Você está na página 1de 9

Salium Riboli

Prática Pedagógica Eficaz para Resgatar o Prazer de Aprender

Trabalho apresentado na disciplina
Didática do Ensino Superior (Profª. Liliam
Martins Marcolino), em cumprimento
parcial às exigências do curso de PósGraduação em Teologia e Ministério da
UNIFIL – Londrina PR.

Arujá – SP
Janeiro de 2010

A aprendizagem é usualmente melhor quando usa mais que um sentido ao mesmo tempo. Cinco perguntas que muito nos ajudariam na difícil tarefa de ensinar: Quem é o aluno? Como o aluno aprende? Quais as melhores experiências para o aluno? Como a aprendizagem pode ser melhorada? Como vencer os obstáculos na aprendizagem? O aluno é ele mesmo e ele é diferente de outras pessoas em idade. Muitas. para melhorar a saúde e aumentar a taxa de emprego o nosso maior investimento deve ser na educação. Nesta próxima década. o avanço da escolaridade. para diminuir a pobreza. gustação. Educação é nosso maior desafio. ou aumentar seu conhecimento. Cada aluno aprende através de suas experiências. Essas diferenças individuais influem na aprendizagem e professores devem considerar estas diferenças ao determinar o que e como ensinar. experiência e etc. a fome e a desigualdade. 2 . E é o aprendizado. levando-se em consideração que hoje a taxa de analfabetismo é de 10% e há ainda e fruto de somatórias do passado e resultados da tecnologia o analfabetismo funcional. mudar suas atitudes. aparência. como e o quê ensinar para melhorar as habilidades dos alunos. não se esquece que nem todas as experiências podem ser resultantes dos sentidos.Estamos na era do conhecimento e não existe desenvolvimento sustentável sem educação. no entanto. que permitirá a ascensão tanto do País quanto de cada cidadão. o País precisa tornar a educação uma obsessão nacional para se destacar no mundo. audição. Nosso País precisa descobrir que para reduzir a violência e melhorar a segurança. visão e tato. preferências. As diferenças ajudarão ao professor saber quando. É preciso garantir as bases do crescimento intelectual da população para o desenvolvimento econômico ser sólido e o progresso contínuo. formação. Ensinar continua sendo um grande desafio aos educadores do nosso País. O bom professor. mas nem todas as experiências podem vir através dos seus sentidos: olfato. O que fazemos precisa ser revisto e mudanças radicais precisam ser implementadas.

dramatização. As características do aluno determinam as experiências que são melhores para ele. e muitos outros. Algumas experiências são indiretas e vêm através de palavras ou outros símbolos. É impossível aprender tudo através de experiências diretas. Todos estes métodos apresentam vantagens e desvantagens. Podemos escolher muitos métodos: conferência. Nenhuma experiência pode ser considerada a melhor. tais como a leitura de um livro ou ouvir uma palestra ou através da representação de coisas reais tais como ver um filme ou uma gravura. debate. Geralmente. atividades lúdicas. As experiências diretas levam muito mais tempo do que as experiências indiretas. menos são as experiências diretas que ele requer. levar uma martelada no dedo ou fazer uma viagem. estudo de um caso. Algumas são reais como. O educador aprende quando e onde usá-los. As experiências indiretas podem tornar a aprendizagem mais rápida. por exemplo. mas simuladas. trabalhos manuais. Ela pode ser melhorada quando se consegue levar o aluno a descobrir o que ele quer ou precisa aprender. fracionamento. Assim. atuar numa peça. quanto mais velho e mais experimentado o aluno. explosão de ideias. Outras são diretas. Quando o aluno tem muitas experiências da vida real é mais fácil para ele aprender por experiências indiretas. tais como. equipes de observadores. parlamento. grupo de discussão. As experiências diretas usam mais os sentidos do que as experiências indiretas. O professor pode desafiar o aluno com um problema pedindo-lhe que escreva o que gostaria de aprender. Podemos também utilizar bons métodos e lembrando que nenhum método em si mesmo é eficaz ou não. simpósio. painel. ou pedindo para revelar os seus problemas.Há muitas espécies de experiências. Os métodos dependem dos propósitos a serem alcançados e de uma somatória de fatores entre educador e aluno. 3 . discussão formal. E aqui podemos falar do grande desafio de melhorar a aprendizagem. o educador pode adaptar a lição às necessidades dos alunos.

