Você está na página 1de 5

ESCRITÓRIO IMOBILIÁRIO

c. 7948

CONTRATO DE LOCAÇÃO

LOCADOR : CARLOS DOMINGOS BRAGA


LOCATÁRIO : NIVALDO MARTINS
IMÓVEL : QE 38 CONJUNTO “H” CASA 23 – GUARÁ II - DF
VIGÊNCIA : 30/12/2013 À 30/12/2014.
R$ : 1.900,00 (HUM MIL E NOVECENTOS REAIS). DESCONTO PONTUALIDADE DE R$100,00(CEM REAIS).

Entre as partes, na qualidade de LOCADOR(A) o(a) Sr(a) CARLOS DOMINGOS BRAGA, brasileiro,casado, portador do CPF nº
033.100.271-04 e RG nº 188.785 -SSP/DF ,residente e domiciliado nesta capital e na qualidade de LOCATÁRIO(A): NIVALDO
MARTINS, brasileiro, aposentado do GDF, portador da CI nº 949.837- SSP/DF e do CPF nº 372.857.421-04, união estável com a
sra: AREMI PAULINO DA SILVA, brasileira, decoradora de festa, portadora da CI nº957.749 –SSP/DF e do CPF nº.
373.303.061-34 residentes e domiciliados Nesta Capital Federal , à QNM 04 CONJ. B CASA 48 CEILÂNDIA NORTE - DF, fone, 61-
3965-5233 / 9293-2759 E 9814-6930, têm justos e contratados o disposto nas Cláusulas seguintes:

I - DO IMÓVEL

a) O objeto do presente contrato é o imóvel sito à QE 38 CONJUNTO H CASA 23 – GUARÀ-II- DF ,composta de: SALA, 4 QUARTOS, 03
BANHEIROS, COPA, COZINHA, DISPENSA, TERRAÇO COM CHURRASQUEIRA E SALÃO DE JOGOS, ÁREA DE SERVIÇO COBERTA
E GARAGEM COBERTA, COM PINTURA NOVA NOS TETOS E PAREDES, obrigando-se assim, conservá-lo, e restituí-lo no termo do
presente contrato, na conformidade do disposto na cláusula XIV;

II - DO PRAZO

a) O presente contrato entrará em vigor no dia 30-12-2013 e findará a 30-12-2014 improrrogavelmente, independente de qualquer aviso ou
notificação judicial ou extrajudicial;
b) Entender-se-á prorrogado por tempo indeterminado a locação no caso de ausência de qualquer manifestação conjunto do(a)
LOCADOR(A) ou LOCATÁRIO(A), por escrito, até 30(trinta) dias antes do término do prazo estatuído na letra “a”.
c) Com ressalva do disposto na Cláusula X, antes do vencimento do presente contrato não poderá o(a) LOCADOR(A) reaver o imóvel,
senão ressarcindo ao(a) LOCATÁRIO(A) as perdas e danos resultantes, que equivalerão ao montante de 3(três) aluguéis, nem poderá
o(a) LOCATÁRIO(A), sob qualquer pretexto, devolver o imóvel, senão pagando ao (a) LOCADOR(A), também 3(três) aluguéis.

III - DO ALUGUEL E DAS MULTAS

a) O valor mensal do aluguel é de R$ 1.900,00 (Hum mil e novecentos reais), com desconto de pontualidade no valor de R$100,00 (cem reais)
para pagamento no vencimento, (a) LOCATÁRIO(A) pagará ao LOCADOR até o dia 30 de cada mês.
b) O aluguel será reajustado anualmente, ou no prazo mínimo permitido por lei, tomando-se por base o IGPM da Fundação Getúlio Vargas ou
outro índice obrigatório;
c) c) Caso o aluguel não seja pago até o prazo estatuído na letra “a” será acrescido de mais 10%(dez por cento) sem prejuízo do
reajustamento ordinário de que cuida esta Cláusula, a título de multa, juros de mora de 1%(hum por cento) ao mês e correção monetária.

PARÁGRAFO PRIMEIRO - Após o décimo dia, depois do vencimento do aluguel o LOCADOR , poderá enviar o recibo de aluguéis e de
encargos locatícios para cobrança por meio de seu advogado, respondendo o(a) LOCATÁRIO(A) pelos honorários advocatícios mesmo que a
cobrança seja extrajudicial; se for judicial, deverá pagar as custas dela decorrentes.

