Você está na página 1de 14

29/05/2018 Unidade de Aprendizado

Gêneros Discursivos
Literários

APRESENTAÇÃO

Olá!

Nesta Unidade de Aprendizagem, nos dedicaremos ao estudo do texto literário, situando a linguagem
no nível da produção ar s ca e sua função poé ca. Vamos explorar os recursos esté cos que auxiliam
o autor na construção de um texto agradável ao leitor. Além disso, procuraremos reconhecer alguns
gêneros literários, em prosa ou verso, que se comprometem com o sen do conota vo da palavra, os
plurissignificados, a ficção e a expressão das subje vidades.

Bons estudos!

Ao final desta unidade você deve apresentar os seguintes aprendizados:

• Reconhecer as caracterís cas de um texto literário;

• Dis nguir os diversos gêneros que compõem o domínio literário e suas funcionalidades;

• Usar alguns dos recursos esté cos u lizados na produção literária, no intuito de aperfeiçoar a
própria produção.

DESAFIO

Para que um texto alcance o status de literário, ele precisa realçar e explorar alguns recursos estéticos
que o tornem agradável e desa ante ao leitor. Esses recursos se aliam à plurissigni cação, ao sentido
conotativo da palavra, à organização linguística imprevisível, ao descompromisso com a realidade, à
busca de uma descarga emocional do leitor (catarse).

https://sagahcm.sagah.com.br/sagahcm/ua/2404/1/41/indexprint.html 1/14
29/05/2018 Unidade de Aprendizado

Faça uma pesquisa em que você explicite esses recursos e, depois, analise o texto "Os poemas", de
Mário Quintana, jus ficando o que faz dele um texto literário.

Os poemas

Os poemas são pássaros que chegam


não se sabe de onde e pousam
no livro que lês.
Quando fechas o livro, eles alçam voo
como de um alçapão.
Eles não têm pouso
nem porto
alimentam-se um instante em cada par de mãos
e partem.
E olhas, então, essas tuas mãos vazias,
no maravilhoso espanto de saberes
que o alimento deles já estava em ...

INFOGRÁFICO

Neste infográfico, será possível exercitar uma perspec va diferente sobre o domínio discursivo
literário. Veja!

https://sagahcm.sagah.com.br/sagahcm/ua/2404/1/41/indexprint.html 2/14
29/05/2018 Unidade de Aprendizado

CONTEÚDO DO LIVRO

Para aprofundar os seus conhecimentos sobre os gêneros literários, leia atentamente o trecho do
material a seguir.

https://sagahcm.sagah.com.br/sagahcm/ua/2404/1/41/indexprint.html 3/14
29/05/2018 Unidade de Aprendizado

https://sagahcm.sagah.com.br/sagahcm/ua/2404/1/41/indexprint.html 4/14
29/05/2018 Unidade de Aprendizado

https://sagahcm.sagah.com.br/sagahcm/ua/2404/1/41/indexprint.html 5/14
29/05/2018 Unidade de Aprendizado

https://sagahcm.sagah.com.br/sagahcm/ua/2404/1/41/indexprint.html 6/14
29/05/2018 Unidade de Aprendizado

https://sagahcm.sagah.com.br/sagahcm/ua/2404/1/41/indexprint.html 7/14
29/05/2018 Unidade de Aprendizado

https://sagahcm.sagah.com.br/sagahcm/ua/2404/1/41/indexprint.html 8/14
29/05/2018 Unidade de Aprendizado

https://sagahcm.sagah.com.br/sagahcm/ua/2404/1/41/indexprint.html 9/14
29/05/2018 Unidade de Aprendizado

DICA DO PROFESSOR

Assista ao vídeo a seguir para compreender melhor as caracterís cas dos gêneros discursivos literários.

Conteúdo disponível na plataforma virtual de ensino. Con ra!

EXERCÍCIOS

1) O item em que os dois recursos literários estão presentes no texto é:

A Fernando Pessoa (ele mesmo)

Cada verso é uma esfinge ter falado.


Mas quanto mais explícito ela o diz,
Mais tudo permanece inexplicado
E menos se apreende o que ela quis.

Erra um sussurro, tão etéreo e alado


Que nem mesmo silêncio o contradiz.
E o ouvi-lo, ou ávido ou irado
Na busca dum segredo sem raiz,

É como se em pensar - um descampado -


Passasse fugi va e intensamente
O Tempo todo inteiro projectado

E a sombra ali marcasse, na corrente


Do nada para o nada, inda passado
E já futuro, a ficção do presente.

a) Ironia e humor.
b) Ironia e métrica.
c) Conotação e rima.
d) Métrica e ironia.
e) Sonoridade e prosa.

https://sagahcm.sagah.com.br/sagahcm/ua/2404/1/41/indexprint.html 10/14
29/05/2018 Unidade de Aprendizado

2) O gênero textual literário representado no texto abaixo é:

Eu amo tudo o que foi

Eu amo tudo o que foi


Tudo o que já não é
A dor que já me não dói
A an ga e errônea fé
O ontem que a dor deixou,
O que deixou alegria
Só porque foi, e voou
E hoje é já outro dia.

