Você está na página 1de 3

ESCOLA MUNICIPAL DE ENSINO MÉDIO ALFREDO AVELINE

PLANO DE TRABALHO - 2018

Componente Curricular: Ciências


Carga horária anual: 80h
Professor: Daiana Franceschini Rizzon Soares
Ano: 2018

9º ano

1 Ementa:
Conceito da matéria; fenômenos físicos e químicos. Medidas e unidades. Introdução ao estudo da Química
(elementos químicos, combinação de elementos, funções químicas, reações químicas, misturas e soluções).
Introdução ao estudo da Física (força e movimento, energia mecânica, luz, ondas, calor, eletricidade estática,
corrente elétrica, magnetismo).

2 Habilidades

- Pesquisar evidências sobre processos de conservação, transformação e dissipação de energia em


situações cotidianas.
- Selecionar e utilizar instrumentos de medição e de cálculo (utilizando escalas) para coleta de dados
acerca de duas situações cotidianas distintas, que envolvam de alguma forma os três processos.
- Representar dados (utilizando gráficos e tabelas), fazer estimativas e interpretar resultados.
- Distinguir conceitualmente combustível, fonte de energia e forma de energia.
- Relacionar a origem das fontes de energia com seu caráter renovável ou não.
- Analisar diferentes posições assumidas sobre o uso das variadas fontes de energia: hídrica, eólica, solar,
nuclear, geotérmica, gravitacional, de biomassa e fóssil.
- Compreender os modelos atômicos, elementos químicos e seus símbolos, substâncias químicas, suas
fórmulas e importância para o avanço científico.
- Conhecer as propriedades das matérias, relacionando com o cotidiano.
- Reconhecer símbolos e elementos químicos.
- Compreender misturas, combinações e os processos de separação de misturas da natureza.
- Diferenciar respiração celular de fermentação.
- Reconhecer a respiração celular e a fermentação como sequências de reações químicas que visam à
transformação da energia contida nos alimentos.
- Caracterizar a respiração e a fermentação como processos de combustão.
- Identificar parâmetros de eficiência energética.
- Relacionar atividades humanas, eficiência energética e sustentabilidade.
- Diferenciar energia limpa de energia renovável.
- Avaliar o impacto do uso das diferentes formas e fontes de energia na economia e no ambiente.

3 Competências

- Criar roteiros que evidenciem a observação, experimentação, a pesquisa e/ou outras fontes, levantando
hipóteses, selecionando e organizando dados e interpretações para a resolução de problemas.
- Identificar as diferentes tecnologias, caracterizando o processo que permite a transformação de matéria e
energia necessária a atividades humanas e suas conseqüências.
- Valorizar a vida em sua diversidade e a conservação dos ambientes.
- Interpretar situações de equilíbrio e desequilíbrio ambiental, relacionando informações sobre a
interferência do ser humano e a dinâmica das cadeias alimentares.
- Identificar e associar ao cotidiano, conceitos de matéria, misturas, reações químicas, energia e
transformação.
- Compreender a relação da tecnologia com as ciências modernas e contemporâneas, sua influência na
transformação de materiais e o impacto ambiental.

4 Programa

1º TRIMESTRE:

• Conceitos básicos de química e física.


• Unidades de medidas pelo Sistema Internacional (SI)
• Matéria e estados físicos da matéria
• Átomos e elementos químicos
• Tabela periódica dos elementos

2º TRIMESTRE:

• Ligações químicas
• Reações e funções químicas

3º TRIMESTRE:

• Estudo dos movimentos


• MRU E MRUV
• Estudos das forças
• Trabalho
• Instrumentos ópticos

5 Metodologia

O programa da disciplina será desenvolvido de forma contextualizada, de acordo com a realidade,


considerando as combinações estabelecidas no início da mesma com o grupo, interesses, participação e
convicções no sentido de provocar e desenvolver o pensamento crítico, reflexivo e criativo, onde os
conhecimentos trabalhados na disciplina possam ser analisados, refletidos e ressignificados pelos
educandos.
Com esta intencionalidade, serão utilizadas estratégias de ensino, a saber: aulas expositivo-dialogadas,
trabalhos de leituras e reflexões em pequenos e grandes grupos, leituras orientadas, estudos de casos,
seminários, análise de filmes de cunho pedagógico e outras que se fizerem necessárias para atender os
objetivos da disciplina e os interesses do grupo.

6 Atividades Discentes

Os educandos no decorrer da disciplina serão convidados e provocados à reflexão crítica de aportes


teóricos sobre os conteúdos de ensino e à realização das atividades, a saber, leituras e apresentação de
trabalhos (individuais e em grupos), estudos dirigidos referente aos temas abordados, seminários de pesquisa
e discussão, com vista a coleta de dados para estudo, análise e discussão em sala de aula, painéis sobre os
textos trabalhados: leitura, sistematização, organização, produção e apresentação ao grande grupo, auto-
avaliação.

7 Avaliação

A avaliação acontecerá de forma permanente e cumulativa, com o objetivo de acompanhar a


construção do conhecimento do aluno e seu aproveitamento na disciplina. No primeiro encontro entre
docente e discentes serão feitas combinações a cerca do encaminhamento do processo de avaliação, bem
como sua operacionalização no decorrer da disciplina.
As atividades de avaliação terão caráter formativo, permitindo ao aluno, o acompanhamento do
aproveitamento, bem como seu redimensionamento, a partir do momento em que se fizer necessário a
retomada / reelaboração dos trabalhos. As notas serão atribuídas mediante a verificação do aproveitamento
do aluno como um todo observados os seguintes critérios, a saber frequência: pontualidade e assiduidade,
comprometimento, participação efetiva nas aulas e realização das atividades propostas, nível de
aprofundamento teórico nos trabalhos realizados, clareza e coerência nas apresentações orais e escritas dos
trabalhos, capacidade de análise, síntese e julgamento e pontualidade na entrega dos trabalhos. Outros
critérios poderão ser acrescidos a esses, a partir das necessidades contextuais e das combinações com o
grupo.
O processo de avaliação buscará contemplar o dinamismo do ensinar e aprender. Será uma postura de
reflexão e estudos diários, procurando tecer análises críticas à luz de referenciais teórico-práticos estudados.
Os trabalhos serão construídos individualmente e/ou em pequenos e grandes grupos, conforme acordo
com o grupo e professora, de forma a atender as diversidades do processo de aprendizagem. Os instrumentos
de avaliação comporão:

1º e 2º TRIMESTRES:
a) Trabalhos avaliativos (9 pontos)
b) Testes parciais (9 pontos)
c) Prova geral acumulativa (12 pontos)

3º TRIMESTRE:
a) Trabalhos avaliativos (12 pontos)
b) Testes parciais (12 pontos)
c) Prova geral acumulativa (16 pontos)

8 Referências

Sites: www.sobiologia.com.br
www.sofisica.com.br
www.soquimica.com.br
www.todabiologia.com
www.biologo.com.br
http://objetoseducacionais2.mec.gov.br.

Assinatura do professor:________________________________________________________
Recebido Por: _______________________________________ Data: ____/_____/_________