Você está na página 1de 1

AIES 1.

Endógeno: INMUNOSUPRESSÃO: ligação Nf-Kb (citosina pro SINDROME DE CUSHING: Resultado da


Cortisol inflamatória) com glicorticoide promove a perda de função, exposição excessiva a glicocorticóide.
(glicoc desestimulando os mediadores inflamatórios. • Atrofia Muscular (braços e
orticói  Linfócito B T, monócitos e eosinofilos pernas finos)
de) 2. Exógeno:  Indução de apoptose • Aumento de gordura abdominal
Prednisolona  Liberação de Histamina • Hipertensão
Betametasona HIPERGLICEMIA: • Corcova de búfalo
Dexametasona Captura de glicose • Equimose
Triamcinolona  Proteólise • Cicatrização deficiente
 Glicogênio
Oral, Parenteral, Metabolismo lipídico =  ácidos graxos livres Antiinflamatório ( prostaglandina, 
Oftálmica, Inalatoria e OSTEOPOROSE: resposta inflamatória)
Tópica Ação dos osteoclastos Analgésico ( prostaglandina
Ação do osteoblasto nociceptivas da dor)
Reposição hormonal
 Absorção intestinal do cálcio Antipirético (hipotálamo =  PGE)
Shock Anafilático
Excreção renal de cálcio =  cálcio plasmático Inmunosupressor
Transplantes
 Paratormônio (PTH) Anthistaminico
Quadros alérgico

AINES 1.Inibição seletiva Cox 1 Inibições das ciclooxigenasas interferem na síntese de Gastrite Ulcerativa
Cox2: Celecoxib Prostaglandina, Prostaciclina e Tromboxano a2. Insuficiência Renal Aguda
Meloxican Prostaglandina: Causam dor, aumentam a Broncoconstrição
(Ciclox AAS temperatura, promove processo inflamatório local. Zumbido, Vertigem
igenas
a) 2.Inibição não-seletiva Prostacilcinas: vasodilatação, inibição de agregação
cox1 cox2: plaquetaria.
Alivio de Dor leve e Moderada
Cox1 Diclofenaco
Artrite Reumatóide
Cox2 Ibuprofeno Tromboxano a2: potente fator de agregação
Antipirético
Piroxican plaquetaria.
Antiagregante Plaquetario
Ac. Mefenamico
Antiinflamatório
Não Elucidado:
Dipirona
Paracetamol