Você está na página 1de 144

A Língua de Sinais é, nas mãos de seus mestres,

uma linguagem das mais belas e expressivas, para a


qual, no contato entre si é como um meio de alcançar
de forma fácil e rápida a mente do surdo, nem a
natureza nem a arte proporcionaram um substituto
satisfatório.” J. Schuyler Long.
Apresentação
Libras - Língua Brasileira de Sinais.
Em muitos anos, a LIBRA foi uma língua esquecida, mas de 100 anos de proibição de seu uso e
descaso com as comunidades surdas.
Mas 2002 com a sua oficialização com a Lei 10.436, garantindo o acesso das pessoas surdas à
educação inclusiva. Garantindo a eles também o direito de terem interpretes de Libras.
Cresce, porém o numero de materiais didáticos que valorizam o aprendizado da língua, que por
possuírem sua própria estrutura gramatical, é oficializada como língua espaço-visual. Tendo o
reconhecimento da língua de sinais e, consequentemente, a educação tende a fazer o uso dela para a
instrução, garantindo os direitos de acessibilidade.
Porém ainda é preciso termos como foco o ensino das Libras de modo contextual e não de sinais
isolados, tendo uma aplicação fluente e compreensível, e é através deste vinculo que se pode ter
inclusão total do surdo na sociedade e crescimento intelectual, afetivo e social.
...”Para um surdo, cuja surdez já parte da sua vida, musicas, fundos musicais num filme, buzinas de
veículos, latidos de cão e tantas outras coisas que nos passam como corriqueiras, simplesmente não
existem. O mundo do surdo é basicamente visual; Estes sons não chegam a eles, e se chegam podem
causar dores ou incômodos. O surdo é, antes de tudo, uma pessoa que possui as mesmas
necessidades básicas de um ouvinte, com os mesmos direitos de usufruir do seu espaço na família e
na comunidade...”.

Renata Dutra
Agosto - 2016
Libras – Língua Brasileira de Sinais
Em 2014, sentia necessidade de expandir meus conhecimentos em Libras (Língua Brasileira de
Sinais). Por curiosidade neste mesmo período fui convidada a desenvolver um projeto
para inclusão do Surdo na sociedade evangélica. .
Como o material para este tipo de projeto se encontra neste exato momento, escasso. Decide
por organizar uma apostila que viesse a desenvolver o individuo para a interação com a
Libras de forma lúdica e prazerosa. Podendo então colocar em prática conteúdos utilizados no
aprendizado das Línguas de Sinais. .
Não se trata de uma produção individual e sim projetos de professores, pedagogos, surdos e
pessoas ligadas à luta pela inclusão social. .
Entende-se que não há um conhecimento pleno da língua de sinais por apenas sinais
soltos, sem emprego dos mesmos em uma estrutura de frases, textos e interpretação de um
todo. Precisa-se, de como toda nova aquisição de conhecimento, uma prática e treinamento de
seu aprendizado. Para que se torne mais fácil à aplicação do conteúdo no cotidiano. .
Reúnem-se aqui materiais que são de utilização para treinamento da Libras (Língua Brasileira de
Sinais). .

Renata Dutra 08/2016


Animais: Posicionar a mão direita aberta,
dedos curvados tocando com o dorso no
queixo.
substantivo masculino
1. Ser vivo multicelular, com capacidade de locomoção e de resposta a estímulos, que se nutre de outr
os seres vivos.
2. Ser vivo irracional, por oposição ao homem.
3. [Figurado] Bruto, estúpido, grosseiro (falando-se de pessoas).
adjetivo de dois gêneros
4. De animal; próprio de animal.
5. [Figurado] Carnal, físico.
"
Abelha
Abelha: mãos direita aberta com os dedos
indicadores e polegares unidos pelas
pontas, posicionar próxima ao lado direito
do rosto e movê-la ate a boca em um arco
para cima.
a·be·lha |ê|
(latim apicula, -ae, diminutivo de apis, -is, abelha)

