Você está na página 1de 25

GDA: Gerenciamento de Aeronaves

A visão do fabricante

José Ricardo Marques Rego


ABAG – SP.
12 de fevereiro de 2009. Gerente de Estratégia de Mercado,
Embraer Jatos Executivos
Conteúdo

• Mercado de jatos novos (frota e previsão)

• Definição do negócio

• Oferta atual (e GDA no mundo)

• Potencial de mercado (aeronaves novas)

• Conclusões

VAE/DA3/ESM
2
A evolução do mercado de aviação
executiva na América Latina e no Brasil
VAE/DA3/ESM
3
Frota LATAM em franca expansão

Frota da América Latina em 2008  Quase 1/2 da frota de jatos da região são
jatos leves.
Jatos  Quase 1/3 das entregas previstas nos
45% próximos 10 anos são compostas de jatos
55% Entry e Light.
 Participação de jatos médios aumentará
 Forte aumento nas expectativas de
Turboprops
crescimento do mercado brasileiro
(apesar da crise):
Entregas de jatos
Unidades Valor  Economia mais robusta
novos
 Investimento externo (investment grade)
Últimos 10 anos 308 US$ 4.6 bi  População de Indivíduos Super-ricos
 Qualidade do serviço comercial
Próximos 10 anos 800 US$ 7.9 bi permanece inadequada (ponto-a-ponto)

Fonte: AMSTAT May, 2007 e Análise Embraer.


VAE/DA3/ESM
4
Preço médio de novas aeronaves vem crescendo...

25

SMD
20
MSZ
Million USD 2008

15

MDL
10

LIT
5
ETY

0
78

80

88

90

96

98

04

06
74

76

82

84

86

92

94

00

02
19

19

19

19

19

19

20

20
19

19

19

19

19

19

19

20

20
O mercado Latino Americano tem comprado aeronave maiores
Fonte: análise Embraer, Junho/08.
VAE/DA3/ESM
5
Fonte: ACAS May, 2007
Distribuição da frota LATAM de jatos

Frota de jatos
112
1,098
515
Brasil, México e
Venezuela representam
86% da frota LATAM

110
11
Units
317
100
26
10
84

VAE/DA3/ESM
6
Source: AMSTAT Apr, 2008
Distribuição da frota LATAM de turboprops

Frota de Turboprops
1,322
261
Brasil, México e
Venezuela representam
30
26 74% da frota LATAM
1932
11
10
295
77
11
Units
28 420
100
36
10
99

VAE/DA3/ESM
7
Source: AMSTAT Apr, 2008
Perfil da frota de jatos na Am. Latina
(1,098 aeronaves)

Fabricante Segmento
Embraer 1% Corp. Owner & CFD
Gulfstream 12% 5%7% Charter
25%
Dassault
14% 38% Fractional
Hawker
Cessna
28% 5% Government

Bombardier
12% HNWI
Others
33% 20% Others & Unknow

Categoria Idade
10%
Leve 30% Up to 10 years
Médio
Pesado 47% Over 10 years
43%
70%

VAE/DA3/ESM
9
Source: AMSTAT Apr, 2008
Mercado 2009-2018 (Jatos novos)

Unidades US$
2% Product Categories
8% 8%
ULTRA LARGE
11%
22%
ULTRA-LONG RANGE
12%
LARGE
9%
21%
SUPER MID-SIZE
15%
16% MID-SIZE

20% MID-LIGHT
9%
11% LIGHT
23%
9% ENTRY
4%
*Demanda adicional por novos modelos de negócios: 1,800 a 2,800 aeronaves

11,880 aeronaves  US$ 204 bi nos próximos 10 anos


Source: Embraer analysis, July 2008
VAE/DA3/ESM
10
Mercado Am. Latina 2009-2018 (Jatos novos)
Including Mexico

Unidades US$
1%
Product Categories
Total Valores % 4% 2% 4%
LA 6% 11% ULTRA LARGE
4% 6%
12% ULTRA-LONG RANGE
13%
13% LARGE

20%
11% SUPER MID-SIZE
Total Unidades %
MID-SIZE
LA 17%
7%
MID-LIGHT
48% 16%
LIGHT

16% ENTRY

*Excluindo a demanda por novos modelos de negócios Crisis Scenario

800 aeronaves  US$ 7.9 bi nos próximos 10 anos


Source: Embraer proprietary forecast and analysis.

