Visão Holística e a Educação Ambiental

Tiago A. M. Malta Visão Holística: é uma prática onde  é compreendido o todo, suas partes, e como essas partes  se  integram para formar esse todo,  logo,  significa conhecer as partes que formam a sua percepção de mundo e como elas se relacionam. Educação  Ambiental:  é  o  conjunto  de  processos  por  meio  dos  quais  o  indivíduo  e  a coletividade   constroem  valores  sociais,  conhecimentos,  habilidades,  atitudes  e competências  voltadas  para  a  conservação  do  meio  ambiente.  Sua  principal  função  é conscientizar à preservação do meio ambiente e sua utilização sustentável. Entendemos que a  educação com  um  viés holístico  é  a  prática  mais  adequada para que o  indivíduo  se  perceba  inserido  dentro  de  sua  comunidade  consciente  de  que  suas ações, interferem e modificam a sociedade. A  metodologia  holística  na  educação  ambiental  consiste  em  trabalhar  questões ambientais  dentro  do  conteúdo  já  estabelecido  pela  instituição,   pois  entendemos  que a educação  ambiental  deve  ser  abordada  respeitando  o  “universo”  que  está  inserida, abordando   proposições  voltadas  para  os  temas  já  apresentados  pelos  professores. Sendo  desenvolvido  em  parceria  com  os  professores  estratégias  de  apresentação  do temas sustentáveis dentro do conteúdo das aulas. Esta  abordagem  propõe que a assimilação do “pensamento sustentável” pode ocorrer de forma  natural,  visto  que  ela  esta  naturalmente  inserida  em  nossa  sociedade,  logo, deve ser  apresentado  não como  uma  disciplina  aparte, mas sim como uma ação conjunta com o que está sendo ensinado. Percepção do meio ambiente em sua totalidade “A  percepção ambiental  tem recebido  destaque nos últimos 20 anos como técnica que  associa  a  psicologia  com  a  sociologia  e  a  ecologia  auxiliando  na compreensão  das  expectativas  e  satisfações  e   insatisfações  da  população  em relação  ao  ambiente  em  que  vive  e  no  reconhecimento  dos fatores que  afetam  a qualidade de vida ou o bem estar social” (*) O  Insight  dessa  percepção  acontece  quando  o  individuo  toma  consciência do  ambiente que esta inserido e onde esta interligados a outros ecossistemas.

tiagomaltapsi@gmail.com http://tiago­malta.blogspot.com.br

Pluralismo de idéias e transdisciplinaridade A educação Ambiental deve “navegar” por  diversas áreas do conhecimento, de modo que seja construído e organizado um pensamento que ao mesmo tempo seja plural, no entanto que se convirja e se unifique.  Dessa  forma  o  indivíduo  tem a oportunidade  de  ter contato com  temáticas  ambientais  de  forma  cotidiana,  abordando  questões  de   forma  natural  e dessa forma percebendo assim como Ator e Agente dentro de sua comunidade. Abordando Questões ambientais locais ­ Vivência e Percepção A  utilização  de  exemplificações  de  questões  ambientais  locais  é  calcada  na possibilidade   de  uma  percepção  direta  na  urgência  da  educação ambiental,  pois o que será  debatido   faz  sentido  não  apenas  no  âmbito  institucional,   mas  afeta  a  comunidade em torno da instituição. Esta pratica possibilita uma  vivência natural da importância de ser por  em  pratica  os  tópicos  discutidos,  pois  afetarão  o  ambiente  dos  envolvidos  neste projeto. Esta perspectiva tem  duas justificativas, a primeira fala a respeito de que exemplificações mais reais  facilitam  o  aprendizado, e por isso é mais importante a utilização de exemplos em  que a pessoa  que  esta estudando se sinta inserida diretamente no assunto estudado, não apenas  como  um observador passivo.  A  segunda  justificativa é  calcada na teoria de campo  de Kurt  Lewin  que demonstra  como  o  ambiente  entorno  do  individuo  o  influencia, assim como o individuo influência diretamente o meio ambiente

tiagomaltapsi@gmail.com http://tiago­malta.blogspot.com.br

Bibliografia Freire,  Madalena.  A  paixão  de  conhecer  o  Mundo.  Editora  Paz  e  Terra,  12ª  Edição  em 2007. Rodrigues, A.(l972). Psicologia Social. Petrópolis: Vozes, 22ª Edição em 2003. Traduzido para  o  Espanhol  e  Publicado  pela  Editora  Trillas  S/A,  México,  em  1976,  3ª  Edição  em 2002. Vaneigem,  Raoul. A Arte de Viver para as novas gerações: Editora Conrad.  1ª Edição em 2002. Tradução: Leo Vinicius ­ São Paulo (*)://www.revistas.uea.edu.br/old/abore/artigos/artigos_3/Rafael%20Estrela%20de%20Fr eitas.pdf http://www.scielo.oces.mctes.pt/pdf/rle/n8/n8a03.pdf http://www.infoescola.com/educacao/transdisciplinaridade/

Tiago A. M. Malta (Rio de Janeiro, 04 de Outubro de 2013) Endereço Eletrônico: tiagomaltapsi@gmail.com BLOG: http://tiago­malta.blogspot.com.br

tiagomaltapsi@gmail.com http://tiago­malta.blogspot.com.br

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful