Você está na página 1de 9

AULA 06- SÍNDROME DO INTESTINO CURTO

LIPIDIOS Como classifica lipídeos? Cadeias longas e curtas numero de carbonos na cadeia 3 corpos cetonicos mais conhecidos: butirato, glutarato, e acetoacetico Onde você tem aumento? Cetoacidose O que tem no carboidrato e lipedio? Carbono, hidrogênio e oxigênio . Qual a diferença entre eles? No lipídeo pode ter dupla ligação e o tamanho. Por que gostamos tanto de gordura? Aporte energético

Função Reserva energética Paladar de alimentos Vitaminas lipossolúveis Integrantes da membrana celular e da bainha de mielina que precisa mais de lipídios quem precisa de mais lipídeo? Criança. Por que? Por causa do desenvolvimento do SNC cérebro precisa de mais lipídeos Gordura: quem não absorve tem deficiência em vitamina A,D,K

CLASSIFICAÇÃO Trans: carbono na posição trans suportar as mudanças de temperatura Saturado: sem duplas ligações Insaturados: com dupla ligação Polissaturado: mais de duas duplas ligações Cadeia do ômega-6 e ômega-9 : organismo consegue introduzir o carbono Dupla ligação: maior mobilidade e passar por lugares. Quem forma placa de ateroma? Saturados e lipídeos trans porque o organismo não reconhece O que é o lipídeo trans muda de configuração? Para suportar a mudança de temperatura

AULA 06- SÍNDROME DO INTESTINO CURTO LIPIDIOS Como classifica lipídeos? Cadeias longas e curtas  numero
 

novos carbonos

e

vao

chegar a cadeias longas Ômega 6: com a introdução de cadeias: vai formar o ac araquidônido que participa da cascata da cadeia da formação das plaquetas

Proporção de ômega 3 e 6 :

5:1

O mega-6: é pro inflamatório

Soja:

ômega

3/

peixe

grande oxidação no

ômega 6

 

organismo podem levar

Ômega

6

e

ômega 3:

por

alteração do funcionamento

causa da posição do radical

celular

metila

SABER: CADEIA DO MEGA

 

3,6,9

podem

introduzir

30

AMINOÁCIDOS

AMINOÁCIDOS  Leite materno: tem todos os aminoácidos essências + taurina  Leite materno de neném

Leite materno: tem todos os aminoácidos essências + taurina

Leite materno de neném pre maturo: diferença por adaptação biológica

Prolina: formação de colágeno

Essenciais: 9 aminoácidos se não tiver em níveis adequados, não

funciona o organismos adequadamente e pode levar a intoxicação (como a fenilcetuniuria) Aminoácidos do leite materno: todos essenciais + taurina + cisteina

Prolina: produção de colágeno

SINDROME DO INTESTINO CURTO

É a má absorção na presença de um intestino encurtado

Causa: falência intestinal

RN: 2m de intestino

Prioridade do corpo humano: cérebro, coração, pulmão, rim e por ultimo

intestino Ex: acidente grave que no 7 dia teve distensão abdominal e boa parte do

intestino está necrosado e corta. Se você perdeu 2 metros de 6 metros e tem doença de crohn não terá a mesma evolução a função e o tamnho são importantes que podem levar a falência intestinal tratamento: transplante tem baixa eficácia O individuo com falência intestina tratamento: transplante eficácia

pequena devemos saber a fisiologia Gastroquise: o que o cirurgião vai fazer? Vai deixar uma proteção. Pode ser que perca uma parte do intestino.

30

Volvo acontece tanto em criança como em adulto. Como é a historia? Ele

vai chegar e vai falar com dificuldade de evacuar e distenção abdominal Onfalocele: com a presença de capsula

Nestas duas doenças pode ser que haja perda parte do intestino

Pessoas que perdem peso rápido e desnutrite: perde a coloração do

omento intestinal leva a formação da sustentação gera o volvo Intestino grosso: reservatório de fezes tem fucao absortiva também

Delgado: absorção de agua, mineirais, liberação de hormônios,

placa de bayer = órgão imnunocompetente = qual é o órgão com mais

células competentes? O intestino porque tem maior contato com antígenos intestino grosso: reservatório de merda

VALVULA ILEOCECAL Fica entre o íleo e o ceco Tiplite: apendicite do imunodeprimido Função: impede que o fluxo vai de baixo para cima ou seja, impede que a merda junto com as bactérias ascendam para o intestino é rico em bactérias ; Se vc não tem a válvula: maior risco de infecções e menor absorção

