Você está na página 1de 11

ESCOLA ALTERNATIVA “LAGO DOS CISNES”

VERIFICAÇÃO DA APRENDIZAGEM - 2º trimestre/2018

Nome: Turma: 1º EM
Disciplina: Língua Portuguesa Professor: Betina de Cácia Baptista Data: 25/08/2018
Valor: 12,0 - Média: 8,4 Nota: PROVA I - 1ª bateria de provas
Conteúdo: ADVÉRBIO, CONJUNÇÃO, Assinatura do responsável
PREPOSIÇÃO E DESVIO DO TEMPO
VERBAL

ATENÇÃO:
 Desligue o celular e guarde-o dentro da mochila
 Leia atentamente as questões antes de respondê-las.
 Use caneta azul ou preta. Escreva de forma bem legível.
 Não rasure. Não use corretivo.
 Não é permitido o empréstimo de material.
 Não será permitido o uso de dicionários.
 Não é permitida a consulta ao livro didático

QUESTÃO 01

Disponível em: <http://antenafm.com.br/wp-content/uploads/2015/11/NOVEMBRO - AZUL - 2015.png>. Acesso em: 17 setembro. 2017

A oração reduzida introduzida pela preposição para indica um certo valor semântico na construção do slogan da
campanha de combate ao câncer de próstata. Essa oração expressa uma ideia de:

A) causa
A) condição
B) consequência
C) finalidade
E)proporcionalidade
QUESTÃO 02
A substituição do haver por ter em construções existenciais, no português do Brasil,
corresponde a um dos processos mais característicos da história da língua
portuguesa, paralelo ao que já ocorrera em relação à ampliação do domínio de ter
na área semântica de “posse”, no final da fase arcaica. Mattos e Silva (2001:136)
analisa as vitórias de ter sobre haver e discute a emergência de ter existencial,
tomando por base a obra pedagógica de João de Barros. Em textos escritos nos
anos quarenta e cinquenta do século XVI, encontram-se evidências, embora raras,
tanto de ter “existencial”, não mencionado pelos clássicos estudos de sintaxe
histórica, quanto de haver como verbo existencial com concordância, lembrado por
Ivo Castro, e anotado como “novidade” no século XVIII por Said Ali. Como se vê,
nada é categórico e um purismo estreito só revela um conhecimento deficiente da
língua. Há mais perguntas que respostas. Pode-se conceber uma norma única e
prescritiva? É válido confundir o bom uso e a norma com a própria língua e dessa
forma fazer uma avaliação crítica e hierarquizante de outros usos e, através deles,
dos usuários? Substitui-se uma norma por outra?
CALLOU, D. A propósito de norma, correção e preconceito linguístico: do presente para o passado. In: Cadernos de Letras da UFF, n. 36,

2008. Disponível em: www.uff.br. Acesso em: 26 fev. 2012 (adaptado).

Para a autora, a substituição de “haver” por “ter” em diferentes contextos evidencia que
A)o estabelecimento de uma norma prescinde de uma pesquisa histórica.

B)os estudos clássicos de sintaxe histórica enfatizam a variação e a mudança na língua.

C)a avaliação crítica e hierarquizante dos usos da língua fundamenta a definição da norma.

D)a adoção de uma única norma revela uma atitude adequada para os estudos linguísticos.

E)os comportamentos puristas são prejudiciais à compreensão da constituição linguística.

QUESTÃO 03

Leia o texto a seguir.


Disponível em: <http://porvir.org/porfazer/10-dicas-13-motivos-para-usar-celular-na-aula/20130225#> Acesso em: 17 SET. 2017 (Fragmento)

De acordo com o texto, quem inspeciona os telefones celulares são

A) as escolas.
B) as instituições.
C) o governo.
D) os indivíduos.
E) As multimídias

QUESTÃO 04

Disponível em: <http://unitmagazine.com/images/greenlife/07/01.jpg>. Acesso em: 17 setembro. 2017

Para explicitar a ideia indicada pelo substantivo CONDIÇÃO no cartaz publicitário, as duas últimas orações da
propaganda poderiam ser redistribuídas utilizando - se um conectivo que expresse essa relação semântica, como
pode ser observado em:

AO mundo será melhor, porque você fará coletiva seletiva.


B)Para que o mundo seja melhor, é fundamental fazer coleta seletiva.
C)Quando você fizer coleta seletiva, o mundo será melhor.
D)Quanto mais você fizer coleta seletiva, melhor o mundo será.
E)Se você fizer coleta seletiva, o mundo será melhor.

QUESTÃO 05

Sobre os verbos defectivos, é correto afirmar:


I. Os verbos defectivos são aqueles que apresentam deficiência na sua
conjugação, ou seja, por não apresentarem todas as formas verbais, não
podem ser conjugados em determinadas pessoas, tempos ou modos.
II. Os verbos defectivos apresentam-se de acordo com o modelo de sua
conjugação, sendo suas formas predizíveis graças às regras gerais de
flexionamento.
III. Existem várias razões para que determinados verbos sejam classificados
como defectivos, entre elas estão a eufonia e a significação.
IV. Os verbos defectivos são aqueles que apresentam duas formas de mesmo
valor. Em geral, essas formas são mais frequentes no particípio.
V. Quase sempre faltam as formas rizotônicas dos verbos defectivos. Chama-
se rizotônica a forma verbal que tem a sílaba tônica no radical.
a) II e IV.
b) I, III e V.
c) I, II e V.
d) II, III e IV.
e) II e V.

