Você está na página 1de 27
Certificate in Business Administration CBA51 Finanças Corporativas Prof. Dr. Eduardo Pozzi Parte 1

Certificate in Business Administration

CBA51

Finanças Corporativas

Prof. Dr. Eduardo Pozzi

Parte 1

Introdução às Finanças de Empresas

Introdução às Finanças de Empresas  Preocupações fundamentais das finanças de empresas – Qual deve ser
  • Preocupações fundamentais das finanças de empresas

Qual deve ser a estratégia de investimento a longo prazo de uma empresa?

Como

se

devem

levantar

recursos

para

financiar

os

investimentos

escolhidos?

 

Qual é o fluxo de caixa a curto prazo necessário para que a empresa pague suas contas?

CBA51

Finanças Corporativas

Prof. Dr. Eduardo Pozzi

Introdução às Finanças de Empresas

  • Decisões financeiras

Introdução às Finanças de Empresas  Decisões financeiras Balanço Patrimonial Decisões de Investimento CBA51 Capital Passivos

Balanço Patrimonial

Decisões de Investimento

CBA51

Capital Passivos de Giro Ativos Líquido Circulantes Circulantes (Capital de Giro)
Capital
Passivos
de Giro
Ativos
Líquido
Circulantes
Circulantes
(Capital de Giro)

Ativos Fixos e Intangíveis

(Orçamento de

Capital)

Dívidas a longo prazo

Patrimônio dos Acionistas

Finanças Corporativas

Prof. Dr. Eduardo Pozzi

Decisões de

Financiamento

(Estrutura de

Capital)

Introdução às Finanças de Empresas

  • O objetivo da Administração Financeira Objetivos possíveis:

Introdução às Finanças de Empresas  O objetivo da Administração Financeira Objetivos possíveis : – Sobreviver;

Sobreviver;

Evitar problemas financeiros e falência;

Superar a concorrência;

Maximizar as vendas ou a participação de mercado;

Minimizar os custos;

Maximizar os lucros;

Manter o crescimento constante dos lucros.

CBA51

Finanças Corporativas

Prof. Dr. Eduardo Pozzi

Introdução às Finanças de Empresas

  • O objetivo da Administração Financeira

Introdução às Finanças de Empresas  O objetivo da Administração Financeira O que determina o preço

O que determina o preço das ações de uma empresa?

É a habilidade que a empresa tem de gerar fluxos de caixa no presente e no futuro.

Introdução às Finanças de Empresas  O objetivo da Administração Financeira O que determina o preço

Ativos instalados

Investimentos existentes geram fluxos de caixa hoje.

Investimentos

já feitos

CBA51

Introdução às Finanças de Empresas  O objetivo da Administração Financeira O que determina o preço

Ativos para o crescimento

Fluxo de caixa previsto que será gerado pelos investimentos futuros.

Investimentos

a fazer

Finanças Corporativas

Prof. Dr. Eduardo Pozzi

Introdução às Finanças de Empresas

  • O objetivo da Administração Financeira Três fatores básicos:

Introdução às Finanças de Empresas  O objetivo da Administração Financeira Três fatores básicos : 1)

1)

Qualquer ativo financeiro, incluindo as ações de uma empresa, tem valor somente à medida que gera fluxos de caixa;

2)

O tempo oportuno dos fluxos de caixa é relevante quanto mais cedo se recebe o dinheiro, melhor, pois este pode ser reinvestido na empresa para produzir lucros adicionais ou ser devolvido aos investidores;

3)

Os investidores geralmente têm aversão ao risco, portanto, em condições de

igualdade, eles pagarão mais por uma ação cujos fluxos de caixa sejam

relativamente certos do que por uma ação cujos fluxos de caixa ofereçam maiores riscos.