 Volvo acontece tanto em criança como em adulto. Como é a historia? Ele  vai

COLÓN Retirar o colón: prejudica a reserva da merda

31

Função: produção de ácidos graxos de cadeia curta e vitamina k;

reabsorção de agua e eletrólitos, modulação da evacuação O colón é a ultima chance para reabsorver os nutrientes

Bactérias veem a lactose e inicia a fermentação distensão colonica

cólica diarreia Se o paciente tem intestino curto, não pode tomar leite

Como absorver vit k: vegetal verde escuro

Quem usa inibidor de vit k como a varfarina , não pode comer maionese

 Função: produção de ácidos graxos de cadeia curta e vitamina k;  reabsorção de agua

ABSORÇÃO DE NUTRIENTES E ADAPTAÇÃO DO INTESTINO

32

É melhor retirada o jejuno em algumas doenças  porque tem maior adaptação fisiológica com o

É melhor retirada o jejuno em algumas doenças porque tem maior adaptação fisiológica com o íleo e duodeno redução da necessidade nutrição parenteral Quando que começa a ter hiperplasia? A vida toda No intestino, a hiperplasia vai até 3-4anos e a hipertrofia vai de 5- adiante A hipertrofia, como acontece? Usando é tratamento para intestino curto Quando vc sente o cheiro de uma comida gostosa, o organimos começa a liberar acido para preparar o intestino tem a dilatação hormônios da saciedade libera a partir do delgado e íleo mecanismo de feedback negativo Em paciente com intestino curto, faz a retirada o transito é rápido forma ulceras usar inibidores de bombas de prótons (IBP) é necessário nos primeiros momentos para prevenir a ulcera

ADAPTACAO DO INTESTINO REMANESCENTE

ILEO

33

 Não tem a capacidade de adaptação do jejuno  Deficencia em b12  Ausência de

Não tem a capacidade de adaptação do jejuno

Deficencia em b12

Ausência de circulação enterro- hepática com depleção do pool de acids

biliares e mínima emulsificação da gordura em micelas Se não tiver a válvula, a bactéria vai subir

Na diarreia, temos que usar colestinamina (medicamento que quebra a

gordura) Quando retiramos temos esteatorreia = erda de gordura nas fezes

Azotemia: aumento da ureia

Azotemia: aumento de hidrogênio

Se

eu tenho

um

paciente com anasarca, quais são HD? Síndrome

nefrótica Doença com ma absorção de gordura: pancreatite tem deficiência de lipase

Ca: forma o oxalato de cálcio quebra o cálcio e o oxalato fica sozinho

no sangue junta com o cálcio forma uma pedra maior proporção

de ter a litíase renal

 

Onde tem oxalato? Café, chá

FASES:

34

  Aguda: parenteral Na adaptação: sera melhor se tiver uma dieta com oligomérica (com proteínas
Aguda: parenteral
Na adaptação: sera melhor se tiver uma dieta com oligomérica (com
proteínas pequenas e trigliceris em tamanhos menores)  começa a
gerar a hipertrofia  melhor absorção

DEFICIENCIAS MAIS COMUNS

Paciente com intestino curto pode fazer qualquer deficiência

Na: absorvido no íleo = em agua

K: por que cai potássio? Hiperatividade da adrenal que retém sódio

se cai a pressão oncótica cai o funcionamento do SRAA = acontece na síndrome nefrótica e ...

DEFICIENCIA EM B12 absorção no estomago nas células parientais produz o FI e se juntam com a cobalatamina quando vai ter deficiência em b12: (pegar no audio) o paciente vai receber b12 em IM Em veganos, pode dar b12 V.O

Anemia megaloblástica: macrocitica e hipercromica

DEFICIENCIA EM ZN = VAI CAAAAAAIIIIIIIRRRRRR NA PROVAAAAA

PEGAR NOS SLIDES E AUDIO

35

Toda pomada tem zinco para proteger da dermatite

DEFICIENCIA EM SELENIO = VAI CAAAAAAIIIIIIIRRRRRR NA PROVAAAAA

DEFICIENCIA EM VITAMINA A Cegueira noturna: primeiros sinais de acometimento dos bastonetes Ausência: deixa a pele velha Se a criancao tem sarampo, da vitamina A para proteger o pulmão e é a causa mais comum de morte

DEFICIENCIA EM VITAMINA E

DEFICIENCIA EM VITAMINA K Importante para via extrínseca da coagulação: 2, 7, 9, 10 Ativa a osteocalsina Na deficiência:

36

37