Você está na página 1de 10

TEMOS ESSE TRABALHO PRONTO ZAP 38 99890 6611

PRODUÇÃO TEXTUAL INTERDISCIPLINAR EM GRUPO

Temática Interdisciplinar: Doenças parasitárias

Curso Nutrição Semestre:

3° regular / 2°
flex
Disciplinas Bases da Vigilância Sanitária de Alimentos; Ciências morfofuncionais dos
integradoras sistemas digestório, endócrino e renal; Ciências morfofuncionais dos
sistemas Nervoso e
Cardiorespiratório; Ciências morfofuncionais dos sistemas Imune e Hematológico.

Professores Ana Paula Scaramal Ricietto

Cristiane Mota Leite

Vinícius Pires Rincão


Conteúdos Pesquisa em Nutrição; Ciências Morfofuncionais; Interdisciplinaridade;
interdisciplinares Parasitologia e suas consequências para o organismo.

Competência Conhecer os conteúdos da área específica.

Refletir sobre as atividades selecionadas para o estudo.

Abordagem sistêmica de questões da área nutrição.

Habilidades Elaborar textos acadêmicos; realizar levantamentos bibliográficos;


conhecer temas atuais relevantes para discussão e ensino da nutrição;
conhecer as metodologias e práticas de ensino da área.
Objetivos de Propiciar aos alunos uma visão sistêmica sobre um problema atual de
aprendizagem saúde, e exercitar a escolha de práticas de ensino na área de Nutrição.
Prezados(as) alunos(as),
Seja bem-vindo a este semestre!

A proposta de Produção Textual Interdisciplinar em Grupo (PTG) terá como temática


a doenças parasitárias. Escolhemos este assunto para possibilitar a aprendizagem
interdisciplinar dos conteúdos desenvolvidos nas disciplinas desse semestre.

Por meio da leitura da Situação Geradora de Aprendizagem descrita abaixo e, também, da


situação-problema destacada, você deve elaborar um relatório com os tópicos referentes ao
tema
proposto.

Situação Geradora de Aprendizagem (SGA)

A produção de alimentos tem se tornado um desafio constante, ainda mais em pequenas


propriedades rurais que tem de competir com grandes produtores. Além disso, a busca
por qualidade na forma de alimentos mais saudáveis e sem contaminantes relacionados a
defensivos agrícolas tornou-se um fator que influencia no preço e na competitividade.
Porém, para isso o cuidado com relação a presença de microrganismos patogênicos e parasitas
deve ser ainda maior.
Nesse contexto, nossa SGA acompanha a Clara, proprietária de uma pequena propriedade
rural que tem atividades diversificadas, desde a produção de hortaliças a criação de animais como
aves, ovelhas e suínos. Toda a renda da família, bem como a alimentação, são oriundos do que
é produzido ali. Clara tem orgulho de tudo que produz, pois, não utiliza nenhum tipo de
defensivo agrícola além de utilizar um sistema de irrigação e fertilização natural (esterco derivado
das criações da propriedade) próprio e continua que dispensa a utilização de fertilizantes
químicos.
Clara tem dois filhos, Heloisa e Guilherme. Heloisa, tem 7 anos de idade e adora comer os
legumes e verduras produzidos pela mãe além de gostar muito da carne de suínos. Guilherme,
tem
11 anos de idade e além de acompanhar a irmã na alimentação saudável, gosta de ajudar a mãe
na criação de galinhas e porcos.