CBA51

Finanças Corporativas

Prof. Dr. Eduardo Pozzi

Introdução às Finanças de Empresas

Introdução às Finanças de Empresas Empresa emite títulos (A) Empresa aplica Mercados Financeiros em ativos (B)
Empresa emite títulos (A) Empresa aplica Mercados Financeiros em ativos (B) Impostos Fluxos de caixa retidos
Empresa emite títulos (A)
Empresa aplica
Mercados Financeiros
em ativos (B)
Impostos
Fluxos de caixa
retidos (E)
Dívidas a curto prazo
Ativos Circulantes
Ativos Fixos e
Intangíveis
Dívidas a longo prazo
Pagamento de
Ações
Fluxo de caixa pago
pela empresa (C)
dividendos e
serviços de dívidas
(F)
Governo (D)
Governo (D)
  • (A) Empresa emite títulos para captar recursos (decisão de financiamento)

  • (B) Empresa investe em ativos (decisão de investimento)

  • (C) Operações da empresa geram fluxos de caixa

  • (D) Pagamentos de impostos são feitos ao governo

  • (E) Fluxos de caixa retidos são reaplicados na empresa.

  • (F) Fluxos de caixa são distribuídos a investidores sob a forma de juros e dividendos

CBA51

Finanças Corporativas

Prof. Dr. Eduardo Pozzi

Introdução às Finanças de Empresas

  • O objetivo da Administração Financeira

Introdução às Finanças de Empresas  O objetivo da Administração Financeira Os três principais determinantes dos

Os três principais determinantes dos fluxos de caixa são:

1)

Quantidade de unidades vendidas;

2)

Margem de lucro operacional após impostos;

3)

Necessidades de capital.

CBA51

Finanças Corporativas

Prof. Dr. Eduardo Pozzi

Introdução às Finanças de Empresas

  • O objetivo da Administração Financeira

Introdução às Finanças de Empresas  O objetivo da Administração Financeira A tarefa mais importante de

A tarefa mais importante de um administrador financeiro é criar valor nas atividades de investimento, financiamento e gestão de liquidez da empresa.

A empresa deve procurar adquirir ativos que produzam mais caixa do que custam;

A empresa deve vender obrigações, ações e outros instrumentos financeiros que proporcionem mais caixa do que custam.

CBA51

Finanças Corporativas

Prof. Dr. Eduardo Pozzi

Introdução às Finanças de Empresas

Introdução às Finanças de Empresas  O problema de agência e o controle da Corporação Acionistas
  • O problema de agência e o controle da Corporação

Acionistas

Introdução às Finanças de Empresas  O problema de agência e o controle da Corporação Acionistas
Introdução às Finanças de Empresas  O problema de agência e o controle da Corporação Acionistas

elegem

Conselho de Administração

Proprietários

que contrata

Administradores

Presidente (CEO)

CBA51

Finanças Corporativas

Prof. Dr. Eduardo Pozzi

Introdução às Finanças de Empresas

Introdução às Finanças de Empresas  O problema de agência e o controle da Corporação Relacionamento
  • O problema de agência e o controle da Corporação Relacionamento de Agência

O relacionamento entre acionistas e administradores é chamado de relacionamento de agência. Tal relacionamento existe sempre que alguém (o principal) contrata outra pessoa (o agente) para representar seus interesses.

O Problema de Agência

O problema de agência é a possibilidade de conflito de interesses entre acionistas e administradores.

Custos de Agência

CBA51

Finanças Corporativas

Prof. Dr. Eduardo Pozzi

Introdução às Finanças de Empresas

Introdução às Finanças de Empresas  O problema de agência e o controle da Corporação Fórum
  • O problema de agência e o controle da Corporação Fórum de Discussão “Ambiente Blackboard. “Banco do Brasil promove reviravolta no Banco Votorantim”

CBA51

Finanças Corporativas

Prof. Dr. Eduardo Pozzi

Valor e Orçamento de Capital

Valor e Orçamento de Capital  A importância do Valor do Dinheiro no Tempo – Conceitos
  • A importância do Valor do Dinheiro no Tempo

Conceitos

de

valor

presente,

valor

futuro,

séries

de

pagamentos,

perpetuidade, valor presente líquido e taxa interna de retorno.

Lista de Exercícios Valor do Dinheiro no Tempo (Gabarito disponível no ambiente Blackboard).