substantivo feminino
1. [Entomologia] .Inseto himenóptero, que produz o mel e a cera.
2. [Botânica] Abelheira.
].
alce
Alce: Posicionar as
mãos semi-abertas
nas laterais da cabeça
al·ce
(latim alces, -is)
substantivo masculino
[Zoologia] Grande veado (Alces alces) da família dos cervídeos, encontrado nas regiões circumpo
lares, cujo macho adulto se caracteriza pelas galhadas grandes e espalmadas.
Aranha
Aranha: Posicionar a mão direita aberta
com os dedos ligeiramente curvados.
Movimentá-la para frente, oscilando os
dedos.
a·ra·nha
(latim aranea, -ae, aranha, teia de aranha, fio muito fino)
substantivo feminino
1. [Zoologia] Animal articulado, de oito patas e sem asas, da classe dos .arácnidos.
"
Arara
Arara: Fazer o sinal de
“bico” de “cores” e de
“vários”
a·ra·ra
substantivo feminino
1. [Ornitologia] Ave trepadora, semelhante ao papagaio.
"
barata
Barata: Configurar a mão direita em V,
dorso da mão tocando a testa movimentá-
la oscilando os dedos.

ba·ra·ta 1
(latim blatta, -ae)
substantivo feminino
1. [Entomologia] .Inseto caseiro ortóptero.
Beija-flor
Beija-flor: Fazer o sinal
de “bico” e de “Flor”
bei·ja·-flor |ô|

substantivo masculino
[Ornitologia] Pequeno pássaro tenuirrostro de formosa plumagem, com bico fin
o e longo, usado para sugar o néctar das flores. = CHUPA-FLOR, CHUPA-
MEL, COLIBRI, PICA-FLOR
Plural: beija-flores.
boi
Boi: configurar a mão direita em Y, ponta
do polegar tocando a lado direito da testa,
girá-la para trás.

boi
(latim bos, bovis)
substantivo masculino
1. Quadrúpede ruminante cavicórneo, tipo da família dos bovídeos.
2. Carne de gado vacum. = VACA
3. Touro castrado.
borboleta
Borboleta: Configurar as mãos abertas
palma para dentro, interlaçadas pelo
polegar, oscilando os dedos
bor·bo·le·ta |ê|
(origem duvidosa)
substantivo feminino
1. [Entomologia] .Inseto lepidóptero na última metamorfose.Ver imagem
2. [Figurado] Pessoa volúvel.
3. [Informal] Mulher de má nota, que vagueia pelas ruas.
4. Espécie de rainúnculo.
5. Dispositivo móvel que gira em torno de um eixo para condicionar o acesso e a passagem de pessoas. =
TORNIQUETE
6. Placa móvel que permite regular a tiragem de uma chaminé ou de um forno. = .REGISTRO
7. [Brasil] [Esporte] Maneira de nadar em que o nadador está de barriga para baixo e em que os braços se
introduzem lateralmente na água, de cima para baixo, desde fora da água.
bufalo
Búfalo: configurar as mãos em Y, ponta do
polegar tocando os lados da testa, girá-las
para trás.
bú·fa·lo
(latim bufalus, -i)
substantivo masculino
1. [Zoologia] Designação comum a algumas espécies de
grandes mamíferos ruminantes da família dos bovídeos.
2. Pele desse animal.
burro
Burro: Configurar as mãos em B, a cada lado
da cabeça. Balança-las pelos pulsos, para
frente e para trás.
bur·ro
(derivação regressiva de burrico)
substantivo masculino
1. [Zoologia] Mamífero quadrúpede (Equus asinus) da família dos
.equídeos.Ver imagem = ASNO, JUMENTO
2. [Brasil] [Zootecnia] Animal quadrúpede, híbrido e estéril, filho
de burro e égua ou de cavalo e burra. = MACHO, MU, MUAR,
MULO
cachorro
Cachorro: Posicionar a mão direita aberta
diante da boca, com os dedos separados e
curvados. Balançá-la ligeiramente para frente e
para trás.

