Você está na página 1de 19

28/04/2018 Exercício de Fixação 1 (E1)

História, Filoso a e Sociologia da Educação


Painel / Minhas disciplinas / História, Filoso a e Sociologia da Educação / Exercício de Fixação 1
/ Exercício de Fixação 1 (E1)

Atividade anterior Próxima atividade

Iniciado em
sábado, 28 Abr 2018, 17:18

Estado
Finalizada

Concluída em
sábado, 28 Abr 2018, 18:06

Nota
10,00 de um máximo de 10,00(100%)

https://saladeaula.fael.edu.br/mod/quiz/review.php?attempt=6214245
1/19
28/04/2018 Exercício de Fixação 1 (E1)

Questão 1

Correto

Liderados por Inácio de Loyola, um grupo de estudantes da Universidade de


Paris uniu-se em 1534, dando início à chamada Companhia de Jesus, uma
congregação interessada em combater o avanço da Reforma Protestante.
Esse grupo procurou manter a estratégia de, por meio de seus
ensinamentos cristãos, converter pessoas ao catolicismo.
Sobre os fundamentos da Companhia de Jesus avalie as seguintes assertivas:

I.A busca pela perfeição humana por intermédio da palavra de Deus e a


vontade dos homens

II.A obediência absoluta e sem limites aos superiores.

III.A disciplina severa e rígida; a hierarquia baseada na estrutura militar; e a


valorização da aptidão pessoal de seus membros.
É correto apenas o que se a rma em:

Escolha uma:

a. II e III.

b. III.

c. I e III.

d. I, II e III.
 Conteúdo:
Educação jesuítica. Como veri ca-se na página indicada, segundo Neto (2008), os
principais fundamentos da Companhia de Jesus eram:
“[...] a busca pela perfeição humana por intermédio da palavra de Deus e a vontade
dos homens;
a obediência absoluta e sem limites aos superiores;
a disciplina severa e rígida;
a hierarquia baseada na estrutura militar;
e a valorização da aptidão pessoal de seus membros” (SHIGUNOV NETO;
MACIEL, 2008, [s. p.]). Inicialmente, o interesse na evangelização era espiritual.
Desejava-se a pregação, con ssão e catequização. No entanto, gradativamente, a
intenção de ensinar foi ocupando espaços maiores no projeto jesuíta. Página:
23.

e. I e II.

A resposta correta é: I, II e III..

https://saladeaula.fael.edu.br/mod/quiz/review.php?attempt=6214245 2/19
28/04/2018 Exercício de Fixação 1 (E1)

https://saladeaula.fael.edu.br/mod/quiz/review.php?attempt=6214245 3/19
28/04/2018 Exercício de Fixação 1 (E1)

Questão 2

Correto

Há aproximadamente trinta anos, ocorreu, gradativamente, uma mudança


no foco de pesquisa da história e, consequentemente, da história da
educação.Anteriormente,a história era pensada apenas pelo viés econômico
e quantitativo. [...] A chamada Nova História enfrentou o desa o de provocar
um afastamento das ciências sociais.Reviu seus conceitos e mudou as
antigasvisões para outras, como a preocupação com as redes de
sociabilidade, as situações vividas e as estratégias singulares.
(SILVA, A.M.L.L. da. História da educação: conceito. In: História, Filoso a e
Sociologia da Educação. Faculdade Educacional da Lapa (org.). Curitiba: FAEL,
2014.
Neste sentido, analise as seguintes a rmativas:

I.Na Nova História os grandes heróis dão espaço aos anônimos, o que não
desestrutura a história,pois sabe-se que a coletividade não des gura o
indivíduo.

II.Na Nova História são exaltados os grandes vultos da história brasileira.


Exalta-se certos nomes, a maioria de pessoas envolvidas na política, e
menospreza-se a participação de outros sujeitos da história.

III.Outros documentos do passado começam a merecer a atenção do


historiador.

IV.Na chamada Nova História a micro-história entra como a abordagem do


normal, do excepcional e das particularidades.

