Você está na página 1de 2

Crostoli – Crostoli

Associação Italiana 4 de novembro de 2015Receitas

Ingredientes:
500 grs. de farinha de trigo
1 xicara(de chá) de açúcar
½ xícara (de chá) de pinga
1 colher (de sopa) de manteiga
2 colheres (de sopa) de óleo
1 pitada de sal
1 cálice de licor de anis
4 ovos
Modo de fazer:
Misturar todos os ingredientes, amassar bem, deixar descansar por
algumas horas. Abrir a massa com o rolo deixando-a fina; cortar em
retângulos largos, fazendo um corte no meio de cada um, no sentido do
comprimento, sem chegar até o final do retângulo. Virar as pontas do
retângulo para dentro do corte. Fritar em óleo quente, colocar no papel
absorvente; salpicar com açúcar e canela em pó.
Informações
Existem outras maneiras de se cortar a massa, em círculo, por exemplo
formando uma roda, e a cada 2 cm.fechar a massa pressionando a borda
externa coma interna.
Se preferir poderá substituir o açúcar por mel.
Este doce é também conhecido por outros nomes como “Lattughe” ou
“Grustuli”.
Ingredienti
500 g di farina di grano
1 tazza (da tè) di zucchero
½ tazza (da tè) di grappa
1 cuchiaio (da minestra) di burro
2 cucchiai (da minestra) d’olio
1 pizzico di sale
1 bicchierino di liquore d’anice
4 uova
Modo di preparo:
Mescolare tutti gli ingredienti,impastarli bene e lasciar riposare per
alcune ore. Stendere l’impasto con il mattarello lasciandolo sottile;
tagliarlo a rettangoli larghi, facendoci un’incisione soltanto nel mezzo di
ognuno, nel senso della lunghezza. Girare le punte del rettangolo
all’interno dell’incisione.
Friggere in olio caldo, metterli sulla carta assorbente;cospargerli di
zucchero e cannella in polvere.
Informazioni
I crostoli possono avere il formato rotondo e per questo bisogna tagliarli
circolarmente come una ruota, e ad ogni 2 cm chiudere l’impasto
pressionando il contorno esterno con quello interno.
Se preferite si potrà sostituire lo zucchero con del miele.
Questo dolce è anche conosciuto con altri nomi, come Lattughe o Grustuli.
Fonte: Guerrieri,Miriam M.- Conversas com sabor-Chiacchierati con
sapore. Pg. 164.-Itu-SP. edição do autor- 2008.