ca·chor·ro |ô|
(origem duvidosa)
substantivo masculino
1. Cão com menos de seis meses; cão jovem.Ver imagem
2. [Brasil, Portugal: Madeira] Cão adulto
camarao
Camarão: Configurara a mão direita em 1,
movê-la para a esquerda dobrando e
esticando a ponta do dedo indicador

ca·ma·rão
substantivo masculino
1. Pequeno crustáceo decápode, macruro, comestível, muito
.frequente junto à costa marítima portuguesa, rias e
embocaduras dos rios
canguru
Canguru: Configurar as mãos abertas ,
dedos unidos pelas pontas, posicionadas a
frente do corpo, movê-las para frente e
para baixo em pequenos arcos, imitando
os pulos do canguru
can·gu·ru
substantivo masculino
[Zoologia] Mamífero australiano da ordem dos marsupiais, com os membros posteriores muito
compridos, o que lhes permite a deslocação por saltos. (Nas espécies maiores, o macho atinge
1,50 m de altura; a fêmea, de menor estatura, conserva o filho, durante mais ou menos seis
meses, numa bolsa ventral, chamada bolsa marsupial.)
Caracol
Caracol: : Configurara a mão direita em 1,
movê-la para a esquerda dobrando e esticando
a ponta do dedo indicador e a mãos esquerda
em configurada em O no dorso da mão direita.

ca·ra·col
(origem obscura)
substantivo masculino
1. Molusco gastrópode, tipo dos helicídeos
caranguejo
Caranguejo: Configurara as mãos fechadas com
os dedos médios, polegares e indicadores
distendidos e com as pontas curvadas, unidas
pelas pontas dos polegares. Movimentar as
mãos para baixo.

ca·ran·gue·jo |ê|
substantivo masculino
1. [Zoologia] .Gênero principal dos crustáceos decápodes
que compreende muitas espécies comestíveis.
carneiro
Carneiro: : Configurar as mãos em U, a
cada lado da cabeça, movimenta-las em
círculos para trás.

car·nei·ro 1
(latim vulgar *carnarius, animal de boa carne)
substantivo masculino
1. [Zoologia] Mamífero ruminante e lanígero, macho da ovelha.
2. Carne desse animal.
3. Pele ou lã desse animal (ex.: casaco de carneiro).
cavalo
Cavalo: Configurar a mão direita em U.
Polegar estendido tocando o lado direito
da cabeça, flexionar os dedos indicador e
médio, duas vezes.

ca·va·lo
(latim caballus, -i)
substantivo masculino
1. Quadrúpede .equídeo.
cobra
Cobra: Configurar a direita em 5, em
seguida movimentá-la para frente em
círculos.
co·bra 1
(latim colubra, -ae ou coluber, -bri)
substantivo feminino
1. Réptil ofídio.
coruja
Coruja: Fazer o sinal de “bico” e depois
configurar as mãos abertas com os dedos
indicadores e polegares unidos pelas pontas,
posicionar a frente dos olhos , ilustrando os
olhos da coruja.

co·ru·ja
(origem duvidosa)
substantivo feminino
1. [Ornitologia] Ave de rapina .noturna.
dinossauro
Dinossauro: Posicionar o braço esquerdo a frente do
corpo com a palma para cima, o braço direito
posicionado na vertical com o cotovelo apoiado na
palma da mão esquerda, palma da mão para a
esquerda abrir e fechar a mãos várias vezes tocando
os dedos pelas pontas.
di·nos·sau·ro
(grego deinós, -ê, -ón, terrível, horrível + -sauro)
substantivo masculino
1. [Paleontologia] Réptil fóssil, de formas variadíssimas, que viveu
nos períodos jurássico e cretáceo, como o diplodoco.
elefante
Elefante: Configurar a mão direita em C na
frente da boca, movimentá-la em um arco
para frente. Imitando a tromba do elefante.