Situação-problema:
Clara percebeu recentemente que seus filhos têm apresentados alguns
sintomas estranhos: ambos começaram a perder peso e se apresentavam mais irritados e
cansados, e nas últimas semanas começaram a ter enjoos, diarreia e dor abdominal. Clara levou-
os ao médico que suspeitou de infecção intestinal, receitou um antibiótico e os mandou para
casa. Porém, após os
cinco dias de tratamento com o medicamento, as crianças não apresentaram melhoras. Além
disso, Guilherme começou a apresentar novos sintomas mais graves e preocupantes: dores de
cabeça, confusão mental e um episódio de convulsão.
Com base nas características apresentadas qual ou quais as prováveis doenças
que acometeram os filhos de Clara, bem como seu agente etiológico? Qual a relação dessas
doenças com a vigilância sanitária dos alimentos? Quais medidas poderiam ser observadas para
que podem ser evitadas?
Pensando na temática proposta, reflitam sobre as complicações relacionadas ao sistema
digestório relacionando as questões de perda de peso e absorção de nutrientes.
Uma das manifestações clínicas ocasionada pela parasitose em questão é a dor de
cabeça, provavelmente em decorrência do aumento da pressão intracraniana. Com a progressão
da doença pode ocorrer também o quadro de hidrocefalia. Com relação a essa temática, relacione
a presença do parasita no sistema nervoso central com a ocorrência da hidrocefalia e o aumento
da pressão
intracraniana.

ORIENTAÇÕES DA PRODUÇÃO TEXTUAL

Objetivo geral: Redigir um relatório com conteúdo das disciplinas/temáticas do semestre, a partir
de uma situação-problema.

Para o desenvolvimento deste trabalho, você deverá refletir sobre a situação-problema


que envolve a elaboração de um relatório apresentando os conteúdos didáticos que serão
abordados no trabalho que um pós-graduando irá realizar numa escola fundamental.
Para auxiliar na elaboração de seu trabalho, você deve realizar as seguintes etapas:

1. Realizar pesquisa bibliográfica sobre o assunto (além de seus materiais didáticos). Essa
fase é muito importante e deve embasar a realização desse portfólio.
Abaixo, seguem algumas referências que podem te ajudar:

1) TOLEDO, R. C.C et al. Complexo teníase/cisticercose: uma revisão. Disponível em


<http://docs.bvsalud.org/biblioref/2018/10/916509/282-283-jul-ago-2018-30-34.pdf>. Acesso
em 04 de fev. de 2019.

2) CHEHTER, L. & CABEÇA, M. Parasitoses intestinais. Disponível


em:<http://www.moreirajr.com.b r/revistas .aspid_materia=608&fase=imprime>. Acesso em
04 de fev. de 2019.
3) REY, L. Parasitologia: parasitos e doenças parasitárias do homem nos trópicos ocidentais.
4. ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2018. Disponível em:
https://integrada.minhabiblioteca.com.br/# /books/978-85-277-2027-4/c fi/4!/4/4@0.00 :58.9.
Acesso: 04 de fev. de 2019.

4) SALES, C. N. S. et al. Danos causados pela neurocisticercose. Revista Enfermagem e


Saúde Coletiva, v. 2, n. 3, p. 13 - 39, 2017. Disponível
em http://www.revista ne urocie ncias.com.br/edicoes/2010/RN1804/362%20atuali zacao.pdf.
Acesso em 04 fev. 2019.

5) GUIMARÃES, R. R. et al. Neurocisticercose: atualização sobre uma antiga doença. Rev.


Neurocienc., v.18, n. 4, p. 581-594, 2010. Disponível
em:
<http://www.re vista neurociencias.com.br/edicoes/2010/RN1804/362%20atua lizacao.pd
f>. Acesso em 04 fev. 2019.

2. Após o processo de revisão bibliográfica e reflexão, dê início à elaboração do Relatório


exigido diante de sua situação-problema, organizando-o com base nos seguintes critérios:

Introdução: você deve apresentar o tema da discussão, o objeto de ensino escolhido,


a justificativa da escolha, os objetivos específicos e o que você pretende desenvolver
no relatório que será apresentado à coordenação da escola. (Ao menos 1 lauda)

Desenvolvimento: para o desenvolvimento de seu trabalho, você deve responder


as questões colocadas na situação-problema, deste modo pode ser dividido nos
seguintes tópicos (sugestões):
1. Agente etiológico e suas características.