(Fernando Pessoa)

a) Fábula.
b) Apólogo.
c) Acrós co.
d) Paródia.
e) Poema.

3) Após analisar a linguagem u lizada nos dois textos a seguir, é possível afirmar que:

Texto 1

O bicho

Vi ontem um bicho
Na imundície do pá o
Catando comida entre os detritos.
Quando achava alguma coisa,
Não examinava nem cheirava:
Engolia com voracidade.
O bicho não era um cão,
Não era um gato,
Não era um rato.
O bicho, meu Deus, era um homem.
(Manoel Bandeira)

https://sagahcm.sagah.com.br/sagahcm/ua/2404/1/41/indexprint.html 11/14
29/05/2018 Unidade de Aprendizado

Texto 2:

Descuidar do lixo é sujeira

Diariamente, duas horas antes da chegada do caminhão da prefeitura, a gerência de uma das filiais do
McDonald’s deposita na calçada dezenas de sacos plás cos recheados de papelão, isopor, restos de
sanduíches. Isso acaba propiciando um lamentável banquete de mendigos. Dezenas deles vão ali
revirar o material e acabam deixando os restos espalhados pelo calçadão.
(Veja - São Paulo)

a) No texto 1, a linguagem predominante é a literária, pois tem como obje vo informar o leitor sobre
os problemas causados pelo lixo.
b) O texto 1 é construído em versos e estrofes e apresenta uma linguagem plurissignifica va,
permeada por metáforas e traços determinantes da linguagem literária.
c) No texto 2, a linguagem não literária é predominante, pois o poeta faz uso de uma linguagem
obje va para persuadir o leitor.
d) O texto 2 não é literário e a intenção do autor é brincar com a esté ca das palavras e a ironia com
o tema, u lizando uma linguagem obje va.
e) Os textos 1 e 2 u lizam a linguagem literária, ao tema zarem o lixo e u lizarem a metáfora.

4) Com relação às caracterís cas da linguagem literária, pode-se verificar no texto “Nuvens”, de
Graciliano Ramos:

NUVENS

Meu pai e minha mãe conservavam-se grandes, temerosos, incógnitos. Revejo pedaços deles, rugas,
olhos raivosos, bocas irritadas e sem lábios, mãos grossas e calosas, finas e leves, transparentes. Ouço
pancadas, ros, pragas, lintar de esporas, batecuns de sapatões no jolo gasto. Retalhos e sons
dispersavam-se. Medo. Foi o medo que me orientou nos primeiros anos, pavor.

Depois as mãos finas se afastaram das grossas, lentamente se delinearam dois seres que me
impuseram obediência e respeito. Habituei-me a essas mãos, cheguei a gostar delas. Nunca as finas
me trataram bem, mas às vezes se molhavam de lágrimas - e os meus receios esmoreciam. As grossas,
muito rudes, abrandavam em certos momentos. O vozeirão que as comandava perdia a aspereza, um
riso cavernoso estrondava - e os perigos de toda espécie fugiam, deixavam em sossego os viventes
miúdos: alguns cachorros, um casal de moleques, duas meninas e eu.

https://sagahcm.sagah.com.br/sagahcm/ua/2404/1/41/indexprint.html 12/14
29/05/2018 Unidade de Aprendizado

a) A exploração da metalinguagem.
b) O uso da prosa com linguagem técnica.
c) A exploração da polissemia.
d) A linearidade temporal dos fatos.
e) Um afastamento do mundo fic cio.

5) São caracterís cas percep veis na linguagem literária do texto “Receita para fazer um herói”, de
Reinaldo Ferreira:

Receita para se fazer um herói

Tome-se um homem
Feito de nada, como nós
E em tamanho natural.
Embeba-se-lhe a carne,
Lentamente,
Duma certeza aguda, irracional,
Intensa como o ódio ou como a fome.
Depois, perto do fim,
agite-se um pendão
e toque-se um clarim.
Serve-se morto.

a) A obje vidade e a função informa va da linguagem.


b) O caráter instrucional e a denotação.
c) A conotação e o caráter u litário.
d) A catarse e a conotação.
e) A subje vidade e a denotação.

NA PRÁTICA

https://sagahcm.sagah.com.br/sagahcm/ua/2404/1/41/indexprint.html 13/14
29/05/2018 Unidade de Aprendizado

SAIBA +

Para ampliar seu conhecimento a respeito desse assunto, veja abaixo a(s) sugestão(ões) do professor:

Os gêneros literários
Conteúdo disponível na plataforma virtual de ensino. Con ra!

Gêneros literários
Conteúdo disponível na plataforma virtual de ensino. Con ra!

Funções da literatura
Conteúdo disponível na plataforma virtual de ensino. Con ra!

https://sagahcm.sagah.com.br/sagahcm/ua/2404/1/41/indexprint.html 14/14