Você está na página 1de 13

EXAME 2018 1º

3. Que razões levaram Popper a opor-se à perspetiva segundo a qual a


ciência começa com a observação?

EXAME 2018 2º

2. Considere as proposições seguintes.

a) Se há instabilidade política no Reino Unido, os preços das ações na bolsa


de Londres caem.

b) Se há instabilidade política no Reino Unido, os preços das ações na bolsa


de Londres alteram-se.

Qual das proposições seria mais interessante para um cientista que usasse o
método proposto por Popper? Justifique a sua resposta.
EXAME 2018 EP.ESPECIAL

9. Na descrição seguinte, encontram-se várias características da ciência.


«A ciência é uma das maneiras de compreender o mundo. Os cientistas
distinguem-se por terem boas ideias, mas a observação desempenha também
um papel muito importante na ciência. Além disso, descobrir leis da natureza
exige trabalho metódico. A formulação matemática dessas leis contribui
para que sejam feitas previsões rigorosas.» Identifique a opção que reúne
apenas as características da ciência que não são próprias do senso comum.

(A) É uma maneira de compreender o mundo; recorre à observação.

(B) Usa um método; formula matematicamente as leis.

(C) Recorre à observação; usa um método.

(D) Produz ideias; faz previsões.

3. Popper considera que a ciência é uma busca incessante da verdade e que


as novas teorias científicas são, geralmente, passos que ainda não tinham
sido dados em direção à verdade. De acordo com Popper, que condições uma
nova teoria científica tem de satisfazer para constituir um passo em
direção à verdade?
EXAME 2017 1º

2. Leia o texto seguinte.

O método da discussão crítica não estabelece coisa alguma. […] O mais que
consegue fazer – e que realmente faz –
é chegar ao veredicto de que uma determinada teoria [científica] parec
e  ser a melhor que está disponível […], parece resolver grande parte do
problema que pretende resolver e sobreviveu a testes rigorosos. K. Popper,
O Mito do Contexto, Lisboa, Edições 70, 2009, p. 175 (adaptado)

Como é que Popper justifica que o método da discussão crítica não esta
beleça coisa alguma?

Na sua resposta,

explicite os aspetos relevantes da perspetiva falsificacionista de 
Popper;

– integre adequadamente a informação do texto.

EXAME 2017 2º

8. De acordo com Popper, qual das afirmações seguintes é empiricamente


falsificável?

(A) Há seres inteligentes extraterrestres.

(B) Alguns planetas são habitados.

(C) Nenhum planeta extrassolar é habitado.

(D) Pode haver extraterrestres inteligentes.

EXAME 2017 EP.ESPECIAL

9. O senso comum distingue-se da ciência por

(A) envolver generalizações.

(B) ser pouco explicativo.

(C) ter pouca utilidade prática.

(D) conter falsidades.


3. Popper entende que todas as proposições científicas são falsificáveis. E
será que todas as proposições falsificáveis são científicas? Justifique a sua
resposta, tendo em conta a perspetiva de Popper.

EXAME 2016 EP.ESPECIAL

2. Explique o que, de acordo com Popper, é requerido para que uma teoria
seja aceite pelos cientistas.

EXAME 2015 2º

10. De acordo com a perspetiva falsificacionista sobre a ciência,

(A) todas as teorias falsificáveis são científicas.

(B) todas as teorias científicas são falsificáveis.

(C) todas as teorias falsificáveis são falsificadas.

(D) todas as teorias científicas são falsificadas.


EXAME 2015 EP.ESPECIAL

2. Leia o texto. As repetidas observações e experiências funcionam como


testes das nossas conjeturas ou hipóteses, isto é, como tentativas de
refutação.

Apresente uma crítica à tese de Popper enunciada no texto. Na sua


resposta, comece por explicar essa tese.

EXAME 2014 1º

10. Segundo Popper, o método científico começa por

(A) problemas.

(B) observações.

(C) experiências.

(D) generalizações.
EXAME 2014 2º

A ciência começa com a observação, afirma Bacon […]. Proponho-me


substituir esta fórmula baconiana por outra. A ciência […] começa por
problemas, problemas práticos ou problemas teóricos.

K. Popper, O Mito do Contexto, Lisboa, Edições 70, 2009, p. 161

Concorda com a perspetiva de Popper expressa no texto? Justifique a sua


resposta. Na sua resposta, deve:

−− identificar o problema discutido;

−− apresentar inequivocamente a sua posição;

−− argumentar a favor da sua posição.

EXAME 2014 EP.ESPECIAL

1- O destino de uma teoria, a sua aceitação ou rejeição, é decidido pela


observação e pela experiência – pelo resultado dos testes. Enquanto
uma teoria resistir aos mais rigorosos testes que conseguirmos
conceber, será aceite; quando não resistir, será rejeitada. Mas não é
nunca inferida, em nenhum sentido, das provas empíricas. […] Só a
falsidade da teoria pode ser inferida das provas empíricas, e essa
inferência é puramente dedutiva.

