Você está na página 1de 6

SERVIÇO DE CONTROLE E PREVENÇAO DE INFECÇÃO RELACIONADA À ASSISTÊNCIA DE SAÚDE

Responsável: Dr. Paulo Damasco CRM 52-497071


Versão 1.2 - Data de Atualização 1 de junho de 2021

Tabelas
USO DE
ANTIMICROBIANOS
2021
SUMÁRIO Toque para ir pra página

INTERATIVO

GUIA DE ANTIMICROBIANOS NAS


INFECÇÕES COMUNITÁRIAS

INFECÇÃO PULMONAR COMUNITÁRIA


(SEM uso prévio de antimicrobianos)

INFECÇÃO PULMONAR COMUNITÁRIA


(Uso prévio de antimicrobianos beta-lactâmicos)

INFECÇÃO PULMONAR COMUNITÁRIA


(Uso prévio de fluoroquinolonas)

DOSES DE ANTIMICROBIANOS PARA


ADULTOS SEM INSUFICIÊNCIA RENAL
Tabela 1
GUIA DE ANTIMICROBIANOS NAS INFECÇÕES
COMUNITÁRIAS
Situação Clínica Primeira Escolha Segunda Escolha

Amoxicilina-Clavulanato Cefuroxima
Otite ou sinusite
(VO ou IV) (VO ou IV)

Claritromicina
Angina estreptocócica Amoxicilina (VO)
(VO)

Cefalexina (VO) ou
Erisipela Amoxicilina-Clavulanato
Cefazolina
S. pyogenes(90%) e muito raramente S. aureus ou BGN (VO ou IV)
(IV)
Amoxicilina-Clavulanato Cefalexina (VO) ou
Celulite (VO) Cefazolina
S. pyogenes (75%), segundo agente S.aureus, raramen- Oxacilina (IV)
te BGN)
(IV) (na possibilidade risco BGN)

Celulite com abscesso Sulfametoxazol-trimetropim *


Tem risco de CA-MRSA (VO) Linezolida (VO ou IV) *
Discutir com seu infectologista* ou Vancomicina (IV) *

Ciprofloxacina (VO ou IV) +/- Ceftriaxona (IV) +/- metronidazol


Diarréia infecciosa (IV)
Metronidazol (VO ou IV)

Meningite
Ceftriaxona + Vancomicina Ceftaxima + Vancomicina
Discutir com seu infectologista

Pé diabético sem infecção prévia Amoxicilina-Clavulanato Clindamicina+Ciprofloxacina

Pé diabético com história de Piperacilina-Tazobactam Meropenem+Vancomicina


Infecções prévias +/- Infecções complicadas com insta-
Discutir com seu infectologista a prescrição de anti-MR- bilidade hemodinâmica e / ou gan-
SA* Vancomicina ou Linezolida* grena

Ampicilina ou amoxicilina -Sulbac-


Infecção das vias biliares sem cálculo no colédoco tam
Meropenem
Situação normalmente de baixo risco para infecção por ou Amoxicilina-Clavulanato
BGN ESBL+ ou Enterococcus spp nas séries clínicas Infecções complicadas com instabi-
ou Cefazolina* +/- lidade hemodinâmica
Gentamicina

Infecções complicadas com instabi-


Foco intra-abdominal
Infecções complicadas sem insta- lidade hemodinâmica
Situação normalmente de baixo risco para infecção por bilidade hemodinâmica Meropenem+Amicacina
BGN ESBL+ ou Enterococcus spp nas séries clínicas
(Risco Enterobactérias ESBL +)
Discutir com seu infectologista* Piperacilina-Tazobactam* ou Ceftazidina+avibactam#1
+/- (Risco de Enterobactérias resisten-
#1Necessária autorização pela CCIH e confirmação Amicacina tes aos carbapenemas - KPC**) +
com cultura Metronidazol

Voltar para
sumário
Tabela 2
INFECÇÃO PULMONAR COMUNITÁRIA
(SEM uso prévio de antimicrobianos)

Epidemiologia Primeira Escolha Segunda Escolha

Amoxicilina-Clavulanato

Comunitária (Clavulin®)

(sem doença estrutural pulmonar) Cefuroxima#1 +

+ Claritromicina Claritromicina

#1 dose cefuroxima 1500 mg IV Terceira escolha:Ceftriaxona*+Claritromici-


na
8-8 horas
* a prescrição de Cefalosporinas de 3a gera-
ção aumento do risco de ESBL no setor
Comunitária Levofloxacina
Cefepime + Claritromicina
(DPOC e/ou bronquiectasias) (Levaquin®)

Tabela 3
INFECÇÃO PULMONAR COMUNITÁRIA
(Uso prévio de antimicrobianos beta-lactâmicos)

