Você está na página 1de 8

CENTRO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA

CURSO DE pEDAGOGIA

ANHANGUERA- UNIDERP

PROJETO INTEGRADOR

LÚDICO: JOGOS, BRINQUEDOS E BRINCADEIRAS COMO


PROCESSO DE APRENDIZAGEM NA EDUCAÇAO
INFANTIL.

AQUIDAUANA- MS
MAIO/2018
CENTRO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA
CURSO DE PEDAGOGIA

ANHANGUERA- UNIDERP
PROJETO INTEGRADOR

ANALÚ ANDERSON CORREA GOMES- RA: 8984220703


CLÁUDIA PEIXOTO BARBOSA- RA: 8527982476
LUCIANA ALAMAN MARTINS- RA: 8901103306
SIRLEI ALAMAN MARTINS- RA: 8901103307

Trabalho apresentado ao curso de Pedagogia


do Centro de Educação a Distância – CEAD
da Universidade Anhanguera UNIDERP como
requisito obrigatório para cumprimento do
Projeto Integrador I - 7º Semestre, tutora á
distância Priscila Barbosa Silveira.
Tema
A brincadeira na vida da criança é muito importante, pois é um processo de mediação entre a
criança e a realidade. Brincar é indispensável à saúde física, emocional e intelectual, por isso,
o lúdico deve está presente na vida das crianças como uma atividade diária.

A brincadeira para as crianças possuem sentido próprio, portanto, o ato de brincar deve ser
preenchido pelo prazer e pelo divertimento, de forma espontânea e criativa.

Há escolas que não têm espaço disponível para fazer atividades lúdicas com as crianças, e
raramente essa atividade tão importante é colocada em prática. Muitas professoras alegam que
não dá tempo de fazer brincadeiras fora da sala de aula, ou até mesmo, não conseguem
desenvolver as atividades lúdicas, devido à classe lotada e sem controle.

Muitos pais não estão de acordo com as escolas de educação infantil, pois dizem que não se
ensina nada, e os filhos só brincam para passar o tempo, mas é brincando que a criança
também aprende. Brincar não é simplesmente “passar o tempo” e sim, a possibilidade de
desenvolver a aprendizagem através de várias habilidades que ajudaram a criança na fase
adulta.

Ao observar uma criança brincando, o adulto pode compreender como ela vê e constrói o
mundo, como gostaria que fosse e o que se passa com ela, por isso, é muito importante que a
criança ao brincar, seja observada pela professora, pela família e quem a cerca, pois
certamente descobrirão coisas que muitas vezes, a criança não conta, e que através da
brincadeira acaba revelando.

A criança que não tem a oportunidade de brincar desenvolve menos vínculos afetivos, não
consegue lidar com a perda, ficam violentas e são sujeitas a se envolverem com as coisas
ilícitas, além de tornarem-se adultos com sérios problemas social e emocional.
Justificativa

O tema surgiu devido à importância do lúdico nas escolas de Educação Infantil, para que as
crianças possam aprender e se desenvolver com saúde. Muitos dos professores acreditam que
o lúdico vem como forma de apoio e não como base de ensino.

O lúdico transforma o processo de ensino-aprendizagem como uma atividade prazerosa,


criativa e alegre onde se estabelece relações de amizade entre os educando/ educando e
educando/ educador.

Esse projeto vem esclarecer a importância do brincar para o desenvolvimento da criança


durante a infância, estimulando a escola a resgatar brincadeiras que possam desenvolver a
coordenação motora, o raciocínio, a criatividade e imaginação dos alunos.

Seja qual for à brincadeira por mais simples que pareça ajudará a criança no seu
desenvolvimento, visando sempre o processo de aprendizagem de cada um, dando
oportunidade para que isso ocorra de forma simples e espontânea, pois a brincadeira para a
criança tem um sentido próprio e por isso, deve ser um momento de divertimento e prazer.

Para se conquistar bons resultados é preciso organizar o tempo, diferente de crianças maiores
e dos adultos, as crianças na Educação Infantil precisam aprender brincando e não aprender
para depois brincar.

Problema

De que forma a realidade é levada para dentro da escola, trabalhando com o lúdico?

Quais são as abordagens práticas do lúdico na aprendizagem da criança?

