTIONÁRIO DE FREQUENCIA QUESTIONÁRIO DE FREQUENCIA


ALIMENTAR ALIMENTAR

Avaliação da ingestão habitual


• Nº de vezes que cada alimento de uma lista previamente selecionada
• Mede frequência de consumo de determinados alimentos em
foi consumido durante determinado período (semana/mês/ano)
um período de tempo
• Lista de alimentos com uma seção de respostas sobre a frequência de
consumo de cada alimento ou grupo de alimentos em determinado
Período de referencia
tempo • Dias, semanas, 1 mês, 3 meses, > 1 ano
• Não é recomendado aplicar em intervalos muito curtos
• Consumo alimentar habitual
• Em período longos pode haver alterações reais na ingestão
• Fornece dados qualitativos
Objetivo do método
• Avaliar associação entre habito alimentar e o risco de doenças

4
31/03/2015

QUESTIONÁRIO DE FREQUENCIA QUESTIONÁRIO DE FREQUENCIA


ALIMENTAR ALIMENTAR

Métodos de preenchimento
• Entrevistador treinado Analise das informações
• Auto preenchido pessoalmente ou via correio (orientação)
• Qualitativo: com base em guias alimentares
• Quantitativo: estimar consumo de nutrientes, diferenciar indivíduos de
Tipo de questionário acordo com nível de consumi e relacionar ingestão de alimentos/nutrientes
• Lista de alimentos pode ser seletivo ou geral com existência de doenças crônicas (pode superestimar as dietas em
• Semi-quantitativo (tamanho médio e nº de porções) – questionário comparação aos outros métodos)
quantitativo de frequência alimentar (estimar consumo de nutrientes)
Lista de alimentos
• Pode ser elaborada uma nova lista com base no que se deseja investigar ou
usa lista previamente elaborada / padrão
• Deve ser organizada de maneira sistemática (por grupos de alimentos),
clara, concisa
• Pode ter de 15 a 250 questões (recomenda-se não haver mais de 100
questões)

QUESTIONÁRIO DE FREQUENCIA QUESTIONÁRIO DE FREQUENCIA


ALIMENTAR ALIMENTAR

TÉCNICA CUIDADOS AO ELABORAR A LISTA DE ALIMENTOS

1. Elaborar o questionário ou usar pré-existente de acordo com interesse do • A escolha dos alimentos que irão compor a lista devem ser norteadas pelo
estudo objetivo do estudo, características e hábitos da população

2. Aplicar o questionário em forma de entrevista ou autopreenchido • Importante realizar estudo piloto para descartar alimentos menos
consumidos
3. Sistematizar os dados analisando a qualidade da alimentação do individuo
ou grupo populacional • O QFA deve ser avaliado quanto a precisão e acurácia

QUESTIONÁRIO DE FREQUENCIA QUESTIONÁRIO DE FREQUENCIA


ALIMENTAR ALIMENTAR
• Estima ingestão habitual
• Classifica indivíduos conforme níveis de consumo
Vantagens • Elimina variações do dia-a-dia
• “Rapidez” e baixo custo
• Observa modificações na dieta

• Requer memoria de hábitos do passado


• Depende de habilidades cognitivas para estimar o
consumo médio em longo período
• Pode apresentar listagem incompleta de alimentos
• Pode haver erro na estimativa da frequência e
Desvantagens
porções
• Perda de detalhes da ingestão
• Quantificação pouco precisa
• Dificuldades de aplicação aumentam conforme
complexidade do QFA

5
31/03/2015

HISTÓRIA ALIMENTAR HISTÓRIA ALIMENTAR

Informações relevantes:
• Associação de método • Informa ingestão global dos alimentos, hábitos do consumo e distribuição
• QFA dos alimentos ao longo do dia
• Recordatório de 24h
Conceito
• Registro alimentar de 3 dias
• Extensa entrevista com o objetivo de obter informações sobre os hábitos
• Estabelece o padrão de consumo alimentar alimentares atuais e passados
• Normalmente realizada na primeira consulta
• Não é aconselhável em estudos populacionais devido tempo para execução • Pode durar de 60 a 90 minutos
e custo elevado Dados coletados
• Nº de refeições diárias
• Local das refeições
• Apetite / preferencias / aversões alimentares / grupos específicos
• Informações adicionais: tabagismo, atividade física
• Recursos audiovisuais podem ser utilizados

HISTÓRIA ALIMENTAR HISTÓRIA ALIMENTAR

TÉCNICA

• Elimina variações do dia-a-dia


1. Anamnese
• Leva em consideração a variação sazonal
Vantagens
2. Recordatório de 24 horas • Descreve ingestão habitual em relação aos aspectos
qualitativos e quantitativos
3. Questionário de frequência alimentar
• Requer profissional treinado
4. Registro alimentar de 3 dias Desvantagens • Depende da memoria do entrevistado
• Longo tempo de duração
São utilizadas as técnicas já descritas

REFERENCIAS

MUSSOI, T.D. Avaliação nutricional na prática clinica – da gestação ao


envelhecimento. Editora Guanaba Koogan. São Paulo, 2014. 203p.