A aprendizagem ainda pode ser melhorada através do planejamento de uma ação. No entanto. métodos e o resultado podem ser avaliados. ajudam na apresentação do assunto. Mas surge a grande pergunta: Como podemos vencer os obstáculos na aprendizagem? Experiência e aprendizagem muitas vezes acontecem em grupos.Um grande aliado na tarefa de ensinar atualmente são os recursos audio visuais. Pois. do tamanho do grupo. Material de estudo. apresentações em data-show. melhoram a aprendizagem. ajudam os alunos a praticarem o que. Podemos escolher vários métodos audiovisuais: filmes e desenhos diversos. cartazes. As atividades da ação contínua ampliam o período de ensino. 4 . porém nenhum recurso audiovisual é em si mesmo eficaz ou não. Cada educador precisa ser hábil pra saber usá-los. do equipamento. E esta aprendizagem pode ser melhorada também pela avaliação dos resultados. por exemplo. Os processos audiovisuais são de grande valor. estão aprendendo e acrescentam objetivo ao estudo. especialmente quando se trata de uma mudança de atitude. Pois eles atraem e despertam a atenção. A avaliação é um levantamento para ajudar o professor a ter uma direção. Ë mais fácil medir-se as mudanças de habilidade e conhecimento do que as mudanças de atitude. muitas vezes a aprendizagem em grupo é difícil. Os recursos audiovisuais dependem da habilidade do educador. Pode ser coletiva como a participação em um passeio ou qualquer atividade em conjunto. do tempo disponível e do custo. A ação contínua pode ser uma atividade individual como. mapas e quadros e etc. Os obstáculos que impedem uma aprendizagem eficiente podem ser vencidos pelo conhecimento das coisas que impedem a aprendizagem. do propósito. O produto é parte mais difícil da avaliação. As atitudes são desejáveis pelos produtos de atividades de aprendizagem. ao alunos “são meninos que nasceram assistindo a efeitos especiais” . A ação contínua é o meio de fazer permanecer um esforço inicial. Os membros do grupo ensinam uns aos outros e aprendem uns dos outros. aumentam a retenção. Todos eles apresentam vantagens e desvantagens. a leitura de um livro. da habilidade dos alunos.

Apropriando-se de seus limites e potencialidades é que o professor vai ganhar força para se tornar um verdadeiro agente de mudanças. muito pequeno ou grande demais. Encontramos também indivíduos egoístas. Os obstáculos podem ser vencidos quando o educador se empenha para superá-los. Pois novos problemas surgem a cada dia. Os alunos sentir-se-ão seguros e confiantes ao estudar em ambientes onde os mestres são motivados. então pode saber o que ensinar e como ensinar. Conversar particularmente com os educandos. O pensar precisa ser privilegiado no lugar do simples memorizar. providenciar um lugar confortável. Outras não se sentem à vontade para revelar o que pensam. Inclusive e primeiramente a sua própria atualização.Algumas vezes o lugar é impróprio. Outras vezes o ar é muito abafado. 5 .. isto é. Certas pessoas ficam frustradas quando outras não concordam com elas. juntamente com a estimulação e a diversificação de atividades integradoras. É imperativo ao professor se auto-conhecer. Atitudes diferentes também tornam a aprendizagem difícil. O educador deve respeitar opiniões. ou o grupo é muito grande. a escola é bem estruturada e onde há um incentivo contínuo ao raciocínio. Mas todas estas dificuldades podem ser superadas até certo ponto. ou muito aglomerado. com um ensino organizado em áreas de conhecimento a fim de que educandos reflitam de maneira ampla e possam alcançar a possibilidade de obter resultados de raciocínio lógico encontrando por si mesmos outros caminhos que não seja apenas uma regra. Quando o professor descobre as necessidades dos alunos e como eles aprendem. relacional de cada aluno. pois os alunos estão cada vez mais antenados e conectados a todos os meios de comunicação devido ao acesso à tecnologia. permitir livre expressão e tomar as medidas necessárias para uma aprendizagem eficiente. Sentem-se como peixe fora d’água. emocional. Professores precisam voltar a estudar e valorizar a transmissão de um ensino inteligente. com ênfase na formação cultural..