VAE/DA3/ESM
11
Infra-estrutura: barreira ao crescimento

Investimentos no Brasil em aviação civil

Cresc. - número de pax 42.2%

Cresc. - investimentos
23.9%

2.6%

2002 = 1
-7.0%
-15.7%
-18.1%

-31.8%
-39.3%
2003 2004 2005 2006
Investimentos e demanda estão em descompasso.
Fonte: Siafi, Anac, Infraero, Embraer Analysis
VAE/DA3/ESM
12
GDA – Gerenciamento de aeronaves
Modelo de negócio, players e oportunidade
VAE/DA3/ESM
13
GDA: A oferta de valor

Foco da
Clientes Benefícios
oferta GDA

Propriedade Comodidade
Proprietários Segurança
Operação
(e Tripulantes)
Rapidez
Manutenção
Regularização

Soluções de serviços “Turn key”


Fonte: análise Embraer, Junho/08.
VAE/DA3/ESM
14
GDA: um negócio amplamente oportuno
• Planejamento da Operação;
• Parqueamento de aeronaves;
• Lavagem e limpeza das aeronaves;
• Corretagem de aeronaves usadas;
• “Charter Option” / “Interchange agreements” e Táxi Aéreo;
• Abastecimento;
• “Catering”;
• Acomodações para VIP e pilotos;
• Hospedagem de tripulação;
• Transporte terrestre.
• Manutenção de aeronaves
• Planejamento, Programação e Controle
• Suporte Material
• Contratação, treinamento, e gestão de tripulações
Fonte: análise Embraer, Junho/08.
VAE/DA3/ESM
15
Exemplos de custos fixos alocáveis no GDA

ITENS GERENCIÁVEIS

Fonte: análise Embraer, Junho/08.


VAE/DA3/ESM
16
Potencial de captura – Custos Fixos (ex.)
Custos Fixos Anuais (US$ x 1000)
900
Parcela Gerenciável Fixo Total
800
700
600
500
400
300
200 64% 60%
100 64%
0
Phenom 300 Legacy 600 Lineage1000

O GDA pode capturar pelo menos 60% dos custos fixos anuais,
cobrando uma taxa-hora com prêmio (15%).
Fonte: análise Embraer, Junho/08.
VAE/DA3/ESM
17
GDA: conceito pouco explorado pelos OEMs
Negócio Próprio e Apenas
Legenda Terceiros
Próprio Terceiros Assistência

Bombardier

Gulfstream

Beechcraft

Spectrum

Diamond
Dassault

Embraer
Cessna

Hawker

Eclipse
Falcon

Honda

Cirrus
CIRRUS
Financing/ Gulfstream US Bank Bank of America
Cessna Finance Honda Financial Diamond Flight FINANCE™
Financial Bank of America UBS
Leasing Corp. Services Center CIRRUS
Services and others Wells Fargo
LEASE™

Interim Lift

Pre-Owned/ Pre-Owned, CIRRUS


Trade-In Dallas TX CERTIFIED™

Dallas,
Brunswick,
Wichita, Dorval, Wichita and SJK, GPX,
Completions Montreal
Wichita Little Rock Mexicali,
Little Rock OGMA
London, Ontario
Savannah, Long
Beach

Service
DFS
Centers

Aircraft CIRRUS
DFS
Management ACCESS™

Charter Skyjet DFS

CitationShares
Fractional 75% Cessna CIRRUS
Flexjet
Ownership 25% TAG SHARE™
Aviation

Refurbishment Wilmington

Fonte: análise Embraer, Junho/08.


VAE/DA3/ESM
18
Para o OEM, pode aumentar a base de clientes

• Apenas Dassault e Bombardier


Bombardier

Gulfstream

Beechcraft

Spectrum

Diamond
Dassault

Embraer
Cessna

Eclipse
Hawker
Falcon

Honda

Cirrus
apresentam soluções de GDA.
CIRRUS
Financing/ Gulfstream US Bank Bank of America
Cessna Finance Honda Financial Diamond Flight FINANCE™
Financial Bank of America UBS
Leasing Corp. Services Center CIRRUS
Services and others Wells Fargo
LEASE™

Interim Lift

Pre-Owned/ Pre-Owned, CIRRUS

• Maioria são Charters (terceiros).


Trade-In Dallas TX CERTIFIED™

Dallas,
Brunswick,
Wichita, Dorval, Wichita and SJK, GPX,
Completions Montreal
Wichita Little Rock Mexicali,
Little Rock OGMA
London, Ontario
Savannah, Long
Beach

Service
DFS
Centers

Aircraft CIRRUS
DFS
Management ACCESS™

Charter Skyjet DFS

CitationShares
Fractional 75% Cessna CIRRUS
Flexjet
Ownership 25% TAG SHARE™
Aviation

Refurbishment Wilmington

• Geralmente, a oferta de GDA habilita a


entrada em outros negócios:
• Charter
• Manutenção
• Representação de vendas
• Propriedade Fracionada
• ...
Fonte: análise Embraer, Junho/08.
VAE/DA3/ESM
19
O GDA no mundo (frota de jatos em operação)