QUESTÃO 06

Observe a tirinha “Calvin e Haroldo”, de Bill Watterson, e julgue as


proposições:
Calvin e Haroldo, criação do desenhista americano Bill Watterson. Os verbos também podem ser estudados a partir da
análise de tirinhas

I – O verbo “colocou”, no primeiro quadrinho, está no pretérito perfeito;


II – A forma verbal “olhando”, no segundo quadrinho, está no modo
indicativo;
III – A forma verbal “poderia”, no segundo quadrinho, está no futuro do
pretérito do modo subjuntivo;
IV – A forma verbal “acharmos”, no quarto quadrinho, está no futuro do
subjuntivo;
V - A forma verbal “fosse”, no quarto quadrinho, está no pretérito imperfeito
do modo indicativo.
Estão corretas:
a) I e IV.
b) II, III e V.
c) I, IV e V.
d) III e V.

O texto a seguir

O milionário WhatsApp esteve fora de serviço e pediu desculpa.


Serviço foi comprado há três dias pelo Facebook.

O WhatsApp – que foi criado em 2009 por Brian Acton e Jan Koum, antigos quadros do Yahoo
(ambos estavam desempregados e ambos foram rejeitados quando se candidataram a um
emprego no Facebook) – já pediu desculpas pela falha, atribuindo-a a problemas nos
servidores.
Fontes não identificadas da empresa disseram ao El País que a compra do aplicativo pelo
Facebook aumentou o fluxo de utilizadores nos EUA, onde o WhatsApp era menos conhecido.
A notoriedade deste crash do WhatsApp está obviamente relacionada com a compra desse
produto pelo Facebook, há três dias.

Disponível em < http://zip.net/bsmyVL >Acesso em 23 fev. 2014. (Fragmento)


QUESTÃO 07

A frase entre parênteses “ambos estavam desempregados e ambos foram rejeitados quando
se candidataram a um emprego no Facebook” ironiza o seguinte fato apontado na notícia:

A) a compra do WhatsApp pelo próprio Facebook, empresa que, outrora, rejeitou os futuros
criadores do agora cobiçado aplicativo.
B) a elevação do fluxo de utilizadores do aplicativo WhatsApp pelo EUA, país onde era
desconhecido antes da sua venda.
C) a falha que colocou o WhatsApp fora de serviço por três dias por causa de sua venda à
maior rede social do planeta.
D) a rejeição dos EUA ao WhatsApp, já que o aplicativo possui servidores problemáticos que
podem apresentar problemas sérios.
E) a venda do aplicativo mais utilizado no mundo inteiro por parte do Facebook, a rede social mais
popular do mundo inteiro

QUESTÃO 08
“Acredito que Maria tenha feito a lição”, passando-se a oração sublinhada para a voz passiva, o
verbo ficará assim:

Voz ativa (acima): Acredito que Maria tenha feito a lição - expectativa ou possibilidade (Supõe-se
que ela fez a lição.) ou dúvida (talvez= Acredito que) Maria tenha feito a lição

Voz passiva: A lição tinha sido feita por Maria. (por Maria = agente da passiva)

a) foi feita;
b) tenha sido feita;
c) esteja sendo feita;
d) tenha estado feita;
e) seja feita.

QUESTÕES DISCURSIVAS

QUESTÃO 01

Analise a imagem a seguir.

Disponível em: <http://www.vitrinepublicitaria.net/gustavo%20hpo/impressa.asp.> Acesso em 01 nov.2014.

Leia o trecho a seguir.

Reciclagem é uma alternativa. Porém existem outras soluções.

Levando em consideração a progressão textual na construção de um enunciado, explique o sentido da


conjunção em destaque para o entendimento da mensagem expressa no trecho.
_____________________________________________________________________________________
_____________________________________________________________________________________

QUESTÃO 02 (1,0)

Leia os textos a seguir.

Texto I - Menino das laranjas Texto II

Menino que vai pra feira


Vender sua laranja até se acabar
Filho de mãe solteira
Cuja ignorância tem que sustentar
É madrugada, vai sentindo frio
Porque se o cesto não voltar vazio
A mãe já arranja um outro pra laranja
Esse filho vai ter que apanhar
Compra laranja menino e vai pra feira... [...]
Compra laranja, laranja, laranja, doutor
Ainda dou uma de quebra pro senhor!

Lá, no morro, a gente acorda cedo


E é só trabalhar
E comida é pouca e muita roupa
Que a cidade manda pra lavar
De madrugada, ele, menino, acorda cedo
Tentando encontrar
Um pouco pra poder viver até crescer
E a vida melhorar
Compra laranja, laranja, laranja, doutor
Ainda dou uma de quebra pro senhor!
Compra laranja, laranja, laranja, doutor
Ainda dou uma de quebra pro senhor!

