Você está na página 1de 5

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS – TÓP. 10 – L.

PORTUGUESA
Metodologia de Ensino — Ensino da Leitura na Escola
Produção: Equipe Pedagógica Gran Cursos Online

METODOLOGIA DE ENSINO — ENSINO DA LEITURA NA ESCOLA

A literatura e a sua função

• Definições:
–– O filósofo Platão, no século IV a. C., ao construir uma cidade ideal para
as novas gerações de Atenas, bane a poesia desse território.
–– Platão divide a literatura em duas espécies: uma verdadeira e outra falsa.
Na literatura falsa, inclui primeiramente as fábulas que são ensinadas às
crianças, pois, segundo ele, “[...] é sobretudo nessa altura que se é mol-
dado, e se enterra a matriz que alguém queira imprimir numa pessoa”.
–– Aristóteles, em seu livro Poética, faz uma defesa do discurso poético,
apresentando uma distinção entre a figura do historiador — aquele que
narra fatos reais e acontecidos — e a do poeta — aquele que narra o que
poderia acontecer, o ficcional.
–– O poeta latino Horácio (65 a.C. a 8 a.C.), em Arte poética, define a poesia
como uma atividade doce e útil (docere cum delectare);
–– Antonio Candido (2006, p. 62): “A literatura desenvolve em nós a quota
de humanidade na medida em que nos torna mais compreensivos e aber-
tos para a natureza, a sociedade, o semelhante”.
• O texto literário partilha com os leitores, independentemente da idade, valo-
res de natureza social, cultural, histórica e/ou ideológica, por ser uma reali-
zação da cultura e estar integrado num processo comunicativo.
• A literatura tem como elemento constitutivo a palavra registrada por meio
da escrita. Poderíamos então nos indagar: todo texto escrito é literatura?
–– Nem toda palavra escrita é literatura; algo a diferencia, portanto, das
outras formas escritas: a função estética.

O papel da escola na formação do leitor literário

• Tânia Rösing (2009, p. 136) destaca que “[...] o esforço deve direcionar-se
para o convencimento dos docentes acerca dos benefícios da leitura literária:
ANOTAÇÕES

1
www.grancursosonline.com.br
CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS – TÓP. 10 – L. PORTUGUESA
Metodologia de Ensino — Ensino da Leitura na Escola
Produção: Equipe Pedagógica Gran Cursos Online

os textos literários passam a constituir cenários com os quais se pode refle-


tir sobre o que somos, sobre o que são os outros, como podemos melhorar
nosso vir-a-ser no mundo, como podemos transformar o mundo a partir de
mudanças em nosso entorno.”.
• O leitor, por mais abstrato e/ou idealizado que seja, está inserido em um
contexto, pois é um indivíduo marcadamente histórico; sendo assim, rece-
berá o texto e o lerá dentro dos protocolos estabelecidos/construídos pelas
práticas sociais de seu tempo.
• Se pensarmos que os suportes e instrumentos da e para a escrita foram
influenciados e adotados conforme a tecnologia presente na sua criação
— de rolos de papiro, pergaminhos manuscritos, textos em papel à tela do
computador —, perceberemos que as práticas de leitura também foram se
metamorfoseando: novas formas de escrever propiciam novas formas de
ler.

Língua portuguesa para o Ensino Fundamental

• Vê-se o texto como “unidade de ensino, desenvolvendo uma reflexão espe-


cífica sobre a ‘especificidade do texto literário’ e considerando-o como uma
forma peculiar de representação e estilo — construção autônoma em que
predominam a força criativa da imaginação e a intenção estética” (BRASIL,
1998, p. 26), em que entram em diálogo a realidade e a fantasia.
• “Inexiste referência à vasta produção literária que circula no mercado edi-
torial brasileiro, cujo público alvo são os alunos das faixas etárias infantil e
juvenil; há falta de circulação dessa produção, a partir dos programas de
promoção da leitura desenvolvidos pelo governo. Há desconsideração para
a importância do papel dessa literatura na formação de leitores.” (GOMES,
2010)
• No Ensino Fundamental, do 6º ao 9º ano (correspondentes ao 3º e ao 4º
ciclos), a literatura não tem foro de disciplina. Está inserida no ensino de
língua portuguesa.
ANOTAÇÕES

2
www.grancursosonline.com.br
CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS – TÓP. 10 – L. PORTUGUESA
Metodologia de Ensino — Ensino da Leitura na Escola
Produção: Equipe Pedagógica Gran Cursos Online

Língua portuguesa para o Ensino Médio

• Embora a literatura continue fazendo parte da disciplina de língua portu-


guesa, integrante da área de linguagens e códigos, há referência explícita
ao seu ensino uma vez que o documento traz como um dos seus objetivos:
–– “Recuperar, pelo estudo do texto literário, as formas instituídas de cons-
trução do imaginário coletivo, o patrimônio representativo da cultura e as
classificações preservadas e divulgadas, no eixo temporal e espacial”.
(BRASIL, 2000, p. 24)
• Os documentos de 2000 (PCNEM) e 2002 (PCNEM+) referentes ao Ensino
Médio destacam que, nesse grau de ensino, deve-se dar “[...] especial aten-
ção à formação de leitores, inclusive das obras clássicas de nossa
literatura [...]” (BRASIL, 2002, p. 68), configurando-se assim uma intenção
de que a literatura seja incorporada ao ensino da língua portuguesa. No
entanto, não há políticas claras para a formação de formadores de leitores.