Frota Frota Frota CH + % % CH +


World region % GDA
Total Charter GDA GDA Charter % GDA

NA & CARIB. 11238 1342 1157 2499 11.9% 10.3% 22.2%

EAME 3190 1105 444 1549 34.6% 13.9% 48.6%

LATAM 1420 372 25 397 26.2% 1.8% 28.0%

BRASIL 357 108 6 114 30.3% 1.7% 31.9%

ASIA PACIFIC 449 108 15 123 24.1% 3.3% 27.4%

CHINA 85 19 18 37 22.4% 21.2% 43.5%

UNKNOWN 596 0 1 1 0.0% 0.2% 0.2%

Total geral 16375 2744 1649 4393 17% 10% 27%

• MUNDO: cerca de 27% da frota mundial de jatos executivos e convertidos está nas
mãos de Charters e empresas de GDA. Na Europa essa proporção quase dobra
(48,6%)
• LATAM: apenas 1,8% da frota de jatos da região, em GDA. A menor proporção do
globo.
• BRASIL: Menos de 2% da frota sob serviços de GDA.
Fonte: Jetnet e análise Embraer, Fevereiro/09.
VAE/DA3/ESM
20
Idade da frota de jatos de GDA e Charter

GDA: Mundo GDA: LATAM


menos de 5 menos de 5
anos anos
27%
35%
de 5 a 10 de 5 a 10 48%
anos 51% anos

mais de 10 22% mais de 10


anos anos 17%
Frota: 1.649 a/c Frota: 25 a/c

Charter: Mundo Charter: LATAM


menos de 5 menos de 5
anos anos
25% 16%
de 5 a 10 de 5 a 10
anos 55% anos 18%
66%
mais de 10 20%
mais de 10
anos anos
Frota: 2.744 a/c Frota: 372 a/c
Fonte: Jetnet e análise Embraer, Fevereiro/09.
VAE/DA3/ESM
21
Idade da frota de jatos de GDA e Charter: BRASIL

GDA Charter
menos de 5
menos de 5 anos
anos 19%
33%
de 5 a 10
anos
62% 19%
mais de 10 67%
anos mais de 10
Frota: 6 a/c anos
Frota: 108 a/c

Fonte: Jetnet e análise Embraer, Fevereiro/09.


VAE/DA3/ESM
22
Medidas reguladoras favorecem o GDA na Europa

CAMO - Continuing Airworthiness Management Organisation


Efetivo a partir de Setembro de 2008.

• EASA Part-M Subpart G: detalha as instruções aplicáveis à manutenção e aeronavegabilidade


contínua e assegurada para aeronaves sob regulamentação EASA.
• Até agora aplicável a aeronaves destinadas a uso comercial, a exigência CAMO será estendida
a todas as aeronaves reguladas pela EASA, INCLUINDO AVIÕES PRIVADOS.
• Certificação CAMO abrange vários aspectos relacionados à manutenção e à operação.
Operadores poderão dividir a responsabilidade pela aeronavegabilidade considerando todos os
seus aspectos.
• Certificado de Aeronavegabilidade original terá que ser validado anualmente por um ARC
(Airworthiness Review Certificate), que inclui a revisão da documentação técnica e a inspeção física
da aeronave. O ARC será emitido por uma organização detentora de CAMO.
• Operadores comerciais e privados: serviço de gestão contínua de aeronavegabilidade.
• PODERÁ SER ADOTADO NO BRASIL.

Empresas “CAMO” terão oportunidades de negócios GDA: serviços de


manutenção, operação, FBO, etc.
Fonte: análise Embraer, Junho/08.
VAE/DA3/ESM
23
Mercado* GDA (aeronaves novas) 2008-17

Mantendo-se as proporções atuais da frota (visão conservadora) e


não considerando captura, em GDA, de aeronaves usadas:

MUNDO:
Potencial GDA: 130 a 340 jatos /ano
( US$ 0,4 bi a US$ 1 bi /ano)
América Latina:
Potencial GDA: até 20 jatos /ano (até  US$ 6 mi /ano)

Brasil:
Potencial GDA: 7 a 10 jatos /ano (até  US$ 3 mi /ano)

*Nota: Gasto médio em GDA por aeronave/ano= US$ 300 k. Em 10 anos = 3 milhões/aeronave.
Fonte: análise Embraer, Junho/08.
VAE/DA3/ESM
24
Principais conclusões

O GDA é pouco compreendido e utilizado no mundo e, em especial, no Brasil. Até mesmo o mercado
asiático adota mais o GDA (proporcionalmente).

O conceito é extremamente benéfico para a indústria e para os clientes:


• Regulamentação,
• Segurança,
• Controle operacional,
• Redução de custos (aprox. 60% dos custos fixos totais são alocáveis em GDA).

O potencial do mercado brasileiro de GDA é de 70 a 100 aeronaves (estimativa conservadora).


No mundo, o GDA deverá faturar cerca de US$1 bi por ano (estimativa conservadora)

O GDA é pouco explorado tanto pelos fabricantes como por terceiros (independentes).

A falta de Infra-estrutura, e regulamentação dedicada poderá ser um fator limitante para o


desenvolvimento do mercado no Brasil.

O CAMO (Continuing Airworthiness Management Organisation) ou Serviço de Gestão contínua da


Aeronavegabilidade será obrigatório para todos os operadores /proprietários Europeus de aeronaves
executivas, já a partir de 2008. O modelo poderá ser aplicado no Brasil.

Fonte: análise Embraer, Junho/08.


VAE/DA3/ESM
25
Obrigado!

VAE/DA3/ESM
26