V.A Nova História está fundamentada em dois pontos de vista: o


estruturalista e o estatístico.
É correto apenas o que se a rma em:

Escolha uma:

a. I, III e IV.
 Conteúdo:
Nova História e História da Educação. Como veri ca-se nas páginas indicadas, na
chamada Nova História a micro-história entra como a abordagem do normal, do
excepcional e das particularidades, pois, sendo ela um estudo das sociedades, estes
novos objetos devem ser examinados em pequena escala. Os grandes heróis dão
espaço aos anônimos, o que não desestrutura a história, pois sabe-se que a
coletividade não des gura o indivíduo. Tais indivíduos e sociedades estão inseridos
em um espaço de sociabilidades marcado por diferenças e dependências. Contudo,
para entender essas relações, a história precisa enfrentar outro desa o, o de abrir o
https://saladeaula.fael.edu.br/mod/quiz/review.php?attempt=6214245 4/19
28/04/2018 leque para novos espaços de pesquisa, fontes,
Exercício análises
de Fixação e conceitos. Não é possível
1 (E1)

conhecer as relações sociais e culturais analisando apenas tabelas, grá cos ou


outras fontes numéricas. Outros documentos do passado começam a merecer a
atenção do historiador. Cabe ao historiador explorar estes signos e o universo de
símbolos presentes na “linguagem das linguagens”, decifrando os seus signi cados,
que são encontrados nas fontes, sejam elas quais forem, pois, na perspectiva
cultural, qualquer produção humana foi produzida em um ambiente cultural
(BURMESTER, 2003) e pode ser utilizada para conhecer e compreender as relações
sociais. As a rmativas II e V estão incorretas porque trazem características de
abordagem da História predominante até 1980, ou seja, da abordagem “antiga”.
Páginas:
9 e 10.

b. II e III.

c. I, II, III e IV.

d. I e V.

e. II e IV.

A resposta correta é: I, III e IV..

https://saladeaula.fael.edu.br/mod/quiz/review.php?attempt=6214245 5/19
28/04/2018 Exercício de Fixação 1 (E1)

Questão 3

Correto

Antoine Léon considera a abordagem histórica dos fatos da educação um


indispensável instrumento de análise das situações do presente, devido à
preocupação em relativizar os problemas atuais. Considera-a ainda como
uma fase preliminar da ação, ao evidenciar a ambiguidade de todas as
inovações, ao apontar os con itos que pontuam todo o processo evolutivo e
ao introduzir a exigência de longo prazo na avaliação dos efeitos
educacionais.
LOPES, E. M. T. Perspectivas históricas da educação. 5. ed. São Paulo: Ática,
2009.
Nesse sentido, compreende-se que:

Escolha uma:

a. A história da educação não é um instrumento de conhecimento, quando


possível, poderá lançar mão de ações em favorecimento da sua
compreensão.

b. A história da educação não é um instrumento de conhecimento e,


apenas de ação.

c. O estudo da história da educação auxilia na compreensão das relações


do presente, assim, pode-se dizer que a história da educação traz o
entendimento acerca do porquê as nossas escolas e instituições são o que
são.
 Conteúdo:
História da educação:
objeto de estudo. O estudo da história da educação auxilia na compreensão das
relações do presente, assim, pode-se dizer que a história da educação traz o
entendimento acerca do porquê as nossas escolas e instituições são o que são.
Conforme observa-se na página indicada,estudamos a história da educação para
compreender as relações do presente. Para Lopes (2009), o pesquisador está
comprometido com os problemas educacionais de hoje. Por isso, o seu olhar volta-
se para o passado, para descobrir onde esse problema surgiu e para tentar resolvê-
lo (por isso a alternativa C está incorreta). No entanto, a história da educação não
pode ser considerada pragmática, contrário ao que se a rma na alternativa B, assim
não pode ser considerada correta. Ela (história da educação) não serve para
resolver problemas, apesar de poder encontrá-los. A história da educação nos faz
compreender o presente. Faz com que entendamos por que as nossas escolas e
instituições são o que são. Por exemplo:
o estudo das leis educacionais nos faz compreender a organização da escola
através do tempo. Ela é um instrumento de conhecimento e, quando possível, de
https://saladeaula.fael.edu.br/mod/quiz/review.php?attempt=6214245 6/19
28/04/2018 ação. Página: Exercício de Fixação 1 (E1)

16.

d. Estudar a história da educação serve para descobrir onde surge o


problema, justi cando-o e eximindo-se da responsabilidade de resolvê-lo.

e. A história da educação é pragmática. Serve para resolver problemas, já


que pode encontrá-los.

