Você está na página 1de 3

1

A LITERATURA É A ARTE QUE SE MANIFESTA PELA PALAVRA, SEJA ELA FALADA OU ESCRITA.
A literatura começou a existir no Brasil através da colonização européia pelos portugueses.
Até então, a literatura portuguesa, formada e influenciada pela literatura greco-romana, seguia a tradição da
divisão padronizada dos gêneros literários, a qual se fundamentou nos dias de hoje por meio do filósofo
Aristóteles.
Esta separação facilita a identificação das características temáticas e estruturais das obras, sejam elas em
prosa ou em verso.

O texto literário se organiza em gêneros literários.


Os textos literários são divididos em dois grupos: textos em verso, textos em prosa.
Os textos em verso são os poemas, aqueles que são formados por versos;
Os textos em prosa são aqueles construídos em linha reta, organizados em frases, parágrafos, capítulos,
partes etc.

******************

Texto literário e texto não-literário

Critérios mais usados atualmente para caracterizar o texto literário e não-literário:

Distinguí-los com base no caráter ficcional ou não

As análises mostraram que todo texto possui uma FUNÇÃO. Com base nesta conclusão, diz-se que
o texto literário (ex: conto, poema, romance, peças de teatro, novelas , crônicas) apresenta uma FUNÇÃO
ESTÉTICA, enquanto o texto não-literário (ex: texto informativo, jornalístico, cinetifico, receitas culinárias,
manuais) , tem uma FUNÇÃO UTILITÁRIA (informar, convencer, explicar, responder, ordenar etc.).

Características do texto literário:

 Ficcionalidade: os textos não fazem, necessariamente, parte da realidade (ficção, simulação,


fingimento, invenção, fantasia).
 Função estética: o artista procura representar a realidade a partir da sua visão, interpreta o texto de
maneira individual a partir do olhar do escritor.
 Plurissignificação: nos textos literários as palavras assumem diferentes significados.
 Subjetividade: expressão pessoal de experiências, emoções e sentimentos.

Quanto a forma o texto literário pode ser escrito em :

Prosa: o texto se divide em blocos chamados parágrafos .


Poesia (verso): o texto se divide em blocos chamados estrofes , a cada linha dá-se o nome de verso.

Quanto ao conteúdo e a estrutura - quanto ao conteúdo (tema) e à estrutura, podemos enquadrar as obras
literárias em Gênero Literários.

GÊNEROS LITERÁRIOS:

Conjunto de características que permitem classificar uma obra literária em determinada categoria:
2

1- Épico: narrativo - é a narrativa com temática histórica; são os feitos heróicos de um determinado povo.
O narrador conta os fatos passados, apenas observando e relatando os feitos objetivamente, sem
interferência, o que torna a narrativa mais objetiva. Normalmente trata de temas do cotidiano da vida de
pessoas comuns e está presente em romances, novelas, contos, crônicas ou fábulas.
2- Lírico: sentimental, poético. - gênero essencialmente poético, que expõe a subjetividade do autor e diz
ao leitor do estado emocional do “eu-lírico”. Para um texto ser considerado poético, ele precisa ter
métrica, ritmo, divisão de estrofes e rima. Desde o Modernismo, contudo, há menos rigidez no que diz
respeito a essas características, poemas e prosas poéticas.
3- Dramático: teatro - é o gênero ligado diretamente à representação de um acontecimento por atores.
Esse tipo de obra costuma retratar questões e conflitos que estão presentes nas relações humanas.
O gênero literário dramático pode ser subdivido em quatro modalidades: tragédia , comédia ,
tragicomédia e farsa

Gênero épico - Nos textos que pertencem ao gênero épico há a presença de um narrador que conta uma
história que envolve terceiros.Os textos épicos narram a história de um povo ou de uma nação, geralmente são
textos longos envolvendo viagens, guerras, aventuras, gestos heróicos e há exaltação de heróis e seus feitos.
Nos textos narrativos o narrador apresenta ao leitor um universo ficcional. Entre os textos ficcionais, os mais
conhecidos são o conto, a novela e o romance. O conto seria o mais curto dos três, o romance o mais longo e a
novela teria uma extensão intermediária.

Gênero lírico - O gênero lírico é o texto onde há a manifestação de um eu lírico. Esse expressa suas emoções,
idéias , mundo interior ante o mundo exterior.
São textos subjetivos, normalmente os pronomes e verbos estão em 1ª pessoa e a musicalidade das palavras é
explorada.

Olhei até ficar cansado Nesse gênero, o autor cria um Eu lírico e escreve em
De ver os meus olhos no espelho versos. O poema "Autopsicografia", de Fernando
Chorei por ter despedaçado Pessoa, pertence ao gênero lírico:
As flores que estão no canteiro
Os pulsos e os punhos cortados O poeta é um fingidor.
E o resto do meu corpo inteiro. Finge tão completamente
(Titãs) Que chega a fingir que é dor
A dor que deveras sente. (...)

Gênero dramático - O gênero dramático expõe o conflito dos homens e seu mundo, as manifestações da
miséria humana. Os textos que são produzidos com o intuito de serem dramatizados pertencem ao gênero
dramático; assim, os atores fazem o papel das personagens.
Tragédia: é a representação de um fato trágico, suscetível de provocar compaixão e terror. Aristóteles afirmava que a
tragédia era "uma representação duma ação grave, de alguma extensão e completa, em linguagem figurada, com atores
agindo, não narrando, inspirando dó e terror".
Comédia: é a representação de um fato inspirado na vida e no sentimento comum, de riso fácil, em geral criticando os
costumes. Sua origem grega está ligada às festas populares, celebrando a fecundidade da natureza.
Tragicomédia: modalidade em que se misturam elementos trágicos e cômicos. Originalmente, significava a mistura do real
com o imaginário.
Farsa: pequena peça teatral, de caráter ridículo e caricatural, que crítica a sociedade e seus costumes; baseia-se no lema
latino Ridendo castigat mores (Rindo, castigam-se os costumes).
3

Interesses relacionados