e·le·fan·te
(latim elephas, -antis ou elephantus, -i, do grego eléfas, -antos)
substantivo masculino
1. [Zoologia] Grande mamífero terrestre, paquiderme da família dos
proboscídeos, de pele rugosa, grande tromba flexível, com defesas de
marfim que chegam a pesar mais de 70 quilos
ema
Ema: Configurar as mãos abertas a frente do corpo
palma para dentro, movimentar os braços para baixo e
em seguida posicionar a mão direita aberta palma para
dentro tocando perto do pescoço e movimentar para a
direita e esquerda repetidamente
e·ma |ê|
(origem duvidosa)
substantivo feminino
[Ornitologia] Ave corredora do .gênero casuar parecida com o
avestruz.
Foca
Foca: Configurar as mãos abertas
palma a palma, oscilando os dedos

fo·ca |ó|
(latim phoca, -ae)
substantivo feminino
1. [Zoologia] Mamífero anfíbio e carnívoro da ordem dos pinípedes.
adjetivo de dois gêneros e substantivo de dois gêneros
formiga
Formiga: Configurar a mão direita fechada com
os dedos indicador e polegar distendidos e
curvados , posicionar a frente do corpo ,
abrindo e fechando os dedos polegar e
indicador
for·mi·ga
(latim formica, -ae)
substantivo feminino
1. [Entomologia] Designação comum aos .insetos himenópteros da família dos
formicídeos, vorazes, de cabeça volumosa e triangular, providos de fortes mandíbulas,
com alguns milímetros de comprimento, que vivem em sociedade, ou formigueiro,
onde se encontram rainhas fecundas e numerosas obreiras sem asas
galinha
Galinha: Posicionar a mão direita aberta,
diante da testa, polegar tocando a testa,
palma para o lado. Baixar a mão fechando
os dedos, um por um, iniciando pelo
mínimo.
s.f.A fêmea do galo; ave criada para produção de carne e ovos.
Embora as galinhas tenham asas, não são capazes de voar mais
que alguns metros de cada vez. A galinha pouco difere das outras
aves nos demais aspectos.
gato
Gato: Posicionar a mão direita aberta
dedos indicador e polegar distendido e
unidos pelas pontas. Movimentar os dedos
abrindo-os em L. Imitando os bigodes do
gato.
Gênero de mamífero da ordem dos carnívoros, família dos felídeos, que compreende
muitas espécies, umas domésticas e outras selvagens. Pode ser um companheiro
amigo e fiel. Entretanto, a maioria dos gatos querem viver à sua maneira. Eis por que
em geral leva-se mais tempo para treinar um gato do que um cão.
girafa
Girafa: Configurar a mão direita em C no
peito, movimenta-la para cima até a frente
do rosto. Imitando o pescoço da girafa.

Gênero de mamíferos ruminantes, originário da África, de grande altura. É o mamífero mais alto de
todos os animais. Os machos adultos podem alcançar aproximadamente 5m de altura, 1,5m mais
do que o elefante-africano, o segundo animal em altura. A girafa alcança essa grande altura em
razão das pernas, que têm cerca de 1,8 m de comprimento, e do pescoço, que pode ser até mais
comprido. Entretanto, embora a girafa supere os outros animais em altura, um macho grande pesa
somente cerca de 900kg. Um elefante-africano macho pode pesar seis vezes mais.
golfinho
Golfinho: Configurar a mão direita em B,
palma para dentro movimentar para frente
em movimento ondulatórios e em seguida
imitar os saltos do golfinhos

s.m.Mamífero marinho da família dos cetáceos, que vive em cardumes em todos os


mares e se alimenta de peixes; O mesmo que delfim. Os golfinhos são frequentemente
confundidos com a toninha, que não possui bico. Os golfinhos tem um nado veloz e
gracioso. Suas voltas rápidas, paradas súbitas, saltos a grande altura são um
espetáculo muito apreciado.
gorila
Gorila: Posicionar as mãos fechadas,
tocando o peito. Bater ligeiramente