A resposta correta é: O estudo da história da educação auxilia na compreensão


das relações do presente, assim, pode-se dizer que a história da educação traz o
entendimento acerca do porquê as nossas escolas e instituições são o que são..

https://saladeaula.fael.edu.br/mod/quiz/review.php?attempt=6214245 7/19
28/04/2018 Exercício de Fixação 1 (E1)

Questão 4

Correto

No contexto das transformações ocorridas a partir do século XI, surgiram


movimentos contrários à Igreja Católica, que seriam chamados de Reforma
Protestante. O primeiro deles foi liderado pelo monge agostiniano Martinho
Lutero, que, em 1517, declarou-se descontente com as práticas católicas e
escreveu 95 teses como forma de denunciar a corrupção que observava. A
Reforma Protestante condenava a avareza, a usura e o paganismo. Também
criticava a Igreja quanto a não deixar os seus éis fazerem a leitura e tirarem
a sua própria interpretação dos textos sagrados. Lutero começou a traduzir
a Bíblia para o alemão e incentivou a sua leitura.
(SILVA, A.M.L.L. da. Educação no Brasil: da Colônia aos anos de 1930 do
século XX. In: História, Filoso a e Sociologia da Educação. Faculdade
Educacional da Lapa (org.). Curitiba: FAEL, 2014.
Na perspectiva do texto acima, analise as seguintes asserções:
A Reforma Protestante não mudou apenas a forma como enxergar a religião,
mas conseguiu mexer com as ditas estruturas educacionais.
PORQUE
Com a Reforma Protestante a leitura e a escrita já não eram mais privilégio
dos religiosos.
A respeito dessas asserções, assinale a opção correta:

Escolha uma:

a. A primeira asserção é uma proposição verdadeira, e a segunda, uma


proposição falsa.

b. As duas asserções são proposições verdadeiras, e a segunda é uma


justi cativa correta da primeira.
 Conteúdo:
Reforma protestante. As duas asserções são proposições verdadeiras, e a segunda
é uma justi cativa correta da primeira. A Reforma Protestante não mudou apenas a
forma como enxergar a religião, ela conseguiu mexer com as ditas estruturas
educacionais, já que a leitura e a escrita não eram mais privilégio dos religiosos.
Página:
22.

c. As duas asserções são proposições verdadeiras, mas a segunda não é


uma justi cativa da primeira.

d. A primeira asserção é uma proposição falsa, e a segunda, uma


proposição verdadeira.
https://saladeaula.fael.edu.br/mod/quiz/review.php?attempt=6214245 8/19
28/04/2018 Exercício de Fixação 1 (E1)
e. As duas asserções são verdadeiras, porém, uma não complementa a
outra.

A resposta correta é: As duas asserções são proposições verdadeiras, e a


segunda é uma justi cativa correta da primeira..

https://saladeaula.fael.edu.br/mod/quiz/review.php?attempt=6214245 9/19
28/04/2018 Exercício de Fixação 1 (E1)

Questão 5

Correto

Em 1822, o Brasil deixou de ser governado por Portugal. Sua independência


foi liderada pelo futuro sucessor do trono português. Dom Pedro I tornou-se
o primeiro imperador do Brasil, em uma ação planejada e desejada.
(SILVA, A.M.L.L. da. Educação no Brasil: da Colônia aos anos de 1930 do
século XX. In: História, Filoso a e Sociologia da Educação. Faculdade
Educacional da Lapa (org.). Curitiba: FAEL, 2014.
A respeito do contexto educacional nesse novo acontecimento avalie as
seguintes assertivas:

I.A educação era e ciente e abrangia a todos.

II.O foco do governo estava voltado para o ensino superior.

III.A elite estudava por meio das aulas avulsas, muitas das vezes ministradas
nas escolas confessionais.

IV.Cursos superiores, técnicos e escolas religiosas, colégios públicos e


particulares continuaram sendo abertos na tentativa de acompanhar o
crescimento da elite brasileira.

V.A maioria dos colégios secundários estava nas mãos de instituições


públicas.
É correto apenas o que se a rma em:

Escolha uma:

a. III e IV.

b. I, II, III, IV e V.

c. II, III e IV.