CBA51

Finanças Corporativas

Prof. Dr. Eduardo Pozzi

Avaliação de Obrigações e Ações

  • Conceitos Fundamentais

Avaliação de Obrigações e Ações  Conceitos Fundamentais – Conhecer os principais tipos e as principais

Conhecer os principais tipos e as principais características dos títulos de dívida;

Entender o valor dos títulos e porque eles flutuam;

Entender as classificações (ratings) dos títulos de dívida;

Ser capaz de calcular os preços das ações utilizando o modelo de fluxo de caixa descontado.

CBA51

Finanças Corporativas

Prof. Dr. Eduardo Pozzi

Avaliação de Obrigações e Ações

  • Definições Importantes:

Avaliação de Obrigações e Ações  Definições Importantes:  Título de Dívida ( Bond ) 

Título de Dívida (Bond)

Valor de face (Face or Par value)

Taxa de cupom (Coupon rate)

Cupom

Data de Vencimento (Maturity date)

Rendimento até o vencimento (Yield to maturity)

CBA51

Finanças Corporativas

Prof. Dr. Eduardo Pozzi

Avaliação de Obrigações e Ações

Avaliação de Obrigações e Ações  Valor Presente dos Fluxos de Caixa Quando as Taxas Variam
  • Valor Presente dos Fluxos de Caixa Quando as Taxas Variam

Bond Value = VP dos cupons + VP do valor de face;

Lembre-se, quando as taxas de juros aumentam, o valor presente diminui;

Dessa forma, se as taxas de juros aumentam, os preços dos títulos diminuem e vice-versa.

CBA51

Finanças Corporativas

Prof. Dr. Eduardo Pozzi

Avaliação de Obrigações e Ações

Avaliação de Obrigações e Ações  Avaliando um Título de Dívida com Cupons Semestrais  CBA51
  • Avaliando um Título de Dívida com Cupons Semestrais

CBA51

Exemplos Práticos:

Petrobrás

Vale

• Vale
Avaliação de Obrigações e Ações  Avaliando um Título de Dívida com Cupons Semestrais  CBA51

Finanças Corporativas

Prof. Dr. Eduardo Pozzi

Avaliação de Obrigações e Ações

Avaliação de Obrigações e Ações  Calculando o Rendimento até o Vencimento  O rendimento até
  • Calculando o Rendimento até o Vencimento

O rendimento até o vencimento (YTM) é a taxa implícita no preço corrente do

título;

Encontrar o rendimento até o vencimento requer tentativa e erro ou a utilização de uma calculadora financeira.

CBA51

Avaliação de Obrigações e Ações  Calculando o Rendimento até o Vencimento  O rendimento até
Avaliação de Obrigações e Ações  Calculando o Rendimento até o Vencimento  O rendimento até

Finanças Corporativas

Prof. Dr. Eduardo Pozzi

Preço do

Título

Avaliação de Obrigações e Ações

Preço do Título Avaliação de Obrigações e Ações  Relação Gráfica entre o Preço e o
  • Relação Gráfica entre o Preço e o Rendimento até o Vencimento

1500

1400

1300

1200

1100

1000

900

800

700

600

Preço do Título Avaliação de Obrigações e Ações  Relação Gráfica entre o Preço e o
Preço do Título Avaliação de Obrigações e Ações  Relação Gráfica entre o Preço e o

0%

2%

4%

6%

8%

10%

12%

14%

Rendimento até o Vencimento (YTM)

CBA51

Finanças Corporativas

Prof. Dr. Eduardo Pozzi

Avaliação de Obrigações e Ações

Avaliação de Obrigações e Ações  Preços dos Títulos: Relação entre o Cupom e o Rendimento
  • Preços dos Títulos: Relação entre o Cupom e o Rendimento

Se YTM = Taxa de Cupom, então o valor de face = valor do título

Se YTM > Taxa de Cupom, então o valor de face > valor do título

Título negociado com desconto

Se YTM < Taxa de Cupom, então o valor de face < valor do título

Título negociado com prêmio

CBA51

Finanças Corporativas

Prof. Dr. Eduardo Pozzi

Avaliação de Obrigações e Ações

  • Aplicações em Excel

Avaliação de Obrigações e Ações  Aplicações em Excel  Existem fórmulas específicas para calcular o

Existem

fórmulas

específicas

para

calcular

o

preço

de

um

título

e

o

rendimento até o vencimento em planilhas de excel.