2. Doenças causados pelos agentes etiológicos e suas consequências para o organismo.

3. Prevenção e tratamento.

4. Relação entre a presença do parasita no sistema nervoso central e a ocorrência


da hidrocefalia e do aumento da pressão intracraniana.

5. Modificações morfofuncionais do sistema digestório considerando as alterações


referentes a absorção de nutrientes.

Considerações finais:
Para a finalização do texto, deve ser feita uma retomada do tema-base, com a síntese do seu
posicionamento em relação ao caso discutido e ao relatório elaborado. (No máximo 1 lauda)

ORIENTAÇÕES PARA A EXECUÇÃO DO


TRABALHO

A atividade deverá ser desenvolvida em equipes de dois a sete


integrantes.

A formação dos grupos é de responsabilidade dos alunos; no entanto, solicitamos que

sigam as orientações passadas pelo tutor presencial sobre a melhor maneira para a formação
dos mesmos.

Para o desenvolvimento do trabalho, a equipe deverá consultar e se fundamentar nas tele

aulas, web aulas e no livro texto disponível na Biblioteca Virtual, bem como, contar com a
orientação dos tutores a distância na Sala do Tutor.

O trabalho deve ser realizado de acordo com as normas da ABNT.

Disponível em:http://www.anhanguera.com/bibliotecas/bibliotecavirtual/pagina/normalizacao

Lembre-se que seu tutor a distância postará informações importantes no sistema de

mensagens, para ajudá-los na estruturação e no desenvolvimento.

Fazer a Produção Textual com antecedência é fundamental; assim, vocês terão tempo de

revisá-la várias vezes, e isto é importante para o sucesso do trabalho acadêmico.

O trabalho deve conter no mínimo 5 e no máximo 10 laudas.

ATENÇÃO: atente-se para o prazo de envio da atividade.

a) Ao formar o grupo, atente-se para que o nome de todos os integrantes apareça na


capa do trabalho.

b) A atividade deverá ser postada no Ambiente Virtual de Aprendizagem

(AVA), individualmente, ou seja, por todos os integrantes do grupo, em um único


arquivo no formato de Word, no campo “Envio da Produção Textual - Em Grupo” que se
encontra no final da página da disciplina.
c) A capa do trabalho deverá conter os nomes de todos os alunos do grupo.
d) Lembre-se: é responsabilidade de todos os alunos que compõem o grupo o
acompanhamento e a criação do mesmo no ambiente virtual de aprendizagem, bem
como, a inserção da atividade dentro do prazo estabelecido na área restrita.

e) No caso de dúvidas, solicite a orientação do seu tutor presencial.


Observações:
a) Após coletar todas as informações necessárias vocês devem desenvolver uma Produção Textual em
Grupo, abordando as informações solicitadas e detalhando a realidade observada.
b) Acesse a Biblioteca Digital para conhecer as normas de padronização e formatação do trabalho.
c) Lembre-se: os membros do grupo deverão realizar uma apresentação onde todos os
integrantes devem participar. Essa apresentação acontecerá no final do semestre em dia e
horário agendado
pelo tutor presencial.

ORIENTAÇÕES PARA FORMATAÇÃO DO


TRABALHO

A produção textual deverá ser desenvolvida de acordo com as Normas ABNT (Capa, Folha de

rosto, Sumário, etc.).

Na Introdução, o aluno deverá citar o que será desenvolvido, o objetivo geral e objetivos

específicos do trabalho.

No desenvolvimento o aluno deverá colocar todo o conteúdo do trabalho, seguindo os itens

relatados anteriormente.

Na conclusão deve ser destacado de que forma os objetivos descritos na introdução foram

atingidos e qual foi a contribuição que o trabalho proporcionou para o crescimento dos alunos.

Por fim, os alunos devem relacionar todas as referências bibliográficas utilizadas e devidamente

citadas durante a realização do trabalho.


Atente-se ao prazo de envio da
atividade.

Bom trabalho a
todos! Equipe de
professores.