Você está na página 1de 24

INTRODUÇÃO A

NUTRIÇÃO ESPORTIVA

Profa Vanessa Averof


METABOLISMO ENERGÉTICO NO
EXERCÍCIO
Organismo Necessita energia Atividade muscular

Energia química Energia mecânica Ações musculares

Diferentes sistemas Duração/intensidade


Energéticos Exercício
SUBSTRATOS ENERGÉTICOS

Imediatos: degradação ATP e CP

Anaeróbicos: glicogenólise e glicolise anaeróbicas

Oxidativos: degradação oxidativa de glicogênio,

glicose sanguínea, ácidos graxos e aminoácidos.


ATP (Adenosina TriPhosphato)

• Fonte imediata de energia.

• “Combustível” para todos os processos metabólicos do

organismo.

• Concentração limitada no músculo esquelético;

• Fornecimento de energia para manutenção da

necessidade metabólica para continuidade do exercício.


ENERGIA AERÓBICA X ANAERÓBICA
• Aeróbica: Depende da disponibilidade de O2 para

produção de energia

• Anaeróbica: Não depende da disponibilidade de O2

para produzir energia

CITOSOL(anaeróbia): há
baixa disponibilidade de O2,
onde ocorre as reações que
não dependem de O2

MITOCÔNDRIA(aeróbia): há
alta disponibilidade de O2
O produto final da oxidação dos

nutrientes é ATP, CO2 e H2O.

Tanto no citosol quanto nas

mitocôndrias da célula ocorre

produção de ATP.
FONTE DE ENERGIA LIVRE PARA ATIVIDADE
MUSCULAR
Existem TRÊS vias que fornecem energia durante o exercício,
de acordo com a intensidade e duração do mesmo.

VIA DE ENERGIA METABOLISMO DURAÇÃO


Sistema ATP-CP ou Anaeróbio Aláctico
fosfagênios ENERGIA 6 a 20 segundos
ANAERÓBIA
Anaeróbio Láctico 20 segundos a 3
Glicólise Anaeróbica METABOLISMO minutos
ANAERÓBIO
Glicólise Oxidativa Aeróbio 3 minutos até 2 horas
Lipólise METABOLISMO ou mais
AERÓBIO
FASE INICIAL DO EXERCÍCIO

Degradação CP

ANAERÓBICOS OU IMEDIATOS

Hidrólise Glicogênio a
Lactato
SISTEMA ATP-CP ou fosfagênio
• Existe uma baixa reserva de ATP no corpo. Deve ser
ressintetizado.
• Possui a capacidade de fornecer energia de forma
imediata; porém, esgota-se rapidamente, havendo
necessidade do aumento gradual da participação das
demais vias.
GLICOLISE ANAERÓBICA
• Envolve a quebra incompleta do
carboidrato em lactato.
• O corpo transforma os
carboidratos em açúcares simples,
a "glicose", usada imediatamente
ou depositada no fígado e no
músculo, como glicogênio.
[Glicose (6C) →2 Piruvatos (3C)
• Quebra do glicogênio na ausência
do oxigênio.
• Mais lento do que o sistema ATP-
CP, mas produz quantidades mais
altas de ATP (2 ATP).
• Produção de lactato e H+ -
diminuição pH intracelular
(acidose).
Quando o lactato chega ao músculo e
ao sangue, provoca a fadiga???

