Você está na página 1de 35

CA#34

CA#34
A idéia de empreender pode
CA#34

muitas vezes ter aparecido em


sua cabeça. Junto com ela, a
imagem de alguém com um
montão de dinheiro na conta,
de alguém cuja principal preo-
cupação é decidir em que país
vai apreciar o seu jantar, de al-
guém cujo trabalho é nulo, cuja
alegria é perene — e cuja exis-
tência é impossível.

Não é que o empre- instante de sua vida


endedor não traba- ele está trabalhan-
lhe; é que ele não faz do. Se, por acaso, ele
mais nada na vida está nas Bahamas
além de trabalhar. viajando com sua
Nos bastidores do família, lá ele está
empreendedor de trabalhando. Não há
sucesso não há férias um dia sequer em
ou feriado; não há que ele possa dis-
segurança ou déci- pensar o seu próprio
mo terceiro. Em todo esforço e serviço.
CA#34

Empreender, portanto, mes-


mo que seja apenas com
uma barraquinha de ca-
chorro-quente, é sempre
uma opção pelo trabalho
incansável. Caso contrário,
é caminho certo para a fa-
lência. Quem quiser segu-
rança e umas boas férias
deve continuar como assa-
lariado.

Empreender é para
aqueles que abando-
naram o fetiche de
trabalhar pouco, op-
taram pelo auto-sa-
crifício, pelo serviço
abnegado, pelo cum-
primento do dever.
CA#34

Toda segunda-feira, o seu Caderno de Ativação traz


sugestões de atividades ou reflexões baseadas em um dos
temas abordados nas lives da semana anterior. Se você
está chegando agora, não se preocupe: o Guerrilha Way
não é uma maratona em que você tenha de alcançar
quem chegou antes, mas um barco que o recolhe
onde você está e o impulsiona para frente. Atrasar o
GW não dá juros. Aliás: não se atrasa o GW. A hora certa
para se fazê-lo é a hora que se faz ele. A quantidade ideal
é a quantidade feita.
CA#34
O MERCADO NÃO DÁ
CA#34

A MÍNIMA PARA VOCÊ,


SAIBA DISSO O
QUANTO ANTES.
Se você estiver centrado em
suas deficiências, em suas di-
ficuldades, em sua história so-
frida, o mercado vai olhar para
você com pena (porque é isso
que você está pedindo para
ele fazer) e jogá-lo para es-
canteio. Por isso, antes de
empreender, você pre-
cisa saber qual é a
sua motivação.

Se você estiver buscan-


do ser aceito, ou ter mais
prazer, é melhor continu-
ar como assalariado.
Um empreendedor trabalha 24h por dia e não
CA#34

tem um só minuto para se vitimizar. Para um


sujeito estar disposto a isso, sua motivação
tem de ser, no mínimo, o sucesso. Guiar-se
pelo prazer é candidatar-se à frustração. Se
o que você quer é a vida mansa, é trabalhar
4h por semana, não empreenda. A busca pelo
sucesso é um bom começo. Alguém que bus-
ca o sucesso não se incomodará em trabalhar
o dia inteiro para alcançá-lo, mas mesmo o
sucesso não é capaz de satisfazer por tempo
indeterminado.

A motivação, portanto, deve se deslocar para


o dever. A busca pelo dever é nobre e pode
sustentar as
ações do su- O EMPREENDIMENTO,
jeito por toda ENTÃO, NÃO TEM SEU
a vida, pois PRÓPRIO SUCESSO POR
ele não bus- FIM, MAS É UM MEIO
ca servir a si
próprio, mas
POR MEIO DO QUAL O
alguém. SUJEITO CONTRIBUI
COM A HISTÓRIA, COM
A CULTURA OU, NA
MAIORIA DOS CASOS,
COM A COMUNIDADE.
Se o sujeito não trabalha incansavelmente,
CA#34

não tem uma cegueira obstinada para as coi-


sas que dão errado, não assume a culpa por
aquilo que acontece de ruim; não está pronto
para empreender.

