Você está na página 1de 2

A VISÃO MORENIANA DO HOMEM

 Na visão de Moreno, os recursos inatos do homem são a espontaneidade, a


criatividade e a sensibilidade.
 A pessoa traz fatores favoráveis ao seu desenvolvimento, mas estes não vem
acompanhados de tendências destrutivas, no entanto, o ambiente ou sistemas
sociais podem perturbar essas condições.
 Moreno não admitia que a experiência de nascer pudesse ser um evento
angustiante e traumático, pelo contrário, seria participante de sua entrada na
cena da via social.
 Sua formação em Medicina, fez “criar” a espontaneidade que seria a capacidade
de responder adequadamente á situação, utilizada pela primeira vez no
nascimento. Os obstáculos para o desenvolvimento da espontaneidade vão se
encontrar tanto no grupo humano mais próximo á criança, quanto no sistema
social que a família a insere.
 A Revolução Criadora, criada por Moreno, tem proposta de recuperar a
espontaneidade e criatividade, romper padrões de comportamento estereotipado.
 Precisamos nos reconhecer como agentes do nosso próprio destino.
 Quando não podemos reconhecer nossas vontades, impedidos de iniciativa
pessoal, estamos privados de espontaneidade, ou seja, alienação do fator E.
 Espontaneidade é a nossa capacidade de agir diante de situações novas, criando
respostas inéditas.
 A criatividade é essencial para e espontaneidade, já que a possibilidade de
modificar uma situação ou se estabelecer nela implica em criar.
 Todo resultado de um processo de criação ou de um ato criador pode ser
chamado de conserva cultural.
 O homem não pode respeitar excessivamente o que sua criatividade produziu,
apenas conservando o que está pronto, perderia sua espontaneidade.
 Moreno definiu o fator Tele como a capacidade de se perceber de forma objetiva
o que ocorre nas situações e o que se passa. O fator Tele, influi de forma
decisiva sobre a comunicação, pois só nos comunicamos a partir do que somos
capazes de perceber.
 O fator Tele, inato, permite a experiência subjetiva profunda entre pessoas e
pode ser observada por um terceiro.
 Moreno não estava interessado em analisar o mecanismo da transferência , como
propôs Freud, para ele transferência era a ausência de fator Tele.
 Um dos objetivos do Psicodrama, do Sociodrama e da Psicoterapia de grupo é
descobrir e utilizar meios que facilitem o predomínio de relações telicas sobre
relações transferenciais, no sentido moreniano.
 O co-inconsciente refere-se a vivências, sentimentos, desejos e até fantasias
comuns a duas ou mais pessoas e que se dão em “estado inconsciente”.
 Na concepção moreniana , a resistência interpessoal corresponde a uma
resistência a reconhecer certos aspectos , próprios e suponha que vencida essa
resistência , a ação psicodramática permitiria a superação de conflitos co-
inconscientes.

1-Na visão de Moreno, quais são os recursos inatos do Homem?

R: Os recursos inatos do homem são a espontaneidade, a criatividade e a criatividade.