Críticas acerca do assunto:

• Haveria uma radicalidade no que diz respeito ao critério de juízo do texto


literário que fica supervalorizado na figura do interlocutor, nesse caso o
aluno leitor.
• “O foco exclusivo na história da literatura” — embora os profissionais da
área critiquem a prática viciosa do seu ensino, acabam por privilegiar os
eixos temporal e espacial, prevalecendo o ensino das escolas/dos movi-
mentos literários, as obras e os respectivos escritores.
• A fruição estética — exemplificada somente pelo exercício coletivo da lei-
tura literária e não a sua individualização.
(BRASIL, 2006, pp. 57-58)
QUESTÕES DE CONCURSO

1. (CESPE/SEPLAG/DF/2008) Com base nas ideias apresentadas no texto aci-


ma e nos princípios que regem o processo de ensino-aprendizagem da lín-
gua portuguesa, julgue o item seguinte.
ANOTAÇÕES

3
www.grancursosonline.com.br
CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS – TÓP. 10 – L. PORTUGUESA
Metodologia de Ensino — Ensino da Leitura na Escola
Produção: Equipe Pedagógica Gran Cursos Online

A literatura, principalmente no nível fundamental, deve-se integrar à área de


leitura.

2. (FCC/SEDUC/ES/2016) Bastante significativo das tensões que caracterizam


a disciplina de língua portuguesa no Ensino Médio, hoje, é o quadro geral do
tratamento que cada coleção dá ao ensino da literatura e, portanto, à forma-
ção do leitor de textos literários.
Evidenciam-se com muita nitidez duas tendências metodológicas polares: a
literatura é tratada ora como um eixo de ensino próprio, ora como um objeto
de conhecimento particular, construído por meio da articulação da leitura de
textos culturalmente considerados como “literários” com uma reflexão espe-
cífica e a construção de um corpo próprio de conhecimentos linguísticos (e/
ou literários).
(Guia de livros didáticos: PNLD 2015: língua portuguesa: ensino médio. Brasília: Ministério da
Educação, Secretaria de Educação Básica, 2014)

O princípio organizador de abordagem do ensino da literatura como um “ob-


jeto de conhecimento particular” é
a. a cronologia e a história da literatura, seguida pela proposição de leitura de
certos gêneros e autores de época. Nesse caso, autores de épocas distin-
tas, assim como seus temas mais recorrentes, são perfilados.
b. a exposição da matéria, seguida de uma sucessão de períodos, escolas,
tendências e estilos de época, cada um deles com os seus autores e obras
principais, assim como gêneros, concepções e procedimentos estéticos
característicos.
c. o contexto estético e histórico-social da obra. Quando é esta a abordagem,
o foco didático está nas informações sobre o fato literário.
d. a apresentação para cada tópico estudado de textos de referência cuja
proposta de leitura é dirigida para o reconhecimento de características ex-
plicitadas de antemão.
e. o da experiência de leitura de certos gêneros e autores literários. As ativi-
dades abordam o caráter predominantemente ficcional e estético dos tex-
tos, explorando sua compreensão e as suas particularidades de tema e de
estilo.
ANOTAÇÕES

4
www.grancursosonline.com.br
CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS – TÓP. 10 – L. PORTUGUESA
Metodologia de Ensino — Ensino da Leitura na Escola
Produção: Equipe Pedagógica Gran Cursos Online

Comentário
A questão é interessante porque explicita a dicotomia entre a observância
dos aspectos literários — históricos, estéticos etc. — e da consideração dos
aspectos individuais entre o leitor e a obra.

3. (FUNDEP/IFSP/2014) A seleção de textos literários para o trabalho escolar


perpassa a dificuldade de se distinguir o texto literário dos demais.
Assinale a alternativa que apresenta o critério que, de fato, o identifica.
a. A função estética.
b. O tema abordado.
c. O caráter ficcional.
d. A forma predefinida.

Comentário
O texto literário é mais artístico, com uma função estética, que tem como
objetivo recreativo, provocando diferentes emoções no leitor. Assim, os textos
literários nem sempre estão ligados à realidade (no caso da ficção) e muitas
vezes são subjetivos, podendo existir diferentes interpretações de leitores
distintos. Além disso, o texto literário contém figuras de linguagem, sentido
figurado e metafórico das palavras, que tornam o texto mais expressivo.
(fonte: https://www.significados.com.br/texto-literario/)

GABARITO

1. C
2. e
3. a

�Este material foi elaborado pela equipe pedagógica do Gran Cursos Online, de acordo com a
aula preparada e ministrada pelo professor Samuel Quintiliano.
ANOTAÇÕES

5
www.grancursosonline.com.br