Para que haja prosperidade, o sujeito deve


aceitar por completo o seu dharma, e isso quer
dizer que, mesmo que tudo de ruim aconte-
ça, ele irá continuar trabalhando, continuar
servindo, continuar amando. Quem não tiver
incorporado isso na personalidade deve, pri-
meiro, ganhar força, tanto estética quanto fí-
sica, para que a sua motivação, da busca pelo
prazer, passe para a busca pelo sucesso e, por
fim, para a busca pelo dever.
CA#34
O empreendimento acon-
CA#34

tece de verdade quando


a motivação da sua vida
é obter uma eficiência ím-
par, é ganhar dinheiro, é
ter sucesso. Sua motiva-
ção, porém, pode não ser
essa. Você pode ainda es-
tar vivendo na busca pelo
prazer, achando um porre
ter de trabalhar.

DÓI TRABALHAR
O TEMPO TODO,
É CHATO, É
DESGASTANTE,
ESTRESSANTE;
MAS QUEM
NÃO GOSTA OU
NÃO CONSEGUE
TRABALHAR NÃO
ESTÁ PRONTO PARA
EMPREENDER.
Porém, a motivação
CA#34

do sucesso não o
sustentará por mui-
to tempo. Para que o
seu empreendimen-
to não vá à falência,
é preciso que você
passe para a moti-
vação seguinte, que
é a de servir a uma
comunidade.

QUAL É
A SUA
MOTI-
VAÇÃO
AGORA?
Marque, nos quadrados abaixo, quais são
CA#34

as frases com as quais você se identifica.


Confira, somando os pontos, qual é a sua
motivação.

“Posso dormir “Vai descan- “Todo o dia


às 6 da sar, pode ter de acordar
manhã, mas deixar que eu cedo, haja
não antes de dou conta de paciência!”
isso ficar tudo.”
pronto.”
+10 +20 -20
“No pain, “Tudo que eu “Ver seu
no gain.” queria era sorriso já faz
estar na praia tudo ter
agora, comen- valido a
do casquinha pena.”
de siri.”
+10 -20 +20
“Caramba! E “Hoje é sexta- “Quando não
não é que me -feira! Chega sei o que
esqueci de de canseira.” fazer, faço o
almoçar?” que é do meu
dever.”

+10 -20 +20


“Repouso?! “Só vou “Não precisa
Isto é só uma cochilar aqui me pedir,
gripe!!” mais uns chefe, já está
trinta minuti- feito.”
nhos.”

+10 -20 +20


CA#34

Sua motivação
é o prazer. Tem
de comer muito
arroz com feijão
para empreender.

Sua motivação é o
sucesso. Comece,
mas busque servir.

Sua motivação é o
dever. Nem preci-
so dizer que é para
continuar dando
tudo o que tem de
melhor.
CA#34
AS PESSOAS
CA#34

GOSTAM DE
COMPARAR
BASTIDOR COM
PALCO. ELAS
VÊEM ALGUÉM
BEM-SUCEDIDO,
COM FAMÍLIA
LINDA, COM OS
FILHOS BEM
ALIMENTADOS E
BEM VESTIDOS E
DIZEM:

"QUE
CARA DE
SORTE!".
MAS ELAS NÃO
CA#34

VÊEM O QUE ESTÁ


POR TRÁS DISSO.

Não vêem as noites


sem dormir, os dias sem
comer, as humilhações
suportadas com altivez.

Só é bem-sucedido sem
esforço quem recebeu
herança (e olhe lá!), mas
isso é coisa que não
controlamos. Nós,
pessoas comuns,
devemos trabalhar
incansavelmente,
porque o esforço
é a variável que
podemos
controlar.
CA#34

MENOS
TEMPO DE
LAZER, MAIS
TEMPO DE
SERVIÇO
PENSE SOBRE
COMO FOI
O SEU DIA
HOJE.

VOCÊ...
PASSOU
CA#34

QUANTO
TEMPO
NAS REDES
SOCIAIS?
Se você usa o
Instagram, vá em
"Configurações", depois
em "Sua atividade" e
veja quantas horas
você, em média, passa
no aplicativo por dia.
A menos que você seja
um digital influencer,
não é necessário ficar
nas redes sociais por
mais de uma hora.
PASSOU
CA#34

QUANTO
TEMPO
NA TV OU
NETFLIX?

Tudo bem que um


filme pode ter duas
horas de duração,
mas confesse: você
pode ficar uma hora
e meia decidindo o
filme ou série que
irá assistir.
ESTÁ COM
CA#34

ALGUM
TRABALHO
ATRASADO?

