Você está na página 1de 2

A LENDA DE CAÍSSA

Há milhares de anos, Caíssa, uma jovem deusa estava tendo previsões de


como seria o futuro. Pensando nisso, ela resolveu criar um jogo. O jogo criado parecia
ser uma espécie de jogo de estratégia. Conseguia-se distinguir dando uma simples
olhada que o jogo tratava de dois exércitos (Brancos e Negros) que tentavam matar
uns aos outros. Cada exército era composto por oito peões, duas torres, dois cavalos,
dois bispos, uma rainha e um rei.
Os peões receberam da deusa a habilidade de andar duas casas na sua
primeira caminhada, mas receberam a maldição que os impossibilitou de matar os
soldados adversários que estivessem na sua frente e deixando-os matar apenas
soldados que estivessem na sua diagonal.
As torres receberam a vida e a habilidade de poder fazer o roque, mas foi
amaldiçoadas a só poder andar na horizontal e na vertical.
Os cavalos receberam a habilidade de poder saltar por cima das muralhas
inimigas ou das suas próprias muralhas, mas receberam a maldição de só poder
locomover-se/atacar em “L”.
Os bispos foram empregados igualmente como no tempo da inquisição, mas
desta vez eles não matam pessoas pela religião e sim pela cor. Devido a sua grande
crueldade receberam a maldição de só poderem locomover-se/atacar na diagonal. A
dama foi feita como o espelho da deusa, sendo assim a mais poderosa de todo o jogo
e a única que não recebeu maldição. O rei foi criado para parecer igual aos generais
de guerra que logo iriam surgir. Sua inspiração aos generais é simples, pois os
generais mandam soldados para a guerra sem a menos importância se eles irão
retornar vivos. Uma maldição lhe foi lançada para impedir que ele se aproxime uma
casa do rei adversário.
Depois de criado, a deusa resolveu esconder seu jogo em algum lugar antes
que seus pais o vissem e o destruíssem. Caíssa não sabia aonde seria um bom local
para esconde-lo, então resolveu joga-lo em algum lugar da Terra. O jogo foi lançado e
caiu na Índia. Quando os indianos descobriram o jogo ficaram impressionados,
tentaram joga-lo de varias maneiras, mas sempre havia uma discordância entre os
jogadores. Os indianos, certo dia, resolveram fazer algumas regras que deviam ser
respeitadas por qualquer um que o jogasse. Passaram-se muitos anos desde que
Caíssa lançara o xadrez na Terra. Caíssa resolveu pegar seu jogo de volta e mostra-lo
para seus pais, mas quando soube que o jogo era muito conhecido e jogado ela
resolveu protege-lo, deixando-o assim definitivamente na Terra.
A “Lenda de Caíssa” é uma história que conta como surgiu o xadrez na
Terra. Uma das muitas versões sobre a origem do xadrez.

Descreva com suas palavras como cada peça anda e como faz a captura:

____________________________________________________________
____________________________________________________________
____________________________________________________________
____________________________________________________________
____________________________________________________________
____________________________________________________________
____________________________________________________________
____________________________________________________________
____________________________________________________________
____________________________________________________________
____________________________________________________________
____________________________________________________________
____________________________________________________________
____________________________________________________________
____________________________________________________________
____________________________________________________________
____________________________________________________________
____________________________________________________________
____________________________________________________________
____________________________________________________________
____________________________________________________________
____________________________________________________________
____________________________________________________________
____________________________________________________________
____________________________________________________________
____________________________________________________________
____________________________________________________________
____________________________________________________________
____________________________________________________________
____________________________________________________________
____________________________________________________________
____________________________________________________________
____________________________________________________________
____________________________________________________________
____________________________________________________________
____________________________________________________________
____________________________________________________________
____________________________________________________________
____________________________________________________________
____________________________________________________________
____________________________________________________________
____________________________________________________________