Você está na página 1de 3

MATERIAL DE APOIO

EXAME DE ORDEM

Curso: Extensivo OAB| Disciplina: Direito Tributário

Aula: 07 a 09

ANOTAÇÃO DE AULA

Ementa da Aula

Limitações
Princípios

I – Limitações Constitucionais ao poder de tributar – Cláusulas pétreas

II – Princípios tributários

a) Legalidade – art. 150, I, CF e art. 97 CTN


Regra geral, o tributo será criado, majorado, reduzido ou extinto por lei ordinária.
Lei complementar também poderá ser utilizada para criação, quando houver expressa
determinação constitucional.
Principais funções da lei complementar – Art. 146 CF
NINE:
Novo impostos (residuais)
Imposto sobre grandes fortunas (IGF)
Novas Contribuições Sociais (residuais)
Empréstimos Compulsórios
Exceção ao princípio da legalidade: A lei poderá ser dispensada por meio do uso de decreto para a
alteração das alíquotas dos impostos II, IE, IPI e IOF – Art. 153, §1º, CF.
Redução ou restabelecimento das alíquotas da CIDE Combustíveis – Art. 177, §4º, I, b, CF.

b) Isonomia – Art. 150, II, CF


Contribuintes que se encontram em situação de equivalência não podem ser tratados de forma
desigual.

Exame de Ordem
Damásio Educacional
MATERIAL DE APOIO
EXAME DE ORDEM

IMPORTANTE: Concessão de incentivos fiscais – Isenção de imposto de renda (art. 6 Lei 7.713/88)
Tratamento favorecido e simplificado das microempresas e empresas de pequeno porte (ME/EPP)
– Lei complementar 123/06 – Simples Nacional

c) Capacidade contributiva – Art. 145, §1º, CF


Sempre que possível os impostos terão caráter pessoal e serão graduados segundo a capacidade
econômica do contribuinte.
Dicotomia: Impostos pessoais e impostos reais
Imposto pessoal é aquele que tributa a condição econômica do contribuinte;
Imposto real não tributa a condição econômica, tributa a presunção de riqueza (ex. IPTU)

d) Irretroatividade Tributária – Art. 150, III, a, CF


Lei tributária não se aplica a fatos geradores ocorridos anteriormente a sua vigência.
Regra geral – A lei a ser aplicada é aquela vigente na época da ocorrência do fato gerador.
Ex. Retroatividade benéfica – A lei tributária poderá ser aplicada a fatos anteriores a sua vigência se
observado os seguintes requisitos:
i) Autorização legislativa;
ii) Norma mais benéfica ao contribuinte.

Obs. Hipóteses previstas no Art. 106 CTN – A lei tributária retroagirá a fatos anteriores quando (I)
for expressamente interpretativa; e (II) ato infracional não transitado em julgado e lei posterior
deixe de defini-lo como infração ou comine uma penalidade menos severa.

e) Anterioridade Tributária
Regras:
I) Anterioridade comum/exercício (art. 150, III, b, CF) – Tributo instituído ou aumentado só
poderá ser exigido no exercício financeiro seguinte.

Exame de Ordem
Damásio Educacional
2 de 3
MATERIAL DE APOIO
EXAME DE ORDEM

II) Nonagesimal (art. 150, III, c, CF) – Tributo instituído ou aumentado só poderá ser exigido
após 90 dias da publicação da lei - entre os exercícios financeiros deve se observar o prazo
mínimo de 90 dias.

Exceções – Art. 150, §1º, CF

Tributos cobrados imediatamente:

- II, IE, IOF, IGF e empréstimo compulsório emergencial;

Tributos cobrados após 90 dias:

- IPI, ICMS Combustíveis, CIDE Combustíveis e Contribuições Sociais;

Tributos cobrados no ano seguinte:

IR, Fixação da base de cálculo – IPVA e IPTU

Exame de Ordem
Damásio Educacional
3 de 3