Você está na página 1de 8

CENTRO UNIVERSITÁRIO METODISTA IZABELA HENDRIX

RELATÓRIO DE ESTÁGIO EM ESPAÇOS NÃO-


ESCOLARES

Belo Horizonte

2010
Samuel Petinga -11008155

RELATÓRIO DE ESTÁGIO EM ESPAÇOS NÃO-


ESCOLARES

Relatório de Estágio
Supervisionado em Educação em
Espaço Não Escolares do Centro
Universitário Metodosta Izabela
Hendrix do curso de Pedagogia,
orientado pelo professor Denílson
Diniz.

Belo Horizonte

2010
SUMÁRIO:

 INTRODUÇÃO
 IDENTIFICAÇÃO DO CAMPO DE ESTÁGIO
 CARACTERIZAÇÃO DA UNIDADE CONCEDENTE
 GESTÃO EDUCACIONAL DA UNIDADE CONEDENTE
 RELATÓRIO DAS SESSÕES DE ESTÁGIO
 CONSIDERAÇÕES FINAIS E ANEXOS

SAMUEL PETINGA

CURSO: PEDAGOGIA

PERIODO: PRIMEIRO

TURNO: MANHÃ

PROF. DENILSON DINIZ


INTRODUÇÃO:

Área específica: Meu estágio foi feito com crianças de 7 a 12 anos de idade, na
área de música desperta na criança a alta estima, ainda auxilia no desenvolvimento e
aperfeiçoamento da Socialização, Alfabetização, Inteligência, Expressividade, Coordenação
motora, Percepção sonora, espacial, Raciocínio lógico e matemático, e uma infinidade de
outros aspectos físicos e psicológicos.

Identificação do campo de estágio: No dia 18 de setembro foi feita a


minha primeira visita ao Projeto São Vicente de Paulo. Criado pelo Padre São Vicente
de Paulo juntamente com a Igreja Católica. META: Atender o público infanto-juvenil em
situação de risco social localizada na área de abrangência do Projeto SSVP.

Objetivo: Fazer estágio em espaço não escolares. Este Projeto despertou-me interesse,
pois trabalham com crianças, adolescentes, e jovens, durante o período em que elas estão
fora da escola evitando que fique nas ruas. São oferecido para as crianças alimentação,
esporte, informática, e oficinas de arte. Conhecendo a Coordenadora do projeto Maria Lúcia
Santiago me apresentei como estudante do curso de pedagogia na Faculdade Izabela Hendrix.
A mesma fez me conhecer o espaço e toda atividade do projeto feita com as crianças.
Aproveitei a oportunidade para falar sobre o meu estágio, após ficar ciente Maria Lúcia
perguntou-me qual atividade que poderia oferecer para as crianças, gostaria muito de
trabalhar com música, respondi, tenho um pouco de experiência nesta área. Recebi todo o
apoio de Maria Lúcia e logo montei um coral infantil. Atividades desenvolvidas no coral com as
crianças: Teoria musical, técnicas vocais, respiração, e afinação.

Caracterização da unidade concedente:


I- QUEM SOMOS NÓS:

Educadoras e educadores que trabalham em prol do desenvolvimento integral das crianças e


adolescentes na faixa etária de 06 à 14 anos, respaldado no ECA.

II- O QUE É

É um projeto com a função socializadora que focaliza uma ação educativa integral, tendo
como eixo norteador a Proposta Político Educativa do “Tudo Haver”.

III- COMO FUNCIONA

Trabalhos em grupo, exercitando o ouvir, sentir, pensar, discutir e agir. Através da informação,
forma-se os educandos para transformá-los em pessoas melhores. Procura-se superar os
conflitos, reconhecendo que o grupo tem vida. É garantida momentos regulares de reuniões
como espaços para o planejamento coletivo, avaliação do processo pedagógico e formação
continuada dos educadores.

O aspecto operacional do nosso trabalho constitui-se em:

* Projetos Temáticos.

*Oficinas Instrumentalizadas.

*Noções de Cidadania.

IV- PROPÓSITO

Desenvolver seres Humanos livres, capazes por eles próprios de dar sentido e direção á suas
vidas.

V-NOSSA META:

Atender o público infanto-juvenil em situação de risco social localizada na área de abrangência


do Projeto SSVP.