PARÁGRAFO SEGUNDO - O pagamento do aluguel antes do vencimento não constitui obrigação do(a) LOCATÁRIO(A) nem exigência ou
cobrança do LOCADOR(A), ficando entendido que, se tal foto ocorrer, será por livre vontade e conveniência do(a) LOCATÁRIO(A).
d) Caso o(a) LOCATÁRIO(A) efetue o pagamento do aluguel em cheque e se o referido cheque for devolvido por qualquer motivo, o(a)
LOCATÁRIO(A) deverá pagar a multa e demais encargos moratórios determinados na letra “c” da presente cláusula.

IV - DOS IMPOSTOS - TAXAS - ENCARGOS

1
EQ 31/33 ED. CONSEI SALA 620 – GUARÁ II – Brasília/DF – Cep: 71.065-315 -  3382-8384
ESCRITÓRIO IMOBILIÁRIO
c. 7948

a) O aluguel acima convencionado será sempre acrescidos das taxas, encargos e tributos que oneram ou que venham a onerar o imóvel ora
locado, e serão exigidos os comprovantes juntamente com o aluguel mensal, inclusive, o Imposto Predial e Territorial Urbano; água e
esgoto e luz.
b) No ato do pagamento do aluguel o LOCATÁRIO(A) se obriga a apresentar devidamente quitadas as contas de IPTU, taxas de lixo, água,
luz e outras que forem de sua obrigação, relativas ao período anterior e já previsto no item “a” da presente cláusula;

PARÁGRAFO PRIMEIRO - A não comprovação do pagamento dos encargos acima especificados poderá ensejar ao LOCADOR, a recusa
pura e simples de receber o valor do aluguel sujeitando-se o(a) LOCATÁRIO(A) à todas as sanções previstas neste contrato, especialmente
aqueles da letra “c” da cláusula III.
c) A falta do pagamento de qualquer conta da linha telefônica incorporada ao imóvel objeto deste contrato, até a data de vencimento estipulada
permitirá que o LOCADOR, providencie o desligamento do aparelho junto à Cia. Telefônica, podendo inclusive retirá-la, sem nenhum
compromisso de repô-la, reservando-se ainda no direito de cobrar judicialmente qualquer débito relativo a referida linha.

V - DO USO DO IMÓVEL

a) O imóvel destina-se exclusivamente ao uso residencial, sendo proibido ao LOCATÁRIO(A) sublocá-lo, cedê-lo, ou emprestá-lo no todo ou
em parte, seja a que título for;
b) (PARA LOCAÇÕES EM EDIFÍCIOS): O imóvel objeto desta locação faz parte integrante onde se localiza, subordinando-se, em
conseqüência às obrigações previstas na convenção dos condomínios, que o(a) LOCATÁRIO(A) se obriga a respeitar acatando, ainda,
integralmente, as deliberações aprovadas nas assembléia gerais, da mesma forma quanto ao Regulamento Interno do Edifício, que é do
pleno conhecimento do(a) LOCATÁRIO(A), valendo como se aqui estivesse transcrito;
c) O imóvel não poderá ser utilizado para fins diversos do mencionado na alínea “a” desta cláusula, nem poderá o seu uso, sob pena de
despejo, comprometer a moralidade, os bons costumes ou o sossego dos vizinhos;
d) Sob pena de responsabilização civil do(a) LOCATÁRIO(A), deverão ser imediatamente levados ao conhecimento do LOCADOR,
quaisquer papéis ou documentos entregues aos cuidados do morador, desde que se refiram aos interesses do LOCADOR(A) ou do
imóvel;
e) Cumpre ao(a) LOCATÁRIO(A) fazer imediata comunicação ao LOCADOR, pôr escrito sempre que ocorrer qualquer avaria grave na
estrutura ou nas instalações do imóvel, onde não poderão ser depositados artigos inflamáveis, explosivos ou de fácil deterioração;
f) Responderá o(a) LOCATÁRIO(A) pelo incêndio lavrado no imóvel, se não provar caso fortuito ou força maior, vício de construção ou
propagação do fogo originado em outro prédio ;

g) A ocorrência de desastres desencadeados por força da natureza ou sobre-humanas, tais como faíscas elétricas, inundações,
desabamentos, abalos sísmicos, não ocasiona responsabilidade solidária do LOCADOR(A) pelos eventuais danos materiais ou pessoais
acaso surgidos, com relação as pertenças, ao haveres e a segurança pessoal dos moradores;

h) Depois de uma verificação minuciosa, o(a) LOCATÁRIO(A) declara receber o imóvel em bom estado de conservação e obrigando-se pela
sua conservação mantendo-o em bom estado de higiene e limpeza, responsabilizando-se também pela reparação imediata de qualquer
estrago ou má conservação causada por si mesmo, por dependentes ou visitantes, desde que não provenham do uso normal do imóvel,
obrigando-se ainda a restituí-lo, quando finde a presente locação no estado em que o recebeu, isto é, limpo, pintado e conservado com
todas as instalações decorrentes do uso normal e da ação de tempo.