«Só a falsidade da teoria pode ser inferida das provas empíricas, e essa
inferência é puramente dedutiva.» Explique esta afirmação de Popper.
EXAME 2013 1º

7. O conhecimento vulgar distingue-se do conhecimento científico porque

(A) o primeiro usa uma linguagem rigorosa e o segundo usa uma linguagem
simples, que se adapta ao imediato.

(B) o primeiro tem por base a experiência do quotidiano e o segundo tem por
base a observação rigorosa dos fenómenos.

(C) o primeiro exprime os seus resultados em termos quantitativos e o


segundo descreve os fenómenos qualitativamente.

(D) o primeiro tem um valor predominantemente teórico e o segundo tem um


valor eminentemente prático.

2. Redija um texto argumentativo em que discuta o papel da experiência


científica na validação das hipóteses.

Na sua resposta, deve:

• explicitar a conceção indutivista de ciência e a crítica de Karl Popper a


essa conceção; • apresentar uma posição crítica fundamentada.
EXAME 2013 2º

8. O conhecimento científico caracteriza-se, entre outros aspetos, por ser

(A) metódico e subjetivo.

(B) qualitativo e assistemático.

(C) metódico e explicativo.

(D) verdadeiro e definitivo.

9. Considere os seguintes enunciados relativos à posição de Karl Popper


acerca da natureza das teorias científicas.

1. As teorias científicas são refutáveis e conjeturais.

2. A função da experiência consiste em verificar ou em confirmar as teorias


científicas.

3. As teorias científicas surgem, por indução, a partir de factos e de


observações simples.

4. O critério de cientificidade de uma teoria é a sua falsificabilidade.

Deve afirmar-se que

(A) 1, 2 e 3 são corretos; 4 é incorreto.

(B) 1 e 4 são corretos; 2 e 3 são incorretos.

(C) 2 e 3 são corretos; 1 e 4 são incorretos.

(D) 3 é correto; 1, 2 e 4 são incorretos.

EXAME 2012 1º

3. Leia o texto seguinte.

Texto F

Aquilo em que nós acreditamos (bem ou mal) não é que a teoria de Newton
ou a de Einstein sejam verdadeiras, mas sim boas aproximações à verdade,
[...] podendo ser superadas por outras melhores.
Concorda com a posição de Popper relativamente ao problema da
evolução da ciência? Justifique a resposta, fundamentando a sua posição
em, pelo menos, duas razões.

EXAME 2012 2º

3. Leia o texto seguinte.

Texto E

[…] Se dos dados da observação vulgar se conclui que «todos os corpos


caem», a generalização indutiva consistiu somente em considerar
permanente uma relação ocasionalmente conhecida, o que levou,
consequentemente, a procurar a justificação causal dessa permanência e a
falar de gravidade. Quando, no mesmo domínio, se concluiu da experiência,
por exemplo, que «todos os corpos caem no vácuo com igual velocidade», e
se determinou a velocidade da queda livre, a indução generalizou um dado
experimental, elevando-o à categoria de relação constante.

Vieira de Almeida, «A Crise Socrática», in Obra Filosófica II, Lisboa,


Fundação Calouste Gulbenkian,1987

3.1. Identifique as duas vantagens da indução a partir dos «dados da


observação vulgar» a que o texto faz referência.

3.2. Exponha uma crítica de Popper à conceção indutivista do método


científico.
EXAME 2012 EP.ESPECIAL

2. Leia o texto seguinte.

O desenvolvimento da ciência – e isto vale em larga medida também para as


ciências humanas – fez-se no sentido do aprofundamento da cisão entre as
atividades ordinárias do homem, contextualizadas na perceção e na língua, e
um ideal de objetividade que já no século XVII se designava como não
podendo deixar de ser artificial. Os constrangimentos na base da
averiguação científica da natureza contrariam as convicções do sentido
comum e sobrepõem-se, corrigindo-as, às ambiguidades e incertezas da
língua.

Explicite dois aspetos que distinguem a ciência do senso comum, a partir do


texto.

EXAME 2007

4. Considere a tese do texto seguinte, segundo a qual «é falso que a


observação seja a origem de todos os resultados do conhecimento físico».

Não há dúvida de que a observação deve proporcionar algum conhecimento


rudimentar. Mas mesmo o conhecimento comum vai muito além da
observação quando postula a existência de entidades inobserváveis, tais
como o interior de um corpo sólido e as ondas de rádio. E a física chega a ir
mais longe, ao inventar ideias que não seria possível extrair da experiência
comum, como o conceito de mesão e a lei da inércia. Em suma, é falso que a
observação seja a origem de todos os resultados do conhecimento físico.

M. Bunge, Filosofia da Física, trad. port., Lisboa, Ed. 70, s.d., p.13
(adaptado)
4.1. Reconstitua o argumento do autor em defesa dessa tese.

4.2. Concorda com essa tese? Justifique, relacionando a sua resposta com
uma teoria estudada.

EXAME 2007 2º

10. Segundo Popper, uma teoria é falsificável se...

(A) tiver sido falsificada.

(B) ainda não tiver sido empiricamente testada.

(C) não for científica.

(D) for possível conceber um teste empírico que a refute.

EXAME 2006 1º
EXAME 2006 2º