Macaco antropóide da África equatorial, frugívoro e feroz. Chega a atingir 2m de altura


e a pesar 250kg, e é o mais forte de todos os macacos. (Var.: gorilha.) Esse animal
tem espáduas enormes, peito largo, braços longos e pernas curtas. As fêmeas
geralmente pesam cerca de 90kg e são mais baixas do que os machos.
hiena
Hiena: Configurar a mão direita em C, palma
para frente e posicioná-la a frente da boca
movimentar para frente e para tras , com
expressão de risadas

Mamífero carniceiro que se alimenta sobretudo de carnes de animais mortos e


putrefatos e é conhecido pelo uivo estranho, que lembra o riso histérico do homem. A
hiena caça animais para comer e também come restos de animais mortos. As hienas
têm maxilas poderosas e dentes fortes, que as ajudam a triturar e comer ossos
grandes.
lhama
Lhama: Configurar a mão direita aberta
com os dedos médio, anelar e polegar
tocando-se pelas pontas palma para
esquerda

Mamífero ruminante da cordilheira dos Andes, onde existem duas raças selvagens
(guanaco e vicunha) e duas domésticas (alpaca e lhama propriamente dito). (O lhama
pertence à família dos camelídeos; mede 2,50 m de compr. e pode viver 20 anos.
Utiliza-se como animal de carga e cria-se também por causa da carne e da lã.).
jacare
Jacaré: Posicionar as mãos abertas
tocando-se pelos pulsos, dedos separados
e curvados, movimenta-las tocando pelos
pulsos tocando-se pelas pontas dos
dedos, duas vezes. Imitando a boca do
jacaré.

Espécie de crocodilo da família dos aligatorídeos; caimão.


leao
Leão: Posicionar ad mão abertas, a cada
lado da cabeça, movimenta-las para baixo
fechando os dedos uma um, simulando a
juba do leão.
Grande mamífero carnívoro da família dos felídeos, de pêlo flavo, dotado de
ampla juba (o macho), adstrito atualmente às savanas da África, depois de ter
existido no Oriente Próximo e até na Europa. Ataca, à noite, as zebras, os
antílopes, as girafas. (Compr.: 2 m; longevidade: 40 anos. Voz: rugido.).
lobo
Configurar a mão direita em C, palma para
tras a frente da face mover para tras
fechando as mãos com os dedos unidos
pelas pontas

lobos.m. Anatomia. Parte arredondada e saliente de qualquer


órgão: os lobos do cérebro. Odontologia. Uma das principais
divisões da...
macaco
Macaco: Posicionar as mãos abertas
dedos separados e curvados, tocando a
barriga. Movimenta-las ligeiramente para
cima e ara baixo;
Gênero de mamíferos quadrúmanos, da tribo dos monos. (Os macacos formam a
subordem dos símios. Vivem nos países quentes, onde se alimentam de frutas e de
sementes. São geralmente animais inteligentes, sociáveis, muito ágeis. Os grandes
macacos [chimpanzé, gorila, orangotango] são atualmente os animais mais próximos
do homem.).
morcego
Morcego: Configurar a mão direita em 5,
posicionar perto da lateral direita do
pescoço e mover até tocar o pescoço.

Nome comum aos mamíferos da ordem dos quirópteros, de corpo


semelhante ao de um rato, e que têm os membros anteriores
dotados de patágio, o que lhes permite funcionar como asas.
Onca pintada
Onça pintada: Fazer o sinal de leão, em
seguida posicionar a mão direita com o
polegar e indicador unidos pelas pontas,
tocando a mão em várias partes do corpo.
Simulando as machas da onça.

Mamífero carnívoro da América do Sul, semelhante à


pantera, de malhas oceladas, também conhecido como onça-
pintada. (Compr.: 1,30 m.).
onca
Onça: Fazer o sinal de leão, em seguida
posicionar a mão direita com o polegar e
indicador unidos pelas pontas, tocando a
mão em várias partes do corpo. Simulando
as manhas da onça.