As mães precisam deixar seus filhos, cada vez mais cedo nas escolas de Educação Infantil,
por conta disso, os pequeninos que ingressam antes do tempo nas escolas, perdem uma
característica da infância muito importante que é o brincar, pois não sobra tempo, porque
Precisam acostumar com a nova fase, acordar cedo e ficarem horas longe de casa.
As escolas de educação Infantil precisam disponibilizar um tempo para essas crianças,
resgatar o lúdico como um dos conteúdos, pois é na escola que elas devem ter um espaço livre
e adequado para correr e pular, brinquedos diferenciados disponíveis para utilizar, e
desenvolverem sem perder esse momento importante da infância.

Objetivo Geral: Este projeto de pesquisa tem por finalidade esclarecer a importância do
brincar no desenvolvimento da criança na educação infantil, como processo de
desenvolvimento motor, afetivo e a aprendizagem.

Analisar qual a importância do lúdico como processo de motivação e participação para o


desenvolvimento.

Os jogos e brinquedos sempre estiveram presentes no ser humano desde a antiguidade, mas
nos dias de hoje a visão sobre o lúdico é diferente. Implicam-se o seu uso e em diferentes
estratégias em torno da pratica no cotidiano.

Brincando, a criança vai construindo os alicerces da compreensão e utilização de sistemas


simbólicos como a escrita, assim como da capacidade e habilidade em perceber, criar, manter
e desenvolver laços de afeto e confiança no outro.

Objetivos específicos:

Esclarecer a importância do brincar

Resgatar o lúdico desenvolver o gosto pelas brincadeiras e jogos na Educação Infantil

Apresentar o lúdico como ferramenta para o aprendizado

Contribuir para o desenvolvimento da aprendizagem e aprendizagem.


Pelo ato de brincar, a criança pode desenvolver a confiança em si mesma, sua imaginação, a
autoestima, o autocontrole, a cooperação e a criatividade, o brinquedo revela o seu mundo
interior e leva ao aprender fazendo.

Metodologia

O Projeto de Pesquisa será feito através de levantamentos bibliográficos de autores que falam
sobre o tema proposto, buscando adquirir informações e explicações para solucionar as
dúvidas que surgiram diante da escolha do tema, no qual esclarecerá os principais problemas
enfrentados na educação infantil com relação ao lúdico, jogos, brinquedos e brincadeiras.

Será feita uma pesquisa de campo com educadores da área da educação infantil, para saber
quais os procedimentos utilizados por eles, para mediar às brincadeiras e resgatar o brincar
como forma de aprendizado, interligando os conteúdos propostos pela instituição escolar.

Baseando-se na importância do lúdico com crianças de cinco anos este trabalho servirá para
esclarecer duvidas de como é empregado no cotidiano na educação infantil, verificando
também se existe nas crianças alguma dificuldade na assimilação da aprendizagem durante o
desenvolvimento de alguma atividade.
Cronograma

ATIVIDADES MARÇO ABRIL MAIO JUNHO


1. Observar orientações X
2. Pesquisa bibliográfica X X
3. Pesquisa De Campo X
4. Análise do material X
coletado
5. Redação do artigo X X
6. Finalização do artigo X X
7. Postagem do artigo X
Referências Bibliográficas

ABNT – ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 6023: referências


bibliográficas. Rio de Janeiro: ABNT, 2002.

ALMEIDA, Paulo Nunes, Educação Lúdica, Técnicas e Jogos Pedagógicos. São Paulo:
Loyola, 1995.

BRASIL. Ministério da Educação e do Desporto, Secretaria de Educação Fundamental.


Referencial Curricular Nacional para a Educação Infantil. Brasília, MEC/SEF, V1. 1998.

OLIVEIRA, Vera Barros de (org.). O Brincar e a Criança do Nascimento aos Seis Anos. 4 ed.
Petrópolis: Vozes, 2002.

VYGOTSKY, L. 1989. A formação social da mente. São Paulo: Martins Fontes.

O Jogo e a educação infantil. São Paulo : Pioneira, 2002. PIAGET, Jean.

SÃO PAULO, Prefeitura da cidade de. Tempos e espaços para a infância e suas linguagens
nos CEIS, creches e EMEIS da Cidade de São Paulo- Educação Infantil. Secretaria da
educação, 2006.