Você está na página 1de 3

PLANO INDIVIDUAL DE APRIMORAMENTO E FORMAÇÃO DIAGNÓSTICO

(Gestão de Desempenho – p.11)

NOME: ANDRÉ LUÍS TEIXEIRA DA SILVA


FUNÇÃO/DISCIPLINA: PCA (Ciências Humanas) e Professor de História.
NOME DO GESTOR/RESPONSÁVEL: LÍLIA MARA MALTA GOMES OLIVEIRA
FUNÇÃO DO RESPONSÁVEL: PCG DATA: 2 º SEMESTRE DE 2018

AVALIAÇÃO DAS COMPETÊNCIAS


COMPETÊNCIA PONTUAÇÃO Indique a competência a ser desenvolvida

Protagonismo
Domínio do Conhecimento e x
Contextualização
Disposição ao autodesenvolvimento
contínuo
Comprometimento com o processo e
resultado
Relacionamento e
Corresponsabilidade

Solução e Criatividade
x
Difusão e Multiplicação

AVALIAÇÃO DOS RESULTADOS


1.Programa de Ação % de Pontuação
cumprimento
Cumprimento do Programa de Ação
(Geral) % de ações planejadas (nº 71%
ações cumpridas/nº ações planejadas)
Cumprimento do Programa de Ação por Premissa (quando houver):
Protagonismo 79% -
Formação contínua 78% -
Excelência em gestão 67% -
Corresponsabilidade 71% -
Replicabilidade 60% -
2. Assiduidade Nº de ausências
Quantidade de dias ausentes
0 -

COMENTÁRIOS GERAIS: No segundo semestre do ano de 2018 houve uma alteração em minha
função dentro do Programa de Ensino Integral, pois fui designado para a função de Professor
Coordenador da Área de Ciências Humanas – PCA. Nesse sentido, o presente Plano Individual de
Aprimoramento e Formação concentra-se no desenvolvimento de premissas que possam coadunar
com as novas atribuições exigidas.
Assim, reconhecendo que preciso instrumentalizar-me enquanto gestor, cujas
atribuições de coordenador requerem uma base teórica que envolvam a gestão de pessoas, o clima
e a cultura organizacional no âmbito escolar, dentre outros pressupostos teóricos, a
premissa/competência desenvolvida para contemplar esse exercício formativo consiste no
“Domínio do Conhecimento e Contextualização”, ou seja, a Formação Continuada.
Por isso, estudarei tanto as Diretrizes do Programa de Ensino Integral e o Tutorial de
Recursos Humanos que abordam aspectos inerentes à função de professor coordenador de área,
além de outros artigos voltados para a referida função.
Além disso, a devolutiva realizada após a Avaliação 360 do primeiro semestre apontou
algumas fragilidades que, enquanto professor, houve avanços e que precisam continuar bastante
sólidas para que consiga ser um modelo a ser seguido como docente. Por isso, a premissa Difusão e
Multiplicação será contemplada nesse momento para que as práticas docentes sejam
compartilhadas nos diferentes espaços disponíveis pela instituição escolar.

PLANO INDIVIDUAL DE APRIMORAMENTO E FORMAÇÃO – PIAF

Detalhe das ações


Competência Atividade de (indicar apoiadores, Prazo Objetivos
desenvolvimento se houver) (início e esperados e
fim) evidências

Levantamento de
bibliografia sobre a função AGOSTO A Correlacionar a
Estudos e fichamentos de de Coordenação Pedagógica. DEZEMBRO teoria e a prática
Domínio do artigos e das Diretrizes do Fichamento construído de 2018. para a
Conhecimento e Programa de Ensino a partir das leituras autoformação na
Contextualização Integral sobre a função de realizadas e sua função de
Coordenação Pedagógica. aplicabilidade nos coordenador
momentos de ATPCA. pedagógico na
área de Ciências
Humanas.
Divulgar todas
as ações docentes
realizadas e apoiar os
Socializar e difundir a demais professores da
prática docente através dos área a adotarem essa Fortalecer a área
diferentes espaços atitude. AGOSTO A de Ciências
DIFUSÃO E oportunizados pela DEZEMBRO Humanas.
MULTIPLICAÇÃO instituição escolar. Organizar DE 2018
passeios, exposições
ou eventos que
evidenciem as ações
didático-pedagógicas
desenvolvidas pela
área.

ANDRÉ LUÍS
Nome do TEIXEIRA DA SILVA
profissional: Assinatura: Data:

LILIA MARA MALTA


Gestor GOMES OLIVEIRA Assinatura do
imediato: Assinatura: Diretor:

Importante: compartilhe os avanços com o seu gestor e peça ajuda quando sentir dificuldades. O gestor é um
parceiro de desenvolvimento e deve ajudá-lo em seu processo.