 Conteúdo:
Educação no Brasil:
da sede da Coroa para o Império. Conforme veri ca-se nas páginas indicadas, no
governo de Dom Pedro I oscursos superiores, técnicos e escolas religiosas, colégios
públicos e particulares continuaram sendo abertos na tentativa de acompanhar o
crescimento da elite brasileira. O discurso sobre a educação podia parecer e ciente,
mas na realidade faltavam verbas e a população menos abonada continuava sendo
esquecida, contrário ao que se a rma na assertiva I, por isso ela está incorreta. A
elite estudava por meio das aulas avulsas, muitas das vezes ministradas nas escolas
confessionais. As mulheres continuavam sendo educadas para o lar e o foco do
governo estava voltado para o ensino superior. A maioria dos colégios secundários
estava nas mãos de instituições particulares e só as elites poderiam pagar seus
https://saladeaula.fael.edu.br/mod/quiz/review.php?attempt=6214245 10/19
28/04/2018 estudos, assim, a alternativa V não pode ser considerada
Exercício de Fixação 1 (E1)correta. Páginas:

35 e 36.

d. I, III e V.

e. I, II e IV.

A resposta correta é: II, III e IV..

https://saladeaula.fael.edu.br/mod/quiz/review.php?attempt=6214245 11/19
28/04/2018 Exercício de Fixação 1 (E1)

Questão 6

Correto

No século XVIII, Portugal estava atrasado em relação aos países


considerados as potências da época. O país queria passar de uma posição
mercantil para outra industrial. Nesse cenário, um ministro português surgiu
para causar muitas transformações no país: Sebastião José de Carvalho, o
Marquês de Pombal. Pombal realizou mudanças na educação e decidiu
expulsar os jesuítas de Portugal e de suas colônias [...]. A sociedade que
estava surgindo não necessitava mais de um cidadão cristão. As prioridades
e princípios mudaram e um novo homem precisava surgir para atender às
modi cações dos Estados modernos.
(SILVA, A.M.L.L. da. Educação no Brasil: da Colônia aos anos de 1930 do
século XX. In: História, Filoso a e Sociologia da Educação. Faculdade
Educacional da Lapa (org.). Curitiba: FAEL, 2014.
Na perspectiva das ideias apresentadas acima, sobre a educação na era
pombalina é correto a rmar:

Escolha uma:

a. O material didático era controlado pelo Estado e o ensino se apresentava


de maneira fragmentada e desarticulada.
 Conteúdo:
Reforma pombalina. O material didático era controlado pelo Estado e o ensino se
apresentava de maneira fragmentada e desarticulada. Conforme observa-se na
página indicada, extintos os colégios jesuítas, a maior parcela do ensino passou a
car sob a responsabilidade do Estado. O fato de a educação ser laica não queria
dizer que atendia aos interesses dos cidadãos, pelo contrário, o Estado queria
garantir seu absolutismo, controlando, inclusive, o material didático. Enquanto
mudanças ocorriam em Portugal, o Brasil cava estagnado. Somente dezessete
anos após a expulsão dos jesuítas, o Brasil conseguiu ter novamente o ensino,
porém, de uma maneira fragmentada e desarticulada. Surgiu no país a escola
pública de responsabilidade do Estado. Professores leigos e despreparados
ministravam aulas avulsas (ou aulas régias) de Latim, Grego, Retórica ou Filoso a,
que não possuíam conexão. Página:
32.

b. A educação, agora laica, passou a atender aos interesses dos cidadãos.

c. Na era pombalina, o governo não quis assumir as responsabilidades do


ensino.

d. Professores formados e preparados ministravam as aulas régias de


Latim, Grego, Retórica ou Filoso a.
https://saladeaula.fael.edu.br/mod/quiz/review.php?attempt=6214245 12/19
28/04/2018 Exercício de Fixação 1 (E1)
e. A maior parcela do ensino passou a car sob a responsabilidade de
Manuel da Nóbrega.