Mamífero carnívoro da América do Sul, semelhante à


pantera, de malhas oceladas, também conhecido como onça-
pintada. (Compr.: 1,30 m.).
ostra
Ostra: Configurar as mãos em C, palma a
palma abrir e fechar várias vezes

Zoologia Molusco lamelibrânquio comestível, fixado às rochas


marítimas por uma valva de sua concha. (As ostras vivem em
bancos naturais em várias localidades, mas, para o consumo, faz-
se a criação, ou ostreicultura, em parques, ou ostreiras.).
papagaio
Papagaio: Configurar a mão direita em X, e
mover na frente da boca em um arco para
baixo

Nome genérico das aves psitaciformes. (Os papagaios, numerosos na Oceania e na


América tropical, têm plumagem de cores vivas com predomínio do verde, patas
adaptadas para trepar e apreender os alimentos, bico grosso e recurvado, e aparelho
fonador que lhes permite imitar sons muito diversos, inclusive a voz humana. No Brasil,
a família está representada por cerca de 75 espécies.).
passarinho
Pássaro; Posicionar a mão direita no canto
da boca com o polegar e o indicador
unidos, abri-los e fecha-los duas vezes,
imitando um bico. Depois fazer o sinal de
asa.

Dimin. de pássaro.Casta de uva do Minho.Árvore silvestre de


flores vermelhas e amarelas.Ver passarinho verde, mostrar
alegria fora de propósito.
pato
Pato: Posicionar a mão direita fechada
polegar, indicador e médios unidos pelas
pontas, ao lado da boca abrindo e
fechando varias vezes.

patos.m. Nome comum às aves anseriformes da família dos


anatídeos, de hábitos aquáticos, voadoras, e migradoras
quando no estado...
peixe
Peixe: Configurar a mão em B,
movimentando-a para frente, balançando
para os lados.

Animal vertebrado aquático, de corpo coberto de escamas,


que se desloca na água, principalmente com a ajuda de
nadadeiras, respira por guelras e cuja reprodução é ovípara
periquito
Configurar a mão direita em X, e mover na
frente da boca em um arco para baixo, em
seguida configurar as mãos em B, palma a
palma na frente do corpo, movimentá-las
uma em direção da outra

Ave trepadora da família dos psitacídeos, que vive em todas


as regiões quentes, muito procurada como ave de viveiro ou
de gaiola por seu valor decorativo.
peru
Peru: configurar a mão direita em G, na
frente da boca e mover levemente para
baixo

Ave galinácea originária da América do Norte, de grande


porte, que pode pesar até 19 kg, de carne muito apreciada.
pica-pau
Pica-Pau: Configurar a mão direita fechada
com os dedos indicador e polegar
distendidos e curvados na frente da boca,
palma para frente, abrir e fechar duas
vezes , simulando o bico . Em seguida
fazer o sinal de “ árvore” e depois o
simular o bico picando a árvore
Zoologia Nome vulgar das aves da família dos picídeos, que,
com seu bico forte, ferem a casca das árvores para delas
extrair as larvas de que se alimentam.
pinguim
Pinguim: configurar os braços na vertical na
frente do corpo e com as mãos fechadas e em
seguida abaixando-as com as mãos abertas,
palmas para baixo com movimentos
ondulatórios.

Nome comum atribuído às aves, da família dos esfeniscídeos, com


habitat restrito ao hemisfério Sul, a maioria vive na Antártica, de
dorso e cabeça negros e peito branco, suas asas são
impermeáveis e funcionam como barbatanas.
pombo
Pombo: Fazer o sinal de “ Asas” e em
seguida, configurar a mãos direita em C,
palmas para dentro a frente da boca e
encher as bochechas de ar.

Nome comum a várias aves da família dos columbídeos, de


caracteres zoológicos semelhantes aos dos galináceos mas
de hábitos idênticos aos dos pássaros.
Puma negro
Onça: Fazer o sinal de leão, em seguida
posicionar a mão direita com o polegar e
indicador unidos pelas pontas, tocando a
mão em várias partes do corpo. Simulando
as manhas da onça.Em seguida fazer o
sinal de “Preto”

Espécie de onça parda, O mesmo que suçuarana.


raposa
Raposa: Configurar as mãos abertas e
curvada do lado de cada bochecha em
seguida mover em um arco para baixo e
para os lados opostos

Gênero de mamíferos carnívoros da família dos canídeos, que


compreende animais de cauda muito peluda e focinho fino, a que se deve
a destruição de grande quantidade de aves e mamíferos de pequeno
porte: a raposa é famosa pela sua astúcia. (Voz: a raposa regouga.).
rato
Rato: posicionar a mão direita aberta,
palma para baixo, movimentá-la para frente
balançando para os lados.