i) Fica estipulado que as pinturas que o(a) LOCATÁRIO(A) desejar para manutenção do imóvel serão feitas em cores, tipo e qualidade, por
sua própria conta e sob a aprovação do LOCADOR(A).

VI - DAS REPARAÇÕES E BENFEITORIAS

a) O(a) LOCATÁRIO(A) deverá fazer por sua exclusiva conta, com urgência, solidez e perfeição, todas as reparações e consertos de que o
imóvel necessitar (artigo 1.206 do Código Civil Brasileiro);
b) Sem prévia autorização do(a) LOCADOR(A), por escrito, não poderá ser introduzida qualquer modificação estrutural no imóvel, ainda que
necessária. Uma vez realizadas, ficarão definitivamente incorporadas ao imóvel, independentemente de indenizações e sem ensejo a
retenção úteis ou necessárias, as quais não poderão ser retiradas;

2
EQ 31/33 ED. CONSEI SALA 620 – GUARÁ II – Brasília/DF – Cep: 71.065-315 -  3382-8384
ESCRITÓRIO IMOBILIÁRIO
c. 7948

c) Todos os melhoramentos, obras, consertos, reparações e benfeitorias ficarão incorporadas ao imóvel de pleno direito sem que o(a)
LOCATÁRIO(A) tenha sobre elas direitos de retenção;

VII - DA TOLERÂNCIA - MULTAS

Se na vigência da locação, para o LOCADOR(A) admitir qualquer tolerância no cumprimento das obrigações pactuadas, tal tolerância jamais
poderá ser admitida como modificações do presente contrato, não dando ensejo a novação constante do Código Civil Brasileiro,
permanecendo, a todo tempo, em vigor todas as cláusulas do presente contrato, como se nenhum valor houvesse intercorrido;

VIII - DA INFRAÇÃO CONTRATUAL

A infringência de qualquer uma das cláusulas e condições do presente contrato, ainda que o mesmo seja rescindido antes do término, sujeita a
parte infratora a cominação de multa equivalente a 10%(dez por cento) sobre o seu valor cobrável por via executiva, que as partes elegem
como hábil e legal, sem prejuízo de outras sanções cabíveis e de indenização por perdas e danos.

IX - DO ABANDONO DO IMÓVEL

A fim de resguardar-se o imóvel de qualquer eventualidade decorrente da ausência de morador, e no intuito de defender-se a sua integridade
contra possíveis esbulhos ou depredações, fica o(a) LOCADOR(A) expressamente autorizado(a) a ocupar o imóvel, independentemente de
qualquer procedimento judicial prévio, ainda que seja necessário o emprego de força para arrombá-lo, desde que fique suficientemente
comprovado o abandono do imóvel pelo(a) LOCATÁRIO(A), caracterizando-se também como abandono a ausência habitual e comprovada do
inquilino, após vencido o 2o. (segundo) mês sem pagamento dos aluguéis respectivos.

X - DA RESCISÃO

a) O presente contrato poderá ser rescindido, em qualquer tempo, pelo(a) LOCATÁRIO(A) desde que haja anuência das partes.

b) Além dos casos previstos em lei, será motivo para propositura de ação de despejo o descumprimento de qualquer obrigação ou cláusula
contratual;

c) A ocorrência de qualquer sinistro que afete a segurança ou a interioridade do imóvel, bem como a hipótese eventual de sua desapropriação,
acarretarão, também, a imediata rescisão deste contrato.

