Você está na página 1de 33

Qualquer que seja o sonho de Deus

a respeito do homem, nada ocorrerá,


a menos que haja cooperação do homem.
Stella Terrill Mann

Criado por Alex Sandro C. Sant’Ana - 2006


· Aprendizagem cooperativa ou
colaborativa é um processo onde os
membros do grupo ajudam e confiam
uns nos outros para atingir um
objetivo acordado. A sala de aula é
um excelente lugar para desenvolver
as habilidades de criação de um
grupo do qual se terá necessidade
no futuro.
· A aprendizagem
cooperativa/colaborativa é
interativa;
como um membro do grupo, você:
· Desenvolve e compartilha um
objetivo comum.
· Compartilha sua compreensão do
problema:
questões; insights e soluções.
· Responde aos outros, e trabalha
para compreender os
questionamentos, insights e soluções
dos outros.
Cada membro permite ao outro falar
e contribuir,
e considera suas contribuições.
· São responsáveis pelos outros, e os
outros são responsáveis por você.
· São dependentes dos outros, e os
outros dependem de você.
· O que permite a criação de um
bom grupo de aprendizagem?
· As atividades em grupo começam
com o treinamento e compreensão
dos processos grupais.
Um instrutor começa por facilitar a
discussão e sugerir alternativas,
mas não impõe soluções ao grupo,
especialmente àqueles que
apresentam dificuldade de trabalhar
em conjunto.
· Três a cinco pessoas.
Grupos maiores tem dificuldade em
manter todo os membros envolvidos.
· O professor designa os grupos.
Esses funcionam melhor do que os
grupos que se formam por si
mesmos.
· Níveis diferentes de habilidades,
formação, experiência.
· Cada indivíduo traz força ao grupo.
· Cada membro do grupo é
responsável não apenas por dar
força, mas também por ajudar os
outros a entender a fonte de suas
forças.
· Cada membro que está em
desvantagem ou não se sinta
confortável com a maioria deve ser
encorajado e fortalecido pro-
ativamente para dar sua
contribuição.
· A aprendizagem é influenciada
positivamente com a diversidade de
perspectivas e experiências aumento
de opções para resolução de
problema ampliação dos detalhes a
serem considerados.
· O compromisso de cada membro
com o objetivo que é definido e
compreendido pelo grupo.
· Avaliações confidenciais entre pares
são uma boa forma de analisar quem
está ou não contribuindo.
· Os grupos têm o direito de excluir um
membro não cooperativo ou não
participante se todos as medidas
tomadas foram em vão.
(A pessoa excluída então tem que
encontrar outro grupo que a aceite).
· Os indivíduos podem sair do grupo
se eles acreditarem que estão
fazendo a maior parte do trabalho
com pouca ajuda dos outros.
(Essa pessoa, em geral, pode
facilmente encontrar um outro grupo
que acolha suas contribuições).
· Princípios e responsabilidades
operacionais compartilhados,
definidos e concordados por cada
um dos membros. Incluem-se neles:
1.O comprometimento em participar,
preparar e chegar na hora para as
reuniões.
2.Manter discussões e desacordos
focados nos temas, evitando críticas
pessoais.
3. Ter responsabilidade para a divisão de
tarefas e realizá-las a contento
Você pode precisar executar as tarefas
para as quais tem pouca experiência,
sentir-se despreparado, ou até mesmo
pensar que os outros poderiam fazer
melhor. Aceite o desafio, mas sinta-se
confortável para declarar que você pode
necessitar de ajuda, treinamento, de um
mentor, ou ter que desistir e assumir uma
tarefa diferente.
Processo:
· Estabeleça objetivos, defina com que
frequência e de que forma você se
comunicará, avaliará o progresso,
tomará decisões, e resolverá
conflitos.
· Defina fontes de informação,
especialmente quem pode fornecer
diretrizes, supervisão,
aconselhamento, e até decisão.
· Esquematize revisão de seu
progresso e comunicação
para discutir o que está funcionando
e o que não está.
· Os grupos com problemas devem
ser convidados ou solicitados a
encontrar com o instrutor para
discutir possíveis soluções.
· * "A aprendizagem cooperativa" é
geralmente usada no ensino médio,
e "a aprendizagem colaborativa" na
educação superior.
· Veja também: "
A aprendizagem cooperativa nos cursos té
: procedimentos, armadilhas e
resultados", Richard M. Felder, North
Carolina State University & Rebecca
Brent, East Carolina University
Fonte das informações:
· http://www.studygs.net

Criado por Alex Sandro C. Sant’Ana - 2006