Epidemiologia
(uso prévio de penicilinas Primeira Escolha Segunda Escolha
ou cefalosporinas)
Cefepime
Comunitária
Levofloxacina +
(sem bronquiectasias)
Claritromicina
Cefepime
Comunitária (Maxcef ®)
(octogenários, pacientes com +
Piperacilina-Tazobactam
doença estrutural pulmonar e/ Claritromicina
ou comorbidades, como diabetes +
mellitus, insuficiência renal agu- (são muito raras as infecções
Claritromicina
da ou crônica, hepatopatias, HIV e pulmonares por KPC ou ente-
transplantados) robactérias resistentes aoscar-
bapenêmicos fora do ambiente
hospitalar ou de homecare)

Voltar para
sumário
Tabela 4
INFECÇÃO PULMONAR COMUNITÁRIA
(Uso prévio de fluoroquinolonas)

Epidemiologia
(uso prévio de Primeira Escolha Segunda Escolha
fluoroquinolonas)

Cefepime Piperacilina-Tazobactam
Comunitária + +
Claritromicina Claritromicina

Tabela 5
INFECÇÕES URINÁRIAS
Epidemiologia Primeira Escolha Segunda Escolha

Jovens ou sem comorbidades Cetriaxona#1


Gentamicina + Ampicilina (jo- (Na Rede Casa atualmente a cefuroxima é
Comunitária vens) a nossa opção nos pacientes sem comorbi-
(Trabalho da UERJ> 20 % das ente- dades ou uso prévio de antimicrobianos nos
ou
robactérias no RJ são resistentes às últimos 6 meses).
sulfas e fluoroquinlonas) Cefuroxima#1

Temos um bom resultado na uro sep- Restringimos ao máximo as cefalosporinas


se com Tazocin®, porém temos que Piperacilina-Tazobactam de terceira geração e fluoroquinolas por mo-
fazer em infusão estendida em 4 ho- tivos de controle de infecção por MDR.
(Tazocin ®)
ras, 3 x dia.

Indicadoem pacientes> 50 ou
#1 dose cefuroxima 750 mg IV
anos, diabéticos, renais
8-8 horas crônicos, com ICC, com HI-
Amoxicilina-Clavulanato + Gentamicina
V,hepatopatas, com litíase
renal, transplantados renais

Amicacina + Ampicilina
Relacionada à Assistência de Saú-
de ou Hospitalar ou Meropenem + Gentamicina
(solicitar antes do início da terapia Piperacilina-Tazobactam
antimicrobiana a bacterioscopia pelo (Tazocin ®) (Indicados:Infecções complicadas com ins-
Gram da urina e urinocultura)
+ tabilidade hemodinâmica)
Discutir com seu infectologista*
Gentamicina

Voltar para
sumário
Tabela 6
DOSES DE ANTIMICROBIANOS PARA
ADULTOS SEM INSUFICIÊNCIA RENAL
Antimicrobiano Intervalo Doses

4/4 horas (meningite, 2.000 mg IV


Ampicilina endocardite)
1.000 - 2.000 mg IV
6/6 horas (infecção urinária)
Ampicilina + Sulbactam 6/6 horas 3.000 mg IV

Amoxicilina + Clavulanato 8/8 horas 1.000 mg IV

Claritromicina 12/12 horas 500 mg IV

6/6 horas 600 mg IV


Clindamicina*
8/8 horas 900 mg IV
8/8 horas (pneumonia,
infecções intra-abdominais) 400 mg IV
Ciprofloxacina
12/12 horas (infecção 400 mg IV
urinária, diarreia)
12/12 horas 500 mg IV
Levofloxacina
24/24 horas 750 mg IV
12/12 horas (meningite,
abscesso cerebral, 2.000 mg IV
Ceftriaxona endocardite)
24/24 horas (pneumonia, 1.000 - 2.000 mg IV
infecção urinária, etc.)
Cefuroxima 8/8 horas 750 - 1.500 mg IV

Ceftazidina 8/8 horas 2.000 mg IV

Ceftazidina+Avibactam 8/8 horas 2.000 mg + 0,5 g

Cefepime 8/8 horas 1.000 - 2.000 mg IV

Ceftolozane+tazobactam 8/8 horas 1.500 mg IV

Meropenem 8/8 horas 1.000 - 2.000 mg IV

24/24 horas 1.500 mg IV


Metronidazol
6/6 horas 500 mg IV

Oxacilina* 4/4 horas 2.000 mg IV

Piperacilina + Tazobactam 6/6 horas 4.500 mg IV

Vancomicina 12/12 horas 1.000 - 1.500 mg IV

Gentamicina 24/24 horas 5mg/Kg de peso

Amicacina 24/24 horas 15mg/Kg de peso


Dose de ataque 25.0000UI/Kg de peso/dia
Polimixina B#
12/12 horas (Cada 1mg = 10.000UI) administrada em 1
hora, e após 15.000 UI, infundida em 1 hora, a
cada 12-12 horas.
Não precisa ajuste dose na insuficiência renal

Voltar para
sumário