VI-NOSSA FILOSOFIA

Colaborar para a construção de uma sociedade mais justa, onde crianças e adolescentes
possam estar incluídas e que sejam encaradas como agentes sociais detentoras de
potencialidades que as tornem sujeitos de transformação de si mesmos, do outro e do meio,
através da arte, da cultura, esporte e lazer.

VII- NOSSA MISSÃO

Está pautada em sete virtudes básicas para uma relação educativa saudável

1-OTIMISMO

2-PERSEVERANÇA

3-ÉTICA

4-COMPROMISSO

5-CRESCIMENTO PESSOAL

6-AFETIVIDADE

7-GRATIDÃO

Gestão educacional da Unidade Concedente:


CIDADE OZANAM OBRA UNIDA DA S.S.V.P.
C.N.P.J. 17. 203. 472 /0001 - 44
UTILIDADE PÚBLICA FEDERAL 64.514 DE 15/05/1969
UTILIDADE PÚBLICA ESTADUAL 07.573 DE 27/04/1964
UTILIDADE PÚBLICA MUNICIPAL 01.504 DE 18/07/1968

PROJETO SÃO VICENTE DE PAULO

REGRAS DE OURO PARA O BOM FUNCIONAMENTO


DO TRABALHO

1. Ser solidário com o colega. Colaborar com os colegas de trabalho


através da partilha de materiais, habilidades específicas, idéias e
prestação de serviços. Solicite ajuda.
2. Exercitar a Boa-Comunicação. Dialogue com todos os colegas de
trabalho. Manifeste suas boas idéias e sugestões para que a Equipe
possa abraçá-las e produzir um melhor resultado final. Lembre-se que
idéias subentendidas não são claras para ninguém.
3. Organize melhor seus recursos. Ao planejar sua semana/dia de
trabalho, solicite a secretaria com antecedência seus materiais que
precisará utilizar.
4. Organize melhor seu tempo. Um bom planejamento não deixa
brechas para conversas em demasiado durante sua execução.
5. Organize melhor seu espaço de trabalho. Quando estiver utilizando
uma sala de atividades ou equipamentos de uso comum a todos,
cabe a cada um a conservação do mesmo.
6. O telefone e computador é de uso do Projeto. O uso pessoal será
somente em caso de extrema necessidade.
7. Devemos resguardar pela segurança do Projeto. Pessoas estranhas
ao quadro de funcionários deverão transitar no espaço interno do
Projeto somente se necessário e/ou a convite nas festividades;
8. A turma] é de responsabilidade do educador no horário integral das
diversas atividades.
9. Desenvolver nas crianças o senso de responsabilidade, através do
exercício o cuidado, o senso de estética e preservação das salas, dos
equipamentos, materiais das oficinas.
10. Todos os espaços e atividades têm a mesma importância educativa.
Exercite nas crianças e adolescentes a coerência de comportamento.
11. A Coordenadora é sua parceira e referência imediata. Conte com a
sua
Colaboração para intermediar junto à equipe suas sugestões, idéias e

resolução de conflitos.

Relatório das seções de estágio:

Música infantil

 Descrição do instrumento vocal, a voz.


 Respiração
 Afinação – ouvir, emitir, e afinar
 Técnicas vocais
 Teoria musical básica

Anexos:

Projeto plano de aula

o Descrição do instrumento vocal, a voz.


o Respiração
o Afinação – ouvir, emitir, e afinar
o Técnicas vocais
o Teoria musical básica

Experiência com o trabalho realizado: Iniciei como aprendiz na área da


música aos 17 anos, aos 18 já tocava em várias Igrejas, festas,
casamentos, escolas. Instrumentos de domínio: Violão, Teclado Musical.
Fiz aula básica de canto com a professora Márcia, na cidade de
Vespasiano Grande BH.
Considerações finais:

Quando iniciei este trabalho considerei como mais uma etapa


importante realizada em minha vida, uma experiência que adquiri com
crianças, de transmitir e receber conhecimentos, assim considero
importante manifestar meus sinceros agradecimentos a todas as
pessoas que contribuirão para a realização deste trabalho.

Ao professor Denilson Diniz

Ao Instituto de Educação Metodista Isabela Hendrix

A Secretaria do Projeto e a Marilda

A Coordenadora Pedagógica Maria Lúcia Santiago (Supervisora do


estágio)

E especialmente aos meus alunos sem os quais este trabalho não seria
possível de se concretizar.