Texto I - Disponível em: <http://letras.mus.br/elis-regina/140810/>. Acesso em: 07 nov. 2014.


Texto II - Disponível em:<http://www.sidneyrezende.com/noticia/209728+>. Acesso em: 07 nov.2014.

Releia o trecho, transcrito do texto I.

Menino que vai pra feira


Vender sua laranja até se acabar
Levando-se em conta a relação entre os dois textos, o emprego da expressão “se acabar” contribui para
criar um efeito de sentido em relação à vida do personagem. Qual é ele?

QUESTÃO 03 (1,0)
Disponível em: <http://2.bp.blogspot.com/-DccDTdPlWno/UcdyhSg2AEI/AAAAAAAAAK8/tVkktMBhIJc/s1600/2.jpg>. Acesso em: 01 dez. 2015.

A) A tirinha é elaborada visando a uma quebra de expectativa do leitor do texto. Explique como esse recurso
é empregado na tira em análise.

______________________________________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________________________________

B) Reescreva a frase considerada inadequada gramaticalmente pela personagem de acordo com a


modalidade formal da língua portuguesa.

______________________________________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________________________________

QUESTÃO 04 (1,0)
Considere o texto publicitário a seguir.
Mude seu banheiro da água para Harpic
Descubra o frescor e a praticidade do novo Harpic Tablete. É só jogá-lo na caixa acoplada e dar
descarga para ter o seu vaso limpo por até 200 descargas. Experimente e descubra: banheiro bom é o
que tem Harpic. Confie no especialista.
Casa Claudia. São Paulo: Abril, ano 26, n. 10. out. 2002.
► O texto da propaganda utiliza um recurso bastante recorrente em anúncios publicitários,
quanto ao emprego de verbos. diga que recurso é este e que efeito de sentido ele provoca no
leitor.
______________________________________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________________________________
QUESTÃO 05 (1,0)
Na tirinha aparece a preposição DE, que pode ser usada com diferentes sentidos. Indique nas
frases a seguir se essa preposição indica assunto, causa, instrumento, lugar, matéria, meio,
modo ou posse:

a) Esse livro é da escola.

b) Você está tremendo de frio.

c) Vamos falar de você.

d) Ele apanhou de cinto.

e) Não me olhe de cara feia.

f) Comprei um chapéu de palha.

g) Ela chegou de São Paulo hoje.

h) Nunca viajei de avião.

QUESTÃO 06 (1,0)

IDENTIFIQUE E CLASSIFIQUE OS ADVÉRBIOS PRESENTES NA SEGUINTE ESTROFE:

“Alma minha gentil que te partiste,


Tão cedo desta vida descontente
Repousa lá no céu eternamente
E viva eu cá na terra sempre triste.” (Luís de Camões)

______________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________
QUESTÃO 07 (1,0)

Leia o texto seguinte.

Disponível em <http://www.taquiprati.com.br/images/Norma%20culta%20charge-surfista.jpg>. Acesso em: 17 set 2017

O humor da charge é obtido por meio do contraste entre o contexto e a modalidade de


linguagem adotada pela personagem. Justifique essa afirmativa e reescreva o texto verbal,
adequando-o à situação de comunicação retratada.

___________________________________________________________
___________________________________________________________

QUESTÃO 08 (1,0)

Preencha as lacunas com a forma apropriada do Particípio Verbal.

a) O candidato foi _____________ com mais de 200 mil votos. Muitos dos que haviam
____________ na eleição anterior votaram nele novamente. (eleger)

b) O imposto já foi ____________. Menos mal, porque todo o dinheiro deste mês já foi
____________ e não há perspectiva de que outro seja ____________ (pagar, gostar,
ganhar)

c) Àquela altura, já poderia ter ____________ seus débitos, se não tivesse ____________
todo o dinheiro que tinha ____________ (pagar, gastar, ganhar)

d) Ele havia ____________ o portão. De lá podia ver o que se passava sem ser
____________. Dessa forma, foi-lhe possível certificar-se de tudo o que havia sido
____________ e ____________ pelo ex-proprietário do imóvel. Valera a pena ter
___________ ! (entreabrir, ver, dizer, escrever, vir).

e) A lei tinha já ____________ qualquer penalidade para aquele ato que não mais era
considerado elícito. (extinguir)

f) Os operários estavam ____________ do imposto já que os tinha ____________ meio


salário naquele mês. (isentar)

g) O diretor havia __________ o aluno porque ele tinha ___________ as paredes da sala.
(expulsar / pichar)

h) No cardápio estava ___________ a gorjeta, por isso o garçom ficou ___________ com
minha atitude. (incluir, surpreender)

i) Na construção da praça de esportes tinham _____________ toda a economia feita, mas


todos tinham ____________ com a obra. (gastar/ ganhar)

j) Tinha ____________ 10 anos por assalto, mas já estava ___________ há qual


quatro e tinha ____________ para sua mulher mudar de vida. (pegar, libertar,
prometer).