XI - DA GARANTIA FIDEJUSSÓRIA

a) Como fiador(es) e principal(is) pagador(es), assumindo solidariamente entre si e com o(a) LOCATÁRIO(A), o compromisso de bem e
fielmente cumprir(em) o presente contrato, em todas as suas cláusulas e condições, até a assinatura do termo de recebimento do imóvel
pelo LOCATÁRIO(A), assina(m) este pacto:, renunciando expressamente, aos benefícios de ordem previstos no artigo 1.491 e seguintes,
do código Civil devidamente autorizado(s) por seu(s) cônjuge(s), que também firma(m) o termo de fiança ora prestada;
b) A garantia fidejussória compreenderá quaisquer acréscimos, reajustes ou acessórios da dívida principal, inclusive Despesas Judiciais, ai
incluídos honorários advocatícios, taxas e mais cominações até o final liquidado de quaisquer ações movidas contra o locatário, em
decorrência do presente contrato;
c) O(s) fiador(es) desobriga(m) expressamente o locador de notificá-lo(s) judicial ou extrajudicial de quaisquer procedimentos contra o
locatário;
d) O(s) fiador(es) renuncia(m) expressamente ao benefício de prévia execução dos bens do afiançado, e não poderá(ão) sob qualquer
pretexto, exonerar-se desta fiança que é prestada sem limitação de tempo, até definitiva resolução do contrato de suas implicações;
e) Em caso de morte, incapacidade civil, falência, insolvência ou idoneidade moral ou financeira do(s) fiador(es), poderá o LOCADOR(A),
exigir a sua substituição o qual deverá ser cumprida no prazo de 15(quinze) dias, a contar da comunicação ao LOCATÁRIO(S), sendo que
a falta de cumprimento desta exigência, cuja satisfação ficará subordinada ao crivo do LOCADOR(A), que julgará da idoneidade do novo
fiador apresentado constituirá justa causa para a rescisão do contrato;
f) As obrigações fidejussórias correrão sob responsabilidade dos herdeiros ou sucessores do locatário falecido, no limite do tempo decorrido
até sua morte;

3
EQ 31/33 ED. CONSEI SALA 620 – GUARÁ II – Brasília/DF – Cep: 71.065-315 -  3382-8384
ESCRITÓRIO IMOBILIÁRIO
c. 7948

g) Fica compreendido e acordado entre as partes que, prorrogando-se o contrato por tempo indeterminado os fiadores continuarão
respondendo integralmente pela fiança ora prestada até o final da locação e conseqüente a entrega do imóvel devidamente desocupado e
com todas as obrigações locatícias cumpridas.

XII - DA VENDA E DO DIREITO DE PREFERÊNCIA

O(a) LOCATÁRIO(A), em caso de alienação do imóvel, tem direito de preferência, de acordo com o artigo 27 da Lei
nº. 8.245, de 18.10.91.
Entretanto, no caso não use o direito de preferência, deverá desocupar o imóvel objeto deste contrato, 60(sessenta) dias após ter sido
notificado, desde que comprovado a venda do imóvel.

PARÁGRAFO ÚNICO - Não fazendo uso da preferência, o(a) LOCATÁRIO(A) se obriga a mostrar o imóvel aos pretendentes a compra,
podendo, se for o caso, estabelecer hora dentro do período comercial.

XIII - DAS OBRIGAÇÕES SUCESSÓRIAS

As partes desde já se obrigam, por si, seus herdeiros ou sucessores, ao pleno, geral e irrenunciável cumprimento do presente contrato, em
todas as cláusulas, termos e condições.

XIV - DA RESTITUIÇÃO DO IMÓVEL

a) O termo legal do presente contrato dar-se-a com a assinatura, pelo LOCADOR(A) de um “Termo de recebimento do Imóvel”, o qual deverá
ser entregue ao(a) LOCATÁRIO(A) após a definitiva liberação do imóvel pelo mesmo, verificando previamente o estado geral do imóvel
com vista ao mesmo, verificando previamente o estado geral do imóvel com vista ao cumprimento das premissas relativas ao seu uso, e
desde que estejam liquidadas todos os encargos financeiros decorrentes do contrato.
b) Caso o imóvel seja entregue conforme especificação da cláusula I , poderá o LOCADOR, executar os serviços de reparação que se fizerem
necessários, mediante a tomada de preços de três profissionais especializados, ficando, desde já acertado que o não ressarcimento por
parte do LOCATÁRIO(A) ou de seus fiadores, das despesas efetuadas, autorizará a sua respectiva cobrança executiva, servindo de título
hábil o recibo passado pelo executante dos referidos serviços;
c) O(a) LOCATÁRIO(A) desde já faculta ao(a) LOCADOR(A), ou aos seus representantes, examinar ou vistoriar o imóvel locado sempre
com pré- aviso com no mínimo de 03(três) dias de antecedência.