A resposta correta é: O material didático era controlado pelo Estado e o ensino se


apresentava de maneira fragmentada e desarticulada..

https://saladeaula.fael.edu.br/mod/quiz/review.php?attempt=6214245 13/19
28/04/2018 Exercício de Fixação 1 (E1)

Questão 7

Correto

Muito se fala e se estuda sobre a presença dos jesuítas na história da


educação; no entanto, outras ordens religiosas católicas, [...] tiveram
importante participação no processo educacional ocorrido em território
brasileiro. Parte deste silêncio sobre as demais ordens religiosas pode se dar
ao fato de haver uma abundância de fontes historiográ cas sobre os jesuítas
e, em contraponto, uma aparente escassez de fontes sobre as demais
ordens religiosas.
(SILVA, A.M.L.L. da. Educação no Brasil: da Colônia aos anos de 1930 do
século XX. In: História, Filoso a e Sociologia da Educação. Faculdade
Educacional da Lapa (org.). Curitiba: FAEL, 2014.
Uma dessas outras ordens religiosas católicas de que trata o trecho acima
refere-se aos:

Escolha uma:

a. evangélicos.

b. escolanovistas

c. monges.

d. franciscanos.
 Conteúdo:
Educação jesuítica. Conforme veri ca-se na página indicada, outras ordens
religiosas católicas, como os franciscanos, tiveram importante participação no
processo educacional ocorrido em território brasileiro. No entanto, quebrando os
paradigmas e rompendo o silêncio sobre o assunto, autores como Sangenis (2004)
apontam para a atuação dos franciscanos e outros grupos religiosos. Sangenis
ressalta o fato de que, ao acompanhar as caravelas do primeiro desembarque ao
Brasil, podemos considerar que os franciscanos representaram a primeira ordem
religiosa católica que atuou na evangelização e educação do povo nativo. Para o
autor, não há dúvidas sobre a importância dos franciscanos para a educação
brasileira. Pagina:
29.

e. jesuítas.

A resposta correta é: franciscanos..

https://saladeaula.fael.edu.br/mod/quiz/review.php?attempt=6214245 14/19
28/04/2018 Exercício de Fixação 1 (E1)

Questão 8

Correto

A Reforma Pombalina pode ser avaliada como sendo bastante desastrosa


para a Educação brasileira e, também, em certa medida para a Educação em
Portugal, pois destruiu uma organização educacional já consolidada e com
resultados, ainda que discutíveis e contestáveis, e não implementou uma
reforma que garantisse um novo sistema educacional. Portanto, a crítica que
se pode formular nesse sentido, e que vale para nossos dias, refere-se à
destruição de uma proposta educacional em favor de outra, sem que esta
tivesse condições de realizar a sua consolidação.
MACIEL, L. S. B.; SHIGUNOV NETO, A. A educação brasileira no período
pombalino: uma análise histórica das reformas pombalinas do ensino.
Educação e Pesquisa, São Paulo, v. 32, n. 3, set./ dez. 2006. Disponível em: .
Acesso em: fev.2015.
Na perspectiva do texto acima, analise as seguintes asserções:
Pode-se concluir que a Reforma Pombalina foi um avanço na educação
brasileira.
PORQUE
Ao criticar a estrutura religiosa do ensino jesuítico, a Reforma Pombalina
desarticulou o ensino existente no Brasil, sem ponderar o que era
signi cativo e o que deveria ser abandonado.
A respeito dessas asserções, assinale a opção correta:

Escolha uma:

a. A primeira asserção é uma proposição falsa, e a segunda, uma


proposição verdadeira.
 Conteúdo:
Educação no Brasil:
da sede da Coroa para o Império. Resposta A primeira asserção é uma proposição
falsa, e a segunda, uma proposição verdadeira. Como veri ca-se na página indicada
acima, a Reforma Pombalina não foi um avanço na educação brasileira. Ao criticar a
estrutura religiosa do ensino jesuítico, ela desarticulou o ensino existente no Brasil.
O país vem colhendo de longa data este tipo de erro:
querer implantar novas tendências em detrimento de outras, sem ponderar o que é
signi cativo e o que deve ser abandonado. Página:
34.

b. As duas asserção são proposições verdadeiras.

c. As duas asserções são proposições verdadeiras, e a segunda é uma


justi cativa correta da primeira.
https://saladeaula.fael.edu.br/mod/quiz/review.php?attempt=6214245 15/19
28/04/2018 Exercício de Fixação 1 (E1)
d. A primeira asserção é uma proposição verdadeira, e a segunda, uma
proposição falsa.

e. As duas asserções são proposições verdadeiras, mas a segunda não é


uma justi cativa da primeira.