Cálculo do Preço do Título

Liquidação

Liquidação

15/03/2000

Vencimento

15/03/2015

Taxa (taxa de cupom)

10%

Lcr (rendimento até o vencimento)

11%

Resgate (valor de face em %)

100

Frequência (n° de pagtos de cupons/ano)

2

Preço

92,733

Avaliação de Obrigações e Ações  Aplicações em Excel  Existem fórmulas específicas para calcular o

CBA51

Finanças Corporativas

Prof. Dr. Eduardo Pozzi

Avaliação de Obrigações e Ações

  • Aplicações em Excel

Avaliação de Obrigações e Ações  Aplicações em Excel Cálculo do Rendimento até o Vencimento (YTM)

Cálculo do Rendimento até o Vencimento (YTM)

Liquidação

Liquidação

15/03/2000

Vencimento

15/03/2015

Taxa (taxa de cupom)

10%

Pr (preço)

92,733

Resgate (valor de face em %)

100

Frequência (n° de pagtos de cupons/ano)

2

Lcr

11,00%

Avaliação de Obrigações e Ações  Aplicações em Excel Cálculo do Rendimento até o Vencimento (YTM)

CBA51

Finanças Corporativas

Prof. Dr. Eduardo Pozzi

Avaliação de Obrigações e Ações

Avaliação de Obrigações e Ações  Classificações dos Títulos – Qualidade do Investimento  Agências de
  • Classificações dos Títulos Qualidade do Investimento

Agências de Rating

Avaliação de Obrigações e Ações  Classificações dos Títulos – Qualidade do Investimento  Agências de
Avaliação de Obrigações e Ações  Classificações dos Títulos – Qualidade do Investimento  Agências de
Avaliação de Obrigações e Ações  Classificações dos Títulos – Qualidade do Investimento  Agências de
Avaliação de Obrigações e Ações  Classificações dos Títulos – Qualidade do Investimento  Agências de
Avaliação de Obrigações e Ações  Classificações dos Títulos – Qualidade do Investimento  Agências de

CBA51

Finanças Corporativas

Prof. Dr. Eduardo Pozzi

Escalas de Rating das Principais Agências

Escalas de Rating das Principais Agências Fonte: Folha de São Paulo Data: 23/09/2009 CBA51 Finanças Corporativas

Fonte: Folha de São Paulo Data: 23/09/2009

CBA51

Finanças Corporativas

Prof. Dr. Eduardo Pozzi

Avaliação de Obrigações e Ações

  • Títulos de Cupom Zero

Avaliação de Obrigações e Ações  Títulos de Cupom Zero  Não fazem pagamentos de juros

Não fazem pagamentos de juros periódicos (taxa de cupom = 0%);

O rendimento até o vencimento é o resultado da diferença entre o preço de compra e o valor de face;

No Brasil, a Letra do Tesouro Nacional (LTN) e as Notas Promissórias Comerciais (Commercial Papers) são exemplos de títulos de cupom zero.

Exemplo Prático: CPFL

CBA51

Finanças Corporativas

Prof. Dr. Eduardo Pozzi

Avaliação de Obrigações e Ações

  • Títulos com Taxa Flutuante

Avaliação de Obrigações e Ações  Títulos com Taxa Flutuante  A taxa de cupom flutua

A taxa de cupom flutua de acordo com um indexador

Exemplo: No Brasil, a Letra Financeira do Tesouro (LFT) é indexada à Taxa Selic diária, a Nota do Tesouro Nacional, série B, (NTN-B) é indexada ao IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo) e as Debêntures (em sua maioria) são indexadas ao CDI.

Exemplo Prático: Eletropaulo

CBA51

Finanças Corporativas

Prof. Dr. Eduardo Pozzi

Avaliação de Obrigações e Ações

Avaliação de Obrigações e Ações  Avaliação de ações utilizando o modelo de fluxo de caixa
  • Avaliação de ações utilizando o modelo de fluxo de caixa descontado

Exemplo Prático:

Laudo de Avaliação

Avaliação de Obrigações e Ações  Avaliação de ações utilizando o modelo de fluxo de caixa

CBA51

Finanças Corporativas

Prof. Dr. Eduardo Pozzi