Para empreender é necessá-


rio que o sujeito fique vinte
e quatro horas por dia tra-
balhando. Se as séries estão
em dia, mas o trabalho não, é
porque, bem… você até quer o
sucesso. Mas não agora.
CA#34
CA#34
CA#34

A BUSCA POR
SUCESSO, OU SEJA,
POR DINHEIRO,
RIQUEZA, FAMA,
PROSPERIDADE
MATERIAL,
RECONHECIMENTO
DO GRUPO, É BOA
PARA COMEÇAR O
EMPREENDIMENTO,
MAS NÃO BASTA PARA
FAZÊ-LO PROSPERAR.
A motivação necessária
CA#34

para que você prospere


é a do dever para com
a comunidade.

O sujeito que
conseguir ser-
vir bem a uma
comunidade li-
mitada, se vier a
empreender, ga-
nhará muito di-
nheiro, será bem-
-sucedido, pois
conseguirá servir
a uma comunida-
de mais ampla.
CA#34
CA#34

O QUE
ACONTECERÁ
SE EU FIZER
BEM O MEU
TRABALHO?
Medite sobre a importân-
cia do seu trabalho. Se
você faz brownies, alguém
ficará feliz se você os fizer
bem; se você é revendedo-
ra da Boticário, a presen-
ça de alguém ficará mais
agradável graças ao seu
esforço.
CA#34

O QUE
ACONTECERÁ
SE EU FIZER
MAL O MEU
TRABALHO?
Não é à toa que o seu chefe diz
raivoso aqueles palavrões quan-
do você atrasa o serviço. Ele pre-
cisa responder à demanda de seu
cliente, que por sua vez tem um
problema sério a ser resolvido
com seu trabalho. Se você é aten-
dente de uma empresa e atende
mal, isso pode resultar na falên-
cia da empresa, na demissão de
vários funcionários e na insatis-
fação de gente que precisava da-
quele serviço a ser prestado.
CA#34
ATÉ AQUI,
CA#34

TRABALHAMOS
SUA MOTIVAÇÃO.
Você já deve estar ciente se
sua motivação é o prazer, o
sucesso ou o dever. Também
já tem uma idéia de como
passar de uma motivação
para outra e de que isso
envolve trabalhar como se
sua vida dependesse disso,
até porque, na verdade,
depende.

Porém, não será possível ir


para a motivação seguinte
sem trabalharmos sua AÇÃO
— sem trabalharmos a sua
CEGUEIRA OBSTINADA para
as coisas que de ruim estão
acontecendo.
CA#34
CA#34

NA VERDADE,
NADA ESTÁ DANDO
ERRADO. NADA ESTÁ
ACONTECENDO QUE
NÃO DEVESSE ESTAR
ACONTECENDO.

Na verdade, nada está


dando errado. Nada está
acontecendo que não
devesse estar acontecendo.
Aceitar isso, no entanto,
é aceitar também que a
responsabilidade pelo que
acontece de ruim não é do
Estado, não é da educação
que você recebeu em casa,
a responsabilidade é SUA.
CA#34
CA#34

O QUE
VOCÊ VAI
FAZER
AGORA?
EDITOR CHEFE
CA#34

Arno Alcântara

REDAÇÃO E CONCEPÇÃO
Marcela Saint Martin
Marra Signorelli
Raul Martins

REVISÃO
Cristina Alcântara

DIREÇÃO DE CRIAÇÃO
Matheus Bazzo

DESIGN E DIAGRAMAÇÃO
Jonatas Olimpio
Vicente Pessôa

ILUSTRAÇÃO DA CAPA
André Martins

TRANSCRITORES
Edilson Gomes da Silva Jr
Rafael Muzzulon
Raíssa Prioste

SUPORTE
Pâmela Arumaa
Alessandra Figueiredo Pelegati
Márcia Corrêa de Oliveira
Rayana Mayolino
Douglas Pelegati

FINANCEIRO
William Rossatto
Joline Pupim
Douglas Pelegati

COORDENAÇÃO DE PROJETOS
Arno Alcântara
Italo Marsili
Matheus Bazzo

O CARA QUE NUNCA DORME


Douglas Pelegati