E a escola por sua vez precisa reaprender a ser uma organização efetivamente significativa. Os medos seriam vencidos e a busca por novas oportunidades estaria presente em cada situação da vida desta pessoa. no uso das tecnologias de comunicação mais modernas. estimulador de descobertas. Uma escola centrada efetivamente no aluno e não no conteúdo. 6 . não por escolha real. E outro ponto importante é que o material tem de ser potencialmente significativo. interesse. nem medidas simples. que desperte curiosidade. A maior parte do tempo freqüentamos as aulas porque somos obrigados. com o cotidiano. que sejam efetivamente mediadores mais do que informadores. retardam as mudanças. A escola é previsível demais. das suas preocupações. das demandas atuais. curiosidades e construir um currículo que dialogue continuamente com a vida. por motivação. currículos. em novas metodologias. burocrática demais. procedimentos. A escola precisa partir de onde o aluno está. A maioria das escolas e universidades se distanciam velozmente da sociedade. por aproveitamento. pouco estimulante para os bons professores e alunos. Não há receitas fáceis. No processo educativo o significado que o sujeito dá ao material aprendido deve ter a marca do próprio sujeito. Mas essa escola está envelhecida nos seus métodos. Para que essa aprendizagem aconteça o aluno precisa ter uma disposição para aprender. empreendedora. Educadores que organizem mais atividades significativas do que aulas expositivas. necessidades. por interesse. É aproveitar tudo aquilo que ele já tem armazenado no seu campo cognitivo e utilizar como norte para o desenvolvimento da aprendizagem. inovadora. Sobrevivem porque são os espaços obrigatórios e legitimados pelo Estado. bem remunerados e formados em conhecimentos teóricos. As escolas conservadoras e deficientes atrasam o desenvolvimento da sociedade.Cada aluno seria preparado para a vida em suas competências. argumentações e habilidades. Precisa de bons gestores e educadores.

pesquisar. Hoje milhões de alunos passam de um ano para o outro sem pesquisar. porque os cursos de formação de professores estão. levantam barreiras. o importante para o educador é encontrar a ponte motivadora para que o aluno desperte e saia do estado passivo. jogos. ações que são traduzidos pelos alunos como positivos ou negativos. produzir novas sínteses fruto de descobertas. É um conjunto de intenções. gestos. pesquisa. É muito tênue o que fazemos em aula para facilitar a aceitação ou provocar a rejeição. Não guardam nada de interessante do que fizeram a maior parte do tempo. palavras. A escola precisa cada vez mais incorporar o humano. Partindo de situações concretas. pesquisar. de uma aventura pedagógica (desejo de aprender) ou. Há uma sensação de inutilidade em muitos conteúdos aprendidos só para livrar-se de tarefas obrigatórias. a afetividade. 7 . o desejo de participar de um processo grupal de aprendizagem. de histórias. a ética. O modelo de passar conteúdo e cobrar sua devolução é ridículo. pelo contrário. que desmobilizam.É uma mudança cultural complicada. comparar. teoria a partir do concreto. Quanto menor é o aluno mais práticas precisam ser as situações para que ele as perceba como importantes para ele. práticas e incorporar informações. Não podemos dar tudo pronto no processo de ensino e aprendizagem. ir atrás. Aprender hoje é buscar. distantes tanto das novas metodologias como das tecnologias. sem gostar de ler. vídeos. Aprender exige envolver-se. cases. Mesmo compreendendo as dificuldades brasileiras. comunicar. mas também as tecnologias de pesquisa e comunicação em tempo real. sem situações significativas vividas. que facilitam a interação. produzir. Com tanta informação disponível. reflexões. desconfianças. a escola que hoje não tem acesso à Internet está deixando de oferecer oportunidades importantes na preparação do aluno para o seu futuro e o do país. Só a aprendizagem viva e motivadora ajuda a progredir. tão atrasada ou mais ainda do que a educação básica. de espectador. E isso chega até a universidade. em geral.