Mamífero roedor, grandemente danoso às despensas e


celeiros, de origem asiática. (Família dos murídeos.).
rinoceronte
Rinoceronte: Configurar a mão direita em
Y, com o polegar tocando a ponta do nariz,
em seguida movimenta-la para cima

Mamífero quadrúpede ungulado da família dos rinocerídeos. Herbívoro, embora não ruminante, o
rinoceronte possui três dedos por pata e caracteriza-se por um (Ásia) ou dois (África) cornos
médios que traz sobre o focinho. Atingindo por vezes as dimensões de 2 m de altura e 4 m de
comprimento, os rinocerontes vivem nas regiões quentes (savanas e matas) e estão ameaçados
de desaparecimento em virtude de seu baixo índice de reprodução e da caça que lhes é movida.
sapo
Sapo: Posicionar o braço direito dobrado
em frente ao corpo, mão direita aberta
tocando o dorso da mão esquerda,
movimenta-la em pequenos arcos para trás
sobre o braço esquerdo.

Zoologia Anfíbio anuro, de pele mais ou menos verrucosa,


das famílias dos bufonídeos e pipídeos, desdentado.
tartaruga
Tartaruga: Configurar a mãos esquerda em A,
polegar distendido e mão direita aberta com os
dedos unidos posicionar a mãos direita em
cima de esquerda de forma que fique com o
polegar esquerdo a vista.

Termo geral que designa todos os répteis quelônios de corpo


curto coberto por uma carapaça óssea.
tigre
Tigre: Fazer o sinal de leão, em seguida
posicionar a mão direita fechada com o
polegar e o indicador distendidos, tocando
o lado esquerdo do corpo e baixa-la até o
direi. Too do corpo, duas vezes.

tigres.m. Mamífero carnívoro feroz, de pelagem raiada.


(Compr.: 2 m; peso: 200 kg; longevidade: 25 anos.) Fig.
Pessoa muito cruel....
tubarao
Tubarão: Configurar a mão direita em B, na
frente do corpo e movimenta-la para frente
balançando-a.

Designação geral dos grandes seláquios, peixes de corpo alongado e de nadadeiras


peitorais moderadamente desenvolvidas; cação, esqualo. (Os tubarões são peixes
marinhos, e alguns fazem jus à fama de ferocidade, mas as maiores espécies, das
quais algumas atingem 15 m de comprimento e 8 t de peso, são em geral inofensivas
e se alimentam de plancto.).
tucano
Tucano: Configurar a mão direita fechada com
os dedos polegar e indicador distendidos e
curvados , posicionar na frente da boca e
movimentar para frente em um arco unindo os
dedos pelas pontas, simulando o bico do
tucano.
[Zoologia] Nome dado às aves do gênero dos Ramphastos, geralmente
encontradas em florestas tropicais, possuem um bico muito grande e forte,
característico de sua espécie; destaca-se por possuir um coloração preta,
vermelha, laranja ou verde, juntamente com sua plumagem dorsal negra.
urso
Urso: Configurar as mãos abertas com os
dedos separados e curvados na frente do
corpo mover levemente para frente , simulando
as garras do urso.

Zoologia Mamífero da ordem dos carnívoros, de grande estatura,


pesado, cabeça que termina em focinho e suscetível de ser
domesticado. (Seu pêlo serve para tapetes.).
vaca
configurar a mão direita em Y, ponta do
polegar tocando a lado direito da testa,
girá-la para trás.

Fêmea do boi.Carne bovina usada na alimentação.


zebra
Zebra: Fazer o sinal de cavalo e em
seguida fazer listas no corpo imitando as
da zebra.