A resposta correta é: A primeira asserção é uma proposição falsa, e a segunda,


uma proposição verdadeira..

https://saladeaula.fael.edu.br/mod/quiz/review.php?attempt=6214245 16/19
28/04/2018 Exercício de Fixação 1 (E1)

Questão 9

Correto

Como sabe-se, os grupos escolares, surgiram no período da República Velha


ou Primeira República e representavam o ideal republicano presente na
educação. Procuravam ser modelares e padronizadores da educação
primária completa. Utilizavam um ensino enciclopédico e seus métodos e
processos pedagógicos eram considerados modernos para a época (SOUZA,
1996). Em relação à arquitetura desses locais assinale a opção correta:

Escolha uma:

a. A construção dos prédios dos grupos escolares era grandiosa em todos


os estados.

b. Nos estados mais abastados a arquitetura era inovadora: as divisões do


ambiente, o pátio escolar, a separação entre a rua e a sala de aula geravam
uma postura diferenciada entre ter um comportamento de criança na rua e
outro como aluno na escola.
 Conteúdo:
Educação na República Velha. Nos estados mais abastados a arquitetura era
inovadora:
as divisões do ambiente, o pátio escolar, a separação entre a rua e a sala de aula
geravam uma postura diferenciada entre ter um comportamento de criança na rua
e outro como aluno na escola Conforme veri ca-se na página indicada, nos estados
de melhores condições, a construção dos prédios dos grupos escolares era
grandiosa. A arquitetura era inovadora:
as divisões do ambiente, o pátio escolar, a separação entre a rua e a sala de aula
geravam uma postura diferenciada entre ter um comportamento de criança na rua
e outro como aluno na escola. No entanto, os demais estados, apesar de também
contarem com grupos escolares (talvez não tão suntuosos), dividiam o sistema
primário com as já existentes escolas isoladas. Dessa forma, as demais alternativas
(A, B e C) não podem ser consideradas corretas. Página:
42.

c. A estrutura dos grupos escolares separa os alunos da elite das classe


populares.

d. Todas as construções eram suntuosas, inclusive nos estados com menor


poder aquisitivo.

e. Nos grupos escolares de todos os estados, dividia-se o sistema primário


com as já existentes escolas isoladas, onde os prédios eram modestos.

https://saladeaula.fael.edu.br/mod/quiz/review.php?attempt=6214245 17/19
28/04/2018 Exercício de Fixação 1 (E1)
A resposta correta é: Nos estados mais abastados a arquitetura era inovadora: as
divisões do ambiente, o pátio escolar, a separação entre a rua e a sala de aula
geravam uma postura diferenciada entre ter um comportamento de criança na
rua e outro como aluno na escola..

Questão 10

Correto

Na República Velha ou Primeira República (1889 a 1930), quando o Brasil


proclamou a sua independência e passou a ser governado por presidentes,
surgem os grupos escolares, instituições de ensino primário que existiram
até o ano de 1971. Sobre os grupos escolares é correto a rmar:

Escolha uma:

a. Os grupos escolares seguiam a loso a religiosa dos jesuítas.

b. Os grupos escolares surgiram no estado de São Paulo e representavam o


ideal da Corte Portuguesa presente na educação.

c. Os grupos escolares fundamentavam-se na Escola Dominical.

d. Os grupos escolares não eram modelares e padronizadores da educação


primária completa.

e. Utilizavam um ensino enciclopédico e seus métodos e processos


pedagógicos eram considerados modernos para a época.
 Conteúdo:
Educação na República Velha. Utilizavam um ensino enciclopédico e seus métodos e
processos pedagógicos eram considerados modernos para a época. Conforme
veri ca-se na página indicada, os grupos escolares surgiram no estado de São Paulo
e representavam o ideal republicano presente na educação. Estes locais educativos
procuravam ser modelares e padronizadores da educação primária completa.
Utilizavam um ensino enciclopédico e seus métodos e processos pedagógicos eram
considerados modernos para a época (SOUZA, 1996). Assim, ca evidente que as
demais alternativas (A, C e D) não podem ser consideradas corretas. Página:
41.

A resposta correta é: Utilizavam um ensino enciclopédico e seus métodos e


processos pedagógicos eram considerados modernos para a época..

https://saladeaula.fael.edu.br/mod/quiz/review.php?attempt=6214245 18/19
28/04/2018 Exercício de Fixação 1 (E1)

https://saladeaula.fael.edu.br/mod/quiz/review.php?attempt=6214245 19/19