desenvolvem competências e mudam o comportamento. não somente ao que fala. Se um professor une a competência intelectual. na vida é um fator importante para o sucesso pedagógico. É a proposta de que uma nova educação forme pessoas mais preparadas para a vida e resulte em uma nação cada vez melhor. que varie suas técnicas e métodos de organizar o processo de ensino-aprendizagem. o humor. que sabe jogar com as metáforas. que se adapta às circunstâncias. que traga novidades. As técnicas de comunicação também são importantes para o sucesso do professor. A junção da fala competente com a pessoa coerente é poderosa didaticamente. que conta histórias interessantes. pois nosso aprendizado permaneceu durante décadas focado no ler. 8 . com atraso. que tem feeling para sentir o estado de ânimo da classe. Estes estão muito atentos à pessoa do professor. escrever e calcular.O sucesso pedagógico depende também da capacidade de expressar competência intelectual. Esquecemo-nos que o ser humano precisa de compreensão ampla sobre o cotidiano e o mundo para interagir de maneira saudável com a vida. Os alunos gostam de um professor que os surpreenda. de mostrar que conhecemos de forma pessoal determinadas áreas do saber. Um professor que fala bem. a emocional e a ética causa um profundo impacto nos alunos. sem dúvida consegue bons resultados com os alunos. que usa as tecnologias adequadamente. A pessoa fala mais que as palavras. O processo de aprendizagem pode ser definido de forma sintética como o modo como os seres adquirem novos conhecimentos. que as relacionamos com os interesses dos alunos. que podemos aproximar a teoria da prática e a vivência da reflexão teórica. A coerência entre o que o professor fala e o que faz. E é uma verdade que essa nova educação está batendo às portas das escolas brasileiras.

a chave do desenvolvimento. FRUTUOSO.htm> (12.com/articles/6529/1/aprendizagem-significativa/pagina1. Suzane G.usp. publicada em 01/08/2008.01.org/wiki/Aprendizagem 9 . FRUTUOSO. A educação é nosso maior desafio.br/prof/moran/significativa. Leroy. Revolução na escola. Francisco Alves. JUERP.wikipedia. Set. Ensino Dinâmico e Criativo. p. p.10) SANTOS. São Paulo: Editora Três.09) http://www. Aprendizagem significativa.com. 62-65. Júlio César Furtado dos. Revista ÉPOCA. p.BIBLIOGRAFIA AQUINO. Entrevista ao Portal Escola Conectada da Fundação Ayrton Senna. Rute de.01.juliofurtado. 2ª edição.146.< http://www. 2010. São Paulo: Editora Globo. 2009. FORD.eca.html http://pt. Tradução de Silvino Carlos Figueira Netto. Suzane G. Revista ISTOÉ. 1978. Dez. José Manuel. Jan. < http://www.webartigos. Rio de Janeiro. 80-85. & FILHO. Educação.pdf> (12. 2009. São Paulo: Editora Três. 147p.br/textodesafio. Revista ISTOÉ. MORAN. O desafio de promover a aprendizagem significativa.