As zebras são mamíferos, membros da mesma família dos


cavalos, os equídeos, nativos da África central e do sul.
bode
Bode: Configurar a mão direita em V, com
pulso tocando abaixo do queixo tocando a
testa, mão esquerda em S.

s.m.Ruminante cavicórneo, macho da cabra.Gír. Dar bode,


dar confusão, encrenca.
coelho
Coelho: Configurar a mão direita em U,
com a palma para trás tocando o lado
direito da cabeça. Balançar os dedos para
trás duas vezes.
Mamífero roedor da família dos leporídeos, grandemente prolífico. (O coelho
selvagem, do qual descende o coelho doméstico, cava tocas nos terrenos arenosos e
cobertos de árvores; pode pesar 1,5 kg; tem anualmente três ou quatro ninhadas com
4 a 10 filhotes cada uma. O coelho doméstico atinge às vezes 10 kg e tem seis ou sete
ninhadas anuais, de 10 a 15 filhotes cada uma.).
veado
Veado: configurar a mãos direita aberta
dedos separados e curvados tocando o
dorso da mão no centro da testa

[Zoologia] Nome comum de alguns mamíferos ruminantes e


quadrúpedes, da família dos cervídeos; geralmente de
coloração amarronzada e muito velozes; suaçu, cervo.
hipopotamo
Hipopótamo: Configurar as mãos em 5, palma a
palma tocando se pelas palmas abrir e fechar
duas vezes até que os dedos se toquem pelas
pontas

Mamífero de grandes dimensões, paquiderme. Um dos maiores animais que vivem em


terra. Somente o elefante e o rinoceronte são maiores que ele. Um grande hipopótamo
selvagem de rio pode pesar 3t ou mais. No sentido figurado, a palavra hipopótamo
também pode significar pessoa enorme, bruta.
pavao
Pavão: Fazer o sinal de “Bico” em seguida
configurar as mãos abertas palmas para
frente, na frente do corpo, polegares se
unido pelas laterais e mover levemente
para os lados opostos.

Ave galiforme da família dos fusianídeos, originária da Ásia


meridional, de plumagem magnífica nos machos, cujas penas
da cauda podem ser abertas em leque.
porco
Porco: Posicionar a mão direita fechada
tocando a ponta do nariz com o dedo
mindinho distendido movimenta-la em
círculos duas vezes.

s.m. Quadrúpede mamífero doméstico da família dos


suídeos, ordem dos artiodáctilos. P. ext. A carne desse
animal: comer porco no...
camelo
Camelo: Configurar a mão direita aberta
dedos separados e curvados tocando as
costas

camelocamelo, (mê) m. Quadrúpede, que tem gibas sôbre o


dorso. Fig. Homem estúpido, brutal. Calabre. Antiga peça de
artilharia de...
gaivota
Gaivota: Configurar a mão esquerda aberta
palma para cima, mão direita aberta dedos
separados e curvados acima da esquerda,
mover para baixo em direção a mão esquerda
fechando os dedos até tocar a palma esquerda.
Designação comum a várias aves da família dos larídeos, cuja espécie mais conhecida
tem a cabeça preta e as costas acinzentadas, e vive no litoral ou à margem de rios e
lagos. São vistas, com frequência, em vôo picado sobre as grandes extensões de
água. A maioria das gaivotas faz seu ninho perto do mar, mas também existem
algumas espécies que vivem junto a lagoas e outras águas interiores. As gaivotas são
parentes próximas de outra ave marinha, a andorinha-do-mar.
mosca
Mosca: Configurar a mão direita aberta dedos
polegar e indicador tocando pela ponta, a
frente do corpo e mover em movimentos
espiral , simulando o voo da mosca.

s.f. Nome dado a muitos insetos da ordem dos dípteros, cujo


tipo é a mosca doméstica e cujas espécies são
numerosíssimas. (A mosca...
Bibliografia:
http://www.dicio.com.br
www.librasecia.com.br
www.facebook.com/redutralibras
www.facebook.com/groups/redutralibras2