Você está na página 1de 1

Texto expositivo explicativo

O texto expositivo explicativo transmite dados hierarquizados com o fim de fazer


compreender fenómenos determinados. Ao texto explicativo preside sempre
uma questão como ponto de partida.Condições pragmáticas:
1. O fenómeno a explicar é incontestável: é uma constatação ou um facto.
2. Os dados afectos à compreensão dos fenómenos estão incompletos.
3. Aquele que explica está em condições de o fazer.

Estrutura:Questionamento — Resolução — Conclusão

O texto expositivo apresenta informações sobre um objeto ou fato


específico, sua descrição, a enumeração de suas características. Esse deve
permitir que o leitor identifique, claramente, o tema central do texto.Um fato
importante é a apresentação de bastante informação, caso se trate de algo
novo esse se faz imprescindível.Quando se trata de temas polêmicos a
apresentação de argumentos se faz necessário para que o autor informe aos
leitores sobre as possibilidades de análise do assunto.O texto expositivo
deve ser abrangente, deve permitir que seja compreendido por diferentes
tipos de pessoas.O texto expositivo pode apresentar recursos como a:
- instrução, quando apresenta instruções a serem seguidas;- informação,
quando apresenta informações sobre o que é apresentado e/ou discutido;
- descrição, quando apresenta informações sobre as características do que
está sendo apresentado;
- definição, quando queremos deixar claro para o nosso leitor do que,
exatamente, estamos falando;
- enumeração, quando envolve a identificação e apresentação seqüencial de
informações referentes àquilo que estamos escrevendo;
- comparação, quando o autor quer garantir que seu leitor irá compreender
bem o que ele quer dizer;
- o contraste, quando, ao analisar determinada questão, o autor do texto
deseja mostrar que ela pode ser observada por mais de um ângulo, ou que
há posições contrárias.