- Depleção substratos (ATP, CP


e glicogênio
- Produção ATP e acumulo
metabólitos (ADP, Pi e H+)
- Inibem enzimas importantes
para obtenção de energia.
Continuidade do exercício – participação
metabolismo aeróbio.
GLICÓLISE OXIDATIVA/LIPÓLISE
• Piruvato → Acetil CoA → Mitocôndria (Ciclo de Krebs)
• Envolve a interação de duas vias: Ciclo de Krebs
(oxidação de nutrientes) e cadeia de transporte de
elétrons (ressintetizar moléculas de ATP)
• Degradação química de Acetil Coa e produtos do
metabolismo das proteínas, CHO e lipídios.
• Liberação de íons de H+ e CO2
• A energia liberada por estas vias é muito maior, porém
mais demorada. Quanto maior a energia de um substrato,
mais lenta será sua mobilização.
• Utiliza o O2 para gerar o ATP e é ativado para produzir
energia, durante períodos mais longos do exercício.
• Intensidade e duração do exercício.
RESUMO
METABOLISMO ANAERÓBIO METABOLISMO AERÓBIO
• Exercícios de curta duração e alta • Exercício prolongado.
• Menor velocidade e
intensidade
força e maior o tempo
• Toda atividade que demanda força de duração.
• Presença de O2.
física em vez de movimento. Maior
• Uso de substratos:
velocidade maior força. glicogênio,
• Sem utilização de O2. aminoácidos, ácidos
graxos.
• Uso de substratos: creatina e • Mais demorado, porém
glicogênio maior quantidade de
energia.
• Energia produzida pequena • Ex:Triathlon, Maratona,
• 45 -90 segundos. Ciclismo.

• Ex: corrida de 100 m, saltos,

arremesso de peso, musculação.


VO2 MÁXIMO (ml de O2/Kg peso/min)
 VO2 Máximo ou Consumo Máximo de Oxigênio

 Quantidade máxima de oxigênio que seu organismo


consegue retirar (absorver) da atmosfera, transportar até
a musculatura e utilizar na produção de energia durante
a realização de um exercício físico que gradualmente
atinge a exaustão.
 Comumente utilizada para mensurar a aptidão
cardiorespiratória.
 Aumento na intensidade do exercício NÃO promove
aumento no VO2 (necessidade energética extra)
A importância do teste de VO2
Máximo

Ao avaliar quanto oxigênio está sendo gasto


pelos seus músculos na produção de energia
durante uma atividade física, pode-se ter com
precisão valores que determinam o seu
potencial atlético e seu atual nível de
condicionamento físico.
TESTE ERGOESPIROMÉTRICO
O teste
ergoespirométrico
(VO2 máximo) é a
forma mais eficiente
para avaliar seu
consumo máximo de
oxigênio e sua
tolerância ao esforço
físico máximo. Ele
tem sido
reconhecido em todo
o mundo como uma
ótima base para o
planejamento de
exercícios.
TESTE ERGOESPIROMÉTRICO
VO2 Máximo
Um atleta tem aproximadamente 75 ml/Kg
peso/min
Um sedentário tem aproximadamente de 15
à 30 ml/Kg peso/min

< 60% VO2 máx = ATIV. LEVE


60-70% VO2 máx = ATIV. MODERADA
>75% VO2 máx = ATIV. INTENSA
SISTEMAS ENERGÉTICOS E EXERCÍCIOS

• A energia Aeróbia / Anaeróbica está sempre

em ativação

• Intensidade / Duração determinará a

participação de cada um.

• Pode ser estimada pelo RER


O que afeta a capacidade
energética?
Dieta (reservas de glicogênio, estado
nutricional)
Treinamento (tipo de treino)
Sexo
Suplementos / Drogas
Genética
RER (Razão de troca respiratória)
É a razão entre quanto se capta de O2 e produção de
CO2, o que vai refletir em qual nutriente está sendo
preferencialmente utilizado.
RER: CO2 produzido
O2 consumido

CARBOIDRATO: RER: 1,0


C6H12O6+ 6 O2 →6 CO2 + 6 H2O

LIPÍDIO: RER: 0,7


C6H3202+ 23 O2 → 16 CO2 + 16 H20
COMO MONITORAR A FC PARA
OBTER BENEFÍCIOS FÍSICOS
70-85% da FCM
É a zona adequada para melhorar o
desempenho cardiovascular
55 a 70% da FCM
É a zona adequada para queimar gordura e
perder peso
Abaixo de 55%
Quase não traz benefícios para os praticantes
de atividades físicas.