XV –DOS FIADORES
a) Como FIADORES e principais pagadores de todas as obrigações que incumbem o LOCATÁRIO, assumindo solidariamente entre si
e juntamente com o afiançado, o compromisso de bem fiel cumprirem o presente contrato até a desocupação do imóvel, em todas as
suas cláusulas e condições, mesmo durante a prorrogação da locação, por prazo determinado ou não, com ou sem consentimento do
LOCADOR, até a efetiva e comprovada entrega do imóvel mediante TERMO ESCRITO, custas processuais e demais cominações,
até final de liquidação de quaisquer ações movidas contra o LOCATÁRIO, assinam o presente contrato: ROSÂNGELA DE
MORAIS, brasileira, divorciada, comerciante, proprietária da empresa Pigalle Pizzaria Ltda-ME situada a EQNL 13/15 BL. B LOJAS
02/03 TAGUATINGA - DF, portadora do CPF.nº 583.764.451-20 e CI nº 1.124.731 -SSP/DF, residente e domiciliada à QNL 11 BL. D –
APT. 123 – TAGUATINGA – DF TELEFONE 3336-1700/ 8613-1824, e MARIA DO SOCORRO BARROS COSTA, brasileira,
solteira, comerciária, portadora do CPF. nº 606.326.661-53 e RG nº 1.440.153 – SSP/DF, residente e domiciliado à SQS 213 BLOBO
J APART. 301 – ASA SUL – BRASÍLIA – DF, TELEFONE 9687-6909 e MARIA ELZA DA SILVA, brasileira, solteira, pensionista,
portadora do CPF nº. 419.612.771-15 e CI nº. 2.953.293 – SSP/DF RESIDENTE E DOMICILIADA A QN 09B CONJ. 01 LT 14 APTº
01 RIACHO FUNDO 2 – DF, TELEFONE 9153-5417 / 9542-6828, os quais renunciam ao benefício que se refere o Art. 827 do Código
Civil, bem como aos previstos nos Arts. 835 3 838 do mesmo Código e aos Art. 595 do Código de Processo Civil.

b) Na hipótese de serem os fiadores casados, seus respectivos cônjuges, igualmente assinam o presente contrato, na qualidade,
também de FIADORES da locação. O consentimento conjugal, portanto, obriga o cônjuge na solidariedade da garantia fidejussória
prestada ao afiançado, até o termo final da locação.

4
EQ 31/33 ED. CONSEI SALA 620 – GUARÁ II – Brasília/DF – Cep: 71.065-315 -  3382-8384
ESCRITÓRIO IMOBILIÁRIO
c. 7948

O(s) fiador(es) que obriga(m) solidários com as cláusulas e condições do presente contrato de locação, na forma do que consta da cláusula XI
e suas alíneas, se declara(m), sob as penas da lei e a vista das testemunhas abaixo assinadas, ser(em), para todos os atos e efeitos da
obrigação assumida.

XVI - DAS DESPESAS CONTRATUAIS

O custo de legalização deste contrato não é despesa de intermediação, correndo, portanto, por contato do(a) LOCATÁRIO(A), devendo ter
suas assinaturas reconhecidas por notório público desta capital, de forma clara, completa e legível.

XVII - DO FORO

Com renúncia expressa do qualquer outro, por mais privilegiado que seja, fica eleito o Foro do Distrito Federal para a solução de quaisquer
questões oriundas do presente contrato.
Estando todos de pleno acordo, justos e contratados, lavrou-se o presente instrumento de contrato em 03(três) vias de igual forma e teor, o qual
depois de lido e achado conforme, vai assinado pelas partes contratantes, pelo(s) fiador(es) e por duas testemunhas, a todo ato presente.

Brasília, DF, 30 de Dezembro de 2013.

CARLOS DOMINGOS BRAGA MARIA DA GLORIA DE OLIVEIRA


LOCADOR ADMINISTRADORA

__________________________________ _________________________________________
NIVALDO MARTINS AREMI PAULINO DA SILVA
LOCATÁRIO LOCATÁRIA

__________________________________ _________________________________________
MARIA ELZA DA SILVA MARIA DO SOCORRO BARROS COSTA
FIADORA FIADORA

__________________________________
ROSANGELA DE MORAIS
FIADORA

TESTEMUNHAS:

1)____________________________ 2)________________________________

5
EQ 31/33 ED. CONSEI SALA 620 – GUARÁ II – Brasília/DF – Cep: 71.065-315 -  3382-8384